PplWare Mobile

Ministro acusa Apple de matar indústrias finlandesas


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. miguel says:

    lool riduculo, a culpa é da nokia, o mundo esta em contaste mudança, se os produtos da nokia deixaram de ser apelativos é por algum motivo.
    é o mesma lógica na minha aldeia eu tenho um restaurante, e sou o único restaurante la, a minha comida é comestivel.. Se abrir la outro restaurante com preços competitivos e com melhor Qualidade, Vou culpar o outro restaurante porque o meu restaurante fechar por falta de cliente, quando eu sei que a comida que eu sirvo é preço qualidade pior??

  2. MárioM says:

    Em vez de reclamar, trabalhem!

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      Isso é o que se pode chamar cuspir para o ar.

      A dívida finlandesa tinha o rating AAA, o mais alto, e caiu um nível. A de Portugal tem nível de “lixo” e com BES e PT dificilmente sai.

      Estive na Finlândia dias antes do empréstimo da troika (que se não tem havido era um sarilho inacreditável). De muito má vontade é certo emprestaram-nos o dinheiro deles, quando podiam ter bloqueado o empréstimo da troika. Mandar trabalhar quem nos emprestou dinheiro antes de o reembolsar é não ver bem a coisa.

      • Zé Povinho says:

        Talvez estejas pouco informado sobre a história do séc. XX mas, no pós II Guerra Mundial, quem estava à rasca era a Finlândia, mas o ti Oliveira Salazar abrigou o Povo Português a passar fome para poder ajudar os finlandeses.
        Portanto, aquilo a que os finlandeses estavam resistentes, não era a dar-nos ajuda, era sim a retribuir uma solideriedade que já receberam há mais de meio século e nunca lhes foi cobrada…
        Oxalá não tenhamos que voltar a ajudá-los…

        • Asdrubal says:

          Fugindo ao tema, hoje Portugal podia um país pequeno, mas mais rico que a Suíça, e não precisava da UE e euros para nada.

          • Adamastor says:

            Portugal país pequeno?? só se for de mentalidade e vontade de inovar.
            Portugal é maior que a Holanda, Belgica, Irlanda, Dinamarca, Suiça, Malta,…… é mais ou menos do mesmo tamanho de Inglaterra (obvio sem o pais de gales,e escocia senão seria reino unido).

          • Jose says:

            País pequeno? Mas essa história ainda persiste? Como pode ser pequeno se tem um dos maiores mares da Europa? Sendo que praticamente 1/8 do Norte do Atlântico é nosso ou vai passar a ser? 4 milhões de território, apesar da a maioria desse território ser Mar, não é nada de desprezível! Esta quase ao nível dos países gigantes. O que anda mesmo muito pequena é a velha mentalidade portuguesa que deita tudo abaixo tudo que seja seu. E, para além do mais, como o comentador abaixo diz, mesmo em território terrestre, nada temos que nos envergonhar Portugal é maior que todos esses países, sendo que, a sua maioro desvantagem é na Europa estar rodeado de Espanha na Península o que sempre nos prejudicou, não só porque os espanhóis nem sempre ajudaram, não ajudam, como os outros ignorantes sobre tudo e mais alguma coisa até confundem Portugal com Espanha, e ainda se dizem muito cultos, “esquecendo” a influência de Portugal na História do Mundo, que poicos paisés tem.

        • Benchmark do iPhone 6 says:

          Foi, sem dúvida, com as latas de sardinhas que Portugal mandou que os finlandeses sobreviveram 😉

          Antes do empréstimo a Portugal, já tinham emprestado dinheiro à Grécia e à Irlanda. É perfeitamente compreensível a hesitação em entrar com dinheiro para o resgate a Portugal, a que se podia seguir mais países, ficando sem o dinheiro e sem que isso resolvesse nada. Mas o que é facto é que emprestaram.

          Esperemos que tenhamos o dinheiro para lhes devolver e não lhes saiam caras as sardinhas.

          • lmx says:

            Portugal também emprestou a irlanda e a grécia…
            O problema é que os fdp alemães perdoaram a divida grega!!
            Sim ficamos a ver navios, um pais que tanto precisava com a crise mundial que viviamos na altura, principalmente a do mercado imobiliário americano que arrastou o BCP pá lama…

            Mas a nós ninguém nos perguntou se queríamos dar de bom agrado o nosso dinheiro aos gregos…foi imposto!!

            Salvo erro foram 2 mil milhões…

          • Zé Povinho says:

            É assim que se valoriza o produto nacional!
            Seria bom percebermos que para Portugal é mais importante a indústria das latas de sardinha do que para os americanos a Apple, os para os finlandeses a Nokia.
            É nacional, é bom e se essa industria não fosse tão mal tratada, permitia a muitos mais portugueses terem iphones, nokias e afins…

        • Marco says:

          Só te estás a esquecer que esta é a terceira vez que vemos a troika depois de 74. Não há solidariedade que resista.

        • João Ferreira says:

          Em menos de 50 anos, já tivemos a troika para nos controlar 3 vezes, enquanto que os Finlandeses, após estes anos todos e depois de ter sido completamente devastada se reconstruiu completamente e tem umas das economias mais fortes da zona euro, nós depois de 3 vezes que fomos controlados, continuamos a não aprender a lição…. se calhar será necessário ficar-mos com o País devastado como ficou a Finlandia, a Alemanha ou a França é que iremos sair da M…da que somos!!

    • João Ferreira says:

      Deves de querer dizer vamos trabalhar!!!
      Em vez de abrires a boca e mandar trabalhar quem faz mais do que tu, calavas-te bem caladinho… tipico comentário de um parasita…

  3. Carlos says:

    A SPA queixava-se mais ou menos do mesmo, mas ao contrário da Finlândia teve sucesso a fazer lobby para que outras indústrias (leia-se os consumidores) lhe paguem “o dízimo”, pelo menos em Portugal.

    A Finlândia que vá à ONU e peça 1 cêntimo por cada chamada efectuada no mundo para sustentar os lucros da Nokia……..
    Se nós sustentamos cá em portugal a música pimba e os herdeiros dos poetas mortos, porque não?

  4. Pedro Nunes says:

    Ok, não sou funboy da Apple (muito pelo contrário) mas acho que esta também é demais. A culpa do fracasso de uma empresa não é culpa de A, B ou C mas sim da própria. A nokia era a gigante do mercado dos telemóveis e infelizmente pareceu dizer “não” há evolução tecnológica com o sistema e ter continuado com o Symbian OS. Na minha opinião foi esta teimosia que levou a nokia quase até à morte.
    Espero que a nokia/windows phone não morra pois quero que o meu próximo smartphone seja nokia. 🙂

  5. Benchmark do iPhone 6 says:

    Com o iPhone vs. Nokia tem razão, foi um terramoto a que a Nokia não soube responder. O Symbian não dava mais, não quis adoptar o Android e o WP chegou tarde e a más horas.

    Quanto ao papel, está-se a referir aos jornais em papel que de facto estão em vias de extinção.

    • paulo g. says:

      O que chegou tarde foi o SO linux que estavam a desenvolver, que agora se chama Tizem e que ainda não saiu. Quando estava a sair entrou o cavalo de tróia da M$ e assim a M$ adquiriu um fabricante de telemoveis de forma barata.

  6. João says:

    ainda há pouco tempo recusavam ajuda a Portugal, chamando preguiçosos aos seus habitantes! Safem-se…. trabalhem!

  7. Fernando Rodrigues says:

    No meu ver a queda da Nokia deveu-se simplesmente ao facto de não adoptar o Android como plataforma na altura do aparecimento dos smartphones.

    Quando mercado começou a pedir smartphones, a Nokia apontou armas à Blackberry e ignorou a Apple como sendo o futuro modelo de smartphone. Quando deu-se conta deste erro ainda havia tempo, mas a decisão estratégica de manter o seu sistema e não optar para um mais aberto e acessível (por teimosia?) marcou o início da sua decadência.
    Começou a ver empresas com pouco expressão no mercado dos telefones como a Samsung, HTC, LG, Motorola, ganharem mais notoriedade, pois elas souberam mudar. Reparem que essas empresas também utilizavam sistemas proprietários mas viram que tinham mais futuro com o sistema da Google.
    Entretanto com a queda à pique da Nokia no segmento alta e média-alta gama, a parceria com a Microsoft veio tardia e ainda por cima ficaram reféns de uma tecnologia sem expressão no mercado e com considerável atraso relativamente à Google e à Apple. Tiveram que vender a marca às portas da bancarrota.
    Vamos ver se a Microsoft com um novo ecossistema unificado baseado no Windows 10 irá ser suficiente para ressuscitar a marca. Duvido muito. Alias marca Nokia nos smartphones irá acabar e apenas ficará a marca Lumia… e até quando?

    • NewJ says:

      A Nokia com Android seria mais umas das marcas com Android que andam à rasca, e até fez muito bem ter optado por WP, pena que optaram tarde, precisamente no boom do Android.. Mas Android está a dar cabo das “marcas” todas, já que as chinesices sem qualidade nenhuma fazem o mesmo..
      Mas mesmo assim o WP com Nokias ou Lumias está no muito bom caminho.

      • Gustavo Leandro says:

        O hardware é excelente – sempre foi – mas as más escolhas do software foram um dos motivos mais forte para a queda da marca. Se tivesse optado pelo Android logo no aparecimento dos smartphones e não andar a inventar formas de manter o symbian vivo, não ficariam a ver navios.
        O problema também não foi o boom do Android, como descreves, mas sim apostar num sistema antiquado destinado a PDAs (WindowsPhone 7.5) que na altura estava há anos luz do Android e do IOS.

        Ainda digo mais: Aposto que se apostassem agora no android, teriam um sucesso maior do que manter o WindowsPhone. Quem tem já tiver enraizado numa plataforma operacional com os seus respectivos serviços (email, cloud, etc) e que já comprou conteúdos (apps, jogos, musicas e livros, filmes, etc) vai sofrer as consequências de mudança de ecossistema: correr o risco de não funcionar a interoperabilidade total entre dispositivo, não dispor das apps e jogos que utilizava e ter que investir novamente na aquisição daqueles que são pagos. Qual é o utilizador android ou ios que desejaria sofrer estas consequências?

  8. fornost says:

    Nossa que Ministro idiota, só pode ser keynesiano…

  9. João says:

    E no tempo do meu bisavô, a Renault destruiu a Industria da produção de carroças puxadas a cavalo.

  10. Luís Santos says:

    Os políticos e a sua estupidez de o sacudirem água do capote (como a alegoria de Poncio Pilatos que serviu para as mais variadas intrepretações religiosas exepto políticas).

    O problema da Finlandia é o problema da Europa. Esse problema tem o nome de “Globalização”. A Europa no seu conjunto e os EUA promoveram a Globalização em busca de maiores lucros, transferindo fábricas produtoras (Produção Industrial e Tecnologia) para os BRIC e todo o Sudoeste Asiático. A capacidade de bem estar da Europa e EUA estavam no que transferiram e, depois, passamos a competir com a tecnologia Ocidental produzida em massa por salários bem baixos e coom direitos laborais muito diferentes. Num determinado momento passámos a consumir em quantidades e mais barato, agora produzimos apenas BMW, Mercedes, Audis e pouca coisa que interesse porque Eles (os outros) já têm a capacidade industrial instalada e a tecnologia que transferimos. As industrias Koreanas e Japonesas começam actualmente a saborear a transferência para a China, serão os seguintes a entrar no sistema de auteridade e miséria que já rodeia a Europa e os EUA.

  11. rmcrys says:

    Ou seja:
    1) quando o Symbian apresentava erros gravíssimos na particäo do SO que entupia com facilidade e demoraram anos a corrigir o problema

    2) quando os Nokia Symbian teimavam em usar ARM11 velhos, lentos e com um GPU da pré-historia, e ecräs resistivos

    e a concorrencia usava Cortex A8, ecräs Capacitivos, GPUs rápidos (Samsung i8910 e iPhone por exemplo…), e SO de luxo (i8910 com Symbian super estável, eu tive um…, e o iPhone com iOS), esse näo foi o problema, nem foi o problema dos Finlandeses da Nokia näo se mexerem para se actualizarem… sim de certeza que os maus da fita säo os visionários da Apple e das marcas que se mexeram (Samsung, HTC, etc).

    • Luís Santos says:

      Exactamente o que aconteceu com a KODAK que inventou a fotografia digital e não (os idiotas que a geriam) viram qualquer virtude na evolução (o negócio estava centrado nos rolos e na revelação) para um novo paradigma em que poderiam ser (eram) pioneiros. A Estupidez de gestores levou ao inicio de uma nova industria e ao fim da Kodak quando tinha tudo para a liderar. Os Estúpidos pagam-se demasiado caro.

    • Nelson says:

      Ui chamaste “visionários da Apple”, foi de propósito, ou fugiu-te a língua para a verdade?

  12. Serginho M says:

    Bem, este artigo não começa bem! A Nokia no que toca a dispositivos móveis, já era… Ele não vai mais competir com a Apple nem com marca nenhuma. O foco da Nokia agora, são redes e os serviços de mapas e localização (here). Esses serão agora o foco da Nokia. E nesses segmentos a Nokia é imbatível. Ainda agora firmou um contrato milionário na China (http://www.nokiatividade.com/noticias/nokia-networks-fecha-acordo-de-760-milhoes-de-euros-com-china-mobile/), portanto… 🙂

  13. Aljubarrota says:

    Se continuarem a colocar telemóveis á venda sem flash nem sequer um led como o 630 e 635 são capazes de ir mesmo para o fundo….

    • Zé Povinho says:

      Será que os smartphones da Samsung, por exemplo, todos têm flash ou led?!!!
      Bom, pelo teu comentário, parece que a Nokia não irá ao fundo sozinha…
      Aliás, o mercado dos smartphones irá ser residual em Portugal pois, só a Apple resistirá e como os portugueses têm os rendimentos que têm, poucos poderão ter smartphone…
      Se queres um flash, cola uma lanterna, que no chinês custa 50 cêntimos, depois clica no botão para ligar e pronto, heis fotos bem iluminadas…

  14. joão says:

    De alguns tempos para cá, a Apple também se vem queixando da coreana Samsung que persiste em lhe morder os calcanhares. E as deficiências apontadas ao novo iphone 6 em termos de radiação e “dobradinha”, acrescidas à vulnerabilidade da icloud e do escândalo NSA, vêm dar um alento inesperado aos gigantes tecnológicos orientais rivais, fazendo jus ao logotipo da maçã ratada.

    Porém, por falar em ratada, a Apple é ao momento imbatível em revelar ao mundo as partes pudibundas das socialites capazes de sensibilizar qualquer retina display.

    Por maioria de razão ainda menos plausível a responsabilidade exclusiva da maçã ratada pela queda da indústria do papel.

    Não me surpreenderia que a Huawei chinesa venha um dia a liderar e ultrapassar todas estas para depois ser suplantada por outra.

    É a vida !

    Para trás ficou uma tal de Nokia que se queixava apenas da maçã ratada ( e sequer aproveitou a incontestável beleza nórdica das suas socialites ).

  15. Nuno Galhardo says:

    o problemas sao os traidores,o Elop, que vendeu a Nokia á Microsoft, agora ele ta todo contente na divisao da XBox , a ganhar o belo, sem perceber nada daquilo, ou seja arranjarram-lhe um tacho pelo favor …
    Se a Nokia tivesse feito o mesmo que a HTC, Samsung e LG, e as outras marcas todas, de ter a multiplataformas de sistemas Operativos, menos a Apple,claro, hoje continuaria a ser o Rei de vendas das marcas de Smartphones.
    e provavelmete o Symbyan ainda era bem vendido no segmento dos pequenos telemoveis.
    Foi um dos maiores graves erros na tecnologia nos ultimos anos.

  16. Paulo silva says:

    Bom se formos analisar o recente passado vamos ver que os portáteis acabaram com venda dos desktops, agora vem os tablets/phablets a acabar com a venda dos portáteis, e de quem e a culpa? Da evolução tecnológica. Ou se cria/ acompanha ou ficamos para trás. E simples!
    A nokia dormiu longos anos com o Symbian, agora que acordou tarde já não foi a tempo de continuar a cativar os seus clientes.
    Eles querem mais tecnologia e a nokia tinha ficado para trás. A ideia que tenho quando vejo um nokia e um device antiquado, talvez por isso a Microsoft esteja a comercializar a marca lumia em vez de nokia. Para dar um passo no futuro e romper com o passado

  17. Mr Onid says:

    Hello,

    eu sou um cliente assíduo deste brilhante site já algum tempo e gostaria de comentar algumas palavras citadas acima sobre a empresa NOKIA de hoje, que conheço em 1ª pessoa e que poderão levar a alguns mal entendidos. Vocês sabem quem é a NOKIA (empresa) hoje? Não façam confusão com NOKIA (telemóveis,”Brand”) vendidos à Microsoft.
    Para quem não sabe pode dar uma vista de olhos em :
    http://company.nokia.com/en

  18. Alex Fabiano Longo says:

    Nokia demorou muito pra sair do symbian e pra renovar seus aparelhos, blackberry foi no mesmo caminho, a sorte foi ser comprada pela Microsoft, isso vai dar mais um fôlego para a Nokia

  19. Ro301 says:

    Um comentário muito rápido:

    A filandia é o Pais que qualquer americano gostaria de viver. O problema sao os consumidores que compram egoistamente.

    A Nokia nao tem a minima ipotece.

    É engraço que os tablet android sao rapidos mas nao conseguimos deixar um video no YouTube a tocar enquanto vemos um document.

    A apple nao e muito diferente. Se virmos bem essa tecnologia dura tao pouco como moderna que n compensa o custo.

    A Nokia pode fazer equipamentos mais modestos mas tem politicas empresariais mais humanas.

  20. Joao says:

    Pode se queixar do Android, pois é o sistema operativo mais vendido, se tivessem apostado no Android logo no inicio se calhar agora não choravam

  21. João says:

    Fazer-se de vítima é uma das principais características dos falhados.

  22. Zefra says:

    Ok… eu ajudei a afundar a Nokia quando deixei de comprar os seus telefones. Mas será que a Nokia (e outras) não subestimaram a concorrência? La do alto da liderança olhavam para os outros de cima para baixo a pensar que o mundo iria continuar o mesmo tipo de smartphones de 2007? Pior ainda foi a resposta ao iPhone um Nokia 5800 Xpress Music de qualidade reduzida. (Ok bom para muita gente mas comparado ao iPhone foi resposta fraca).
    Agora culpar a Apple… só mesmo conversa de político. O que deveriam ter feito era ter arranjado pessoal mais engenhoso. A ruína foi depois juntarem-se a Microsoft o que veio a matar o negocio. De certeza que poderiam ter arranjado forma ou de mudar o Symbian, ou maximar o Maemo ou outra coisa de forma a continuar no grupo da frente.

  23. nokia nokia says:

    Tanto disparate junto…

    Se a Nokia sustentava a economia deveriam ter mais cuidado em quem tem o controlo da empresa. A Nokia poderia ter lançado telemóveis melhores que a concorrência com Android, mas nessa altura já estava perfilada para ser vendida à Microsoft, ou houve alguém que tenha acreditado na treta de “O Windows phone é uma alternativa”?
    Acabou por ser vendida por uma literal bacatela, o preço que a Microsoft pagou é tão alto que a Nokia se vendeu por um ano de lucros (e não rendimentos) na venda de telemóveis. Diga-se um excelente negocio…Para a MS.
    Vir agora contar que a culpa é da Apple, é estar a tentar apontar o dedo a um concorrente, que a dada altura mudou o mercado ao qual a Nokia não se soube adaptar.
    Eu tenho um Nokia C7-00 e era à altura uma excelente máquina ainda nos dias de hoje é melhor que muitos telemoveis que por aí anda. A Nokia na altura poderia ter continuado com o Symbian, o sistema não é em termos de utilização muito diferente do Android, muito pelo contrário, consome muito menos recursos e acaba por ser muito mais eficiente. Poderia também ter ido para o Android, ou até ter investido na real mudança que seria o Meego. Mas não de todas as opções possíveis conseguiu tomar as piores. Terminou o Symbian, a parceria com a Intel para o Meego, lançou um telemóvel simplesmente brutal para o descontinuar em seguida e seguiu para a MS…E estas não são conclusões tiradas à posteriori, são conclusões que se perceberam logo na altura que foram terrivelmente tomadas, como sempre havia um interesse por trás…Afinal a Nokia foi comprada em saldos!

  24. lm says:

    Noutros paises acontece o mesmo. Um banco abre falencia e pendem ajuda, uma empresa “grande” fica sem mercado e pedem ajuda…
    Nao vos lembra nada?

  25. SeCreTox says:

    O grande problema da Nokia toda a gente sabe que foi não adoptar pelo Android… se o fizesse, vendia bem mais que a Samsung! agora a culpa é da Apple?? oh oh oh.

  26. Rafael Castro says:

    Caro Pplware,

    as noticias têm o seu fundamento mas, a questão colocada para debate: “Será que a histórica Nokia vai resistir a esta batalha?” denota um total desconhecimento da realidade e do mercado das telecomunicações.

    A Nokia é uma empresa que tomou uma má decisão estratégica quando começaram a aparecer os smartphones (os Nokia 5300 e 5800 foram bons mas sol de pouca dura) e sofreu com isso.
    Ainda assim, não vamos esquecer que estamos a falar duma empresa que existe desde 1865 (primeiras referências como tal) e que desde então fez um pouco de tudo, desde pneus a papel até material de guerra, pelo que facilmente saberemos concluir que sempre teve espírito para se adaptar e reinventar na industria a nivel mundial.

    Hoje, mais do que o desenvolvimento de equipamentos móveis (o qual foi alienado), a Nokia é líder de mercado no segmento das telecomunicações, desde os equipamentos de Rádio (BTS’s e Controladores) aos de Core e Networking assim como ao nível de serviços e implementação de rede. Não vamos esquecer os sistemas de geo-localização e serviços para os mesmos assim como o constante desenvolvimento de patentes que, tendo um portfolio vasto e com grande valor, fez questão de não alienar aquando da venda do segmento móvel que alimentava.

    Assim, e numa perspectiva mais objectiva, creio que a Nokia não vai vencer batalha nenhuma contra a Apple ou Samsung… a não ser que as mesmas tenham qualquer invertimento ou entrada no mercado das telecomunicações e não apenas dos Equipamentos Móveis.

    • Vítor M. says:

      Ainda bem que colocamos a pergunta, a tua resposta mostra que afinal não há desconhecimento de nossa parte, bem pelo contrario, apenas e só, queremos falar do segmento que mais dinheiro trouxe directa e indirectamente à Nokia e que agora está a ser algo destas…. observações por parte do governo finlandês. O resto é “imaginação e ilustração” tua mas com uma resposta que não deixa de ir ao encontro com o que queríamos perguntar. 😉

      • Rafael Castro says:

        O que pretendia evidenciar e que me parece não ser claro é que não faz o minimo sentido visto a Nokia já não comercializar qualquer produto dentro do segmento dos dispositivos móveis. Tudo o que estava associado ao segmento móvel (Excepto patentes) é hoje pertença da M$. O Branding Nokia continua existir por dois motivos: produtos já libertados junto do revendedor e, mais importante que isso, por uma questão legal.

  27. Jonny says:

    A Nokia está a tornar se uma marca obsoleta, as outras marcas estão a inovar cada vez mais e a lançar produtos novos com preços bastante apelativos e em termos de preço qualidade são bastante bons.
    A nokia ao lançar o windows mobile foi a pior coisa que fizeram e foi o software mais sucatoso que já alguma vez vi

    A Nokia poderia lançar um software próprio sendo userfriendly tal como o ios, ai talvez conseguissem voltar ao mercado, não a mandar postas de pescada ao ar e culpar os outros por inovarem no mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.