Quantcast
PplWare Mobile

Estas são as 5 empresas mais ricas do mundo da tecnologia

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. SANDOKAN 1513 says:

    E a Intel,não entra nas contas ?? Estou admirado. 😐

    • Quinças says:

      deve estar em falência técnica. lol

    • Rodrigo says:

      A Apple à muito que morreu em termos de lucros.

      • Douglas Charles Cunha says:

        Sei não. Possui os aparelhos mais superfaturados do planeta e um público consumidor fiel. Aparelhos como iPhone, desktops e notebooks possuem mais de 500% de lucro.

        • Cortano says:

          Isso só por si diz pouco.
          Para isso, se calhar, as marcas de carros de luxo estariam no topo das marcas com mais lucro, e isso está longe da realidade.

          Qualquer destas empresas citadas fazem o seu lucro em serviços e não em hardware.
          P.ex., no caso da Microsoft a sua maior fatia de faturação já está na cloud (Azure). O hardware da MS é caro mas não é aí que está o ganho.

          • Douglas Charles Cunha says:

            Acontece que carros de luxo não estão nem entre os 50 mais vendidos do mundo, já a Apple tem seus aparelhos sempre no top 5.

        • Ze says:

          Os consumidores da Apple, estão a tomar consciência que não é necessário pagar tanto para ter um produto idêntico.

    • Tiago says:

      Apple é consumer goods, não technology.
      Listas diferentes.

  2. Renato says:

    E a loja do mestre André?

  3. ... says:

    Afinal a Apple não rouba os clientes?
    Uma pergunta ao pessoal que utiliza Android e Windows, como é que vocês não dão dinheiro a essas empresas e elas têm assim tanto lucro?

    • Vitor says:

      Essa resposta é fácil…o Android pertence à Google (Alphabet) e toda a gente sabe que o negócio deles vem da publicidade e da “venda” de dados dos utilizadores a outras empresas que por sua vez fazem o seu trabalho em cima desses dados! A Microsoft é diferente…a sua “base” de negócios é o software de produtividade para empresas e particulares e está a fazer milhões com o “alojamento” de dados (e não só!) na cloud! Só o Azure é uma “mina de ouro”…e o Office não sai de moda! rsrs

    • Cortano says:

      Estás mesmo fora dela.
      Serviços e dados são as minas de ouro de hoje.
      O comentário do Vítor em cima já explicou um pouco.

  4. Manuel says:

    Falta a portuguesa Yupido – 29 mil milhões de euros!

  5. Dark Sky says:

    Título do post: “Estas são as 5 empresas mais ricas do mundo da tecnologia”
    Título da fonte (The Next Web): “Estas cinco companhias estão a nadar em dinheiro”. A primeira, a Alphabet, tem em dinheiro 117 mil milhões de dólares, dívidas de 17 mil milhões, um saldo de 100 mil milhões

    Isto mede a liquidez imediata, as disponibilidades em dinheiro que a empresa pode afetar imediatamente a uma ou a outra finalidade (distribuir dividendos, investir). Não tem nada de novo.

    Chega-se ao post e dinheiro passa a ser sinónimo de património esquecendo outros ativos – a empresa mais rica é a que tem mais dinheiro deduzindo o valor das dívidas. Obviamente é uma simplicação – de repente as fábricas e outros ativos passariam a não valer nada.

    O melhor é ir pela capitalização bolsista, onde aparecem os do costume – valor de mercado à cotação de de fecho de 8/06/2020, em biliões de dólares (ou triliões, no caso dos EUA):
    – Apple: 1,45 biliões de dólares, o mais alto valor de sempre (não há por aí uns comentários sobre a morte da Apple?)
    – Microsoft: 1,43 biliões
    – Alphabet (Google): 0,99 biliões.

    • Dark Sky says:

      – Amazon: 1,26 Bi

    • Vítor M. says:

      Certo, mas dinheiro vivo é uma coisa, títulos bolsistas é outro. Quem tem dinheiro vivo tem mais soluções no imediato. Na bolsa terá ou não esse dinheiro… como está o mundo hoje… é muito melhor dinheiro vivo.

      • Dark Sky says:

        Os valores do post são em milhares de milhões.
        A capitalização bolsista das empresas que indiquei está em biliões (milhão x milhão)
        Ou seja, o post está em milésimas (1/1000) da capitalização bolsista.
        Com as milésimas querem dar a riqueza/valor das empresas? Não leva a nada.

        O post indica aos montante de dinheiro disponível antes de ser gasto ou aplicado – por exemplo, antes de distribuir dividendos é um valor, depois de distribuir é outro, inferior. Não é mais do que isso.

        • Vítor M. says:

          Não, no artigo usamos a escala longa, como deve ser usada por cá. 1 billion cá são mil milhões. Por isso, está correto 😉

          1 000 000 000 = mil milhões.

          • Dark Sky says:

            O Google Finance também usa, em PT:
            Bi = bilião = milhão x milhão.

            O que quero dizer é, por exemplo, no caso da Microsoft:
            – dinheiro líquido: 53 mil milhões de dólares
            – capitalização bolsista: 1430 mil milhões de dólares

            O dinheiro líquido é que mede a riqueza da Microsoft? Nem aqui nem na China. Só quando se quer fazer um artigo com o título: “Estas empresas estão, agora, a nadar em dinheiro (daqui a um mês ou dois depende do que tenham feito com ele)”.

            Um grande acionista da Apple (leia-se, um dos interessados na distribuição de dividendos) disse uma coisa interessante: “As empresas existem para criar valor para os acionistas. Quando têm muito dinheiro o melhor é distribuí-lo – quando acumulam dinheiro em excesso tendem a fazer péssimos negócios”. O que é que a Google irá comprar desta vez com os 100 mil milhões?

          • Vítor M. says:

            Misturas alhos com bugalhos. O que está no artigo são as 5 maiores empresas do mundo em termos de liquidez (dinheiro vivo). Isso é explicado de forma muito clara. Depois, além do dinheiro vivo, podes ver a riqueza das empresas pelo património, pela valorização dos título em bolsa, pelas encomendas e contratos e por vários outros indícios. Não foi isso que aqui se quis levantar. Foi apenas e na escala longa dar a conhecer quais as mais ricas suportada na sua liquidez de dinheiro. Depois misturas tudo, billions, bolsa, dinheiro…. que confusão que fazes.

          • Dark Sky says:

            Deixa-te de histórias.
            O “picante” para vender o post era – “Onde é que anda a Apple? Até a Cisco e Nvidia são mais ricas!” 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.