Quantcast
PplWare Mobile

EMEL procura sistema de monitorização de lugares de estacionamento

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. José Fonseca Amadeu says:

    Se fizessem isso para todos os lugares incluindo a possibilidade de reserva de lugar por um fee é que seria interessante.

    • Hélder says:

      Caro José, com certeza que não vive em Lisboa! Sem lugares reservados, para os moradores por vezes já é complicado arranjar lugar quanto mais se alguns condutores podessem andar a reservar…
      Como eu saberia se determinado lugar livre está efetivamente livre? (iam colocar um sinal em cada lugar! as ruas iam ficar tipo árvode de natal com luzes…)
      Quem quer reservar um lugar é simples, que alugue uma garagem…

      • Milarilas says:

        As cidades têm de evoluir, principalmente as capitais. O futuro passa por contabilizar todos os lugares de estacionamento e introduzir um método de reserva. Quem não gosta volta para 1960 ou vai viver para os subúrbios.

        • Hugo Nabais says:

          O futuro passa por proibir os carros de entrar na centro das grandes cidades.

          • Hélder says:

            Hugo Nabais, sim concordo. Mas o caso que falo nem sequer é um centro de uma cidade. No entanto para isso devem ser criadas alternativas decentes de transportes e locais de descarga mais próximos das casas, para que as pessoas possam ir deixar as coisas em casa e depois deixar o carro fora e voltar de transportes.

        • Hélder says:

          Mas para quem são essas reservas? Não entendo se são para pessoas comuns ou situações especificas! Na zona que vivo existem lugares reservados para situações especificas como por exemplo para um lar de 3ª idade e aí acho que é perfeitamente normal, agora uma pessoa comum poder reservar um lugar exterior não concordo não me faz o menor sentido.

          • José Fonseca Amadeu says:

            Facil, preciso de ir a algum lado, gosto de ter a comidade de saber se vou ter estacionado e se possivel conseguir reservá-lo com uma slot de 15/30 min para garantir que enquanto me desloco ele não é ocupado.
            Claro que não é para reservar eternamente.

  2. Pedro H. says:

    O Projecto Solar Roadways é adaptável para este tipo de situação. Para além de trazer benefícios acrescidos como iluminação led da estrada, captação da energia solar, descongelamento de vias, também traz sensores de pressão para detectar peões ou animais selvagens na estrada. Pena que ainda está com o objectivo de ser instalado nas estradas privadas de pessoas e não das públicas.

  3. Tiago says:

    A EMEL devia era preocupar-se em sinalizar convenientemente as zonas de carga e descarga, dito início e fim, e simplesmente não singir-se a um único sinal logo seguido de sinal de estacionamento pago sem que estejam claramente identificados na via rodoviária colocando à mercê da multa diariamente dezenas de condutores.

  4. Euéquesei says:

    A EMEL devia é acabar, são uma cambada de chulos.
    É só tachos para os #€%&…
    Se eu pago IUC para circular porque raio tenho que pagar para estacionar?
    Queres ver que alguém pensou em que quem anda de carro nunca sai de dentro dele nem o pára?
    Outra, a rua é pública, é de todos, não é do estado nem da câmara.
    Deveriam era fiscalizar os estacionamentos abusivos, tipo em cima do passeio, nas paragens dos autocarros, em segunda fila, etc… Pois, mas isso não dá tanto.
    Como eu os compreendo…
    Andar a rou

    • Vampiros says:

      “(…) a rua é pública, é de todos, não é do estado nem da câmara.” Se é pública é porque é propriedade do estado o que significa que é também propriedade de todos os contribuintes (apesar de na prática, principalmente com empresas não é isto que acontece). Mas tens razão a EMEL é só tachos para os #€%&. O melhor é que a empresa cobra por nenhum serviço. Em economia paga-se por um serviço ou por bens. Estas empresas de “fiscalização” não prestam serviço nenhum. Protegem a viatura? Não, se a partirem não se responsabilizam. Ajudam a estacionar, limpam a viatura enquanto está estacionada? Nada! Na giria chama-se mamagem.

  5. Miguel says:

    E eu vou ainda esta semana comprar outra rebarbadora !

  6. João Sequeira says:

    Desenvolvi um sistema idêntico ao que pretendem no Porto onde atualmente funciona para perto de 200 lugares. Funciona a partir de um app dedicada, onde através de uma mapa, é possível em tempo real visualizar os lugares disponíveis nas zonas onde foram implementados sensores que desenvolvi e instalados em cada lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.