Quantcast
PplWare Mobile

Governo: Vêm aí mais 15 mil computadores para ensino à distância

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Cuca Beludo says:

    Chama-se ensino “à distância” pois o aprendizado estará longe de ser bom.

  2. João Dias says:

    Querem apostar que não vão chegar a tempo…

  3. Narciso Miranda says:

    300e cada computador?? Ou fiz mal as contas?

  4. N. Mendes says:

    Que luxo. O meu está no privado e usa um telemóvel…

  5. 123 bommm says:

    Caramba eu no tempo do liceu não tinha nada de apoio do governo comprei um IBM 386 ms-dos e Windows 3.11 + word Excel e foi uma fortuna e agora dão computadores de graça há muitos que se bom aproveitar disso sem nesscidade

    • nimboos says:

      Os computadores são emprestados. No fim do ano letivo os alunos têm que devolver os computadores tal como os receberam. Ou seja, se o computador estiver danificado aquando da devolução, o encarregado de educação fica obrigado a pagar a reparação.

      • Asdrúbal says:

        as palavras “Insys” + “Um ano de Uso” + “se o computador NÃO estiver danificado” não podem ser usadas na mesma frase.

        E isto sem contar com outra variável: “crianças” e provavelmente “jogos”

        • sdfg says:

          os insys nao sao um perigo de incendio em caso de uso? tive dois e 1 passou metade da vida na inforlandia e o outro dava ecras azuis de hora a hora ate descobrir que o processador tinha o dobro do tdp suportado pela board

        • nimboos says:

          Também não estão autorizados a instalar software nos computadores emprestados… :/
          Podem sempre usar software versões “portable”.

    • Peace says:

      No teu tempo de liceu não precisavas de um computador para o dia a dia. Também sou desse tempo.

    • jorgeg says:

      +1 e depois de varios anos de lavagem cerebral por prof m-ar.xis-tas,… os alunos acabam a o ensino secundario ou superior e saem mais ignorantes e incultos do que nunca , pior e julgam-se intitulados a terem tudo borla sem o menor esforco ate que levam um estalo brutal de algo chamado realidade!

    • nimboos says:

      Eu não percebo como é que os professores não têm computadores fornecidos pelas escolas. Não faz sentido ser o profissional a comprar a ferramenta para conseguir desempenhar as suas funções. E isto nem se prende com situações pandémicas. Isto deveria ser uma norma há já muitos anos.

      • José Fonseca Amadeu says:

        Vais oferecer computadores a todos os professores para quê? Para redigirem testes? Isso fazem no pc partilhado na escola, o trabalho do professor é ensinar pelos livros, é isso que está no plano curricular. Para mim devia-se ter mantido durante a pandemia, os professores deviam ter programado as aulas todas e feito um manual de estudo para os alunos estudarem por si e depois fazerem exame.

        • nimboos says:

          José Fonseca, por essa ordem de ideias, não eram necessários professores nem escolas. :/ Bastava as editoras dos livros fornecerem adicionalmente “um manual de estudo para os alunos estudarem por si e depois faziam o exame”. Temos uma visão diferente do que é o ensino…
          No século XXI os computadores não servem só para redigir testes. A ideia não era “oferecer” computadores, mas sim ceder essas máquinas aos professores.

  6. David Guerreiro says:

    Metade desses portáteis avariam ao fim de alguns meses, isso é material do piorio

    • RM says:

      David guerreiro, acho que este tipo de computadores para tele escola, pesquisas do google Excel e word não vai avariar..

      O problema começa quando começa a entrar jogos e outro tipo de programas e a maquina não aguenta, mas se a usarem para o objetivo que é proposto não vão ter problemas. Mas o tuga tem a mania que é esperto, mas a culpa é do PC.

  7. PeterOak says:

    Paga Zé!!

  8. Tor says:

    e não são dados , sao sim emprestados com assinatura de um termo de responsabilidade

    ha um acidente qq tipo uma tecla vai para o caneco ou um monitor e depois quero ver pais sem possibilidades €€€€ pagarem 300€

    ja agora …. estas noticias sao pura publicidade do governo …. informem-se nas escolas … ha milhares de alunos sem pc

  9. Indignado says:

    Estão a comprar lixo, por 300 euros é pura sucata, estou a avaliar a compra de cerca de 80 para uma escola e para ser algo de jeito mesmo com esta quantidade e ao aos revendedores nacionais não desce dos 450 + iva

  10. informado says:

    Falta a internet que é cara pra toda a gente imcluindo quem NÃO TEM FILHOS. O PPLWARE que faça um artigo acerca da TARIFA SOCIAL de INTERNET que este Governo Socialista disse que ia aplicar pra quem precisasse em 2019! Depois passou pra 2020 e depois para 2021, pro primeiro trimestre. Em Janeiro, o Governo PS mentiroso disse que passava pro Segundo trimestre. Governo Socialista mentiroso! Socialistas MENTIROSOS!

  11. Redin says:

    A iniciativa Student Keep já doou milhares de computadores e está a fazê-lo desde a ultima vez que os alunos tiverem escola em casa.
    Hoje tive a feliz oportunidade de levar 28 portáteis Lenovo Thinkpad com Win10 para a DGesT de forma a serem distribuídos.
    https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6764552222689771520/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.