Quantcast
PplWare Mobile

EUA devem suspender 1000 drones civis por usarem tecnologia chinesa

                                    
                                

Fonte: Financial Times

Autor: Marisa Pinto


  1. miguel says:

    Como escrever: 1000, 1 000 ou 1.000?
    Não raramente, vemos 1000, 1 000, 1.000 ou até 1,000. Como vamos ver, apenas uma das formas está certa. Eis as regras, ponto por ponto:
    1. Os números costumam dividir-se em grupos de três algarismos, separados por um espaço, e não por qualquer pontuação. Exemplo: «Assistiram ao jogo 109 456 espectadores.»
    2. Esqueça o ponto (que se usa nos países anglófonos, por exemplo); a única pontuação que se pode empregar na numeração é a vírgula, para separar a parte inteira da parte decimal. Ex.: «Ele tem 1,97 m de altura.»
    3. Os citados grupos de três algarismos contam-se a partir das unidades, tanto para a esquerda como para a direita da vírgula: 78 890,322 14.
    4. No entanto, em números constituídos por apenas quatro algarismos, não se usa espaço. É por essa razão que vemos «Euro 2004», «25 de Abril de 1974» e «2500 pessoas».

  2. Filipe Rafael says:

    Lamento informar mas pode-se escrever: 1000 ou 1 000 ou 1.000. Está correto qualquer uma excepto 1,000 não não significa “mil” significa um virgula zero, zero, zero

    • miguel says:

      Então na tua opinião está correto escrever Euro 2.004?

      • Fantasma says:

        És “engraçado”!
        Escolheste precisamento o valor numérico que representa o ano, para o qual, inserido na escrita de uma data, há algumas normas, nacionais e internacionais, para o fazer. E em nenhuma das que conheço há separação e agrupamento de digitos. Interessante escolha, para dizer o minimo sobre o assunto.

        Provavelmente, fazes isso para defenderes algum insolito e “interessante” ponto de vista.

        Sobre o resto, NÃO HÁ regras normativas da linguagem portuguesa (as que definem a escrita normal, não nas matemáticas nem das regras e normas para a redação de documentos normativos portugueses, de onde vem a tua “fonte”) sobre a maneira como se deve escrever um número, à parte do que é definido como o simbolo que divide a parte inteira da decimal (em Portugal, usualmente o simbolo “,”). Quanto ao resto das formas, quaisquer das representações não é, digamos, inválida (já que nem sequer é definido o que é a “coisa” válida).

        Tão ridicula é o aparte referente ao artigo em questão como o meu desperdicio de tempo e energia para responder a isto. Coisas!

        • Toni da Adega says:

          Salientar que Data não é um número. Data ter dígitos/caracteres numéricos mas não é um número, é simplesmente uma data.
          Da mesma forma que números
          / valores / fórmulas podem ser descritas com letras mas não faz disto palavras ou texto.

          • Fantasma says:

            A data pode ser constituida por numeros. A formatação da data, quer seja só por números e separadores ou outra forma, há alguma normalização para a escrita das mesmas.
            Para além disso, referi, precisamente, que a escolha do número que representa o ano seria um mau exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.