PplWare Mobile

Multas por falar ao telemóvel a conduzir vão custar o dobro


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Greenshines says:

    Falar ou manusear? Situações completamente distintas

    • censo says:

      Sentas-te ao volante e não fazes mais nada. Simplesmente conduzes a viatura. É difícil perceber isso ? É preciso ensinar isto ??

      • Greenshines says:

        Falo ao tlm ser ter a necessidade de o manusear quando estou a conduzir. Dai a minha pergunta.
        Precisas ter 2 dedos na testa??

        • José Carlos da Silva says:

          Diria que bastam 2 dedos de testa para entender que falar e manusear são coisas diferentes. Não será literal, e evidentemente que se pode falar. Falamos de segurar o telemóvel, seja encostado à orelha, seja a dois palmos da cara em alta-voz (essa então é das coisas mais ridículas a que assisto). E as multas deviam ser multiplicadas por 10, não por dois.

  2. SANDOKAN 1513 says:

    Excelente medida,que já devia ter sido implementada há muito mais tempo !!

    • Blackbit says:

      O problema não se resolve com aumentando o valor da multa mas sim com a efectiva aplicação da lei.
      O nosso país é rico em leis mas muito pobre na sua aplicação. Bastava aos agentes da autoridade aplicarem as leis já em vigor para a situação melhorar muito.
      Todos os dias vejo situações possíveis de aplicação de multa (ou mesmo de chamada à atenção) e o Sr. Agente a ignorar a situação ou a olhar para o lado.
      Por isso não é com valores de multas mais altas que vamos lá, o problema é mais grave: é comportamental e isso é muito mais difícil de resolver.

    • censo says:

      E achas que isso resolve o problema ?? Nunca resolverá. Educação. Educação poderá minimizar. De resto…é para aumentar a receita.

      • José Carlos da Silva says:

        Educação e controlo. As multas até podiam ser de 100 mil euros. Se não existe policiamento, não serve absolutamente de nada. A sensação é de completa impunidade, e todos fazem o que bem entendem, pois são todos mais importantes que os demais, e têm sempre mais pressa que os demais.

    • José Silva Marques says:

      Concordo plenamente, está medida tem alguns anos de atraso… é um rol imenso de pessoas a manusear um telemóvel (vejo eu todos dias)…

  3. Yamahia says:

    Temos ordenados minimis de miséria mas multas das arabias. Ehhh valentes

  4. Márcio Graveto says:

    Ainda assim sendo continua a ser barato, deveria ser logo metade dos pontos da carta!
    Querem falar ao telefone andem a pé ou de transportes públicos!

  5. Blackbit says:

    Acho que também é proibido, não podes ter nada nos ouvidos quando estas a conduzir.

  6. Bruh says:

    O mínimo devia ser logo nos 500€. Iam ver se não começavam a ter mais cuidado. Perco a conta às vezes que pego na bicicleta e apanho com anormais ao volante, de telemóvel na mão.

    • Yamahia says:

      500€ para ti pode parece muito mas são trocos para uns quantos.
      Se realmente houvesse interesse em salvaguardar vidas era carta fora e 0€.

  7. R says:

    É sempre a mesma coisa: fazem-se leis, não se fiscaliza convenientemente e depois vêm mais leis com mais coimas.

  8. Vasco says:

    Infelizmente Portugal é nessas coisas fronteira entre o terceiro mundo e a Europa civilizada. Basta passar a fronteira e vê-se ligo a diferença em termos de tipo de condutores. Aqui haviam não só de lhes aplicar a multa mas também partir-lhes uma mão. Igual para os que nem usam o pisca. Colecção de sagorros, governados e governantes.

  9. Fernando Dias says:

    Fazer leis que são de dificil aplicação é o que se faz mais em Portugal. Proibição de falar ao telemóvel e enviar SMS com ele na mão. Ok. Não foi feita qualquer lei a dizer que a partir de determinada data todos os carros novos só poderiam ser vendidos com Kits de mãos livres instalados de fabrica. Quais as caractristicas que esses Kits deveriam ter. Digo isto porque tenho dois carros com kit de fabrica e um deles é de uma marca dita premium do pais do sol nascente que considero uma bosta. em vez de facilitar na maioria das vezes só complica.
    Multa na Hora ou carro apreendido e registo dessas infrações com o fim de auimentar o valor do prémio de seguro. Pois por vcausa dos acidentes dessas pessoas todos pagamos premios mais caros todos os anos e ainda outras penalizações. Toda a vida andei deslocado dentro do pais e fora e nessa altura não existiam os telemoveis
    para se ligar. Uma vez estive nUma das Partes da A1 parado 3 horas por causa de um acidente. Para estas eventualidades trazia sempre no carro uma garrafa de agua de 1.5l para fazer xixi em caso de emergencia.

  10. Nmf says:

    Mais uma maneira de caçar mais dinheiro a malta!! Neste país aumenta-se tudo menos os ardenados!! Há desculpem aumenta-se em 20 30 euros para depois serem descontados!! Já as multas passam para o dobro ou triplo!! Palhaçada!!!

  11. Jonny says:

    Comentários estúpidos, cambada de otarios. Uns favorecem a medida outros criticam-na. Isto tudo tem a ver com a MENTALIDADE portuguesa mais nada!
    Se todos fossemos capazes de raciocinar um pouco veríamos que nao vale a pena “arriscar” a vida por uma palermice de segundos. Eu quando estou embriagado simplesmente durmo dentro da viatura tão simples quanto isso.

  12. RM says:

    Deviam era criar/implementar um sistema que impedisse as pessoas que estão a conduzir de usar o telemóvel. Ponto final.
    As multas não vão resolver o problema. As pessoas vão continuar a fazer o mesmo. O mesmo acontece com o álcool.
    As pessoas também sabem que o tabaco pode matar, e no entanto continuam a fumar!

  13. Tiago says:

    Deviam também multar através das redes sociais, vejo muitas pessoas a fazer stories / instas, o que for… enquanto conduzem.

  14. AlphaB says:

    Basta a Google a Apple desactivar os equipamentos quando se detectava que estavam em movimento e apenas funcionar o gps.
    resolvia o problema

  15. Lebre says:

    CARREGA COSTA! QUE ESTE ANO HA QUE IR BUSCAR DINHEIRO A QUALQUER LADO

  16. Gigbola says:

    Comigo é uma questão de timming. Fazer chamadas e enviar mensagens de ambito pessoal nao faço, mas quando é o Boss tenho de atender ou chamar logo que dê :/

  17. David Guerreiro says:

    Diariamente assisto a pessoas a conduzir e a falar com o telemóvel na mão, como se nada fosse. Inclusive motoristas de pesados, que necessitam da carta para a atividade profissional e arriscam por uma porcaria de uma chamada. Eu quando vou no carro e o telemóvel toca das duas uma: ou não atendo ou se puder encosto o carro e falo fora da faixa de rodagem.

  18. Rodrigo says:

    Resolvia-se quem for apanhado ao telemóvel ficava sem carta, automaticamente.

  19. PoPeY says:

    Nunca percebi porque não se pode usar o telemóvel mas é permitido fumar enquanto se conduz. O cigarro é tão ou mais perigoso que o telemóvel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.