PplWare Mobile

Meo, Nos, Vodafone e Nowo: Posso pedir indemnização?


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Sergio says:

    Renovei o mês passado, o preço ficava muito bom por isso ja nao me adiante muito estar com estas borocracias.
    Mas quando andei a negociar o novo pacote, disse lhes que nao gostei de me aumentarem o preço assim do nada e a mulher disse-me que fui avisado por carta.. Mas como nao leio as cartas, so os valores.. Comi aquilo e andei, ate porque nunca pensei que empresas desta magnitude nao tratassem disto de forma legal.
    Mas pronto, seja como for deixo um conselho a quem quer renovar e quer preços mais baixos sem cair na esparrelha de vos oferecem mais coisas que nao precisam.
    Nao aceitem a primeira nem segundo oferta, nem qualquer oferta feita longe do término do contrato.. Esperem pelos últimos 4 meses, que é quando chega a chamada de quem pode realmente oferecer-vos um bom pacote e por vezes ate adequado à qualidade de serviço que recebem.. Eu diminui o meu de 67, para 53, e bastou-me mostrar determinado em como nao queria mais acrescismos mas sim qualidade no que ja tinha. É claro que ter Nos e baixa rede móvel em muitas zonas é um bom argumento também 😉

  2. Ghost says:

    Epah no caso da MEO eu recebi um aviso na minha fatura com 2 meses de antecendencia a avisar que iriam haver alterações no preços, não percebo a questão dos clientes não terem sido avisados… será que fui o unico a receber este aviso ?

    • AFontes says:

      Os clientes da NOS também foram avisados na fatura, a maioria simplesmente não lê.
      Apesar de eu achar que deveriam de notificar por SMS por exemplo, porque quando é para pagar enviam os dados por SMS, quando é para fazer publicidade igualmente, mas quando é para notificar os clientes de alterações importantes está quieto.

      Para os distraídos:
      Fatura NOS do mês de Outubro: A 1 de dezembro 2016 iremos proceder a uma atualização de preços nos produtos e serviços que disponibilizamos. Consulte o detalhe desta atualização, a partir de 1 de novembro, em nos.pt/novastarifas

      Fatura essa que pode ser consultada na Área de Cliente > Faturas e pagamentos > Faturas e clicar em Últimas faturas, estão disponíveis os últimos 6 meses, neste menu.

      • jone says:

        Isso não é notificar o cliente das alterações contratuais.
        Para isso teria de ser uma carta (que até podia vir junto fatura) com o valor das novas tarifas. Agora avisam da alteração, de forma unilateral, e se quiseres vai ver ao site, é uma forma manhosa de proceder a alterações. Conveniente, diria eu.
        Eu se quiser alguma alteração ao contrato, tenho de enviar carta registada. Eles mandam ver se o cliente quiser.

        • AFontes says:

          Teria de ser porque lhe apetece?! É favor ler os contratos que os senhores andam a assinar, está tudo explicado.
          E independentemente do que as operadoras possam dizer inicialmente todos têm o poder para rescindir sem qualquer penalização, no prazo de 15 dias após a alteração proposta, aconteceu comigo.
          Tens aqui um exemplo:
          19.2. No caso previsto no número anterior desta Condição, o cliente será notificado, através dos meios previstos na Condição 15., com a antecedência mínima de 30 (trinta) dias sobre a data de entrada em vigor das novas condições contratuais. Caso delas discorde, o cliente dispõe de um prazo de 15 (quinze) dias para, por escrito, rescindir a relação contratual em causa, sem qualquer penalidade associada. A referida rescisão produzirá efeitos à data da entrada em vigor das alterações contratuais.

          Volto a frisar, leiam os contratos.

      • João Varela says:

        Além disso convém esclarecer que esse aviso vinha em letra tamanho 9 e o valor da factura e tudo o que interessava à operadora vinha com letra tamanho 16. A esperteza serve apenas para um dos lados, mas esta esperteza dura apenas o tempo que os clientes quiserem, a não ser que as operadoras entendam que conseguem sobreviver sem clientes, o que não me parece o caso.

      • Anónimo3461986 says:

        A questão é que no aviso de aumento de preços, também não avisam que os clientes podem rescindir sem encargos caso não concordem..

        Só avisam o que lhes interessa e mesmo assim em letras pequenas na 3a página da fatura para ninguém ver.. enfim, é o que temos

      • Alexandre Trocado says:

        Espetacular resposta!
        1º actualização poderia nem ser subida
        2º nessa página só há um pdf para os pacotes domésticos e em lado nenhum nesse pdf aparece a informar que o cliente pode rescindir sem qualquer custo

    • Suicide-Squad says:

      O problema aqui não se prende com a falta de aviso, mas sim da falta da nota que devia informar os clientes de que podiam rescindir sem penalizações ou encargos tal como previa a lei (artigo n°48 da Lei n.º 15/2016, de 17 de junho de 2016, alínea 16). Rescindi com a NOS exactamente por causa disso.

      “16 – Sempre que a empresa proceda por sua iniciativa a uma alteração de qualquer das condições contratuais referidas no n.º 1, deve comunicar por escrito aos assinantes a proposta de alteração, por forma adequada, com uma antecedência mínima de 30 dias, devendo simultaneamente informar os assinantes do seu direito de rescindir o contrato sem qualquer encargo, no caso de não aceitação das novas condições, no prazo fixado no contrato, salvo nos casos em que as alterações sejam propostas exclusiva e objetivamente em benefício dos assinantes.”

      https://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=1388733

    • Leandro says:

      Os clientes não foram avisados de que com o aumento poderiam rescindir sem qualquer problema.

    • Velho Rabugento says:

      Aí é que está o problema. Eles não avisaram que iam aumentar os preços, avisaram apenas que “a partir de 1 de Novembro entram em vigor novas condições”.
      No entanto não dizem que condições são essas, nem informam que caso não concordemos com as mesmas podemos rescindir sem penalizações.

      A lei neste caso obriga (ou deveria obrigar) a que a operadora apresente ao cliente uma propostas de alteração de condições, com a qual o cliente tem de concordar expressamente e caso não concorde pode rescindir o contrato. No entanto, hoje em dia chegou-se ao ponto de 1 linha no final da fatura é considerado suficiente, depois se tentarmos saber quanto vamos pagar ninguém nos sabe responder e se dissermos que vamos rescindir ainda dizem que temos de pagar devido à fidelização, o que é simplesmente mentira e ilegal.

      A mim não me aumentam mais, quando foi o último aumento reclamei para a MEO em várias plataformas, facebook, portal da queixa e até provedoria do cliente, de todas obtive a mesma resposta a dizer que nada podiam fazer pois eles avisaram e o aumento reflectia a inflação (mentira). Farto, contactei o centro de arbitragem, expus a situação e a MEO como sabe que não te razão, devolveu-me o que já me tinha cobrado a mais e fiquei com um “desconto” igual ao aumento até ao fim do contrato.

      Reclamem, mas a sério, não é só ameaçar.

    • Rui Lopes says:

      Recebeste a dizer que os preços vão ser alterados, mas não recebeste a dizer que os preços vão ser alterados e que o cliente tem o direito a rescindir o contrato caso não aceite essas alterações.

      É recebeste esse aviso numa fatura.

      Eles quando fazem uma alteração contratual tem de avisar de forma explícita e isolada com citando todos os direitos do cliente com essas alterações.

    • Zozcastro says:

      eu também recebi e reclamei mas ficou por aí pois pensei que não podia fazer mais nada. no entanto como mostra a noticia no JN junto com a informação de aumento deveria também constar a informação de que sendo uma alteração contratual eu poderia não aceitar e rescindir o contrato sem qualquer penalização, essa informação foi omitida pelos operadores e não está conforme a lei.

    • Elypse says:

      Confirmo que também recebi o aviso na factura da MEO 2 meses antes, mas mesmo assim não concordo com a política utilizada. Se tenho contracto durante x tempo então o valor y também não se devia alterar.

    • Pedro says:

      Avisar eles avisam só que ao que parece se eles aumentarem os preços podes rescindir o contrato, ou seja, a fidelização passa a ser de um ano, porque eles anualmente sobem o preço por causa da “inflação”

      • José says:

        O problema não foi o aviso do aumento de preços, penso que isso todos os clientes da MEO receberam, embora dissimuladamente, na fatura de Setembro. O problema é que juntamente com essa informação deveria vir a informação sobre o direito de se poder rescindir os contratos sem qualquer encargo, ainda que estes estivessem sujeitos a períodos de fidelização e isso não aconteceu.

    • paulo barata says:

      na carta apenas diz ” a partir de data x entram em vigor os novos preços , consulte em meo.pt”
      só que eu tenho uma fidelizacao de 24m a 29,90 e de repente estou a pagar 31,99 … sendo este um pacote de retenção ou refidelezacao este não vem em parte alguma do site , logo a informação não me chegou . como faço ?

      • Jose Barroso says:

        Tem contrato assinado? Os contratos novos ou refedilizados só tem validade assinados, caso não tenha assinado, peça que lhe de o contrato assinado

      • Velho Rabugento says:

        Envie um e-mail para o centro de arbitragem da sua zona.
        No meu caso, passado poucas semanas devolveram-me em crédito na fatura os meses que me cobraram esse aumento ilegal, e colocaram uma linha de desconto com os 3 Eur que correspondiam ao aumento. Faça isso, que passado menos de 1 mês já está a pagar mais ou menos o mesmo.

        PS:prepara-te MEO que a vodafone já está à minha porta

    • José Moreira says:

      Ghost, uma coisa é avisarem do aumento de preços – a mim também avisaram – outra coisa, muito diferente, é informarem-nos de que podemos rescindir os contratos sem penalização. A mim, nada disseram

    • r says:

      sou cliente meo mas por pouco tempo, realmente esta la na factura mas vem num local que passa despercebido… uma falta de respeito para com os clientes mas como a fidelização termina no mes que vem e esta ja e a menos de 30 dias entrei em contacto com a deco e disseram que se queria rescindir era agora e sem demoras foi o que ja fiz. voltando aos avisos isso devia ser ao pé da data limite de pagamento e valor não é no meio da factura em si mesmo ao fundo da pagina isso é jogo sujo com os clientes ainda tem a lata de dizer que devo ler a factura toda todos os meses que o operador que me atendeu disse que fazia, tretas isso sim…

    • Pedro says:

      Não é esse o caso caríssimo. Trata-se do fato de não terem informado os clientes das condições, principalmente, de que dispõe de 15 dias, salvo erro para denunciar o contrato sem penalizações. Tudo com o objetivo de você não saber que o pode fazer e manter-se na operadora.

    • PowerVerde says:

      Foste dos poucos que leu. A malta só olha para a factura para ver o valor, qd olha…

    • Paulo Jorge says:

      Essa informação era relativa, a alteração podia ser diminuir ou não? Na altura da informação ninguém sabia informar nada porque não disponham dessa informação.
      Cumprimentos

  3. Fábio Nascimento says:

    Boa tarde,
    Os clientes foram informados com 2 meses de antecipação, podendo inclusive nesse mesmo prazo recorrer a este aumento, tal como indicado no site da MEO e também na factura de Outubro/Novembro, quem nestes dois meses reclamou a situação, continuo a beneficiar do mesmo valor, falo por experiência própria, o problema é os clientes que reclamaram depois do prazo, sendo legal a operadora não manter o valor anterior. Contudo, não concordo com esta alteração antes do final de cada ano apesar de ser normal tal como o aumento dos impostos em qualquer tipo de serviço ser normal. Nota positiva que a MEO este ano antecipou este aumento 😉

    • Miguel Costa says:

      Deves ser vendedor da MEO.. O MEO Avisou no fim de uma factura em letras pequeninas que a partir da data xx entram em vigor novos preços e condições, ora uma boa parte dos clientes tem débito directo, olha ao valor da factura e muitas vezes nem isso por julgar que está fidelizado a pagar X mensalmente, não vai estar a ler TODA a factura. Quem reparou nas tais letras pequeninas, acabou por ficar na mesma porque ninguém sabia responder quais eram esses novos preços e condições, só quando veio a factura do mês seguinte é que viram aumentos entre os 2€ e os 6€, os clientes reclamam, eles dizem que é a inflação, ora a inflação nem chegou a 1% como é que o aumentos são de 2, 4, 6€?? A lei diz que o cliente deve ser informado de forma clara dos novos preços e da possibilidade de rescindir por não concordar, o MEO fez ao contrário, ameaçou com indemnizações quem queria rescindir, quem teve paçiencia para meter os processos no tribunal arbitral acabou por ver os seus direitos reconhecidos. MEO aqui nunca mais entra! Tenho VDF noutra casa, não estou fidelizado e continuo a pagar 25,90€ com o MEO começou no 25,90 e já ia nos 29,90€ estando fidelizado..

    • silva says:

      legal é roubar , amigo…

  4. Gograziano says:

    Eu também recebi o aviso de que os preços iam aumentar, mas isso é até digamos “normal”, o que não é normal é o aumento ser enorme. Um verdadeiro gamanço, roubo o que quiserem. Devia haver um tecto para estes aumentos. A inflação foi de 0.68 por cento aproximadamente e a mim aumentaram me a mensalidade em 5,6 por cento. Isto é gamar, roubar. Há um ano e meio quando aderi a este pacote, a mensalidade de um telemóvel eram 7 euros e meio, agora são 11.90€. Isto num ano e meio é gamar, roubar o que quiserem. Desiludam-se, ninguém quer saber dos clientes. Eu reclamei na loja, na Deco, e não quiseram saber, porque a lei os protege devido a não haver um tecto para os aumentos.

  5. diz quem sabe says:

    O que a Meo avisou com 2 meses de antecedência foi apenas que ia haver atualização de preçário, logo induz que seria para novos contratos, não disse que ia aumentar o preço a todos os clientes, nem informou que estes podiam rescindir se não concordassem. É isto que a ANACOM os obriga a escrever e que eles não fizeram. A ancom deveria era, conforme a lei praticada pelos operadores, obrigá-los a pagar o restante do contratado ao cliente pela tarifa nova, para compensar o aumento de preço ao alterar o contrato. Isso sim é que era justo.

  6. Felismino Sousa Correia says:

    Estive nas mesmas circunstancias do Sr. Sérgio, também renovei o mês passado com o mesmo operador, mas primeiro obtive propostas dos outros operadores para o pacote que pretendia, todas eram mais económicas em relação ao que estava a pagar. (Também pagava 67,00 € e fiquei a pagar 53.00 €). Na devida altura fui negociar o contrato e fui abordado telefonicamente o que pretendia fazer estava na disposição de anular o meu contrato em virtude de ter outras proposta mais baixas, solicitaram-me quanto queria ficar a pagar a proposta que eu queria era de 52.95 €, para o pacote que eu queria, igual ao que estava em curso. propuseram 53.00 € para o que eu queria. Fim das negociações. Quanto ao aumento durante a vigência do contrato só quem não lê, não tem conhecimento. Um concelho a todos 3 meses antes de acabar o contrato vão a outros operadores e obtenham propostas para o que pretendem e não o que nos querem dar. De certeza que ficam a pagar menos.

  7. Felismino Sousa Correia says:

    Uma “observação.” Para aqueles que estão a 5/6 meses de terminar a fidelização, (de 24 meses), poderão ser contactados pelo operador a oferecer determinados serviços “grátis” sem custos, basta dizer que SIM, conversa gravada, automaticamente estamos a prolongar o contrato. Isto aconteceu comigo, mas, NÃO ACEITEI A OFERTA, era uma das condições para aceitarmos o que nos estavam a oferecer.

  8. Hugo Pereira says:

    O ano passado pagava 14.49€ aumentaram-me no início do ano para 16.49€, liguei para lá e fui claro queria a rescisão de contrato pois tinha um contrato de 2 anos por 14.49€ e não de 16.49€. Andaram a mudar de linha em linha até que no final me ofereceram a continuação do contrato a pagar 13.49€. E eu lá aceitei. Este ano a mesma coisa, aumentaram de 13.49€ para 14.99€. liguei para lá outra vez a reclamar e outra vez de linha em linha ofereceram-me a continuação do contrato por 12.99€. Não sei bem até que ponto podem aumentar assim visto haver um contrato assinado por ambas as partes dos quais a entidade contratada fornece um serviço por X e o cliente paga o serviço por X. Não percebo muito bem como podem alterar algo de um acordo, até porque eu sempre paguei o acordado e nunca decidi pagar menos. Acho que aqui alguma coisa não está bem com entidade reguladora. Até porque a mim aumentaram-me mais de 10%. Algo está muito mal explicado.

  9. Juca says:

    quando terminar o meu contrato com a NOS , acabou de vez esta operadora ao fim de muitos anos deu sempre problemas , dentro de 2 meses acaba o namoro.

  10. Duarte says:

    Meus amigos os pacotes que alterem,aumentem ou diminuam com a operadora,não tem nada a ver com o contrato de fidelização da operadora….um contrato é sempre com o operador do mercado e não com pacotes disto ou daquilo…tenham sempre isto em conta

    • Jose Barroso says:

      Acho que nao é bem assim, eu ao assinar um contrato, so o faço conforme o que a operadora oferece, e ela tem que cumprir o que esta escrito, como eu tambem tenho que aceitar estar ao preço combinado durante o periodo de felizacao

  11. Adelino says:

    O problema não é das operadoras mas sim da entidade reguladora que não serve para nada, só serve para constatar.. isso não nos ajuda em nada.

  12. Carlos Correia says:

    Na Nowo e em principio de Dezembro, li no site na “Área de Cliente” o seguinte:
    TABELA PREÇOS em vigor a partir de 1 de Janeiro 2017 MERCADO RESIDENCIAL
    Mensalidade dos Serviços (sem descontos)
    Valor de Aumento
    Menor de 25€
    1,0 €
    Entre 25€ e 35€
    1,5 €
    Entre 35€ e 50€
    2,0 €
    Maior de 50€
    2,5 €

  13. Olga M says:

    Em julho, a Vodafone alterou-me o contrato de tlm pós pago de valor base 12, 5 para 14, 5 €. Quando me apercebi da situação (só em outubro), liguei para o serviço de apoio ao cliente e disseram-me que já não havia nada a fazer, porque me tinham enviado uma sms a avisar e no prazo de 3 meses eu não os havia contactado. Reclamei na Anacom, pois se me tinham enviado a tal sms, de certeza que não mencionaram valores e também provavelmente não teria feito nada, uma vez que ingenuamente pensei que tendo contrato, as obrigações seriam de ambas as partes. Resultado: tive de cumprir o período de fidelização, com o aumento de preço que eles quiseram!! Esse contrato acabou esta semana, espero poder pedir o ressarcimento. A Nowo também me aumentou o preço em 2€ em janeiro. “Escaldada” com a situação anterior, liguei logo a reclamar e voltaram a repor o valor inicial .

  14. Rúben Marinheiro says:

    Alguém me consegue esclarecer? Estou vinculado 2 anos com um pacote NOS que inicialmente era de 26,99€, o aviso de aumento estava inserido numa fatura, mas nunca fui informado que, se não concordasse poderia rescindir o contrato. Passei a pagar agora 29,99€. Pelo que li aqui, a partir de dia 5 de Abril se o preço não voltar aos 26,99€ poderei rescindir o contrato?

    Cumprimentos!

    • JP Ferreira says:

      Procure “Provedoria NOS” na net, preencha o formulário com a sua identificação, faça uma descrição da alteração do valor da mensalidade no seu caso e exija o reembolso.
      Pode anexar o PDF duma fatura.
      No meu caso, em 2 dias fui contactado telefonicamente pela NOS a informar que iria ser reembolsado do valor cobrado em excesso, o que aconteceu na fatura do mês seguinte.

      • Rúben Marinheiro says:

        Sendo-lhe o mais sincero possível, eu fiz esta pergunta para tentar quebrar o contrato com a NOS e não pelo valor, estou bastante descontente com os serviços…

  15. Vítor says:

    é preciso denunciar os contratos para se perceber que valores estão a praticar. No meu caso possuo neste momento o seguinte, NOS4i_100Mb + 3 Móveis 2GB + Roaming_NPVR (003): Net Wideband Top – 120Mb; Phone Ilimitado; Serviço TV HD; Z-Total Mais Roaming; Z-Total Mais Roaming; Z-Total Mais Roaming, com mensalidade de €71.60.
    Gostaria de ter uma noção de outros contratos.
    Obrigado a quem disponha a comentar

  16. ALEXANDRE O RODRIGUES says:

    A MEO E UMA MENTIRA EU QUE O DIGA TELEFONARAM PARA MINHA CASA POR CAUSA DE UM PACOTE INTERNET TELEFONE E TELEVISAO EU NADA ASSINEI E FIQUEI FEDELISADO E AINDA POR CIMA NAO TENHO INTERNET RECLAMEI VARIAS VEZES TELEFONEI PARA VARIOS SITIOS E NIGUEM ME RESOLVE PROBELEMA POR ISSO A MEO E UMA FRAUDE

  17. Ramon Bivalve says:

    cartel

  18. Qim says:

    Eles avisaram em letras pequenas nas faturas de outubro. Eu quando passar dois anos envio , uma carta a rescindir com letra size 6. Mas com 3 paginas e essa mesma nota la para o meio da carta.

  19. Qim says:

    Do genero enalteço o servico canal a canal, internet, tlm e afins, na 2 folha declaro como quem nao quer a coisa , que rescindo dos servicos , e na 3a mando lhes cumprimentos, mas em letras Size 6, com muita palha pelo meio

  20. Jose Barroso says:

    Façam como eu faço com Nos, se assinei um contrato com periodo de felização de um valor, como eles aumentaram, eu ao fazer o pagamento so pago o valor acordado na altura da assinatura do contrato. Pois nao tem logica assinar um contrato por exemplo em outubro e oferecerem 2 meses gratis,e quando vou fazer o primeiro pagamento a factura ja vem com aumento, jamais podereri aceitar,so pago o acordado e caso eles cortem o serviço vou para tribunal e peço uma indeminazação, é de lei, pois quem não está a cumprir o contrato é a Nos

  21. Rui says:

    Eu reclamei para um centro de arbitragem e voltei a pagar o valor contratado. Procurem na internet que foi por lá que me guiei… 1- reclamem junto da operadora e depois pelo centro de a. É muito rápido e gratuito. Só paga mais quem quer…

  22. Miguel says:

    Os portugueses pagam as comunicações mais caras da Europa e têm os salários mais baixos da Europa!

  23. silva says:

    Mais uma vez o poder está do lado errado, do lado dos fortes. Essa Anacom defende o quê e quem?Quanto ganham por ano para defender o cidadão que não defendem??? Como sempre em Portugal , a solução é reclamar mas….é complicado ! Há o mas, mas isto mas aquilo. É para isto que servem esses orgãos reguladores ? Se nos enganaram não deviam ressarcir o cliente de forma automática e pronta ? Porque é o cliente a ir ao tribunal encharcar-se em burocracia? Foi por acaso o cliente que executou o acto ilicito? Foi por acaso o cidadão que roubou os bancos? Foi por acaso o eleitor que criou a divida pública? A verdade é que vivemos num país de gatunos e corruptos e não temos ninguém que defenda dignamente a liberdade das pessoas. Além da miséria de metade da população há o garrote do poder a impedir a justiça. Fica-nos a lingua que não serve para nada a não ser para levar umas cacetadas da polícia se se meter em protestos.Democracia? liberdade? Igualdade? fraternidade? Justiça ? ONDE ?

  24. Luis Pontes says:

    Incrivel a boa fé dos portugueses. Ainda ha gente que profere frases do tipo, “não acredito que haja empresas desta magnitude que hajam na ilegalidade”.
    Realmente ha pessoas com um vivel de vida tal que mais 100 ou 200 euros de gastos no final do ano não vale a chatice de andar bem esclarecido.
    Mas chegar ao ponto de dizer isto é a causa maxima da facilidade com que os grandes grupos em Portugal e por esse mundo foram acumulando milhões com esqueminhas fraudulentos para sacar mais uns eurinhos do bolso de cada um. Ainda ja muita ingenuidade na sociedade civil.

  25. FUI BURLADO PELA MEO-take 2 says:

    Mais uma vez digo que fui burlado pela MEO. Telefonaram para fazer um contrato de fidelização de dois anos com um preçário mensal e mandaram outro contrato com preçário muito maior, totalmente diferente, com serviços que nunca tive nem consigo ter. Telefonei a reclamar ainda dentro do mês e disseram que o contrato ‘estava em conformidade’ com o que tinha sido acordado ao telefone, o que é Mentira. Liguei para as linhas de apoio, 16200 – não resolvem nada, 16209- dizem que resolvem e depois não resolvem, andam só a passar tempo. Tenho numero do colaborador que fez o referido contrato e nunca está e sinto que ainda gozam por cima la por trás, dizem também que logo me ligam e que vai ser tudo resolvido, grande peta. Vou avançar para para o que tem de ser feito. Eu sempre lhe respondi de boa fé, mas não sei onde está a boa fé e a educação desse tipo de colaboradores que são a vergonha dessa empresa. Abram bem os olhos, é o meu conselho.

    • André Duarte says:

      Tive um problema semelhante. Meteram-me uma fidelização quando eu disse ao telefone “não quero mais nada, mais dia menos dia vou rescindir”. Reclamei, pedi para ouvirem as chamadas, que falassem com quem quisessem. Fiz 4 reclamações em loja e outras pelo telefone e o assunto ficou resolvido. Engraçado que nunca pediram desculpas ou admitiram sequer que o colega deles agiu de má fé. Admitem que o cliente é que está a mentir até prova em contrário. Durante este processo ainda me ligaram 2 vezes a perguntar porque é que estava agora a pedir uma portabilidade. A suposta fidelização desapareceu, e enviaram uma carta só a dizer isso mesmo. Não me explicaram absolutamente nada.

  26. Dealer666 says:

    Quando todos se preocupam só com os valores a pagar, acabam sempre por se esquecerem das velocidades de conexão e eu no meu entender estamos mal servidos.
    Muitas vezes só se consegue de 7 a 12 Mb/s quando se anda a pagar aos 80€ ou 90€ e se reclamam poupam 10€ a 20€ mas cortam as velocidades de conexão.

  27. darkvoid says:

    Fiz várias reclamações por escrito para a ANACOM, referindo que não era legal um operador ter um contracto comigo de 2 anos com um valor mensal e unilateralmente aumentar esse valor a meio sem me permitir rescindir.
    Cheguei a dar exemplos de como seria se o operador aumentasse 1000% os valores. Eu continuaria obrigado a permanecer no contracto?
    Nem acredito que fizeram alguma coisa em relação a isso!

  28. P. Monteiro says:

    Há por aqui alguém na área do Direito disponível para elaborar uma minuta para os seguidores PPlware? Em alternativa podemos redigir em conjunto um modelo para fundamentar correctamente e “entupir” em massa os centros de arbitragem a 6 de Abril. O que acham?

  29. Steven Coelho says:

    P.Monteiro…concordo, seria uma mais valia haver aqui uma minuta modelo para podermos atuar no dia 6 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.