PplWare Mobile

Jovem torna-se milionário a praticar hacking legalmente


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. LG says:

    “No entanto, o termo Cracker surgiu para distinguir os Hackers maus dos Hackers bons”

    Acho que o termo internacional é mais

    white-hat (bom)
    grey-hat
    black-hat (mau)

  2. paulo s says:

    um bocadinho de investigação não custa nada.
    qualquer dia um hacker é o gajo que descasca as batatas a laser…..
    @wikipedia “….esse termo foi apropriado pelos modelistas decombóios do Tech Model Railroad Club na década de 1950 para descrever as modificações que faziam nos relês eletrônicos de controle dos trens. Na década de 1960, esse termo passou a ser usado por programadores para indicar truques mais ou menos engenhosos de programação, por exemplo usando recursos obscuros do computador”
    este jovem argentino está a ser o que um hacker inicialmente era. ser pago para descobrir vunerabilidades.
    o ciclo fecha-se… (ou talvez não, ainda há muita batata para descascar)

  3. Devsys says:

    E depois há a boina.
    Aqui vai uma variedade delas:
    https://www.afabricadoschapeus.com/verao/homem/boina-portuguesa

  4. Mistouko says:

    Que bom para ele

  5. Anonimo says:

    O termo Hacker já era usado muito antes da massificação da informática, Os primeiros Hackers eram Eng. electrotécnicos e usavam sons para obter chamadas telefónicas gratuitas. Cracker surgiu mais tarde, era um executável para garantir acesso a sistemas ou programas que precisavam de algum tipo de activação. E a distinção entre Hacker Bom e Hacker Mau, tal como referiu o LG, e feita por white and black hat, entretanto nas ultimas décadas surgiu outro tipo de hacker, o hacker que invade sistemas para protestar contra algo que consideram nao ser correcto, como por exemplo os Anonymous – Hacktivistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.