MEO não é obrigada a abrir fibra óptica a outros operadores


Destaques PPLWARE

87 Respostas

  1. LOOOL says:

    Portugal é um País muito rico!!! Viva os Lobbies…o Rei vai nú

    • Rui Pereira says:

      Portugal tem uma das melhores redes de fibra ótica na Europa, pena são os preços e as velocidades, mesmo assim não estamos assim tão mau quanto pensamos, tal como disse e referi os preços é que são os mais caros ou um dos mais caros a nivel europeu.

      Não entendes que se trata de capital e do investimento próprio? Achas bem se tu investires num negocio que foi pensando e feito por ti, obrigarem-te ou ponderarem abrires o teu negocio para outras empresas lucrares com o que TU DEMORASTE ANOS a fazer, a expandir e a investir?

      És livre de abrir, mas também és livre de não abrir! E com toda a razão, não podes obrigar quem invesitu dinheiro do seu capital no presente a fazer uma loucura dessas, seria como pera ai eu investi e vou abrir para os outros? Mas então de que valiu investir?

      Depois disso o que é que é acontece, o que é? Deixam de investir! E com razão, e ai já ninguem pode criticar a falta de investimento, houve e haverá razões e fortes motivos para não investir caso fossem obrigados a abrir 😉

      • Diogo says:

        A MEO neste momento e privada, mas quando o investimento de fibra foi feito, pertencia ainda â PT, logo dinheiro publico foi utilizado (nosso dinheiro), acho que a MEO deveria de abrir a sua rede por cauda disso

        • jaquim says:

          Usaram ps dinheiros do PTE para expandir e usar comercialmente a fibra. Usam redes montadas pelas associações de Municípios, como a de Évora que colocou rede para todos os concelhos, comercialmente, mas depois abrir mão. Quando a vodafone tiver aqui fibra, by by meo. Andaram mais de 30 anos os portugueses a investir na PT, para agora o francês meter ao bolso, pois por causa da porcaria que o Bava fez…

        • José Matafome says:

          A PT é privada desde 1995, existia era uma Golden Share que permitia vetar operações devido à importância estratégica da mesma para o País. Tanto que a fibra do começou a ser implementada em 2007… logo pt era privada… dizem de misturar alhos com bugalhos

      • LOOOL says:

        Os operadores só têm é de partilhar as redes que constroem entre eles, chegarem a um entendimento em que nenhum deles saia prejudicado.
        Não têm lógica económica du/tri/quadriplicar investimentos na mesma rua, edifícios etc… já existem parcerias entre operadores, e é assim quem tem que ser.

      • Antonio says:

        Investimento próprio ?? Tá bem, não deves estar a incluir o dinheiro que os portugueses tiveram que investir na PT….

    • Fernando says:

      Paulo Neves?

    • Miguel Silva says:

      Deves de ser rico só pode.

    • Bruno Lopes says:

      E a melhor da Europa, nos preços claro, roubados na fibra e na ADSL. Tens ADSL mas pagas mais que fibra. Se achas que esses são preços juntos para aquilo que o comum português pode pagar, pede para te aumentarem ao preço, tenho a certeza que eles vão te arranjar uma maneira e ainda te fazem um desconto.

    • Ricardo says:

      Exactamente é das melhores empresas a nível europeu.
      Se o povo quiser coaxial que vá para a NOS. a NOS é a pior operadora.
      Agora se querem qualidade de serviço e fibra boa vão para MEO mas já sabem que vão pagar.

      O povo sempre quer tudo de graça.

    • Asdrubal says:

      cof cof corruptof cof

  2. João Pacheco says:

    O mesmo de sempre.
    A rede de fibra óptica bem como a TDT deveriam pertencer a entidades independentes como aconteceu com a criação de REN para tirar a rede de distribuição da EDP.

    • Rui Pereira says:

      Não.. Se eu investir ou se tu investisses dinheiro na tua própria empresa e alguem te pedisse, queremos a tua empresa aberta para todas as pessoas poderem gerir, irias permitir que outras empresas podessem participar contigo? No que tu investiste, no que tantos anos lutaste para os ter?

      Inovação é lixado, todos sabemos que a PT Telecom é uma das operdoras mais prestigiadas em Portugal, não me venhas com cá histórias da “NOS” nos essa que nem Upload decente tem, logo não é uma hipotese a ponderar.

      A Vodafone está muito boa, esta a inovar nos seus preços e no seu investimento em Portugal, no entanto não pode obrigar os outros a abrir uma rede que é sua por direito e na qual investiu milhões!

      • theboice says:

        acho melhor corrigires o que escreves para investimos todos nós contribuintes milhões e não os donos da meo ex pt…obrigado e boas festas também para quem tem memória curta…

      • PC says:

        Acho que estás bastante enganado! O investimento começou antes da PT ser totalmente privada… Os outros operadores não querem utilizar de borla…. Tomando como exemplo o mercado eléctrico. Existe uma entidade a REN que é a empresa pela gestão da rede eléctrica portuguesa, e os operadores pagam por utilizar a rede.
        Aqui seria a mesma coisa. Vou dar um exemplo que existe. Na rua onde eu vivo não existe passagem subterrânea para as comunicações, é através de postes, nas outras ruas como há, já podem escolher entre Meo e Vodafone. Como a MEO ainda não autorizou a passagem de cabos, tenho de pagar quase +20/mês para ter um serviço melhor…. Agora MEO anda farta de me telefonar para fazer a mudança pra fibra e toma + 2 anos fidelização.

    • Besta Tester says:

      Desculpa, mas não me parece que saibas do que estas a falar. A REN distribui rede de alta tensão. A EDP, tem a divisão da EDP distribuição, que é para distribuição em baixa tensão. Agora, não dá para explicar como é que tens a edp a distribuir electricidade, e existe concorrência nessas mesmas linhas de outros operadores, quando a EDP também tem serviço ao cliente. Pá, telecomunicações é a mesma coisa.

      Abraços!

    • Diogo Arruda says:

      A rede de FO devia pertencer a quem e porquê??!!
      LOL. è pa rir.

  3. Sera says:

    Abrir aos outros operadores em que condições?

  4. Raul says:

    Ha certas coisas que eu pelo menos não entendo.
    De quem foi o investimento na rede da fibra óptica?
    Da Meo?
    Ou do estado?
    Se foi da MEO qual a lógica de virem agora impor uma situação destas?
    Se foi da MEO com subsídios do estado, porque è que não se lembraram de colocar umas cláusulas no contrato celebrado para poder na posteridade partilhar a rede com outros possíveis operadores?

    Ora vejamos se eu comprar um carro qual a lógica de o estado vir a obrigar me a dar boleia ao vizinho?

    • RF says:

      Eu percebo o porque, mas la esta é o que tu dizes, apesar de num mundo perfeito a partilha dos canais de fibra ser vantajoso para os utilizadores, se o investimento foi da MEO, ela não tem que dar nem partilhar a fibra com ninguem, é dela e faz o que quer dela. Verdade que nós ficamos a perder. Alguem que este dentro do assunto que explique afinal com que verbas a MEO fibrou o pais

    • Adérito Nunes Flores says:

      Apoiado. 100% correcto-

    • Pedro says:

      Relembro que MEO é PT, e, sendo assim, a PT já tem, infelizmente, experiência e peso nestas coisas.
      Também recordo que a Vodafone, usa a infraestrutura da MEO para o fornecimento dos serviços de fibra. Porque não o Estado permite a criação de mais infrasestruturas próprias para operadores? Assim fariam um investimento deles e ganhavam mais ao alugar as ligações a outros, não só melhorando os serviços, mas permitindo mais inovação através da concorrência ( o que era ideal numa utopia… )

      Se o investimento é privado na sua totalidade, então sou obrigado a concordar que a cedência da fibra está condicionada ou vedada aos restantes operadores.

      Se o investimento foi da MEO com os subsídios do Estado, apenas significa que quem acordou ou fez o contrato de atribuição dos mesmos, não considerou ( ou recebeu para não considerar ) que iria ser partilhada, mas como a PT já tem experiência nestes monopólios e andanças anti-concorrência, mais não digo.

      O exemplo do carro é simples de explicar. O estado não obriga a dar boleia ao vizinho, porque o investimento é privado e “empresta” ou “dá boleia” se quiser. Mas continua a pagar ao Estado os devidos impostos. Agora se comprou o carro com parte de dinheiros públicos aí sim, poderia vir a ser obrigado a ceder alguma utilização ao vizinho, porque de alguma forma, ele também tem participação no carro e, sendo assim, algum direito a ele.

      O que é mais gritante em caso da participação do Estado, logo todos nós como cidadãos, nem sequer deveríamos pagar pelo serviço da MEO, porque de certa forma já o pagámos por causa dos financiamentos que demos através das contribuições.

      Eu concordo com o comentário do Sr. João Pacheco. As redes de telecomunicações, água, luz, gás, tdt, etc deveriam ser geridas por entidades do Estado, mantendo a sua independência de privados, já que a meu ver são coisas de utilidade pública que todos pagamos, de uma forma ou de outra, logo temos direito a elas. Assim, basta uma Vodafone ou uma Zon, ligar o seu serviço à rede ( e pagar a dízima por isso ) e levá-lo ao consumidor. Portanto, parte da rede “é minha” mas quem me entrega a ligação e o equipamento é o operador.

    • PilotEyes737 says:

      As linhas/infraestruturas são da PT (Portugal telecom)…

  5. Nelson N says:

    Não bastou ficarem com as frequências da TV analógica à borla, impedirem a todo o custo equipamentos para a TDT no interior do País, e agora querem ficar com o exclusivo da fibra. Li noutro local que a anacom não autoriza para evitar o monopólio, contrariamente ao que diz a Vodafone. será que algum dia apareça alguém com eles pretos e no sítio que nos defenda?

  6. Freitas says:

    Não é má ideia principalmente para deixar de ver o monte de cabos no ar que até os postes vergam, uma pessoa vai ver a paisagem só vê cabos e mais cabos. Em certos locais só existe um operador e nem tens opção de escolha.

    • PeteSnows says:

      +1
      isto aconteceu com as torres de telemóvel.
      Que sentido faz por 3,4,5,6 fibras para povoações onde 1 basta (quanto muito 2 para redundancia) ?
      Todos deveriam partilhar e todos deveriam colocar nova infraestrutura (para poder partilhar).

      Ja agora gostava de saber em que condições foram colocadas a infrastruturas ? Existiram apoios ? Foram compradas ao estado a valores especiais ?

  7. Durbalino Martins says:

    Eu também gostava.
    Os outros a investir, e eu a facturar.

  8. Pedro Pinto says:

    A NOS e a Vodafone que gastem menos em publicidade e começem a estender fibra como está a fazer a MEO em todo o país.

  9. zacarias says:

    e se o vizinho te pagar um mensalidade para lhe dares boleia ?

  10. Rui Pereira says:

    Se eu investi dinheiro, e continuo a investir dinheiro na expansão da cobertura a nível de FTTH (fibra ótica) porque raio iria eu abrir a minha fibra, onde investi o meu dinheiro aos outros operadores?

    Não tem qualquer sentido, cada um tem a sua rede e não é obrigado a abrir a quem quer que seja! Uma coisa é o operador investir na expansão da Fibra Otica e ser obrigado a abrir, outra coisa é não querer abrir algo que não lhe pertence, são coisas totalmente diferentes.

    A MEO tem toda a razão neste caso! Se eles estão a fazer um investimento porque raio tem de ser obrigados a abrir? Não não são! Lamento mas não são! Seria ao contrário se fosse um investimento por parte do Estado ou onde a FIbra não fosse deles!

    Aproveito para dizer que a MEO continua a expandir a sua cobertura fibra ótica e já chegou a estas zonas todas
    https://s28.postimg.org/lztvkz4j1/8mzh_La1.jpg (as que estão em rosa são as novas zonas que já possuem fibra!)

    Tomem atenção que a fibra só fica ativada passado alguns meses em certas localidades.

  11. FB says:

    Se foi a MEO/PT que fez o investimento, porque que tem de ceder as suas infraestruturas a outros? Porque que é que os outros operadores/ISP’s também não investiram e criaram infraestruturas???
    Respostas: Todos eles criaram novas infraestruturas, o nível de investimento/estratégia é que foi diferente.
    Dinheiro do Estado/União Europeia, todos receberam, MEO/PT, VOdafone, Otimus/NOS.
    As estratégias é que diferiram, a MEO/PT quis fazer um forte investimento em todo o país. A Vodafone só nos grandes centros urbanos onde compensava o investimento de infraestrutura vs nº clientes. Otimus/NOS decidiu ficar pelo coaxial dada à grande infraestrutura que já teem.
    O que a Vodafone pretende? Simples aproveitar a infraestrutura de outros para fazer negocio sem grandes custos como fez com a rede cobre que já existia criada pelos TLP/PT, ou seja, aproveitarem-se…lololol.
    Conclusão: Quando começou a ser leiloadas as licenças para a criação da infraestrutura de fibra, todos os ISP’s concorreram (MEO/PT, Vodafone, Otimus/NOS, etc), a iniciativa/estratégia e dinheiro veio maioritariamente de investimento privado, logo cada um colhe o que semeou, uns mais outros menos, mas não venham agora dizer que tem direito a uma fatia do bolo dos outros quando não trabalharam/investiram para isso. Concordo com a decisão da ANACOM e neste caso a UE devida estar quieta e preocupar-se com outras coisas.

    PS: Referente ao TDT, podem culpar a PT pela merda que fez, mas culpem primeiro o estado por não efectuar um controlo do que estava acordado ser feito no contrato atribuído à PT em concurso e não penalizar a mesa pelas falhas existente, tanto na cobertura como nas limitações existente na tecnologia/infraestruturas criadas.

  12. metro says:

    A Vodafone muito fala, mas instalar me o serviço tá queto.
    Estou à 1 mês à espera do serviço e nada.

    • Rafael Cardoso says:

      Foi me instalada a Vodafone numa casa em 2 semanas. Na primeira data que me disseram que iam fazer o serviço foi o senhor na loja da Vodafone que definido essa data sem saber se os técnicos tinham disponibilidade.
      Reclamei com a Vodafone nesse dia pornão ter ido lá ninguém na semana seguinte já lá estavam
      Se não reclamar não lhe serve de nada estar à espera

    • WhoKnows says:

      Sinceramente é azar … aqui tenho Vodafone e foi-me instalada no dia que se tinha falado e sem problemas

  13. Ricardo says:

    Bem se a fibra foi investimento privado da MEO não sei porque outras querem meter o focinho.
    Pelo que sei a MEO partilha a rede com a Vodafone em alguns lugares mas também sei que a Vodafone anda a colocar a sua própria fibra.
    Já a NOS é um caso ridículo de terem 90 % de coaxial e é raro ver NOS FFTH que são os outros 10 %.
    Se as outras operadores querem a fibra que invistem deixem a MEO da mão.

    Assim até é melhor. Porque senão tantas operadores a carregar em apenas esses cabos de fibra existentes as velocidades iam piorar.

    • Miguel Campos says:

      A MEO partilha a rede com a Vodafone, como a Vodafone partilha a rede com a MEO, e a NOS já muita rede FTTH tem, não tem é nós centros urbanos. A NOS normalmente tem a central na cidade, serve os primeiros 4 ou 5km com HFC ( coaxial) e depois tem até 20km em volta da cidade com FTTH.

  14. Fernando says:

    Pois eu acho que esta história está muito mal contada e os portugueses têm memória curta. Já se esqueceram do modo como toda a infraestrutura de telecomunicações paga pelos contribuintes foi depois vilipendiada nas mãos dos privados. É melhor nem começarmos a ver todo o percurso desta MEO para não ficarmos (mais uma vez) ofendidos com o modo como a nossa classe política tratou o património público em função de interesses pessoais e negociatas.
    Em relação a este assunto, apenas digo o seguinte: Sou cliente MEO porque é o único que traz fibra a minha casa, Se não fosse assim era cliente Vodafone. Para mim não faz sentido esperar que a Vodafone instale a sua própria fibra, com a redundância que se adivinha, quando já existe uma infraestrutura que foi paga com dinheiros públicos. O carro é do estado e o estado tem a obrigação de o rentabilizar com os provados e não entregar de mao beijada a uma operadora que toda a vida fez o que quis com os resultados vergonhosos que se viram. A Anacom é uma anedota.

  15. deaaz says:

    Será que ainda se não percebe que a ANACOM é só e apenas um “braço” da PT? Sempre foi e apesar das alterações profundas na PT a ANACOM continua subjugada (vício, favores, hábitos? ou de tudo … muito?)
    Este facto de subserviência não se limita a esta “entidade reguladora”, pois da ERSE ao Banco de Portugal, não conheço nenhuma “entidade reguladora” que não esteja controlada pelos regulados, quando devia ser o garante dos utilizadores, pois foi para isso que teoricamente foram criadas.
    Relativamente à abertura da rede de FO a outros operadores, ela não seria aberta a custo zero (ver recomendação da UE), mas a PT não quer abrir porque cobra mais dos clientes que não teem alternativa do que cobraria pela abertura, Aliás a PT não estende a infraestrutura de FO a muitos dos clientes porque assim os obriga a um pior serviço e cobra mais caro, sem que as outras operadoras se apresentem como alternativa.

  16. Freitas says:

    Para que ser a ANACOM! Até hoje não vejo nenhuma utilidade, só serve para meter dinheiro ao bolso.

  17. slayer says:

    PT fez a fibra com apoio estatal, foi privatizada e ficou dona da fibra. Concorrência quer construir infraestruturas, o governo não permite, querem usar a mesma infraestrutura não é permitido, há quem esteja interessado em entrar no país com capital próprio também não são atribuídas licenças… toda a gente vê do que se trata tanto dentro e fora do país, mas nada se resolve.
    TDT foi feito por quem? Pela PT, prometeram-se mundos e fundos que tinha potencial para mais de 20 canais, era uma festa, afinal não deixa ter mais que 9 e as licenças para atribuir a privados vão cair nas mãos da TVI e SIC apesar de haver mais interessados e o concurso ainda nem ter sido lançado já se sabe que será a TVI Ficção e SIC Caras. Enfim, não vale a pena mesmo.

    Cada vez mais a favor da pirataria, é a única forma de lutar contra este monopólio.

  18. António Pacheco says:

    Cabe a nós consumidores para quem a MEO nunca honra os contratos assumidos, tomar uma atitude.
    Será que precisamos da MEO ou é a MEO que precisa de nós?
    Portugueses quando é que deixamos de ser comandados por estes vigaristas??????

  19. pois says:

    Acho piada a quem vem defender aqui o monopólio do Meo!Monopólio acumulado,com muitos apoios estatais, ao longo dos anos.Quem é que vai pagar os investimentos falhados,que a Meo tinha no BES?adivinhem lá?
    A anacom é uma anedota,foi criada só para encher a pança de alguns “amigos”.Bom era ,que a CE envia-se uma factura,com uma multa bem gorda,por não aceitarem ás recomendações europeias.

  20. SPIRIT says:

    eu vi pelos comentários que alguns aqui são ricos e que podem pagar a MEO,
    JA VIVO NUM SITIO Á 30 ANOS E A MEO NAO DEIXA VIR A VODAFONE PARA A MINHA ZONA.
    PORQUE?
    QUANDO SAIU A FIBRA NA MEO TODOS OS PORTUGUESES PAGARAM OS INVESTIMENTOS PORQUE A MEO-PT ERAM PUBLICAS POR ISSO FORAM BUSCAR DINHEIRO AOS CONTRIBUINTES PORTUGUESES.
    AGORA UM FRANCES DE MERDA COMPROU A PT AO PREÇO DA CHUVA E QUER MANDAR EM TUDO.

  21. int3 says:

    PP que switch é esse? os verdadeiros homens usam nexus :p

  22. loop says:

    Caso idêntico ao da electricidade…
    A EDP distribuição e dona da rede e foi “obrigada” a ceder a mesma aos restantes concorrentes como endesa, galp e etc..
    O mesmo tem de acontecer com as telecomunicações.
    Claramente não e a ANACON a única que se deve pronunciar sobre este assunto mais sim também a ADC (Autoridade da Concorrência).
    Os restantes concorrentes teriam de pagar o “aluguer” das mesmas, contudo os valores teriam de ser afixados pela ADC.

  23. Pedro Antunes says:

    A anacom recebeu uma bela quantia da PT para tomar essa decisão. Só um burro não percebe isso.

  24. Dminister says:

    Não percebo. Um técnico da MEO disse que a fibra(pelo menos da minha zona) era feito por uma empresa privada e que essa era partilhada pelos operadores, e pelo que sei, essa mesma linha faz o Alentejo e o Ribatejo quase todo. Acho que esta notícia só diz respeito à fibra colocada nas cidades pois para o interior acho que a situação é outra.
    Mas não tenho a total confirmação de que é assim.
    Mas acho que se fosse dono da MEO e fizesse o investimento da infraestrutura de fibra e depois fosse obrigado a partilhar, não iria gostar.

  25. VINHAIS says:

    A MEO é de facto a maior, segundo dizem. Mas na minha área geográfica (nordeste transmontano – VINHAIS) fibra nem vê-la nem data para a sua instalação. No entanto a Vodafone aqui já tem e é só ver a clentela a fugir para a VODAFONE, por todas as razões. Velocidade da net aqui nem nos países africanos mais pobres.
    A fibra deveria ser para todos os portugueses já que os que Têm ADSL (o meu caso) pagam tanto ou mais que os outros e somos pior servidos.

    • int3 says:

      Vamos investir alguns milhões de euros para vender a meia dúzia de gente a 200kms do nosso ponto de presença mais próximo. Nem em milhares de anos conseguiam recuperar o dinheiro. é dinheiro deitado fora. Se for como a eletricidade e a água como recursos essenciais à vida, o estado deve pronunciar-se e investir na fibra por todo o país.

  26. Leão says:

    O melhor Operador é a Vodafone. Preço, qualidade e serviço.

  27. PPAP says:

    Mas para deixar IGAC censurar sites não se opõem. Daqui a pouco so podemos ir a net das 8 da manha às 22h

  28. Rodolfo a Rena says:

    Não é de admirar que a ANACOM tome uma decisão destas, visto que de autoridade não tem nada. Prova disso são os casos em que a MEO faz o que quer e esta especie de instituição nada faz para impedir… Infelizmente é o triste País que temos

  29. Zed Mendes says:

    É tão triste ver que há pessoal que gosta de ser roubado, acho que explica a leveza com que várias decisões políticas são encaradas ou até mesmo ignoradas. Defendem a posição da Anacom porque a PT investiu blablabla logo têm direito a explorar o seu monopólio. Vivemos numa economia de mercado e vejo gente a defender fervorosamente monopólios. E para quem parece tão preocupadinho com os lucros da Meo, abrir a rede a outros operadores não significa ceder gratuitamente, obviamente que os outros operadores terão que pagar um preço justo e definido que compense o investimento feito

    • NFFA says:

      Abrir a rede de fibra privada a outros opradores nao e descabido mas demostraria pouca inteligencia da parte da Meo pois qualquer empresa que trabalhe com base no lucro se poder ganhar 20 nao se vai sujeitar a ganhar so 5, e nao se esquecao que a meo melhor que ninguem sabem o que e aluguar redes a outros operadores pois na rede de cobre nacional e o que acontece a nivel de todos os operadores.

      E para os que dizem que a rede e de todos porque o estado investiu pesquisem no google e logo vao ver que o estado deixou de ter qualquer direito pois cedeu a sua parte por 365 milhoes de euros quando a PT foi privatizada.

  30. daiquiri says:

    Deviam ser obrigados.
    Se tivermos 10 operadores passam 10 cabos de fibra nas ruas? meh…

  31. Ametsis says:

    Estão todos a debater-se sobre o facto do investimento feito pela PT ser privado ou público. Mas o essencial, vocês não falam.
    Por exemplo, porque é que nas zonas históricas de Lisboa (Alfama, por exemplo) os moradores só podem (obrigatoriamente) ter Internet Fixa através da PT?
    Eu explico, de uma forma sucinta, as zonas históricas estão cabladas por causa do STF, logo quando o telefone apareceu era pela PT. Com o passar dos anos e da evolução da tecnologia, para não denegrir as fachadas e causar impacto com obras, a PT ganhou o monopólio destas zonas.
    No entanto, podes ter satélite pela NOS. O que mais impacto visual causa com aqueles pratos pendurados nas varandas e nos arcos.
    A situação é a mesma. Nas zonas rurais, já cabladas pela DSTelecom com a RNG, todos os operadores podem fornecer o seu serviço FTTH, no entanto, ao contrário da fibra de cidade, estes clientes fibra rural não podem ter televisão por RF (incompatibilidades tecnológicas entre operadores) e são obrigados a pagar box por cada televisão. Bela concorrência esta.
    Abrindo a rede de FTTH da PT, como durante anos foi feito com o ADSL aos outros operadores, é liberalizar a concorrência e dar livre escolha ao consumidor final.
    É mais que óbvio que esta abertura da rede não é grátis e existirão custos para com os operadores que lá quiserem ir fornecer o seu serviço.
    Mas sejamos honestos, nos dias de hoje, devíamos ter direito a escolher o que metemos cá em casa e não ser obrigados a contratar um serviço que nos querem impingir por serem o único operador lá do sítio.

  32. tiago says:

    Esta noticia é boa é para aquele pessoal que pensava que NOS, Vodafone e afins tinham fibra optica propria…quando era a MEO que disponibilizava tudo, desde o material, até ao espaço onde passa os cabos… mas enfim…

    • int3 says:

      A NOS tem fibra ótica própria. A vodafone também. Não sei onde foste buscar essa informação mas presumo que nem te dás ao trabalho e vens dizer a tua opinião aqui como fosse uma verdade.
      Informa-te melhor.
      Um cliente de fibra dedicada da NOS.

  33. Miguel Ferreira says:

    Já percebi que a maior parte de vós não sabe do que fala. Antes de comentarem, informem-se corretamente e não afirmem coisas do diz que disse.

  34. Dordio says:

    Ola e boas fetas

    seguinte o que li neste portal, sabiam so que o mercado fechado das maiores impresas é simplemente meter a mao nos bolsos dos Portugueses.
    tem de aver concurrencia para que os preços possam baixar, isso é provado noutros paises da europa.
    se a mentalidade da meoria dos portugueses nao evoluir, o pays sera cada vez mais pobre, fazendo referencia que Portugal embora pequeno mais jà foi GRANDE

  35. InLight says:

    Não vejo a hora de terminar o contrato com a MEO para poder instalar a Vodafone.
    A MEO não vale um cú.

  36. miguel Silva says:

    Deixem que diga o seguinte, o mito da Vodafone e extraordinário, tem excelentes publicitários. A Vodafone foi a última empresa a entrar no negócio, esteve a observar e quem foi copiar?! A MEO porque? Na cabeça de muitos a MEO não presta…Grandes burros a Vodafone…Usa a mesma tecnologia, tem menus e conteúdos inferiores, fez acordos de partilha de rede em que foi altamente beneficiada, e aparece sempre como a coitadinha…Uma empresa internacional que ganha milhões e nem técnicos próprios tem, para não ter encargos e ser mais fácil despedir…São essas as vantagens para o nosso país, eles até fizeram um piloto na área da TV cá, se ganhassem dinheiro óptimo senão ,paciência.
    Pessoal abram os olhos então vejam sempre o vosso umbigo, em breve senão já a MEO é de facto uma empresa exatamente igual a Vodafone e outras mas é isso, que a minha gente gosta.

    • loop says:

      A ultima empresa a entrar no mercados TV+NET+VOZ+GSM foi a NOWO. Sim a Vodafone foi a antepenúltima contudo não e uma questão de “copiar”, repare MEO = TMN+PT , NOS = OPTIMUS + ZON, NOWO=CABOVISAO+MEO, a Vodafone não se fusionou com mais nenhuma empresa sendo necessário obter o “know how” comprender se o mercado tem “espaço” para a entrada de mais uma empresa com os serviços conjuntos e o investimento a fazer e superior as das outras concorrentes. Todas as restantes juntaram-se usaram aquilo que cada uma fazia melhor.

      Em relação aos técnicos todas as operadoras usam subcontratadas e não tem técnicos próprios.
      As operadoras tem todos um funcionamento similar tal como todas as empresas e tem o mesmo objectivo obter lucro…

      Repare que não estou a defender a vodafone, e por mim o mercado de telecomunicações ainda tem de dar muitas voltas, claramente existe um conluio como no sector dos combustíveis a concorrência pratica todo o mesmo preço ou com diferenças muito reduzidas, o factor diferenciar e a qualidade, mas a qualidade varia para cada zona do país…

  37. filipe marques says:

    querem mama os outros operadores, a meo gasta o dinheiro a colocar a fibra e os outros querem que lhes deixem usar a fibra que eles não pagaram
    parasitas

  38. filipe marques says:

    querem mama os outros operadores, a meo gasta o dinheiro a colocar a fibra e os outros querem que lhes deixem usar a fibra que eles não pagaram
    parasitas

  39. Nuno Bernardino says:

    Assim podem continuar a desprezar os clientes em zonas sem concorrência, como é o meu caso.
    Estou sem telefone fixo, vai para 3 semanas e estou à espera da instalação da fibra há um mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.