PplWare Mobile

Facebook: Política de Privacidade será decidida pelos utilizadores


Marisa Pinto

Editora no Pplware e psicóloga de profissão. Desde cedo que a tecnologia é uma paixão, interessando-se em particular com o impacto que esta tem na nossa vida e nos comportamentos que as pessoas adotam nas redes sociais.

Destaques PPLWARE

  1. quackkid says:

    Alguem que ja tenha votado pode dizer quais as principais diferenças?

  2. João Reis says:

    Votei em Manter…não que tenha lido alguma coisa, mas estou certo que a mudança vai para maior acesso a nossa informação. Embora digam que será apenas usada para melhorar a qualidade das informações que nos chegam.

    • Ecchin says:

      Maior acesso à tua informação é impossível. Eles têm acesso a 100% da informação que lá depositas lol. A responsabilidade é toda tua.

  3. Rui says:

    Já votei. Não digo em qual , porque o voto é SECRETO. 😀

  4. Rui "ALL" Sousa says:

    Só nao percebo pq é que qd entro no Fb essa informação não me é logo divulgada, tendo eu conhecimento disto via pplware.

    • Paulo says:

      É muito simples, o Facebook não quer que os seus utilizadores votem na mudança, e isso é muito simples de verificar, basta ler os documentos sobre a votação, é tudo uma grande salganhada que tem como objetivo levar a que o utilizador vote para manter tudo como está. isto tudo veio de uma campanha que alguns fizeram no último ano, e que até criaram um site ou dois, este é o último; http://www.our-policy.org/
      A primeira opção na votação é para se escolher as mudanças que foram reivindicadas por muitos utilizadores do serviço, a meu ver quem vota para manter tudo como está ou não se deu ao trabalho de ler os docs,”é só 10 minutos no máximo”, ou simplesmente não quer saber com o que se passa com os seus dados…
      Podem ler uma info mais detalhada e com outros links relevantes aqui; http://arstechnica.com/business/2012/06/facebook-nation-privacy-changes-go-to-a-270-million-user-vote/

  5. Marisa Pinto says:

    Olá Rui, pois, existem muitas modificações e notícias que apenas são dadas a conhecer no newsroom, tens o link no final do artigo, por isso é sempre importante estarmos atentos a esse link, mesmo para vermos as estatísticas da rede social. 😉

    • Rui "ALL" Sousa says:

      Sim, eu já tratei de dar o meu voto, simplesmente acho que n tem lógica qd é o time-line (n sei o nome) tem publicidade a ocupar meio ecrã, qd é para votares na forma como a TUA informação é usada, apenas sabes por meios de informação e não por o próprio site…

      • Marisa Pinto says:

        Dou-te toda a razão! Estas novidades deveriam estar promovidas, e o facebook deveria até ter uma sidebar com todas as actualizações a e informações actualizadas.
        Como isso não acontece, resta-nos pegar neste artigo e promovê-lo, partilhando, e dando a conhecer uma vez que o prazo acaba já dia 8! 🙂

  6. jorge says:

    Voces são malucos, quem não quer partilhar daDOS não mete lá nada e pronto. Se alguem mete alguma coisa no face é porque quer que as pessoas vejam. Já tem a opção de mostrar so algumas pessoas. Tanta privacidade até chateia de min não sabem nada de relevante. Onde estudei, nome e amigos…. and what ?

    • Rui "ALL" Sousa says:

      Acho que o que esta aqui em questão é como a nossa informação é partilhada para entidades/empresas e não os nossos amigos.

    • João says:

      De certeza que só sabem isso?
      E a informação toda que tem guardada é para que?
      Já pensaste que eles sabem onde estás a aceder de onde estar a aceder tudo…Se estas num Smartphone ou num computador…se estás num smartphone sabem a tua localização..
      Se calhar sabem mais do que aquilo que tu pensas…

  7. Ahahah

    O próprio responsável oficial do Facebook já disse o que pensa dos seus utilizadores e, ainda assim, há quem ofereça, de bandeja, os seus dados pessoais…

    “Privacidade” no Facebook não existe. (Ou, se existe, é só relativamente a quem, por não estar ligado aos responsáveis desta empresa, não pode aceder aos dados de outras pessoas.)

    O objectivo desta rede é exactamente fazer as pessoas abdicarem da sua privacidade. E não é só perante esta aparente empresa privada, gerida por pessoas que vocês não conhecem e nas quais, no entanto, confiam.

    Esta companhia tem ligações ao governo norte-americano. E é uma fachada da CIA, construída como parte de um megaprojecto de vigilância que visa estudar as pessoas, para melhor desenvolver maneiras de as controlar.

    Mas não acreditem em mim. E oiçam antes o que foi dito num programa da rádio estatal do nosso país vizinho.

  8. Rui Marques says:

    Uma coisa fácil. Deixem-se do facebook. e tudo o que é publicado na web permanecerá para sempre…Para o bem e para o mal.

  9. Tiago Correia says:

    Se vocês sabem, que eles sabem todos os nossos dados, sabem até a uma certa data, pois se deixarem de utilizar, certamente não teem mais acesso aos nossos dados!

    Tão fácil quanto isso! Agora senão se importam, melhor para eles!

  10. djx says:

    Eu ainda estou a tentar perceber o porquê de tanto alarido no fb.
    Eu não possuo conta e não tenho necessidade de ter. Se quiser saber como é que os meus amigos estão, falo com eles, ou ligo-lhes, mas claro que é mais aceitável vasculhar pelas fotos dos meus amigos e saber que amigos é que eles têm… Há muito tempo desperdiçado no facebook que poderia ser usado para outro proveito, ler um livro por exemplo, ou aprender algo.

    • Sérgio says:

      Um excelente pensamento, tenho 22 anos e devo ser das gerações que mais acompanhou a evolução das redes sociais, desde a IRC,CHATS,MSN,Fotologs,Hi5 e muitos outros.. e continuo sem perceber como é que as pessoas, instituições governamentais e não governamentais continuam sem tomar medidas legislativas ou apenas meramente informativas, sobre os aspectos negativos das redes sociais quando usadas em exagero.
      A nivel economico principalmente, é um prejuizo brutal para pequenos estabelecimentos. Não seria muito mais agradável e proveitoso ir ao café ou a um bar conversar e por os assuntos em dia e ao mesmo tempo dinamizar a economia, com dois simples cafés?
      E é como voce diz, uma pessoa perde horas e horas no facebook,e mais de 50% do tempo está apenas a ver os perfis ou a ver fotos que já viu 10 mil vezes.
      Tem que se mudar um pouco a mentalidade e fazer renascer novamente a vontade de conviver ao vivo e se isso não for possivel, era bom canalizar o nosso tempo para actividades que nos façam mais cultos e capazes de responder à crise.

      Deixe-mos o facebook ocupar apenas 30 min do nosso dia 😉

  11. Rui "ALL" Sousa says:

    Nada como ter FB e colocar lá informação que não corresponda à verdade 😀

  12. dj_suca says:

    Eu votei na mudança….

  13. tROLOLOL says:

    Era importante que expusessem aqui as maiores diferenças entre as varias opções de voto.

    • Marisa Pinto says:

      Olá.
      Basicamente as grandes diferenças são o de notificar o utilizador das consequências e da finalidade que é dada às suas informações por parte do facebook, isto no Novo Documento. Este novo documento pretende que os utilizadores fiquem mais esclarecidos sobre para onde vão os seus dados, para que é que o Facebook necessita de determinada funcionalidade e conteúdo, porque é que optou por mudanças que não agradaram a todos, como foi o caso da Timeline, entre outros.

      Caso queiras ver estas alterações e ficares sempre mais esclarecido, optas pelo NOVO DOCUMENTO. Caso contrário, votas em manter o actual.

      Podes ver aqui ambos os documentos na íntegra.

      Cumprimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.