Portal das Finanças – Já conhece a nova página?


Destaques PPLWARE

25 Respostas

  1. Diogo says:

    Sempre que há mudanças nesse site, fico logo com receio. É um autêntico palheiro!

  2. Sergio J says:

    Estava à espera de um artigo mais técnico, falando mais nas tecnologias que no site em si. Pensei que irias falar sobre o fim das applets ou sua continuidade, etc. Fica aqui a sugestão para um artigo.

  3. Miguel Batista says:

    Pois, mas o pior é o JAVA nos browsers 64 bits!!!

  4. Vítor Costa says:

    Bom dia! Relativamente à renda, os meus senhorios emitiram os recibos electrónicos, e eles aparecem correctamente em https://imoveis.portaldasfinancas.gov.pt/arrendamento/consultarRecibos/locatario? . Contudo, nesse novo portal, em “Encargos com imóveis” não aparece as despesas relativas à renda.

    Alguém sabe se é normal e vão aparecer mais tarde (por ainda estarem em processamento), ou já deveriam aparecer aí?

    Obrigado!

  5. Sérgio says:

    O que mais chateia é o login não ser feito logo quando se entra na página, como era antigamente…

    • 34 says:

      É um bocado mais chato, é verdade, mas em termos de site impede que uma pessoa preencha os IRS, os modelo 22, etc… sem terminar sessão, ou seja uma pessoa nestas tarefas não gastam 1 “vaga” no servidor…, o que em serve para aumentar a capacidade desse servidor sem alterar muita coisa nele.

    • Alexandre Martins says:

      +1

  6. ALpha says:

    Não vou, recuso-me a abrir por principio, por considerar que vivemos numa ditadura fiscal opressiva (deixando o politicamente correcto de lado). Vou lá fazer o quê? Confirmar o saque aos meus rendimentos e ainda tenho que estar a ter trabalho para poupar uns trocos? Serve para controlar mais as nossas vidas e alimentar o buraco do estado, ou seja, quem trabalha e/ou produz anda a alimentar vícios, além dos impostos directos como o IRS e IRC serem ineficazes e dois monstros burocráticos.

    • censo says:

      Tens é de dizer isso aos chico espertos que devem 6 mil milhões ao estado (a todos nos, portanto) e que tal como tu querem a saúde, a educação e a justiça gratuitas. Se calhar cruzas-te com eles todos os dias. Ate lá…

      • ALpha says:

        Eu não quero saúde, educação e justiça gratuitas. Estão longe de ser gratuitos…
        O que pago mensalmente durante a vida toda é muito mais do que vou usufruir desses “serviços”. O mais cómico é ter de pagar obrigatóriamente e depois recorrer ao privado porque é onde o serviço funciona.

  7. Ricardo Moura says:

    Já matavam a m#rda do java de uma vez por todas.

    • O Gajo says:

      Mas ainda continuam com o Java? Porra… Perco mais tempo a meter essas porcarias a funcionar no meu browser do que a preencher aquilo tudo. Credo…

  8. Cristiano Alves says:

    Se for tao bom como o http://www.portaldasfinancas.gov.pt/ bem podem meter as inovações pelo cano…
    Nunca vi site tao pouco intuitivo tao pouco funcional como os sites das finanças, seg social etc etc…..

  9. Miguel P says:

    Alguem conseguiu o pré-prenchimento relativo a 2015? No meu caso ao colocar o pré-preenchimento, ou até mesmo fazer o preenchimento manual, apenas aparece o ano de 2014 e não deixa selecionar mais nada. Onde aparece o 2015? Fiz download da aplicação e mesmo assim apenas aparece 2014.

  10. Jose says:

    Para quando a autoridade tributaria deixar de usar java na aalicaçao de entrega de irs? Isto quer dizer que não se pode usar o Chrome ou Edge para entrega do IRES mas sim o IE!

  11. jgt says:

    Nada funciona bem.
    Mas a culpa é sempre nossa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.