Quantcast
PplWare Mobile

Listas de colocações de Professores já estão disponíveis

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. mark says:

    Eu se tiver um filho/a que diga que quer ser professor/a meto-o/a fora de casa naquele mesmo instante. Tenho amigos professores que me contam cada coisa que eu não teria capacidade de aguentar. A profissão de professor é de longe a profissão mais nobre que existe. Não existe ninguém que não passe pelas mãos de um professor, com a exceção dos analfabetos. Além disso, atualmente é das profissões menos valorizadas e desrespeitadas pelo Estado e pela sociedade.. Como se isso não bastasse, é a profissão que menos condições de trabalho tem e que tem obrigatoriamente que aguentar com toda a escória da sociedade caso contrário é logo apelidado de descriminação, etc. Espero um dia ver os concursos para professores sem candidatos, apesar de ser já uma classe profissional das mais envelhecidas. Fica o meu desejo.

    • Azeite says:

      Porquê ? Basta ter 10 ou 11 e vai-se para professor. Se tirar comunicação , relações internacionais ou outro curso da treta vai-se para caixar de supermercado ou motorista de uber que também não é muito valorizado. e apanha também escória.

      • tim says:

        O problema é que hoje toda a gente é chique e não abdica de tirar um curso superior, nem que seja um curso de treta. Depois como esses cursos não têm saídas profissionais porque não existe mercado para eles e acabam a dar aulas. Muitos dessas pessoas podiam ganhar muito mais dinheiro sem um curso superior. Enfim.

  2. Micas says:

    Se uma qualquer profissão fosse insultada no seu local de trabalho como são os professores pelos seus “clientes” não existiam profissionais nessa profissão.
    Numa outra qualquer profissão as autoridades policiais seriam logo chamadas e o estafermo colocado na rua.

  3. Barta says:

    Qualquer eng. Informático que acabe o curso tem case trabalho imediato, a ganhar muito mais que um professor em inicio de carreira.
    Além do mais, nos dias de hoje, com a falta de educação dos miúdos, falta de visão orientadora, negligência parental na educação e um sistema de ensino obsolento, só um mau eng. Informático se dedicaria ao ensino.

  4. Micas says:

    Fora os gastos em gasolina, alojamento, manutenção do veículo, subsídio de almoço de 4€ que nem dá para uma sopa…

  5. SANDOKAN 1513 says:

    Boa sorte para todos.É das profissões mais nobres que há. 🙂

  6. 1984 says:

    Mais uma palhaçada todos os anos !
    A saude já deu o estouro estes vão ser os proximos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.