Quantcast
PplWare Mobile

Energia: Governo quer reduzir luzes decorativas no Natal

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Zé Fonseca A. says:

    Já tiraram tudo, agora até o natal querem tirar ao povo

  2. Luis Henrique Silva says:

    Isso não é o que vai consumir mais.
    Aliás não entendo o porquê de Portugal andar com medidas de energia na eletrecidade se foi um dos pais exclyidos de fazer poupanças de energia já que não usa quase nada de produção elétrica a partir de gás russo.
    Isto é mais mania de o governo de querer tramar o povo.

    • Castro says:

      Ser gás russo ou não é irrelavante, sendo que por acaso nos últimos tempos até tínhamos gás russo como uma das fontes (cerca de 9%) – ainda há dias chegou a Sines mais um navio russo com gás.
      O necessário é reduzir o consumo para que todos os países europeus possam ter acesso a gás e evitar os cenários mais extremos durante o Inverno, já que irão existir limites no fornecimento. A isto se soma o facto de que se o consumo de gás baixar isso tem um efeito positivo nos preços de aquisição, isto é, tende a baixar o preço de compra segundo a “lei” da oferta e da procura.

      • Ricardo says:

        Tudo é extremo agora… assim se demoniza o adversário, os problemas e cria medo no povo.

        • Castro says:

          uau! realmente há pessoas que não param para compreender o que lêem…
          Saber preparar o futuro não é uma questão de medo, é bom senso! Mas pronto, és como a cigarra…

          • B@rão Vermelho says:

            À pessoal que deve ter uma vidinha de merd…, vê mal em tudo, até parece que vestem as cuecas 3 números abaixo e depois andam com as bolas apertadas.
            Irra, sejam felizes deixem as redes sócias de parte e vivam as vossas vidas rodeados de amigos verdadeiros ao invés dos virtuais.
            Se dam 125€ queriam um milhão se dessem um milhão queriam 5 milhões, não sei quanto ganha o primeiro ministro de Portugal mas o que recebe é mais que merecido, para aturar os tugas que são experts a fugir as obrigações e exímios a reclamar os direitos.
            Portugal é um país fantástico, mas não é perfeito.

    • Mr. Y says:

      Tudo bem que possas achar a medida desnecessária mas daí dizer que é para tramar o povo. Isso não tem lógica nenhuma. Todos os governos gostariam de ser populares.

  3. deeppurple says:

    Tão intuitivas como isentarem o combustível dos vôos de negócios (aka jatos privados) na União Europeia?!?!
    Os viajantes especiais, amiguinhos de Bruxelas, do BCE, FMI, e sobretudo do Forum Económico Mundial agradecem que nós façamos esse esforço pelo bem das alterações climáticas!!!

  4. GM says:

    Eficiência Energética e Eficiência Hídrica. Não vai a bem (leia-se, de forma voluntária), vai a mal.

  5. Joao Ptt says:

    Podiam facilmente cortar no consumo de electricidade proibindo toda a iluminação pública depois das 23h até ao anoitecer do dia seguinte, independente das condições atmosféricas. Ia ser uma bela poupança para as autarquias.
    Quanto às piscinas municipais é simples, é só proibi-las todas, excepto se as mesmas só funcionarem com painéis solares e/ ou aerogerador para gerar a energia de que precisam para funcionarem.

    Esperemos é que a água das chuvas não seja suficiente para colocar as hidroeléctricas a funcionar bem em Portugal e levar à redução dos preços da energia eléctrica… porque se não vai ser difícil justificar não meter as luzinhas de Natal.

    • Cidadão says:

      Tu nem o teu PC desligas para não esperar 30 segundos. Queres obrigar as pessoas que trabalham à noite a andar no escuro.
      Sabes lá tu o que é poupar!

      • Joao Ptt says:

        Desligo o PC sim, todos os dias, e espero bem mais que 30 segundos para o PC ficar disponível para utilização.
        Quem trabalha/ circula à noite pode utilizar uma lanterna.
        Sei o que é poupar e faço-o no dia a dia.

        Aconselho-o a não jogar no euromilhões, que não acertou uma.

        • Tónio Piroco says:

          Usar lanterna, claro! A iluminação nas estradas então foi feita só para horário nobre ou para os seletos que não trabalham até tarde. Eu vou já com uma lanterna na mão fazer 1km a pé depois de fechar o café à meia-noite.

    • David Guerreiro says:

      Os amigos do alheio agradecem essa escuridão.

      • Joao Ptt says:

        Os amigos do alheio não precisam da escuridão para as suas actividades, a maior parte até trabalhará de dia.
        Além disso é crime a actividade do amigo do alheio, por isso esses amigos nem existem, ou se existem são apanhados e são mantidos presos até estarem reabilitados. Ok, este último parágrafo foi ironia.
        Mas não se esqueçam que a polícia continua a (talvez não) trabalhar com ou sem iluminação.

        • B@rão Vermelho says:

          Não tem logica nenhuma apagar a iluminação publica, é uma questão de segurança pública, imagine o que é circular à noite dento das localidades sem iluminação pública, vai ter de ir com os máximos ligados e os peões que querem atravessar a estrada encadeados com as luzes já imaginou o perigo que é?
          Isto é um exemplo, quanto as piscinas até estou de acordo nos municípios perto do mar, no interior se acabarmos com isso mais uma vez essa parte da população fica mais prejudicada, agora se falarmos de hotéis campos de golf esses sim têm de ser auto suficientes tanto na produção de energia como no aproveitamento das águas.

    • says:

      A iluminação pública por acaso é paga “por ponto” em grande parte do país. Não existem contadores. Paga-se por cada “poste” ou luminária. Aliás, andam muitas autarquias a pagar à EDP para mudar luminárias para LED e depois pagam o mesmo na fatura. Mas mudar para LED está bem. Tem é de se mexer nos contratos milionários das energéticas.

  6. R says:

    Mais uma vez a intrometerem-se em tudo. E a mania continua…
    E que tal olharem para o desperdício de energia que existe em imensos organismos públicos?

    • Tónio Piroco says:

      Tipo as finanças e a segurança social, afinal de contas quem lá trabalha não faz um corno por isso podiam estar fechados. Poupavam em luz, água, tempo às pessoas que vão lá e não resolvem nada porque não são atendidas, e dinheiro, já que ficávamos a trabalhar sem ir lá e já que se poupava nos salários desses artolas que passam mais tempo a lanchar, fumar e tomar café que outra coisa!

  7. Ricardo says:

    Deixem-se de palhaçadas, acabem com o horário de inverno e esta feito, já o deviam ter feito há muito.

  8. será possível? says:

    noticiem que há aviões, que são todos os meses obrigados a levantar voo, com ou sem passageiros/carga, apenas e só para garantirem vaga na sua frota. Poupanças? Alterações climáticas? Cai quem quer.

    • Joao Ptt says:

      Isso já se sabe aos anos, e foi falado na pandemia.
      Só os políticos poderiam proibir essa prática e NÃO querem.
      Os lucros das empresas que exploram os aeroportos está em primeiro lugar.
      O ambiente não é de facto uma preocupação, é apenas comunicação para calar as pessoas, em especial quando o risco de não serem eleitos de novo é real… e ainda assim se forem facturar mais com o prejudicar o ambiente chegam a não querer saber da reeleição.

  9. Grunho says:

    É assim mesmo. Natal é quando um homem quiser. Até às escuras. Vendas de Natal é que já é diferente: aí só com luzinhas e acima de tudo guito. Muito guito.

    • Joao Ptt says:

      O Natal, supostamente, representa a época aproximada em que se pensa que o Filho de Deus terá nascido, e a sua comemoração se dá pois nós humanos reconhecíamos dessa forma o sacrifício feito pelo Filho de Deus, e a enorme vantagem para nós humanos, da sua vinda a este planeta Terra, trazendo a Palavra de Deus, que se tivesse sido bem interpretada e seguida, vivendo-se de acordo com a mesma, traria a libertação dos erros a cada um.
      O assassínato do Filho de Deus por parte da humanidade é acontecimento à parte desse nascimento, e apenas se deu porque a Verdade era incómoda para a maioria dos humanos, que se recusaram a aceitá-la então.

      Resumindo: o Natal não é quando um homem quiser, e tem um significado.

      O consumismo desenfreado só veio mais recentemente.

  10. Luís Costa says:

    “you will own nothing and you will be happy”.. muitos dirão que é fantasia, outros conspiração mas ao que parece, cada vez mais nos aproximamos disso

    • Joao Ptt says:

      Aproximamo-nos é de o país ser tomado pelos estrangeiros e sermos mort@s, escravizad@s, violad@s, etc.
      Eles, os estrangeiros, já declararam que irão tomar a península Ibérica, e acredito que apesar de ninguém os ter levado a sério, deveriam, e vamos todos pagar a conta de os políticos não terem tomado imediatamente medidas para reforçar à séria a capacidade de resposta policial e militar a uma invasão… caramba, neste momento ainda estão a tempo, mas nem mesmo a situação na Ucrânia os parece acordar.

  11. David Guerreiro says:

    A seguir vão pedir que passemos a viver à luz da vela ou da candeia de azeite.

    • Joao Ptt says:

      Não porque isso aumentaria imenso o risco de incêndio que seria mau para a poupança de água, mas poderão pedir que utilizem lanternas de LED eficientes e que as carreguem com painéis solares.

  12. says:

    Não vejo porque raio as luzes de Natal são assim tão importantes. Natal é estar com a família e amigos, celebrar os bons momentos e lembrar aqueles que já não estão cá. Não é andar a encher ruas e centro comerciais a comprar meias e canetas que ninguém vai usar. E as lojas estão lá todo ano, com e sem luzes.
    Há muitos anos que apenas compro coisas úteis no Natal. Até comida compro. Comprar bibelots que acabam no lixo ou no fundo do armário é desperdício.

    • B@rão Vermelho says:

      @Zé estas a esquecer da melhor prenda de todas, as meias brancas da raquete 🙂
      Eu faço a minha parte tenho todas as lâmpadas em led, quando estou a cozinhar tapo sempre os tachos e panelas a minha casa atual até que não é fria de todo e na nova que estou a contruir vou aproveitar as águas da chuva para as regas e estou a aproveitar as águas dos banhos para descargas sanitárias depois de passar por dois filtros de areia vão para um reservatório e volta para os autoclismos, mas por outro lado não abdico de viajar e tenho noção do que isso acarreta.

  13. joaomatos says:

    Eles até com o Natal querem acabar, porque dizem que não há eletricidade…e ainda anda prai uma serie de iluminados a comprar carros a energia elétrica..omg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.