Quantcast
PplWare Mobile

Fatura do combustível vai mudar! Conheça quais os novos dados

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. LuisAlfa says:

    Claro assim ficamos a saber melhor como continuamente somos roubados, roubados na porcaria da qualidade do combustível que tem cada vez mais merd…. de óleos e lixo que lixa os motores tudo em nome do ambiente como falam os trafulhas dos nossos políticos e depois pagamos como se fosse ouro.
    Este País esta a precisar de um 26 de abril.

  2. Artemus says:

    26 de abril???!

    • Ninguém says:

      Sim. Fizeram o 25 de abril mas esqueceram se do 26, 27, 28, assim por diante. Na verdade só mudou a percepção que nós temos de liberdade e os principezinhos no comando. Portugal continua a ser um país de cultura retrógrada.

      Abraço a todos

    • Alex says:

      O 25 de Abril é a data de uma revolução. Outra na mesma data, não seria muito lógico e seria uma falta de originalidade, não acha?? Além disso, se pode ter-se outro feriado noutro dia, porque é que se haveria de usar o mesmo dia para comemorar 2 eventos? Já bastam os feriados ao fim de semana, que nao servem para nada! ahahahahahah…… Mas pronto, calendário é calendário.

      • PA says:

        E perceber metáforas?

        • Artemus says:

          @PA E que tal perceber que um 26 de abril seria um caos para a economia nacional. Há pessoal que deve viver no país das utopias.
          Já agora, quase de certeza que percebo mais de recursos expressivos que o amiga PA.

          • Mendez says:

            Que ninguém duvide este Pais está tão corrompido é um polvo já não consigo ver outra saída para Portugal.
            Os lobys, os esquemas a justiça dominada pela classe politica, os trafulhas que não são presos e processos que se arrastam anos e anos para escaparem, os impostos cada vez mais altos , não dá isto está tão podre se só mudando tudo as leis feitas com esquemas , mas ninguém fez a lei.etc,etc,etc.

  3. Hugo Santos says:

    Estes impostos tem nomes que induzem o objecto onde eles seriam aplicados, mas na realidade vai tudo para o orçamentos de estado. Não faz sentido.

  4. Louro says:

    Deveria de ser assim em tudo, todos os valores correspondentes a taxas, taxinhas e impostos virem descriminados para que o consumidor saiba na verdade quanto é que o governo mete ao bolso.

  5. André Lopes says:

    Ou seja… Gastar mais papel!

    Aplausos.

  6. Armando Moreira says:

    Com uma informação detalhada sabemos onde o “roubo/rombo” é maior… Muda a forma permanece o pesado/pesadelo do conteúdo- 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.