Quantcast
PplWare Mobile

Governo irá investir 400 milhões de euros no ensino à distância (e não só)

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. SANDOKAN 1513 says:

    Agora só falta dizer que as aulas presenciais vão acabar.Só faltava agora essa !!

  2. GM says:

    Pergunta fulcral: e vai buscar o dinheiro onde? Devoluções de IRS, há pessoas que submeteram a declaração nos inícios de Abril, e à data de hoje continuam à espera da devolução; lay-offs, é o que se sabe e ouve na comunicação social; apoios para os TI’s = 0, ou próximo disso! Ele é medidas e apoios para isto, para aquilo e para aqueloutro. Ou seja, balas de pólvora seca.

  3. Berto says:

    Só espero investimento nas infraestruturas de internet, já nem digo fibra mas pelo menos 3G em todo o pais.

  4. jaugusto says:

    Ponham a Uber a entregar os trabalhos de casa!!

  5. Pedro says:

    400 milhões de euros?? Dps dizem que os Finlandeses, Alemães, Austríacos, Holandeses são os maus da fita. Portuga a pedinchar na europa desde 1986….

    • Milhais says:

      Ora agora tocas te na bolha dos portugueses, que estão já a afiar os dentes e as unhas aos 15 mil milhões a fundo perdido. Quando não se faz planos a 10 anos (mínimo exigido a um pais industrializado), este dinheiro entra e não faz nada pelo pais. E claro e bem os Finlandeses, Dinamarqueses , Holandeses exigem que as contas sejam investigadas, porque tivemos 10 anos de economia a crescer e ninguém poupou nada, chamada “pataca ganha pataca gasta”.

  6. recondicionado says:

    então sr. sr. … 1º, este ano não temos abertura – oficial – de época de incêndios ??o comandante supremo das forças armadas, não lhe passou nenhum memorando nesse sentido. nenhum recado de pé de orelha??
    os “diminuidos mentais” que levam com as culpas pelos incêndios, estão
    todos recatados em casa, a estudar virulogia. ok.

  7. Figueiredo says:

    Convém realçar a imposição do ensino à distância, para além de ser uma medida infundada e anti-natural que prejudica o desenvolvimento físico e mental da criança e do adolescente, viola claramente a Declaração Universal dos Direitos da Criança.

  8. roberto says:

    É uma beleza os professores debitam trabalhos em massa e os pais que se amanhem sejam professores.
    Está tudo passado mas é na cabeça.

  9. Xnelox says:

    Os que estão no poder a aproveitar a pandemia para movimentar milhões que vais para tudo e mais alguma coisa mas que na verdade vão para onde lhes convém. Investir na educação e saúde antes da pandemia? Naaa, vai ser agora que está a nascer dinheiro, mas amanhã vão descobrir que afinal o investimento não foi para lugar nenhum…. O dinheiro desapareceu misteriosamente…

  10. Matilde says:

    Os governos não têm culpa do que aconteceu, mas presentemente com este método de ensino, os alunos não aprendem nada de nada. E aqueles pais que não sabem explicar os tp’cs aos seus filhos. Aqueles alunos que tinham explicações fora do horário escolar, como vão fazer. Se não se pode ir às aulas, também não se pode ir às explicações. Sem ofender ninguém, mas há pessoas com formação superior e não sabem quase nada,nem sei como passam diplomas,a drs, que sinceramente não sabem fazer nada, se isto vai ser o fvtuto do nosso ensino, então é outra calamidade. Por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.