Quantcast
PplWare Mobile

Estudo: “Informáticos” estão insatisfeitos com o seu salário

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Jorge says:

    Fixe, vejam lá então se há algum estudo onde mais de 50% esteja ok e esteja satisfeita com o seu salário.

    • David Guerreiro says:

      Eh pá, aposto que os políticos também se queixam que ganham mal, mas é só choradeira. Há realmente pessoas que deviam receber mais do que aquilo que recebem, mas os políticos não são uns deles.

      • airtup says:

        Há muita gente em TI a ganhar mais que o ordenado oficial dos politicos.

        • Luisão says:

          Não sei o que queres dizer com “muita gente em TI a ganhar mais que o ordenado oficial dos politicos”, suponho que sejam directores, CEO é algo do género. Chegámos a um ponto que ganhar 1000€ é um luxo, para a maioria e com a globalização e a facilidade de deslocação das empresas e a crise económica, cada vez mais pessoas serão mais mal pagas. Também penso que em Portugal existe uma grande disparidade de salários, o que se reflete na nossa economia. Mas os serviços das empresas de TI continuam a ser bem pagos, logo eu pergunto para onde vai a maioria desse dinheiro?

          • José Fonseca Amadeu says:

            1000€ é um luxo em IT?
            1000€ é o start point de qualquer recem formado.
            Qualquer profissional de IT com 10 anos de experiencia e que não seja field support ganha pelo menos 2.000€ liquidos.

  2. António Coutinho says:

    Agentem que os restantes Portugueses também estão igualmente insatisfeitos e aguentam, calados. Aguentem e não se façam de vítimas. Não são mais do que os outros. Aguentem!

  3. Jota says:

    … e com razão, porque atualmente a informática é a base de (quase) tudo)!

    • Jorge says:

      Acho que consegues viver sem informática, mas não consegues viver sem comer. Se queres ir por aí os agricultores deviam ganhar bem mais do que ganham

      • Rui says:

        mas eu posso plantar batatas em casa e tens noçao de quantos sistemas informaticos existem desde o agricultor ate a comida chegar a ti ?

      • Paz says:

        Concordo que os agricultores, pescadores etc… deveriam ser bem remunerados, mas não nos podemos esquecer que hoje em dia tudo funciona na base da informática, desliga la o sistema dos caixas do supermercado e vais ver a confusão para comprares comida, deixa cair os servidores de uma grande empresa e vais ver o prejuízo que advém do mesmo, desliga os sistemas informáticos responsáveis pela distribuição de bens e vais ver a escassez de todo o tipo de produto a chegar às tuas mãos. Quer queira quer não, estamos dependentes da informática quase para tudo, já nem falo dos sistemas financeiros e outros que tais…, que aí sim, seria voltar a idade da pedra. É só a minha opinião, vale o que vale. Abraço.

        • André R. says:

          Para isso os engenheiros eletrotécnicos poderiam ganhar muito mais que o eng. informático… liga lá um servidor sem energia elétrica… lá se vai á caixa dos supermercados, a luz dos supermercados…

          • Jorge says:

            Ora aí está. Comam RAM.

            Não ponham a informática como um bem de primeira necessidade.

            Não estou a comparar informática com agricultura, estou a mostrar que se calhar é melhor irmos com calma nessas conclusões do “se há mais informatização temos de ser mais bem pagos”, tretas, em economia até é o contrário, procura e oferta

      • José Fonseca Amadeu says:

        Mas sabes quanto ganha um agricultor? lol
        Devem pensar que os agricultores são pobres, acho piada ao pessoal da cidade.

    • segfault says:

      Deixa ver se percebi, os informáticos devem ser bem pagos porque a informática é importante? e os senhores que recolhem o lixo? e varrem as ruas? e o padeiro ao fundo da rua? e o agricultor (como disse o Jorge)? Curiosamente muitos desses são bastante mais mal pagos.

      • Luis says:

        Comparação sem nexo nenhum!! Queres ver que hoje em dia nascemos todos engenheiros informáticos??? O esforço para fazer todas essas funções que acabaste de dizer exige algum curso? Algum conhecimento aprofundado como engenharia? Pensar um bocado antes das postas de pescada não?

  4. Carlos says:

    SÃO escreve-se com til…

  5. Hidelberto says:

    Trabalhem mais e chorem menos, em Lisboa ganhar 4100 euros por mes para um engenheiro informatico como eu nao me queixo!

    • Empresário says:

      Brutos e depois ficas com metade disso?….

      A maior parte dos descontentes n mexe palha para fazer diferente, são adversos ao risco…

    • Eu says:

      4100? Já lá vai o tempo… Ahah
      Para junior não está mau, tens de começar por alguma lado.

    • Pedro says:

      se tu ganhasses 4100 liquidos de certeza que nao eras o tipo de gajo que vem para o pplware dizer, provavelmente és so um gajo que ganha o ordenado minimo e a net é o unico sitio que se pode fazer passar por alguem que ganha 4100 e já agr trabalhas em que empresa ?

      • Rol says:

        Muita dor de cotovelo ai, tem calma e respira. E perfeitamente normal, sao valores normais para o nosso mercado em boas empresas, agora se não tens curso é dificil.

      • Luisão says:

        Deve de ganhar tanto 4100 por mês como eu ganho 1 milhão? Ele que explique então o que faz especificamente e o onde? Em Portugal só se for um diretor de uma grande empresa e nesse caso duvido bastante que viesse para aqui exibir a sua filha de salário.
        Porque há pessoas que não tiveram a sorte e as oportunidades para evoluir e crescer…

      • segfault says:

        Não é assim tão irreal, eu trabalho há mais de 10 anos na área, não ganho isso mas conheço quem ganhe. Como vivo num local onde o custo de vida é um pouco mais baixo, estou francamente satisfeito. Sei que se fosse para Lisboa ia conseguir ter um salário melhor (mas possívelmente iria trabalhar bem mais de 8h/dia e teria muitas mais despesas e tempo perdido em commuting…)

    • Toni da Adega says:

      Para part-time não está mau. Fazes que 2 ou 3 dias semana?

    • Rui says:

      Para um salário de 4 100€ líquidos, precisas de ter um salário bruto de 8 000€ mensais!!!!!!!
      São mais de 110 000€ por ano!!!!!!!

      • José Fonseca Amadeu says:

        Não sei o que ele faz, mas esse é o ordenado tipico de um manager de IT em Lisboa e Porto numa multinacional.
        Pessoal de posições mais técnicas tipicamente anda pelos 3.000€ liquidos, a menos que faça near shoring, nesse caso até consideraria os 4.100€ liquidos algo relativamente banal, quando fazia near shoring no primeiro ano de actividade que estava isento chegava a fazer 10.000€ liquidos por mês, tudo depende do país ou estado para onde se trabalha.

  6. Tony says:

    O problema na área é a estrutura em pirâmide. Por detrás de cada informático há sempre muita gente para alimentar.

    Nos dias de hoje a informática é mais uma oportunidade para os oportunistas que propriamente para os informáticos.

  7. in21h says:

    Apontem a mira para as consultoras que pagam o mínimo e depois espantam-se quando perdem os seus melhores para irem trabalhar no estrangeiro ou para clientes deles…

    • Jorge says:

      Se tu tiveres um negócio em que pagues X/mês e recebas 3X/mês, e o teu colaborador saia passados dos anos, e tu voltes a repôr a vaga, o que achavas de ti? Fecha às o teu negócio ou continuavas?

      • in21h says:

        Se saiu passado dois anos por motivos pessoais a culpa não será minha certamente, MAS, se saiu por descontentamento com a empresa, o erro é meu certamente. your point?

        • Jorge says:

          Como empresário era-te irrelevante porque ias fazer o ciclo novamente. Não me parece que as consultoras deixem de ser como são pôr as pessoas estarem insatisfeitas

    • Filipe says:

      O problema é que essas empresas pagam consoante o custo de vida no local onde tiverem escritórios. Não deveria ser o trabalho que conta? A desculpa do “custo de vida” do local é a mesma que usar a desculpa do covid para não poderem dar aumentos porque há crise, depois de mandarem os freelancers quase todos embora, não pagarem eventos nem nenhuma das outras despesas dos anos anteriores fora do âmbito de trabalho e mesmo assim ter existido muito mais trabalho que o normal porque os clientes também não podem parar. Ou seja, houve mais lucro, mas como temos o covid, blá blá blá blá… Mudam o nome mas é tudo farinha do mesmo saco por cá pela terrinha, pelo menos.
      E acham que os recursos não ficam descontentes quando se sabe que para pagaram 1000€ a um recurso, recebem no mínimo 20 vezes mais pelo projecto que esse recurso vai fazer.

      • José Fonseca Amadeu says:

        Eu acho que os ganhos devem estar sempre ajustados ao local onde se vive.
        Defendo mesmo ordenados minimos por distrito, viver com um ordenado minimo no alentejo ou em Lisboa são coisas completamente diferentes, em Lisboa nem se poderia chamar viver.

        • carlos says:

          oh Chico “espertinhho” José Fonseca Amadeu… tu em lisboa andas de transportes publicos pagos por mim da provincia. eu se quero tenho de andar de carro e pagar! artola, tens aí redes de comunicação superiores à minha e ainda te queixas! anda para cá e vais ver como é duro !

          • José Fonseca Amadeu says:

            Por acaso não ando de transportes.
            De qualquer forma, é logico que não concordo com a carga fiscal igual, essa também tem de ser ajustada conforme a area de residencia e disponibilidade de serviços.

  8. João says:

    Ordenado mínimo. Sem horário de saída. Horas não pagas. E agora com o covid, ainda piorou os pagamentos… Acho que me posso incluir nos insatisfeitos.

    • David Guerreiro says:

      Na minha opinião, o salário mínimo só deveria ser pago a funções indiferenciadas, sem necessidade de skills. Nenhuma pessoa na área de informática deveria receber esse salário, mas infelizmente sucede.

      • José Fonseca Amadeu says:

        Nunca conheci ninguém de IT a receber isso, talvez antigamente quando o tipo de IT era visto como o gajo que está lá num canto e faz umas coisas no computador e que até posso levar o meu computador pessoal que ele arranja no horário de expediente.
        Faz tempo que o IT já não é esse tipo.

  9. falcaobranco says:

    É dificil de encontrar no mundo uma percentagem boa de pessoas que estão satisfeitas com o seu ordenado…então em portugal deve ser paí 90% da população que está insatisfeita…

  10. Miguel says:

    Mas existe alguma classe contente com o que ganha? Até os juízes querem mais…

  11. Sardinha Enlatada says:

    A verdade e que nao se consegue fazer muito barulho com a insatisfacao, porque a mentalidade dos empresarios e: Nao queres ? Ha mais quem queira. Seja informatico ou nao e tenha muito boas competencias, eles sabem que mais cedo ou mais tarde arranjam alguem para o lugar. Nao devia ser assim mas infelizmente e essa a mentalidade dos patroes.

  12. Ricardo Moura says:

    reddit/r/portugal, és tu?

  13. Ricardo Pinto says:

    Considero isto um problema cultural da geraão que está a dirigir e ferir as empresas atualmente.
    Enquanto existirem aquelas máximas, que passo a citar:
    – Ninguém é insubstituivel;
    – Prefiro 20€ no meu bolso, do que no bolso do colaborador;
    – Estou-me a borrifar para o salário emocional de quem trabalha comigo, importa é o lucro;
    O nosso país continuará igual, a nivel de insatisfação operária.
    E ainda podia colocar aqui mais algumas máximas que fui recolhendo ao longo da minha carreira…

    • Hidelberto says:

      O que importa e no meu bolso, os outros se recebem o salario minimo devem ficar contentes por ter emprego. Quando ficarem insatifesfeitos e so ir buscar novinhos as universidades prontos a receber qq coisa.

      • José Fonseca Amadeu says:

        Boa sorte fazer isso em TI, pessoal com experiência no mercado disposto a sair é quase 0, saídos da faculdade ou são uns cepos ou vais levar 1 ano para os treinar.

  14. lourenço nuvunga says:

    Há questões que não se podem negar, quando estás a procura da primeira oportunidade de trabalho o salário é sempre o mais baixo mesmo que tenhas bons conhecimentos, a medida que crescemos as nossas necessidades também não ficam além , o que tem um impacto directo no salário. As vezes passa por adquirir experiência numa determinada empresa e com essa experiência procurar melhores oportunidades. QUEM TEM CONHECIMENTOS E EXPERIÊNCIA NÃO DEVIRIA SUJEITAR-SE A SALÁRIO ÍNFIMOS.

    • José Fonseca Amadeu says:

      Problema maior é o comodismo, as pessoas acham que deviam ter melhores condições mas debaixo do mesmo patrão/chefe, é como esperar que chova no deserto. Arrisquem, façam-se a novas oportunidades, saiam da vossa zona de conforto, não só vão ter maior reconhecimento como ainda vão evoluir mais, em experiência e em carreira.

  15. Pedro says:

    Bom dia, falam com cada valor… informáticos recém licenciados a começarem a ganharem 1000€ líquidos e ordenados de 2, 3 e 4 mil limpos como se fosse o normal? Existe uma plataforma online, teamlyzer, que poderá ajudar a esclarecer um pouco os valores praticados pela maioria.

    • José Fonseca Amadeu says:

      Pedro, Lisboa e Porto é o normal, o restante país é dificil aferir pois cada empresa tem a sua particularidade.
      A teamlyzer apenas foca empresas da área de TI, tipicamente não são as que pagam mais, mas sim empresas de áreas como utilities, finance, insurance, auto, aviation, pharma, retail, que têm extrema dependencia de IT e de cargos altamento qualificados, qualquer empresa desse genero com alguma dimensao vai empregar 200 trabalhadores de IT e vão querer fazer retenção.
      Por exemplo, da área tecnologica a Microsoft é a empresa que paga melhor em Portugal, no entanto facilmente encontras de outras areas a fazerem propostas melhores a engenheiros da microsoft.
      Depois nesta área dinheiro não é tudo, mais importante que dinheiro são os beneficios e os projectos, posso dar o meu exemplo que tenho 600€ de car allowance, comunicações pagas e agora recentemente até netflix, isto sempre em cima de seguro saude para a familia, ginasio, seguro de vida e horário flexivel com possibilidade teletrabalho 2 dias por semana.
      Cada vez mais se torna importante fazer retenção de pessoal especializado de informática, é uma área sem desemprego o com uma procura crescente continua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.