Quantcast
PplWare Mobile

Microsoft está a testar uma nova ferramenta de captura de ecrã no navegador Edge

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. gabriel b says:

    Porquê? O windows já faz isso.

  2. Spoky says:

    Já vem tarde, o Mozilla já tem por isso. Não é novidade nenhuma. Estão completamente atrasados.

    A diferença entre a Mozilla e as restantes é que as mesmas são grandes empresas, com um elevado poder de Marketing em sua posse tal como Sistemas Operativos, Aplicações, Emails, Search Engine por ai fora.

    Facilmente conseguem dominar o mercado, e aumentar a quota. É o caso do Edge e Chrome, se não fosse isso duvido muito que teriam o sucesso que têm hoje.

    As pessoas tem de entender uma coisa, ter posses e ter como fazer um Marketing mais agressivo, é muito mais fácil de captar novos utilizadores e conseguir introduzir no mercado tudo aquilo que desejam, pode é acontecer e não ter interesse no consumidor final.

    No caso da Mozilla tem qualidade, todos conhecem praticamente o Mozilla. Mas todos preferem o Google, porque é feito pela Google e a Google é poderosa e sempre foi recomendado (antigamente no motor de pesquisa para instalar)

    Hoje em dia a Mozilla melhorou o navegador para melhor, e esta um Firefox muito melhor que antigamente. Mas as pessoas não dão oportunidade, porque se funciona. Porquê mudar? É a ideologia de muitos principalmente de raparigas.

    Desde que funcione e aceda as redes sociais esta bom (juntando milhões ou bilhões de pessoas) isso faz com que, dificilmente o Mozilla ganhe Market Share (mas não significa que não tenha qualidade!)

    Eis a diferença. Eu cá uso Mozilla.

    • Vitor says:

      E precisamente pelas razões apontadas acima que eu prefiro…o Edge! Para mim não tem qualquer importância quem o desenvolve…uso porque para a minha forma de utilização da net é a melhor opção entre todas as que existem! O meu browser “alternativo”…é o Firefox!

      • Spoky says:

        Preferes um navegador atrasado? Onde todas as suas tentativas foram falhadas? Desde o tempo do IE, dormiram no tempo. Tanto é que utilizam Chromium depois de muito tempo.

        Nem compares, a Mozilla esta muito mais a frente. Se Chromium é mais rápido? Talvez em alguns milisegundos, mas nada de diferente!

        Os argumentos que apresentei, não valiam para o Edge. Ambos sabemos que Microsoft tem como ter mais market share, tem o Sistema Operativo, o Email.

        La por um navegador ter mais MarketShare que outro, não significa que é melhor que o Firefox, simplesmente é o Marketing, a captação de clientes a funcionar. Têm um sistema operativo onde instalam, o Edge de forma predefinida. Se não instalam, vão passar a fazer-lo brevemente.

        É só esperar, são donos da BING outro motor de busca enorme, podem utilizar e fazer publicidade ao Edge, no Hotmail fazem! É perfeitamente normal que ganhe mais terreno.

        Ter marketshare é apenas uma estátisticas, não define que é o melhor ou pior. Isso só seria válido se a Mozilla tivesse o poder da Google e da Microsoft, mas não tem.

        Mas não é por isso que não tem qualidade! Muito pelo contrário, não é ao acaso que o TOR utiliza a Mozilla como Browser.

        • neo says:

          Spoky o Firefox não é melhor que outros só porque sim, até porque atualmente não é! Há que dá credito ao Firefox como uma alternativa aos gigantes tecnológicos, mas aí também é preciso saber distinguir que entre 2 gigantes existem 2 abordagem radicalmente diferentes no que toca o uso de dados e privacidade, uma é transparente, outra não, uma nos termos de uso de dados refere explicitamente que os usa para efeitos de marketing a outra não.
          O Edge (chromium) tem feito uma progressão impressionante, veio do 0 e num curto espaço de tempo é o 2º browser mais usado, sim de facto a MS tem a vantagem do footprint do sistema operativo, mas ninguém muda de Chrome ou Firefox como tem vindo a acontecer só porque a MS tem o sistema operativo, se eles perderam o market share que tinham no passado é porque as pessoas tinham 2 dedos de testa para perceber que havia melhores alternativas ao IE e Edge (versão EdgeHTML).
          Usei o Firefox nos últimos anos, do ponto de vista funcional não tenho muito a apontar mas em performance e bugs tenho e não é pouco, chateou-me alguns de segurança como o problema com certificados o ano passado, foi aí que mudei para o Brave por ter sido desenhado de raiz a pensar em privacidade, bloqueia trackers por defeito, faz upgrade para https by default, etc, isto out of the box sem instalar browser extensions, até estava a gostar da abordagem até que lançaram a cripto BAT e começaram a fazer um plano de rewards em BAT com recurso a publicidade.
          Quando sai o Edge Chromium acho que ninguém, e eu incluído, tinha uma expetativa positiva face ao Browser, muito pelo contrário, mas logo nas 1ªs edições Dev percebeu-se que além de bater todos os browsers em rapidez, era um browser simples e clean, à medida que a release final se aproximou foram sendo introduzidas features essencias, o que à data de hoje se traduz um features focadas em privacidade por defeito e foi aí que atirei a toalha ao chão. O Edge tornou-se o browser por defeito, Brave o alternativo e em último caso Firefox que sinceramente não uso há mais de 6 meses.

    • Diogo Rodrigues says:

      Concordo plenamente contigo!

    • Douglas Charles Cunha says:

      E eu prefiro o Vivaldi, que tem há vários anos esses recursos anunciados somente agora pelo Chrome e pelo Edge.

  3. Diogo Rodrigues says:

    A Imitar o Firefox…
    Já há Anos que o Firefox tem essa funcionalidade…

  4. Diogo Rodrigues says:

    Spoky*

  5. Diogo says:

    E eu aqui ainda com o meu brave, basicamente google chrome mas sem as tretas da google, como anúncios trackers e stuff.
    https://brave.com/adi927

    • Spoky says:

      Utiliza sistemas de afiliados. É um não.

      • Diogo says:

        E que tal se desses uma olhadinha primeiro, porque não? Eles estão a fazer algo incrível, por isso estou aqui a divulgar, basicamente estão a mudar os anúncios como estamos habituados, basicamente bloqueiam todos os trackers e ads que violam a nossa privacidade, e oferecem os seus anúncios numa pequena janelinha não intrusiva, com toda a data guardada localmente, mas a melhor parte é que cada anuncio que apresenta, eles oferecem te uma parte do dinheiro investido para ti, enquanto a google da te nada, já ganhei 10€ a pala de anúncios que já vi.

  6. Hugo Ricardo Cruz says:

    Lutas de browsers à parte, o foco do tema é, parece-me, a nova funcionalidade de captura de imagens incluídas no browser.
    Dentro ou fora do browser, no sistema operativo, onde quer que seja há uma ferramenta com muitos anos de desenvolvimento e que bate, de longe, qualquer outra implementação que já tenha visto.

    Falo do FSCapture
    https://www.faststone.org/FSCaptureDetail.htm

    Convido-vos a experimentar e no fim não precisam agradecer!

    Tem todas as formas tradicionais de screenshot, gravação da tela em vídeo, editor e as jóias da coroa,

    1. Auto scrolldown screen capture
    2. Identificação de objectos e auto select

  7. António says:

    O Firefox faz isso com toda a simplicidade e nunca vi isso elogiado ou publicitado como agora o edge! Eu uso o Firefox, quem vai atrás de publicidade e de monopólios que uso o chrome ou o edge, são iguais. O edge é um parasita do chromium, caso contrário, teria o mesmo destino que o IE terá! Produtos da microsoft, no geral, são fracos, essa é agrande verdade!

  8. Rui Moritz says:

    E o “Recorte e Desenho” do Windows não chega? Seja lá qual for o navegador…

  9. MrClaro says:

    Uso o Lightshot.

  10. rodrigues says:

    Ou Greenshot que até envia directamente para a nossa conta no Imgur, se assim se pretender.

    É uma “não novidade” simplesmente….

  11. Lino Oliveira says:

    O meu browser de eleição é o Firefox pela facilidade de configuração ao meu gosto e pelos add-ons. A ferramenta de recortes do Firefox funciona muito bem e tem a possibilidade de copiar a página inteira como imagem com apenas um clique. Mas a minha ferramenta de recortes preferida é o Screenpresso. Tem muitas funcionalidades e não fico dependente de um browser para fazer recortes que só me permite usar a funcionalidade em páginas web. Quando o foco é o conteúdo, uso um bookmarklet PrintWhatYouLike que me permite retirar elementos da página que não me interessa, como por exemplo banners. Uso também o add-on do Firefox que também existe para os outros browser chamado Print Friendly and PDF sobretudo quando o objetivo é gerar um PDF da página.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.