Quantcast
PplWare Mobile

Há milhares de encomendas retidas na alfândega! O que se passa?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. ZarkBit says:

    É o que dá porem a carroça à frente dos bois, admira-me como é que não contrataram mais pessoal visto que já era esperado este resultado.

    • David Guerreiro says:

      Acha que a AT ia contratar mais pessoas por causa disso? Nem pensar. O problema também é a falta de cumprimento das regras por parte de quem envia. Se nos casos onde há cobrança do IVA na origem, colocassem logo nas embalagens o processo IOSS, era uma ajuda para os serviços alfandegários. Sendo que não colocam, chega cá e ninguém sabe o IVA está pago. Então tem de ser processado manualmente, com envio de comunicação escrita.

      • JS says:

        Bom dia pois não contratam mas fazem trabalhos dos privados como na caso das portagens se nós esquecemos acontece Como neste artigo
        https://pplware.sapo.pt/motores/portagens-virtuais-passar-sem-via-verde-e-melhor-pagar-rapido/#comments

      • Ss says:

        Na Suíça não pagamos ao receber, mas quando enviamos o funcionário pergunta sempre o valor para por a info no pacote.

      • Maria Marques says:

        E quando é uma mera prenda que quem enviou já pagou o IVA, informou isso no ato do despacho e mesmo assim temos de fazer uns cálculos “malucos” e pagar na mesma, para receber uma prenda??? Isso chama-se “vamos ganhar aos tolos de qualquer jeito”, e os totós aqui sempre a pagar, tenho 4 prendas de aniversário nessa situação e o pior é que já paguei a alfândega pelas 4 tem 10 dias já! RECEBI??? Nem por isso já começo a pedir que ninguém me envie prendas, mais vale um depósito equivalente ao valor da prenda em € via WesternUnion, ou outra casa de câmbio! Serviço porco, é o que é!!!

        • José Maria Oliveira Simões says:

          À uns anos atrás um fabricante nos USA ofereceu-me um multímetro e enviou-me por avião. Na alfandega, pesaram o pacote e obrigaram-me a pagar IVA sobre o peso. Este País é um caso de estudo. Nada como inventar uma qualquer desculpa para cobrar IVA, nem que seja à má fé.

        • Pedro F. says:

          Se enviou a prenda para outro país é uma importação. Óbvio que paga IVA. Nem sei qual é.o espanto…

          • Maria says:

            O espanto é pagar IVA 2 vezes. Se um estado quer IVA de um Item que ja pagou IVA quando foi comprado noutro país, deveria ir pedi-lo ao país onde este foi pago.
            Queria ver isso.
            Pior de tudo é a lata de haver a possibilidade de quem foi morar para fora, poder vir a ter de pagar IVA, sobre as suas coisas pessoais se entretanto mudar de país trazendo as suas coisas.
            Fala-se muito e abuso nas realacoes de casamento ou até de trabalho, mas verifica-se que o estado, o Portugues pelo menos, é abusador
            Na maneira como trata os cidadaos

          • Pedro F. says:

            Não é espanto nenhum. Quem comprou como consumidor final para depois exportar devia saber que é assim que funciona.
            E o estado vai buscar o IVA ao país de origem se o remetente tratar da declaração aduaneira correctamente.
            Se uma casa for vendida 10x paga 10x o IMT.

          • Sales M says:

            o IVA ja e pago aonde fez a compra e tb e paga nos correios onde fez o despacho,,au receber uma encomenda No Canada nao se pagada nada Pois kem enviou ja pagou Parece ke em Portugal o ive e pago duas vezes e o inposto de envio tb duas vezes CAMBADA de ladroes

          • Pedro F. says:

            Sales M, não, em Portugal não se paga o IVA duas vezes. O que acontece é que esta é.uma legislação nova e muitos vendedores estão a receber o IVA e a ficar com ele.
            Como é óbvio a alfândega não adivinha e cobra o imposto.
            Portanto a cambada de ladrões não está em Portugal neste caso…

    • Pedro says:

      Secalhar o objetivo é mesmo esse: não contratar mais pessoal para desincentivar a encomenda de produtos fora da UE…

      • Nuno Pinto says:

        Não é esse o problema mas devia se ser. Quiseram deslocalizar os meios de fabrico para a China por serem mais baratos, desde há vários anos que começou a dar problemas, este é apenas um problema com maior visibilidade. Mas não é de longe o problema mais importante.

        • Candido Manuel Da Silva Mendes says:

          Bem desculpem mas não é a alfândega e o nosso governo k é chupista já foram muitas encomendas minhas para traz com 3 meses de espera isso tem algum assunto precisamos do metirial e torna pra loja perdemos dinheiro e material este governo e assim k ajuda os portugueses tirem.no para a Índia

          • Luís says:

            Já lá nunca devia ter entrado meteu-se lá dentro mas quem ganhou foi o Passos Coelho estamos a ser desgovernados por fascistas

        • Maria Marques says:

          Não está fácil, de todo!

      • Esme says:

        Tudo isto que foi feito pela UE visa obviamente que compremos mais na UE e não fora. Não dúvido de que muitas das encomendas venham em ordem e façam isto (PORQUE O PROCESSO DE DESALFANDEGAMENTO É INCRIVELMENTE COMPLICADO, AO CONTRÁRIO DO QUE REFEREM NESTE ARTIGO) para frustrar e desencentivar a não comprarmos da China, etc. Tudo o que comprei após o dia 1 de Julho já foi com IVA (VAT) incluído e não há qualquer razão para reterem encomendas minhas. Nem consigo descobrir quem foi o vendedor do que está retido porque ainda por cima me aparece uma descrição dum plush toy (peluche) quando não comprei nada do género. Acho que a ideia é mesmo complicar e não ajudar a pagar para desalfandegar. É simplesmente para perdermos as encomendas e ninguém responde da linha da AT, dos CTT postal internacional além de que a anterior linha SIGA que cobrava balurdios, agora nem é atendida. Tudo para complicar realmente e nos levar a evitar comprar de fora da Europa.

    • StupidDGS says:

      A culpa é do xico esperto tuga que acha que poupa alguma coisa em mandar vir lixo chinês.
      Amazon espanhola (e outras) é já ali ao lado, zero queixas, pode ser mais caro mas o sossego e paz de alma também tem um preço.

      • Ratsilva says:

        isso é muito bonito dizer mas amazon não tem tudo.

        Eu até comprava as coisas em lojas nacionais. O tempo de espera de encomendas dos Chinos e tortura, mas 99% das vezes não encontro o que procuro e quando encontro Custa x20 mais!

      • Pedro F. says:

        Não tenho tido stress nenhum com compras da china. Em 20 dias o AliExpress mete-me as encomendas em casa.
        E o lixo chinês é o mesmo que se vende na Amazon.
        Sem dúvida que a Amazon é outra categoria mas para poupar dinheiro não há como ir à origem!
        Quem acha que não poupa ao comprar na China não só não sabe procurar como deve achar que o Bezos está com problemas financeiros…

    • Maria says:

      Norma da uniao europeia para instalar plataformas de mercado dos senhores europeus…ja se esqueceram que nao se pagava IVA abaixo de 22€ porque cobrar esse valor saía mais caro que o valor pago

  2. Pedro Jorge says:

    Querem fazer “Omeletes sem ovos”…
    Contratem pessoal se for o caso.

  3. A says:

    A minha está com autorização de saída desde o dia 17 de Agosto e até hoje nada…

    • meister says:

      Tenho uma desde o dia 5 de agosto e nada também…

    • Nuno Pinto says:

      Com autorização de saída, digam o que disserem já não é responsabilidade da Alfandega. Quem disser o contrário não sabe o que está a dizer (não quer dize Roque seja mentiroso, pode simplesmente estar mal informado).

      • A says:

        O que a alfandega diz é que deu autorização de saída, mas ainda não saiu.

        • Nuno Filipe Pinto says:

          Nao saiu pq quem se “apresenta” perante a Alfândega para “tratar” do “assunto” nao o fez…
          O quem se apresenta é um Declarante/Despachante com competência para agir como tal. No caso das encomendas postais e remessas de baixo valor, nao sendo o próprio destinatário da “mercadoria/remessa” por norma este Declarante/Despachante sao os CTT.

          • Jorge Pedro Miguel says:

            Nuno Filipe Pinto, está correto a informação que está a dar, o problema está nos CTT e não na alfandega.

  4. says:

    Como quem decide tem sempre o mesmo problema (não está no terreno não se apercebe, apenas mandam e pronto ) , este encaixa na perfeição no modus operandi dos Mandantes , Se no Verão é quando as pessoas /funcionários) tem férias na sua maioria, estes serviços vão estar entupidos durante um bom tempo, há não se lembraram ? Pois vai ser sempre assim…

    • David Guerreiro says:

      Não foi decidido sequer pelo governo português. Isto entrou em vigor em toda a UE ao mesmo tempo.

      • says:

        E eu escrevi que foi o Governo Português ? onde mostra lá !! Tem cada um por aqui… que dá uma amostra do que se passa por esse Portugal fora ( e arredores )…

        • pedro says:

          tas a ser grande ZÉ pá! quando te referes a ” mandantes ” fica subentendido que te referes ao governo não achas ? porque é ele quem manda!
          Agora podia não ser esse o teu raciocínio, mas então é sinal que tens alguma dificuldade de expressão e tens que ter mais cuidado!
          mas responder todo ofendido a insultar de forma velada os outros é bem mais fácil!
          tem cada um por aqui…que dá uma mostra do que se passa por esse Portugal fora.

  5. anonimo says:

    Eu recebi a carta no correio no ultimo dia para desalfandegar. Pelas 20h acedi ao site para tratar do processo dadoque era a data indicada como último dia.
    O processo ja estava expirado desde as 11h do ultimo dia. Portanto, estes senhores trabalham no fuso horario da china, só pode.
    Fiquem sem o bem porque ja não posso fazer nada.

    PS: reclamem dos CTT sempre que puderem, porque nada funciona bem.

  6. Ricardo says:

    Tentativas de roubo pelos CTT, querem ver se as pessoas se esqueçem ou recusem-se a pagar para ficar com elas.

  7. Elektro says:

    Relativamente ao serviço aduaneiro:
    Fica aqui o número – 217 206 707
    E o link – https://sitfiscal.portaldasfinancas.gov.pt/ebalcao/home

    Todos a reclamar!

  8. wolfama says:

    Última informação: encomenda desalfandegada, localização desconhecida!!!!
    Patético, ridículo, estonteante e absurdo.
    Tanta sofisticação para controlar uns centimos , mas não para melhorar o serviço.
    Vivas a, AT e CTT.

  9. Lívio Jesus says:

    Boa tarde, tenho uma encomenda que já está pago o desalfandegamento, desde 03/08/2021. Contactados via email, informaram que estão com muito atraso. Enfim há que cobrar o IVA, quanto ao entregar os bens a quem os pagou, que se aguente.

  10. José Pereira says:

    A nova “moda” é dizer que a encomenda foi recusada e “destruída” com conhecimento do remetente, tenho uma encomenda nessa situação e nem eu fui contactado nem o remetente sabe de nada.
    Paguei o iva na compra e exigiram-me o iva no desalfandegamento, e foi destruído!?
    Recusada é mentira…
    Conhecimento do remetente é mentira…
    Devolução do iva pago a dobrar e custas é mentira…
    Foi destruído… esperem que eu acredite.

  11. Carlos says:

    Problemas burocráticos em Portugal? Ninguém esperava que isto acontecesse…

  12. Nuno Ferreira says:

    “Problema das encomendas parece residir na alfândega e não nos CTT?” Engraçado que eu já vi uma resposta da AT a dizer que todo a responsabilidade pertence aos CTT.

    Querer sacudir a água do capote é fácil.. alguém inquiriu a AT antes de fazer o artigo @pplware? Iam ficar surpreendidos com a resposta.

  13. Kalu says:

    Caros amigos, a AT tem na vossa área de contribuinte, nos separadores aduaneiros forma de consultar o estado das vossas encomendas, até mesmo tratar do desalfandegamento evitando pagar aos ctt.
    Tenho uma encomenda desde dia 8/7 lá. Se lerem a lei, diz que todas as encomendas estão à guarda dos ctt. Se consultarem o site de desalfandegamento dos ctt vão ver que a informação não é igual a que está na AT. Confrontei o CTT com a informação e dois dias depois ja tinha a encomenda, logo o problema está no CTT e não na AT.

  14. Bruno says:

    Se tiverem o tracking ID da encomenda podem não esperar pela carta de desalfandegamento, podem ir diretamente a este link para acelarar o processo: https://appserver.ctt.pt/ProcessoAduaneiro/

  15. Vieiras says:

    O eterno problema de sacudir a agua do capote e como resultado quem sofre é o cliente que pagou antecipadamente e depois tem de voltar a pagar.
    No meu caso recebi notificação de ter uma encomenda (confirmada como recebida em Portugal a 20/06 (antes de estar em vigor a lei)), mesmo assim tentei resolver a situação e pagar o que devia e o site dos CTT (não da AT), não aceita os valores que estão registados lá. Contactei, reclamei junto dos CTT e nada foi devolvido (quanto a mim vai ser utilizado por alguém nos CTT ou na AT). Os problemas são sempre os mesmos, todos a roubar.

  16. joao PEstana says:

    CTT são os culpados !! Problema que andam a mandar as culpas para cima dos outros !

  17. Pedro Carvalho says:

    Errado, tenho uma encomenda parada desde dia 17 de julho, a indicação dos CTT é que a alfândega já tinha liberado, eles é que não conseguiram entregar.

  18. Antônio Pereira says:

    Infelizmente a minha encomenda ficou retida na alfândega e expirou no dia 21 Agosto . Não tenho computador e não sei trabalhar com essa farramenta, fui aos correios duas vezes par me ajudarem a resolver o problema disseram que não podiam fazer nada .Pergunto eu é preciso preencher tantos espaços para levantar uma simples encomenda não seria muito mais prático exemplo ( nome-morada- contato- Nif tão simples.

    • David Guerreiro says:

      Não tem computador e não sabe trabalhar com a ferramenta, mas conseguiu chegar até aqui para escrever isto…

      • Antidogmata says:

        Sim, e antes disso fez uma encomenda da China por correspondência postal e pagou por cheque visado também enviado por via postal. Ainda bem que a imbecilidade não paga IVA…

  19. Sergio says:

    É um bom exemplo do que se faz de tão errado neste país, aplicar sem planear.
    Tinha 3 compras para fazer extra comunitárias e desisti logo da ideia, mais vale comprar num site português por mais 1 ou 2€ do que esperar meses por coisas simples

    • Antidogmata says:

      Pois, mas parece que a maior parte das pessoas ainda não consegue fazer contas a sério. Desde as questões burocráticas relacionadas com a importação, passando pelo tempo que demora a receber as encomendas (isto quando não se extraviam) à total ausência de garantia para os produtos (ou custos absurdos para o exercício da mesma – envios para a China). Continuo a ver milhares de compras feitas na China que acabam por ficar mais caras do que o mesmo produto num vendedor da UE…

      • José says:

        Existem muitos artigos que ainda compensa comprar na China. Pode demorar mas no meu caso são coisas que não me importo de esperar pois não são urgentes. Quanto a extravios, já tive alguns e em nenhuma situação fiquei sem o dinheiro.

  20. kodiakshadows says:

    Em Portugal andam a trabalhar muito mal, na UK acontece o mesmo, mas o IVA é pago no ato da compra até £300, e em compras superiores é que é pago depois com aviso do Royal Mail ou outra transportadora.

  21. Rui says:

    Paguei IVA quando comprei na loja online e nos CTT. A encomenda tem autorização para sair da alfandega desde 23/08 e até agora nada. Pelos comentários que estou a ler aqui parece que ainda vou ter de esperar muito.

    • Pedro says:

      Se tiveres azar, devolvem-te a encomenda dizendo que não cumpre os requisitos. Deita o olho no site dos CTT’s e faz uma pesquisa a ver se já não voltou para trás… foi o que me aconteceu. E depois nem te dizem nada.

  22. Bruno Mota says:

    Não é só em Portugal. Isto está a acontecer em vários países membros da União Europeia. Tenho uma encomenda que está em banho Maria há várias semanas nos Países Baixos. Aqui em França está igual, há imensa gente a queixar-se do mesmo. Creio que terá que ver com as novas regras da UE relativas a taxas alfandegárias.

  23. AM says:

    Mas a ideia não é complicar o sistema para desincentivar a compra de artigos fora da ue.

    • Pedro says:

      Mas é isso que tem acontecido.
      Se for algo que precises mesmo, acabas por gastar cá o dinheiro.

    • David Guerreiro says:

      A questão é que o simplificar também depende de quem enviar os bens, cumpra com as formalidades. O que sucede com muitas encomendas, especialmente da China, é que as plataformas cobram o IVA, geram o processo IOSS, mas quem expede está-se nas tintas e não coloca a informação na embalagem. Chega a Portugal e os serviços alfandegários não adivinham se o IVA foi liquidado ou não. Vão pedir à pessoa para liquidar de novo, como é óbvio. As coisas só funcionam se todos cumprirem.

      • Pedro says:

        Se isso acontecer, naturalmente não está correto, mas ja mandei vir tralhas do aliexpress, com IVA pago e correu tudo bem.

        Aqui o problema acho que nem é tanto esse… o problema é que mesmo que queiras liquidar e cumprir com as tuas responsabilidades, a coisa não funciona direito.

      • Antidogmata says:

        Como é óbvio, o grosso da mão-de-obra “inqualificada” na China que tata dessas tarefas não tem como característica a competência, logo não se poderia esperar uma taxa de cumprimento de questões formais elevada ou sequer aceitável. O resultado é o expectável para quem tem noção de como as coisas funcionam na realidade.

  24. Tiago Conceição says:

    “Processo mais simples”, bem dantes enviava 2 PDFs em reply e estava feito, agora tenho que preencher mil campos que me ocupa bem mais tempo…
    “Recebe mais rápido” até agora ainda não recebi nada, para além de o processo já ter dado como concluído e ordem de saída.
    A mim parece-me em tudo bem pior, até a parte do pagar antes, agora nem dá a opção de pagar na entrega, o que é mau visto que quando eles se apanham com o dinheiro ainda trabalham mais lentamente. Sempre que paguei online tive que reclamar porque não me entregavam as coisas. Sempre que pagava ao receber eram sempre rápidos, é sempre assim… Quando recebem relaxam logo. E para devolver um pagamento nem vou dizer nada, mais vale encomendarem o caixão à espera…

    Este é outro bom exemplo do que significa pertencer à UE, eles ditam um regra e todos têm que a seguir, nós como país não podemos dizer: Não, eu é que mando aqui e vai ser assim e ponto! Por tanto somos a **** de outros, não podemos ter vontade própria que vá contra uma diretiva deles. Muita da politica é isto, no fundo não mandam nem podem alterar muito. Sinceramente isto precisava era de outra mão de peso nisto.

  25. Jorge Rosa says:

    “Problemas” com a alfândega são uma “história”… Já perdi lá objectos (gadgets tecnológicos), isto desde os anos 80 !! Foram “sorteados” para fiscalização e depois “sumiram”… O que é engraçado é que nunca foram sorteados para fiscalização nem cuecas, nem meias nem outras bodegas que eu comprava. Eu bem sei que tipo de “sorteios” fazem eles… Viva Portugal!…

  26. Miguel Braga says:

    É treta dos ctt culparem em exclusivo a AT. Os ctt tem até a maior culpa na incompetência, impreparação para esta diretiva da UE. O fornecimento do IOSS dos vendedores nem sempre é reconhecido pela AT porque os ctt colocam ou danificam o registo original. É cobrado o iva em duplicado e depois esquecem-se de o devolver. Atrasam as comunicações para desalfandegamento de forma a que as pessoas só recebam após a data de expiração. Depois são devolvidos bens e por vezes depois de pagos todos os emolumentos e taxas. Os valores anunciados de comissão dos 2,00 mais iva não são respeitados. Cobram mais do que o anunciado. Os ctt já não estavam bem em vários aspetos e com isto é o descalabro total. É a impunidade total nesta anarquia de gestão de um serviço que deveria ser tratado com seriedade. É pior do que num país do terceiro mundo!

  27. Pedro says:

    Sendo problema da alfândega ou dos CTT, mesmo que sejam eles alheios ao problema, não faz qualquer sentido os clientes ficarem sem resposta.

    É nisto que os CTT pecam. E levam por tabela, e bem feita. Os clientes são contactados pelos CTT, e é-lhes dada a responsabilidade de desalfandegar os artigos. Nisto, a responsabilidade está incutida nos CTT perante o cliente, e não na alfândega, quer tenham 1 ou 1000 funcionários.

    Para desalfandegar seja o que for, os CTT cobram por isso. Não é um serviço gratuito, logo, os clientes têm (no meu ponto de vista), TODA a razão em reclamar com os CTT, e estes, pouca ou nenhuma resposta decente dão aos clientes, o que já me levou a crer que grande parte das respostas eram dadas por máquinas, de tão iguais, frias, desinteressadas e sem conteúdo que são.

    • Luís says:

      Cobram e caro 2€ para cada objeto um absurdo. Como se não bastasse as tarifas postais. Realmente as respostas deles são automáticas pré redigidas. Com outros operadores postais não tenho esse problema. Até agora

    • Pedro F. says:

      Os CTT são um intermediário. Se acham mau, caro ou lento tratem vocês do desalfandegamento.
      A responsabilidade de desalfandegar o artigo não é dos CTT nem lhes é dada. É.um serviço que prestam uma vez que os destinatários das encomendas não cumprem as suas obrigações. Caso contrário as encomendas ficam directamente na alfândega. Só vos estão a fazer um favor…
      Não gostam? Usem outra transportadora.

  28. David says:

    Aconteceu comigo. Comprei um produto no eBay, o qual tinha o frete e uma taxa para a qual ficaria livre de alfândega. Tive que pagar novamente a taxa da alfândega. O questionário de desalfandegamento apenas pergunta o valor do frete. Ou seja além dos produtos terem encarecido pelo motivo dessa nova taxa, voltar a pagar alfândega… roubalheira

    • Luís says:

      Eu não vc paguei e esses la/%ões enviaram de volta ao remetente. Pois já tinha pago a taxa no eBay. Dizem os CTT que é falha de sistemas. Mas com outros operadores não tive problemas só com essa bo$%ta dos CTT

    • Pedro F. says:

      Se pagaste taxa outra vez é culpa do remetente! Caso façam tudo bem vem ter a casa diretamente.

  29. Henrique Torres says:

    Que cobrem o IVA tudo bem, agora os dois euros de despesas alfandegárias é que não concordo e ainda metem o IVA nestes dois euros.
    Por um artigo que me custou 5,90 paguei 4,13.
    Uma vergonha, ainda bem que os chineses não dormem e os armazéns na Europa nascem que nem cugomelos.

    • Chalupa pela verdade says:

      Se o IVA vai para o estado os CTT vão estar a fazer o processo de forma gratuita?

      • Luís says:

        Nada 2€ é para o deserviço dos CTT. Sobre isso 23% iva mais 23% iva para o Estado. Mas de cada encomenda independente do valor são 2€ para esses chulos. Quem não tem competência não se estabelece, por isso os CTT que entreguem o serviço a outros operadores já que são incapazes. Ou então temos que avançar para uma petição pública

        • Pedro F. says:

          Sabes que podes tratar tu de desalfandegar as tuas encomendas sem pagar nada, certo?
          Assim trata-se tu da burocracia necessária, vais buscar diretamente as encomendas, e evitas andar a pagar 2€ aos chulos…

    • Sergio Dias says:

      Aproveita ser só 2e… se fosse numa DPD ou DHL, tinhas pago 25 de despesas + o IVA do produto.

      • Luis says:

        Ao menos pago uma vez só. Tenho ate agora recebido encomendas pelo programa de entrega internacional do ebay sem problemas. Pago um pouco mais no ato da compra mas apenas 1 vez. As encomendas chegam pela Fedex ou DHL. Nada de formulários e estresses malucos. Um descanso.

  30. BIn Laden says:

    A notícia é escandalosa, porque ao contrário do que pretendem fazer crer, muitos respeitam todos os procedimentos legais, o que se passa é que os CTT estão de uma forma coersiva a exigir que o comprador “A, “B”, etc., realize um registo obrigatório no qual deveriam observar as regras ou imposição na hora do mesmo porque a privacidade ou o seu regulamento na minha opinião viola a privacidade do comprador, porque obrigatoriamente para poder desalfandegar tem que abdicar da sua privacidade, como por exemplo no aspecto relacionado com a saúde, se os critérios foram mudados é para mim novidade, mas não há mais de 1 ano, pois nessa altura e porque não é a autoridade de desalfandegamento mas sim os CTT quem tratam do processo simplesmente exigiam que o cliente ou o comprador se identifica-se respeitando os seus próprios planos de adesão ao site. Ora se vivemos em democracia os CTT deveriam sim limitar-se a aceitar o registo do visado, apenas e somente no numero de contribuinte e nome, nada mais. Então após ter criado a sua conta para poder juntar toda a documentação necessária e legal para o desalfandegar aí sim seria o suficiente, como já ocorria no passado, hoje ao contrário do passado notificam por email! Ora, faz algum sentido reter uma compra quando esta cumpre os requisitos legais e com preços abaixo dos 22 euros, inclusive de 2,50€? É claro e evidente que o objectivo é manter a guerra comercial com a China, mas se são esses quem tudo fabricam estão à espera de quê? Que vamos até ao quiosque aqui ao lado e se pague pelo produto que custa 1 euro custe 5? A vida custa a todos e quem tudo quer tudo perde! Atualmente realizo o desalfandegamento por intermédio de outra pessoa até que a autoridade reguladora faça respeitar a privacidade dos clientes na hora do registo no portal dos CTT. Leiam bem as letras pequeninas!

  31. Candido Manuel Da Silva Mendes says:

    Eles têm todos razão o governo acva com isto é paga.se aus ctt no acto da entrega e mais rápido e acabar com a alfândega e enviar directo au cliente

  32. Patrícia Lopes says:

    É mesmo uma chatice. Tenho uma encomenda em alfandega um pacote pequenino e para a levantar está difícil
    . Eu não sei o que fazer.

  33. Pedro V says:

    Mais uma notícia bombástica sobre tecnologia.

  34. Luis Fonseca says:

    Meu caso diz tudo ora vejam o “filme de terror”.Desalfandeguei 2 encomendas via online paguei via multibanco respectivas taxas no passado dia 14 Agosto e agora nesse site de uma pseuda empresa que brinca aos correios,diz que as encomendas ñ existem!!!Onde anda a Anatel para pôr fim a esta bandalheira?Pagamos e as encomendas desaparecem?BASTA CTT.

  35. Chacal says:

    E eu que não consegui retirar uma encomenda no valor de 1,60€? Nem com o seguro nem nada … Ficam lá eles com ela.

  36. Anabela Puga says:

    É uma vergonha
    Tentei desalfandegar,pedem número local do objeto,nem sei o que é essa merda
    E não me enviam as coisas
    Um soutien,preso na alfândega? ridículo

  37. Paulo Matos says:

    Uma vergonha

  38. Vanda C. H. Alves says:

    A alfândega é uma miseria e os CTT, também está um caos. Desde que ficou privado é uma miseria. As encomendas são perdidas,muitas extraviadas e roubadas. As cartas chegam abertas,muitas delas sem o conteúdo. Depois é desculpas atrás de desculpas.Já não respeito. Por isso que agora, é em carrinhas de transporte. Pelo menos não se perdem e se perderem,tenho a quem reclamar.

  39. HB says:

    Boa tarde, no meu caso a encomenda da China ficou retida a 23/07, foi concluído o desalfandegamento a 11/08 e continuo a aguardar. passo a transcrever a resposta do CTT:

    Estimado Cliente,

    Lamentamos a situação que nos reporta.
    Informamos que o objeto em causa com o nº xxxxxxxx, já teve autorização de saída da Alfândega, no entanto dado o elevado volume de objetos neste novo processo que teve início a 1 de julho deste ano, poderá ocorrer alguma demora no envio de alguns objetos.
    Solicitamos que aguarde, uma vez que o processo de desalfandegamento foi concluído com sucesso.
    Agradecemos desde já a sua compreensão.

    Para mais informações sobre produtos ou serviços, sugerimos o acesso ao nosso site, em https://www.ctt.pt/ajuda/index

    Atenciosamente,
    Anabela Fernandes
    Apoio ao Cliente

  40. Rocha says:

    É um escândalo e vergonhoso.
    Um formulário incompreensível. As minhas encomendas trazem a descriminação do VAT, o formulário não prevê, categoria de objeto que não consigo perceber.
    Tenho duas encomendas penduradas sem saber o que fazer.
    Simplesmente vergonhoso.

    • Luís says:

      Eu paguei no ato da compra no eBay a volta de 30€ em impostos e esses inúteis dos CTT enviaram ao remetente a encomenda. Dizem que não cumpre requisitos aduaneiros para importação. Ridiculo. Somente uns farolins em plástico para um carro. Com outros operadores postais não tenho problemas. Dizem eles que é falha do sistema. Eu é que fiquei sem o dinheiro

      • Pedro F. says:

        Se calhar o inútil foi o vendedor que não soube preencher a nova declaração aduaneira. É que cobrar o IVA é fácil.mas o dinheiro não é para o vendedor como os do eBay pensam…

  41. Luís says:

    Tenho encomenda retida desde 3/7, até hoje não recebi. Pelo histórico de traking tenho sérias dúvidas que a encomenda não chegou antes de 1 de julho, o que me leva a crer que os CTT retiveram encomendas prepositadamente para poderem cobrar a taxa de tratamento (2€) pois assim por milhares de encomendas retidas ganham com isso milhões de euros, GOLPE DO BAU Uma empresa que cada vez mais presta um péssimo serviço e assim assalta as nossas carteiras. Com a retenção de milhares de encomendas retidas agora não conseguem dar vazão. Devia ser INVESTIGADO

  42. Luís says:

    Mentira recebo sem problemas encomendas da FedEx e dhl gls. O problema é o CTT inúteis

  43. Sandra Teresa says:

    Estou a esperar de encomendas desde Maio, as referências que me dão não correspondem às minhas, logo não prossigo com o desalfandegarmento, a questão aqui nem é o IVA, mas por cada encomenda é o iva + 2€ para alfândega. No meu caso é material de manicure… Algumas não me dou ao trabalho, acabo por pedir metade do valor ao vendedor e vai para trás (alliexpress)

  44. AAAasdf says:

    Pronto, ja to lixado!
    nao é que comprei um artigo na Amazon que é de empresa chinesa e eu nem sabia.
    foi enviado por china post, secalhar vai para alfandega, que m€#$da.

    • Maria Marques says:

      Não quero desanimá-lo, mas o meu que vem de Bélgica, obtive o seguinte recado que passo a transcrever: “ O envio LB644303939BE chegou a Portugal. Tem 10 dias para aceder a ctt.pt a partir de um computador para o desalfandegar e evitar a sua devolução. Obrigado.“

    • Pedro F. says:

      Não interessa de onde é a empresa. Se pagaste o IVA não há problema. Seja e viado da china, de espanha ou da rússia…

      • Bruno S.. says:

        O problema são as muitas encomedas cujo IVA foi pago e ainda assim são retidas na alfandega. Demonstra total desrespeito, a gestão de encomedas com/sem IVA pago não está a ser realizada adequadamente e como se diz está tudo a entrar no mesmo saco.

        • Pedro F. says:

          Cuidado que muitos vendedores não preenchem a nova declaração aduaneira de forma correcta e ficam com o valor do IVA no seu bolso.
          Isto, para efeitos legais e fiscais é o mesmo que não teres pago o IVA. Nem a alfândega tem como saber se pagaste o IVA se o vendedor for um trapalhão…

  45. says:

    Eu para pagar o IVA de 10 cêntimos tinha de pagar uma taxa de 2.5€!!! Acredito que muitos desistam e deixem a encomenda lá ficar quando o preço do produto e o suposto iva é bem menor que a taxa para pagar!

  46. Luis says:

    Talvez não seja só, um problema da Alfandega. Perante o atrazo da minha encomenda, os serviços alfandegários responderam o seguinte:
    “…. Exmo.(a). Sr.(a).

    Em resposta ao solicitado através do e-mail infra reproduzido, somos a informar o seguinte:

    Poderá solicitar esclarecimento junto dos CTT – Correios de Portugal, S.A., dado que, as remessas estão sempre na sua posse e são a entidade responsável por todas as operações logísticas sobre as mesmas, recepção, apresentação, guarda, entrega e devolução dos objectos.

    A responsabilidade de e por quaisquer formas de comunicação (como por exemplo telefonemas, e-mails…) com o destinatário cabem exclusivamente aos CTT – Correios de Portugal, S.A., enquanto representantes do mesmo e do expedidor, perante a Alfândega.

    A gestão e a informação que consta no Website dos CTT – Correios de Portugal, S.A., assim como, a recepção dos documentos submetidos através do mesmo é da exclusiva responsabilidade dos CTT – Correios de Portugal, S.A.

    Note-se que a Alfândega e os “serviços aduaneiros” dos CTT – Correios de Portugal, S.A. são duas entidades completamente distintas.

    Quanto à demora na entrega das remessas não UE ao destinatário, informamos que a alfândega só pode agir após ter sido submetida uma declaração aduaneira, cujo prazo médio de desalfandegamento da responsabilidade da AT é de um dia, sendo que na larga maioria das situações de demora se constata que ainda não foi submetida uma declaração aduaneira e, assim, a alfândega não consegue ter acesso aos dados das remessas postais ou, caso já o tenha sido, a alfândega já autorizou a saída e a demora na distribuição, terá a ver com questões logísticas dos CTT pelas quais a alfândega não tem qualquer responsabilidade.

    Com os melhores cumprimentos, …”

  47. CC says:

    O formulário onde nos pedem os dados da compram é impossível de os preencher porque não temos os dados suficientes.
    Já tentei imensas vezes o seu preenchimento mas desisto porque não tenho paciência para um formulário feito por estúpidos e para estúpidos. Não é o meu caso. Fiquem com as encomendas.
    E sim. Conseguiram que não faça mais encomendas através do grande ALIEXPRESS

  48. Alexandre says:

    O governo quiz roubar novamente os contribuintes, para isto resolveu, para variar criar impostos para o Zé pagar a incompetência dos governantes.

  49. Nuno Pereira says:

    Mas isto já era mais que previsível se o caos já existia antes desta mudança.

    E depois devem ser milhares de encomendas diárias de 1€, nem consigo imaginar os recursos humanos que seja preciso só para estas.

  50. Orlando says:

    As leis da comunidade europeia estão bem explícitas, mas em Portugal são adaptadas! Cobram, chupam chupam o povo…. É mais fácil mandar vir 1 produto para a Holanda, pagar e siga que aqui…. Cobram taxas e impostos em cima de impostos…

  51. Marciano says:

    Ctt têm um péssimo serviço uma porcaria

  52. Joao says:

    E irmos todos comprar uns artigos de cêntimos para embrulhar ainda mais a situação ? Estes caramelos mereciam isso : entupir aquilo até cima …

  53. Joao says:

    O que qualquer dia acontece é que vão deixar de aceitar envio de encomendas para Portugal : as pessoas vão começar a queixar-se que os artigos não chegam e a pedir reembolso e os vendedores vão olhar para o enorme país de 10 milhões que nem chega à população de uma cidade na China e pensar : borrifei nestes tipos …

  54. José Alberto says:

    É uma Grande Das Vergonhas
    Alfândega
    Já Esperei Varias Veses
    Pera Receber Meus Produtos.

  55. Sabichao says:

    Pergunto-me se as plataformas chinesas, que nos cobram o IVA, se realmente estão a entregar ao estado ou se estão a abotoar ao dinheiro…
    No bangood devolveram o IVA, mas tive que pedir, e fiquei sem os 2 euros +iva para os ctt.

  56. Carlos Balsa says:

    Pode também haver atraso no desalfandegamento mas tenho uma encomenda já drsalfandegada, e isto confirmado pelos CTT no portal da queixa onde reclamei mas dizem que os correios estão atrasados, ou seja faz 2 semanas que a alfândega liberou mas os correios não vão levantar por falta de capacidade ou vontade ou incompetência sei lá. O que digo foi confirmado pelo responsável dos CTT não é invenção minha. Está no portal da queixa.

  57. José Maria Oliveira Simões says:

    O CTT às vezes faz asneira, e da grossa. Tive que devolver uma coisa que comprei no ebay a um francês, porque o que ele me enviou, não era o que comprei. Então enviei um pacote registado com aviso de recepção. Não sei o que me deu na cabeça de comecei a seguir de imediato o pacote na no site dos CTT. A determinada altura, achei estranho o percurso da encomenda e fiquei alerta. Uns dias mais tarde, recebi em casa um aviso de tentativa de entrega duma encomenda. Verifiquei que a encomenda era a aquela que devia ter ido para França. Mas não, os CTT estavam a tentar entregar-me a encomenda a mim. Recebi a encomenda e faço no novo registo para enviar para França. Faço uma reclamação do sucedido. Primeiro não me davam razão, mas depois prometeram-me que me devolviam o dinheiro. Bom, após 2 anos, a devolução do dinheiro, nem cheiro. Para enviar para França a encomenda paguei 2 vezes. Mas há mais historias comigo e os CTT. Encomendas registadas, das quais nunca recebi o aviso, são mais que muitas.

  58. Manuel Silva says:

    É verdade e uma vergonha
    Vivo em Inglaterra e tive uma encomenda retida na alfândega por 50 dias e agora tenho outra retida na alfândega desde 30 de Agosto
    Realmente Portugal está um caos porque a encomenda sai de Inglaterra em 2 dias e depois em Portugal fica retida sem nenhuma razão porque só mandei roupa para os meus netos. Só para informação extra mandei uma encomenda para a Suíça e chegou lá em 6 dias

  59. PeterJust says:

    Já me roubaram várias coisas, sei disso pois o tracking vai até entrar no nosso país, a partir daí desaparece. Já fiz queixas à ANACOM mas sem resposta. Venderam os CTT a ladrões, o serviço está muito pior e o contrato continua a ser cumprido pois eles apresentam números falsos.

    • Pedro F. says:

      Óbvio que está pior. Deixou de ser uma prestação de um serviço público para ser uma empresa cuja atividade tem um único objetivo… Lucro!
      Se a dar prejuízo trabalhava mal, para dar lucro tem de trabalhar bem pior.
      Felizmente o que não faltam são transportadoras e cada um escolhe a que quer.

  60. Nuno says:

    Eu tenho uma que ver de UK e desde 11 de agosto só refere “receção internacional”…

  61. José says:

    CTT uma vergonha.
    Referem no site que : O cliente ao realizar a sua compra online no site do vendedor paga o valor da mercadoria e portes, o valor do IVA, mas não paga o valor do serviço de desalfandegamento CTT. Nesta situação e até 31/12/2021 não haverá lugar ao pagamento do serviço de desalfandegamento CTT, pelo que a encomenda ao chegar a Portugal é submetida para desalfandegamento sem ser requerida a intervenção do cliente ou pago qualquer valor adicional.
    Acontece que paguei o IVA na Origem o Fornecedor informa que avisou os CTT desse facto e os CTT continuam a querer que seja pago o IVA mais taxas de apresentação do pagamento.
    Outras transportadoras como a DPD e GLS entregaram-me produtos do Reino Unido em 7 dias úteis sem qualquer transtorno.

    • Pedro F. says:

      Estás a assumir que os CTT estão a mentir e que o vendedor chinês está a dizer a verdade…
      Cuidado com isso. Maior parte das compras que tenho feito, os vendedores estão a falhar redondamente!

  62. PeterJust says:

    CTT são uma anedota, sempre foram uma empresa com algumas limitações, porém apesar das limitações, iam funcionando relativamente bem, a partir do momento que o Passos os privatizou ficaram a ser um empecilho para todos, andamos a privatizar tudo, o estado fica sem nada, os serviços são o que são, depois quando dão falencia,lá temos nós de ir todos salvar as empresas e pagar 100 vezes aquilo que recebemos da privatização. Por cada privatização que fazemos é dinheiro que nos roubam, porque sejamos realistas, nenhum privado pega numa empresa se não for para lucrar (e bem) seja de uma maneira ou de outra. Só falta privatizarem o SNS e então é que vai ser uma festa de hipocrisia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.