Quantcast
PplWare Mobile

Há uma novidade e chama-se Apple Watch Ultra. Um relógio para todo-o-terreno

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. G says:

    Reconhece sensores de cadência, potência e velocidade? Bateria em modo GPS dura mais de 15 horas pelo menos? Caso contrário apenas fizeram uma carcaça mais pipi

  2. LC says:

    Está muito bonito, tem grandes features, mas 1000€ por um smartwatch?

    • Antonio Ferreira says:

      Tens o Tag Heuer Connect que custa 3 vezes mais do que este Ultra e tem n vezes menos sensores/capacidades do que este. É só por ser Tag. Isto já para não falar daqueles relógios que custam milhares (ou milhões) só porque são de marca. É como tudo na vida, quem pode, compra.

  3. Joker says:

    60 h de bateria?? lol

  4. G says:

    Continuo sem perceber onde está o hype. Para ser tão dedicado ao desporto tem muita pouca informação sobre autonomia em modo full gps, sensores compatíveis (Sem compatibilidade para sensor de potência é inútil para quem faz ciclismo num modo mais avançado) Um smartwatch que se mete em bicos de pés para ser um sport watch.. Mais smart que sport, como os garmin mais sport que smart. Nada de novo

    • Vítor M. says:

      Como assim?

      Sensores compatíveis, como expliquei, estão na plataforma GymKit. E até ao final do ano, pelo que é dito, aparecerão uma vasta lista deles.

      Depois, o próprio dispositivo tem uma série de sensores que escusam outros. E compila esses mesmos dados para integrar toda a informação na app Saúde. O que é notável do ponto de vista de recolha e tratamento de dados. Com aplicações, como vimos a de mergulho desenvolvidas à medida para satisfazer as necessidades dos mergulhadores.

      Traz conectividade SOS com satélite e usa mesmo a plataforma Encontrar, com recurso ao mesmo sistema de GPS, para outras funcionalidades.

      Faz o traking reverso da bússola se a pessoa se perder, tem uma autonomia até 60 horas em modo low power.

      Além disso, traz um vasto software para o dia a dia. Apple Pay, Mapas, fazer e receber chamadas via eSIM, conectividade com sistema HomeKit (serve de chave para entrar em casa ou no carro), tem uma estrutura em titânio e um ecrã em safira.

      Que outro equipamento no mercado tem tanta tecnologia?

  5. G says:

    Vítor, para desporto falta: Mapas topográficos, necessários para quem faz trail. Suporte de Bluetooth para sensores de Cadencia, Potencia usados em ciclismo. (E sim, não suporta sensores de cadencia nem potencia, e não é uma questão de update de software é hardware mesmo) Isto é uma limitação enorme em termos desportivos.

    • Vítor M. says:

      Mapas topográficos? Não faltam aplicações meu caro. Isso é do lado da loja de aplicações. Portanto, não falta. Suporte de Bluetooth para sensores de Cadencia? Acabei de te dizer que já existem marcas com esse suporte, vê aqui: https://bit.ly/3RuzLjF

      Tu estás a dizer uma coisa que não é real, e eu dei-te factos, disse-te qual era a plataforma e estás a fugir ao assunto,. Não falta nada. Depois, os que existem no mercado Garmin, só emparelham com Garmin (salvo erro mais nada, mas corrige-me se tiveres mais informação). Assim como outras marcas. A Apple já faz isso com vários equipamentos.

      • Joker says:

        Não percebi a parte do “[…]Depois, os que existem no mercado Garmin, só emparelham com Garmin[…]”. Queres emparelhar com que? Sensores? Tudo o que seja ant+ e Bluetooth de todas as marcas. Se usas por exemplo mudanças Shimano Di2, consegues mostrar info das mudanças nos relógios.

        Em relação a plataforma GymKit, não percebi bem como funciona, mas se apenas suporta o protocolo NFC é logo limitativo a partida.

        Anyway, penso que o maior problema mesmo é a duração da bateria. Esquece lá o ultratrail :).

        • Vítor M. says:

          Com suporte Garmin, quero eu dizer. Muita coisa não tem suporte Garmin.

          No que referi da plataforma, vê aqui: https://mfi.apple.com/

          Sobre a bateria… pois, 60 horas pode ser um problema sim.

          • Joker says:

            Creio que estás a falar do Garmin connect, e aí sim, os Garmin’s ligam-se todos a essa app, e não consegues ligar diretamente a outra, embora haja forma.

            Em relação a ligar a outros dispositivos, liga a todo o tipo de dispositivos o relógio diretamente.

            Apenas por curiosidade, info abaixo:
            https://www8.garmin.com/manuals/webhelp/GUID-C001C335-A8EC-4A41-AB0E-BAC434259F92/EN-US/GUID-1E3CECCF-0343-431C-95F0-5716E0341C75.html

          • Vítor M. says:

            Boa. Encontrei também esta info, mas, como referi, não uso e como tal não conheço se tal é real, apenas pelo que leio:

            Does Garmin speed and cadence sensor work with Apple Watch?
            Garmin sensors such as the HRM-Dual, HRM-Pro, Cadence Sensor 2, and Speed Sensor 2 offer the ability to pair with compatible third-party apps on mobile devices, hardware such as Apple TV, or devices that support either ANT+ or Bluetooth Low Energy (BLE) connections.

            Portanto, pelo que dá a entender, não há nada de hardware que impeça o Ultra de ter ligação aos dispositivos Garmin ou a outros do mesmo “serviço”, certo? Basta a Apple criar nativamente essa opção, como já o faz, por exemplo, em tantos dispositivos tipo homekit.

            Corrijam-me se estiver errado.

          • Joker says:

            Sim, desde que o relógio tenha suporte para os protocolos referidos diria que sim, alias, como acontece na maioria das outras marcas.

            Anyway, não creio que um desportista (mesmo que não profissional), que faça exercício físico intensivamente opte pelo Apple Watch, mesmo a versão ultra. Assim como também não creio que o comum dos mortais que queira um smartwatch opte por um Garmin. O publico alvo é muito diferente e os próprios dispositivos têm funcionalidades diferentes.

            Assim como também não acredito que toda a gente, fisicamente ativos ou não, precisem dos flagships, seja da Apple ou da Garmin. Cada um tem de perceber as necessidades (para além das possibilidades :))

          • Vítor M. says:

            Sim, é isso mesmo. Cada um vai utilizar aquele que se adaptar melhor à sua necessidade. O Ultra vai, contudo, buscar utilizadores que não viam no Apple Watch convencional um equipamento completo para a área desportiva, essa é a aposta da Apple. Vai ser interessante ver qual será o segmento de utilizadores desse equipamento.

      • G says:

        Estás errado, tenho sensores não Garmin que emparelham sem qualquer problema. A marca mais conservadora aqui é a Polar e mesmo assim consegues emparelhar, não permite depois terceiros aceder à plataforma é outra história N interessa aqui. A Apple vou repetir não vais ter se sensor de potência porque o relógio não foi desenhado para tal. Pode parecer algo básico mas não é. Não é algo que possas fazer com update de software. Um de cadencia poderá eventualmente ser possível (e tenho as minhas reservas) uma coisa é o site dizer que vai reconhecer xpto de terceiros outra é concretamente dizer o que. A Garmin em determinados produtos reconhece qualquer sensor de potência seja da marca x ou z porque foi desenhado para isso. Não é ser bater usei Apple por 20 anos e sei como funciona o marketing fabuloso que usa e como nós utilizadores perdoamos determinadas falhas

        • Vítor M. says:

          “Estás errado, tenho sensores não Garmin que emparelham sem qualquer problema.” Não, ainda agora perguntei a um colega e eles não emparelham com qualquer coisa, até com passadeiras nos ginásios eles não emparelham. Por isso, volta à estaca zero. Só alguns dispositivos é que emparelham. Assim como o Apple Watch está a fazer. Agora, que começou mais tarde, sim é natural, o foco da Apple era outro. Agora com o Ultra é que vai fazer sombra e de que maneira à Garmin, Suunto e afins.

          “A Apple vou repetir não vais ter se sensor de potência porque o relógio não foi desenhado para tal.” Não foi desenhado porquê se a plataforma que te mostrei permite isso? Ainda não percebi onde está o impedimento. Mas posso estar enganado. Vamos a um exemplo, os medidores de potência da SHIMANO são compatíveis com Garmin e Wahoo para além da aplicação móvel E-TUBE RIDE, que podes instalar num smartphone Android e Apple. Logo, com a nova plataforma, poderás até nem necessitar de nada de especial, estar logo nativo no Apple Watch. Mas, posso estar a perceber mal, mas julgo que não e há marcas já com esses dispositivos a trabalhar dentro da tal plataforma https://mfi.apple.com/ dá uma vista de olhos.

          O resto que dizes… perdeste-te nos argumentos, não fazes sentido.

          • G says:

            Não, não perdi. Continuo a dizer isto é um smartwatch em bicos de pés a tentar ser um sport watch que não é. Sobre os sensores, procura na net os imensos workaround para resolver sem resultados práticos. Não, não emparelha com sensores de potência. Se tiveres um tacx ou wahoo não o vais conseguir controlar no como fazes com um Garmin ou wahoo. E aqui perde a guerra a não ser que comece a fazer Smart trainers. O Garmin emparelha com a maioria, se não quase todos, os sensores de potência, cadencia, velocidade, hr. Emparelhar com uma passadeira é diferente, muito diferente.

          • Vítor M. says:

            Lá estás tu a fugir do assunto. Disse-te que existem dispositivos que emparelham, portanto, é apenas software. A construção do Ultra dá 10 a zero aos Garmin, tem software muito melhor como smartwatch e software dedicado a determinadas atividades desportivas, dei como exemplo o mergulho, mas há mais. Tem ligação SOS via satélite e traz uma série de tecnologias de navegação gps inovadoras. E tu continuas a insistir numa realidade que não existe. Ok.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.