Quantcast
PplWare Mobile

Em 2022 foram registados mais de 500 acidentes com trotinetas

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Infinity says:

    Se usarem as ciclovias talvez haja menos acidentes

    • Grunho says:

      A causa dos acidentes é precisamente não existirem ciclovias em extensão suficiente. A solução é construi-las e dentro das localidades, onde elas não existirem, obrigar os carros ao limite de 30kms/h. Desse modo as faixas das ruas tornam-se seguras para trotinetas e bicis, que não precisam de andar pelos passeios. E o pessoal dos só tem de beijar os pés e os pedais dos ciclistas: cada bicicleta a mais é um carro a menos e menos congestionamento e tempo e combustível perdidos.

  2. compro essa também says:

    Nas ciclovias fazem corridas … e os outros que se afastem, assim como alguns condutores que não sabem ver o que têm pela frente …

    Lisboa tem 3X mais trotinets que Madrid …

  3. Quark says:

    Pelo que vejo no dia a dia, até acho o número muito baixo… eu acho que este tipo de transportes não é solução para Lisboa, mas o que é que eu sei do assunto…

  4. Jonas says:

    Nada contra quem queira ir dormir mais cedo em lençóis de madeira, mas ao menos usem capacete, saiam dos passeios e percebam as regras básicas de trânsito.

  5. Koala says:

    Trata-se de um clássico caso de falta de paternalismo. Em Portugal quando o “paizinho” não está, ficamos perdidos, ninguém nos diz como comportar. Afinal passámos um pandemia em que nos foi ensinado a lavar as mãos no séc XXI. Tanta formação académica e não sabíamos lavar as mãos. Nesse sentido dos mesmos protagonistas da selvageria da estrada, vem a selvageria das trotinetes. Só lá vai com multas, tal como sucedeu com as estradas.

  6. SANDOKAN 1513 says:

    “Praga” ?? Se se fizesse o que deviam para acabar com este tipo de “praga” estávamos bem melhor.

  7. Yamahia says:

    A ANSR que aproveite e ponha uns radares tb. Deve dar mais umas coroas.

  8. freakonaleash says:

    Seguro obrigatório contra 3ºs para trotinetas e equivalentes assim como para bicicletas que circulem na via pública!
    Mão pesada da autoridade fiscalizadora…problema resolvido!

  9. joao matos says:

    O resultado final vai passar pela solução que o estado adora: Legislação e Coimas. É uma questão de tempo.

  10. compro essa também says:

    Quem terá a responsabilidade por fazer as coisas com os ” pés ” ?

    Quem permitiu e permite que codigo de estrada e responsabilidade civil tenham, por sistema, sido ” esquecidos ” incluindo a própria constituição e as obrigações nucleares do dito Estado de direito nas suas varias instituições ” ?!

    Quem devia assegurar a responsabilidade civil, segurança, etc, etc em tempo util ?!

    Quem deveria fazer corretamente o que está claramente mal feito ?!

    Parece que muita gente dita competente … afinal, não o é …

    Será influência de oligarcas tutugueses ou um sem numero de pessoas que nunca deveriam estar no lugar onde estão ?

    O ser mais papista que o próprio papa já vem de trás … e nem deles esta livre do mesmissimo rotulo …

    É tudo reflexo de grande incompetência das elites ou não se via disto.

    Enfim …

  11. Oliveira says:

    Eu ando de carro como ando de trotineta em Lisboa. Quando ando trotineta faço igual ao carro. E 80% dos carros não respeita as trotinetas, segundo o código em 2013 transportes não monitorizados de 2 rodas passou a ter prioridade como veículo motorizado, assim por alto.
    Por isso não venham só dizer que a culpa e de um lado que não é!

    • Jonas says:

      Uso bicicleta mais do que carro para o “commute”.
      Vejo muita gente de trotinete (e bicicleta) que pura e simplesmente não sabe o que faz na estrada.
      Sem capacete, sem luz presencial, sem dar indicações de mudanças de direção, desrespeitar sinalização quer vertical, quer horizontal.
      Para serem respeitados, têm de respeitar e cumprir!

      • yamahia says:

        Pecador me confesso no que concerne aos sinais vermelhos. (há várias formas de os tornear. Não é preciso fazê-lo no eixo da via). Se alguém ficar incomodado com isso, temos pena!
        De resto, sempre capacete, luzes (noite-lusco fusco) e indicação de mudança de direcção. Keep calm!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.