Novo algoritmo da Google será terrível para milhões de sites

Google alterou resultados das suas pesquisas

Por Hugo Sousa para PPLWARE.COM


Destaques PPLWARE

44 Respostas

  1. Padeiro says:

    Esse algoritmo é péssimo, quando vou a sites sobre programação, Linux, fóruns em geral a qualidade do site é no máximo mediana porque aí o que interessa é o CONTEÚDO e nunca se fica bem no seu Apple ou no smartphone -_-

    Isso vai estragar a vida a quem usa a Internet para coisas que realmente interessam.

    • Miguel Silveira says:

      Não compreendo o teu comentário, o que são sites que realmente interessam? E porque é que achas que a google mudou o algoritmo para “ficar bem” nos smartphones? Eu cá acho que é uma boa medida, obriga as empresas a cumprir normas de html5, a garantir que a visualização delas é plataforma independente além de criar um nicho de mercado para programadores web, e que mesmo assim nem é dificil de se fazer. Soube disto à um dia por parte de um amigo da area e partilho a opinião a 100%. Mas por favor diz-me a tua opinião em relação a estas ideias.

      • Cristiano Alves says:

        Eu percebi o ponto de vista, basicamente o que interessa para este algoritmo é mais o aspecto do que o conteúdo.

        E sim é certo e sabido que muitas comunidade muito especificas estão se a marimbar para o aspecto da coisa, desde que a informação esteja la.

    • Vítor M. says:

      Vai estragar a vida a muita gente que vive do seu trabalho na Web… digo eu!!!

    • NãoSei says:

      Melhor assim.
      Incentiva a dar um up no site.

    • kekes says:

      Completamente de acordo, por vezes a informação não está em sites todos XPTO. Por acaso discordo totalmente com isto, qualquer dia teremos a google a forçar todos os sites a usarem material design para sairem no top.
      Já estive mais longe de mudar de motor de busca principal.

    • DeeSeven says:

      Há sempre a possibilidade de utilizar outro motor de pesquisa. Se os resultados não são os que nos interessam vamos por outro caminho.

  2. Pedro Fernandes says:

    O que é necessario ter o website para o google entender que é mobile friendly? Falta essa explicação..

  3. Diogo says:

    Porque é que o Pplware tem de ver sempre o lado mau das coisas? Se é verdade que vai estragar a vida a muita gente, também é verdade que muitos vão sair beneficiados (aqueles que tem sites preparados para o mobile).

    No fim de contas o que deveria importar é se a mudança afecta de forma positiva os utilizadores e era isso que deveria estar em causa.

    • Vítor M. says:

      Não é o lado mau, é o lado real. Tem razão, nós próprios fizemos essa passagem a prever já isso e outras coisas, contudo, quem potenciou os sites tal como eles estão, quem “habituou” as pessoas a trabalharem dessa forma, porque dava dinheiro à Google… foi a Google.

      • João Dias says:

        A Google não tem culpa que só em 2015 o Pplware se tenha dignado a incorporar media queries para tornar o seu site responsivo.

        Tal como a Google não tem culpa que quem coloca os sites na web não tenha o mínimo cuidado com as necessidades actuais de acessibilidade para os utilizadores em dispositivos móveis.

        A Google, como empresa cotada em bolsa e que necessita de fornecer o melhor serviço aos seus utilizadores, tanto agora como no futuro, está a fazer o correcto: caso contrário era 2018 e ainda havia gente a fazer sites com tabelas.

        • Vítor M. says:

          As classificações que a Google atribuiu aos sites, a forma como ao longo dos anos foi “vendendo” publicidade nas pesquisas face aos resultados de tudo o que era site e as tecnologias que usam desde há uma década para cá… responsabilizam, em quota parte, a Google neste processo. Não são inocentes.

          Quanto ao PPLWARE, por arrasto nesta onda tsunami que são as pesquisas Google, determinadas alterações fora do tempo podiam ter resultados terríveis, depois é o somatório do tempo e da enorme empreitada em retro-compatibilizar os conteúdos com as novas e modernas normas. Leva o seu tempo!

          Em 2018 ainda veremos sites com tabelas, isso é certo e veremos a Google também aí a vender publicidade. Mas sim, há uma necessidade grande de modernizar nisso estou de acordo totalmente.

  4. pph says:

    Outra palhaçada da google.

    Eu quando pesquiso algo, estou interessado no que pesquisei e nao no formato que o site que contem o que me interessa tem.

    Para mim podem ser paginas do velho terravista, desde que tenham o que quero saber, esta tudo bem.

    Quem perde com isto somo todos nos, mais uma vez temos uma empresa a decidir por nos o que é relevante ou nao.

  5. rand says:

    Mais um motivo para não usar o Google.

  6. Valter says:

    Ainda bem que o PPLWARE já se antecipou e lançou uma versão mobile 😀 , que por sinal ficou ótima!, agora fica bem melhor acompanhar pelo navegador mobile, no meu caso o Windows Phone, hehe.

  7. rsfgouveia says:

    Alguns de vós já percebeu esta mudança, ao pesquisarem no Google. Estive a testar e não me apercebi.

  8. Stephane Moser says:

    Falta alguns aspectos nesta noticia:
    Primeiro : para quem duvidas se o site é “mobile friendly” tem este link para testar a pagina
    https://www.google.com/webmasters/tools/mobile-friendly/
    Segundo: este tipo de criterio só é aplicado em pesquisas que são feitas em dispositivos moveis
    http://searchengineland.com/tomorrow-is-mobilegeddon-are-you-ready-for-the-google-mobile-friendly-update-219291

    Terceiro: “continua a ser possível que mesmo um site não mobile-friendly tenha ranking superior a um mobile-friendly, se for considerado de melhor qualidade.”

    Espero que isto acalme os humores do pessoal

  9. Ivanilson Ribeiro says:

    TO adorando tenho agencia!!

  10. Gusmão says:

    Em primeiro lugar espero que não haja “censura” neste meu post, pois o meu ultimo e como não era abonatório ao ppw. foi simplesmente erradicado.

    Em relação a esta medida do Google existem aspectos positivos e no imediato negativos.

    A parte positiva é a que em teoria todos os sites terão de ser actualizados e essa medida só por si é já é benéfica. Depois irá fazer com que exista uma limpeza natural da muita “porcaria” que paira na NET, entre outros aspectos que também serão positivos.

    Para a parte negativa e mencionando só alguns deles, em primeiro lugar passa pela grande estratégia do Google ser a de vender mais publicidade… Neste caso não vai interessar se é um site “responsive” ou “mobile friendly” basta pagar e já está.

    Outro aspecto e falando do nosso cantinho (leia-se Portugal), as empresas que já estão em regime de “sobrevivência” terem agora de suportar mais este grande encargo, certamente não irá ser fácil. Alguns sites são tão anticuados (relevantes ou não) que têm de se construir um de raiz. Mesmo para os outros que estão actuais o valor da alteração pode ir até aos 2.000,00€ (muitos €). Em suma no imediato, nós os utilizadores da net vamos ficar a perder, no entanto e à medida que estas medidas forem implementadas será benéfico.

    • Vítor M. says:

      Pois, essa do abonatório é reveladora, só a título de curiosidade, deste seu mesmo comentário estão 4 iguais, e o sistema automático não o filtrou por qualquer coisa menos abonatória, filtrou por SPAM 😉

  11. cfmm says:

    Ja agora para os developers aqui do PPLWARE fica aqui uma tool para testarem os vossos sites https://www.google.com/webmasters/tools/mobile-friendly/. A google ainda nos da uma ajudinha…

  12. TR says:

    Enfim.. Já é o habitual na pplware, se fosse a Apple a fazer era inovação, era ter visão, era puxar o mundo para a frente, era.. tudo e mais alguma coisa. Mas como é a Google, chamem um padre, tragam os crucifixos e a agua benta, que é coisa do demónio concerteza..

  13. João Silva says:

    Porque é quando partilho para o facebook, partilho a fotografia e não o artigo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.