Quantcast
PplWare Mobile

EDP deteta “avultada fraude” em fuga de contagem de kWh

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. David Guerreiro says:

    E aquelas puxadas ilegais que há por aí em bairros pobres e acampamentos, isso fecham os olhos. É claro que estas situações são reprováveis e os autores devem ser punidos, mas é preciso ver também o resto. Quem trabalha paga pelos que têm luz e água sem pagar.

    • Daniel Costa says:

      Não não fecham. Tenho colegas meus na EDP que vão várias vezes fazer o corte dessas puxadas, e por vezes até tem de chamar a polícia para conseguirem trabalhar. Agora todos sabemos que mal vão embora, o “eletricista” vai logo voltar a ligar aquilo.

    • Bruno M. says:

      Epá… isso já é racismo e xenofobia!
      Esses, os que não pagam, são os “coitados da sociedade”, muitas vezes com mercedes à porta!

      Mas.. cuidado…. fica só entre nós, aqui, que ninguém nos ouve… é que podemos ser acusados de racismo e xenofobia por constatarmos o óbvio e dizermos as verdades!

      Algumas associações e algumas virgens ofendidas destas associações podem levar a mal…

      • José Carlos da Silva says:

        E as pessoas pobres têm todas um tom de pele e uma nacionalidade diferentes da tua? Pelo teu discurso, felizmente para ti, não sabes o que é pobreza a sério.

        • Antonio says:

          Não percebi a tua resposta ao Bruno. M. Ele apenas descreveu factos do conhecimento geral.
          Muitos desses sujeitos que fazem puxadas têm bons carros á porta e ainda recebem ajudas do estado.
          Se quiseres posso fazer uma visita guiada para veres com os teus próprios olhos.

        • Bruno M. says:

          @José Carlos da Silva!
          Mas que raio tem o tom de pele e nacionalidade diferentes a ver?!?!?
          Falei em cor de pele ou nacionalidade?? Ou queres que faça um desenho digno de um picasso?!?!

          Vai na volta e és mais uma virgem ofendida…
          Posso dizer que o racismo e a xenofobia existem e existem por causa de pessoas como tu que continuam a bater no ceguinho por isso mesmo, falam e remexem na porcaria para que se fale e se acentue para belprazer de alguns, pois sem isso, de facto não sobrevivem!!! (Associações)! – Claro está – Tom de pele e nacionalidade!!

          Mas se tens complexo de inferioridade, tens bom remédio! Vai a um psiquiatra ou a um psicólogo! Talvez esse complexo desapareça!!!

          Exerga-te e cala-te se te falta capacidade de compreensão!

        • Pedro says:

          Querer comparar grupo empresarial a alguém que faz uma “baixada” ilegal num bairro social, é como comparar que roubou a embalagem de carne no Pingo Doce ao roubo do BPN, Espirito Santo, etc.
          Revela bem a agenda desse comentário.

          • Pedro says:

            Aliás, está em consonância com o que tem acontecido nas caixas de comentários de todos os meios de informação social. Um verdadeiro esgoto da campanha concertada dessas gentes do chega!

          • André says:

            Agora disseste tudo…

          • Jorge Costa says:

            Concordo plenamente.
            Não podemos ser indiferentes a comentários “inocentes” que só pretendem manter uma narrativa populista.
            Devemos responder civilizadamente mas não ignorar, pois isso é o que essa gente quer.
            A “velha senhora” morreu e por mim nunca mais será desenterrada.

          • Petrus says:

            Muito bem! Só lhes falta dizer que se trata de um grupo empresarial de ciganos! 😀

          • Antonio gago says:

            Ladrões que roubou a ladrões teem cem anos de perdão, estou a falar de caução e reforço da caução, bati a todas as portas, até que prescreveu.

          • Hélio Nuno Gomes Marques says:

            Exacto, mas é comparável ao roubo que a EDP pratica diariamente.
            Eu sou roubado, estou farto de reclamar e afirmam estar todo o equipamento a funcionar corretamente sem se diganrem a fazer qualquer tipo de inspeção ou análise aos equipamentos ou instalação.
            Aderi recentementemente à instalação de painéis solares EDP e, é escandalosa a forma como, mesmo tendo todos os equipamentos electricos desligados, nunca, mas nunca mesmo, os painéis produzem em excesso, pois toda a produção eletrica dos painéis montados pela EDP comercial é contabilizada como coinsumo. Deste modo apenas servem para aumentar o consumo e impostos adicionais da fatura.
            Após diversas reclamações e provas que tenho feito, NADA FAZEM, porém não deisitirei de divulgar e lutar para que este roubo seja amplamente divulgado.
            Até ao dia em as minhas reclamações venham a surtir efeito prático na conta de todos os portugueses, desejo mesmo é que sejam roubados exatctamente na mesma medida do que roubam a todos os portugueses.
            A quem tiver duvidas, convido a consultarem portal da queixa, DECO, ERSEe DGE, reclamações da EDP Comercial são coisa que não flata, estranho é, porque nenhuma das entidas reguladores ou estado não fiscaliza ou controla a EDP.

    • Luis Henrique Silva says:

      Por acaso conheci um cigano que ele próprio numa aula de formação onde ele estava como formando ele próprio disse que faziam isso e outras malandrices.
      Eu não tenho nada contra eles, mas se eles querem respeito, terão de respeitar as regras e fazer menos malandrices, eu não gosto dessas coisas que se fazem para tirar proveito de gastar menos luz, eu próprio conheço da familia e fui logo a dizer para bulir isso, e ainda bem que viera o contadores digitais pelos acabou-se essa cena de enganar o contador….

  2. Alexandre Carvalho says:

    Ladrão que rouba a ladrão têm 100 anos de perdão.
    Ter pena da EDP quando roubam, com taxas e taxinhas e serviços que não subscrevo e gasto mais a cancelar e onde todos os anos aumentam os preços

    • André silva says:

      A maior parte das taxas e taxinhas vem dos sucessivos governos. E além disso a EDP é uma empresa privada que visa como objetivo o lucro. Se ainda fosse pública….

    • José Carlos da Silva says:

      Taxas, taxinhas e serviços, que vão directos para o Estado e câmaras municipais. Se fosse tudo para a EDP, e se fosse a EDP a decidir tudo, estávamos nós bem…

    • Asdrúbal says:

      Alexandre Carvalho estás a confundir tudo…

      As taxas e taxinhas podem vir na factura da eletricidade (não só da EDP como de todos os outros players) mas não são para os operadores (EDP e fins), são taxas para o estado português.

      Outro pormenor é que não é apenas nas facturas da eletricidade que as há… por exemplo na factura da Aguas também tens algumas, na factura do seguro automóvel idem aspas aspas…

      As empresas não tem culpa nenhuma, é a Lei!!

      Quanto à EDP, cobra o serviço que considera justo, mediante os seus custos e a conjuntura do mercado. Como é uma empresa privada tem todo o direito (e até o dever legal!) de dar lucro. Nada de errado, portanto.

    • David Santos says:

      Pois, não deve saber é que a energia que é roubada é paga no ano seguinte pelos restantes consumidores, você e eu incluídos. Quantos mais roubarem, mais alta vai ser a nossa conta no ano seguinte. A EDP recebe o mesmo…

    • Filipe says:

      O problema é que eu e tu e todos os restantes pagam por esses “ladrões que roubam a ladrões”. Ou achas que aquela electricidade que os mesmos de sempre roubam cai em saco roto e “ninguém dá pela falta”?

    • Jorge Valente says:

      Quem impõe as taxas é o Governo, a EDP é apenas um meio. Quem estipula as regras e o preço é a ERSE. 95% dos lucros da EDP vem, essencialmente, dos investimentos realizados nos EUA e Brasil.

  3. Paulo Brinca says:

    Não sei qual o “modelo de cobrança” aplcado pela EDP, mas posso dizer que no que toca à EDA, a coisa é no mínimo um “assalto” às carteiras dos consumidores.

    Vamos analisar o modelo de faturação:

    Efetuam a faturação mensal com base em estimativas de consumo dos meses anteriores (sempre por aproximação superior, ou seja, acima dos consumos reais obtidos nas leituras exporádicas que realizam).

    Tal significa que, mês após mês, faturam aos clientes valores acima dos respetivos consumos, devolvendo os valores de cobrança excedentes no mês de acerto ao consumidor.

    Se realizarmos a soma de todos os valores cobrados desta forma a todos os consumidores, tal acção permite que se “financiem” com o dinheiro dos clientes para fazerem os investimentos que entendem e depois o devolvam sem pagar juros sobre os mesmos.

    Em resumo, os clientes da EDA funcionam como banco da empresa, a qual restitui as verbas do “empréstimo” (após tirar o respetivo proveito delas) sem qualquer penalização para a empresa ou mesmo compensação para o cliente/consumidor.

    Proponho aqui aos “donos” da EDA que façam o inverso. Proponho que cobrem as estimativas por aproximação inferior (abaixo das médias de consumo), faturando abaixo do consumo real, e que no mês de acerto, cobrem a diferença aos clientes, sem acrescer juros (tal como fazem para si), recebendo assim a remuneração correta, mas provando um pouco do seu próprio veneno!

    Resumindo, tenham vergonha do que fazem e do modelo de negócio perverso que têm e paguem a funcionarios ou contratem novos, caso não tenham suficientes, para fazer o correto e realizar as leituras dos contadores para posteriormente cobrarem o valor correto e devido pelo consumidor.

    • Carlos Gonçalves says:

      A outra opção é darem a contagem mensalmente.

    • André silva says:

      Amigo, se der a leitura todos os meses isso já não acontece. Não estamos a fazer o trabalho deles. Estamos simplesmente a salvaguardar a nossa carteira.

      • Carlos says:

        Eu para salvaguardar a minha carteira, prefiro dar a contagem.
        As empresas não estão para perder dinheiro e preferem facturar por cima. Se facturarem por baixo, no final de 6 meses podem ir apresentar ao cliente uma factura muito alta e ter dificuldades em receber.
        Mas já me aconteceu a EDP facturar por baixo sem ter dado a contagem.

    • JP says:

      Se deres a leitura todos os meses, isso já não acontece.

    • Asdrúbal says:

      Caro, neste caso as empresas só fazem o que é permitido pela lei, nada mais…

      Acontece é que a logística e o custo de ler todos os contadores todos os meses é muito alto e para tal acontecer a empresa teria, obviamente, que subir os preços (por conta da contratação de mais funcionários, por exemplo) e se calhar não é bem isso que querias…

      Agora, além de permitir facturar por estimativa, a lei também prevê que seja disponibilizado ao cliente mecanismos de informação das contagens, para que seja facturado ao cliente o consumo real. E pelo que sei, todas elas permitem isso…

      Se tu queres pagar menos todos os meses e pagar mais no mês de acerto, comunica todos os meses ao teu operador um valor inferior ao que consta no teu contador

      • GM says:

        “…teria, obviamente, que subir os preços (por conta da contratação de mais funcionários, por exemplo) e….”, ou então, reduzir os lucros sem dar prejuízo. É uma alternativa, não??

    • Peace says:

      Ele há cada cromo aqui…
      As estimativas são feitas consoante os consumos passados. Se faturassem um valor abaixo caía o Carmo e a Trindade quando fizessem os acertos por cobrarem valores elevados. Há gente que não está contente com nada e a culpa é sempre dos outros.

  4. Blackbit says:

    Mas afinal qual foi o grupo empresarial?

  5. Alfredo de Alcofa says:

    Não será ao contrário em que EDP alterava os números no sistema informático, para que consumidores pagassem ainda mais?!?! Olha que já vi muitos a reclamarem….

  6. Aj says:

    Ai os primeiros 100 kwh a 13% iva que me vai poupar 1,42€ no período do ano onde tenho maior consumo, nem tenho coragem fazer as contas o que vou poupar no periodo do ano onde tenho o menor condumo…..

  7. JORGE says:

    Boa tarde.
    Já não tenho esse problema porque mudei para contador inteligente da Edp.
    Já não me preocupo em enviar a contagem.
    Até agora, tem corrido bem.
    A mudança não teve qualquer custo ao consumidor

    • Malandro says:

      Percebo a praticidade , mas sugiro pesquisa ao que se fica exposto. O software nao é aberto e a bidireccionalidade edp/contador e contador/EDP é tecnicamente possível .

      Ou seja , fica-se com um contador que não há qualquer garantia da “calibragem” da contagem .

      Além de que é bem possível data mining sobre a vida do lar.

      Esse assunto é bastante polémico em alguns países europeus , por exemplo no UK esse tipo de contadores é opcional por parte do cliente . Aqui é obrigatório quando decidem muda-lo

    • Morcela Gorda says:

      Eu também tenho, e não envia automaticamente, liguei para a EDP e dizem que a minha zona não está abrangida “bla bla bla, mas é inteligente, loololol

    • Hélio Nuno Gomes Marques says:

      Mentira tenho um desses e painéis solares, não funciona, não conta em ambas as direcções sou roubado diariamente, aliás é pior que isso porque toda a energia produzida é contabilizada como consumo, logo a produção é equivalente a zero. Não é equivalente a prejuízo, na medida em que aumenta o consumo, e daí mais impostos e outros consumos presentes na fatura. A todas as minhas reclamações a EDP comercial responde que o equipamento está a funcionar em perfeitas condições sem sequer verificar equipamentos e instalação.

    • Mfilip says:

      Vai verificando, eu também tinha e estava descansado quando ao fim de 6 meses recebo um acerto, liguei e disseram me que tinha havido um problema com o contador, a partir daí uso a APP e envio sempre a leitura no dia mencionado.

  8. Xnelox says:

    É tão grave que até escreveram parte do artigo em duplicado

  9. Luís Ruela says:

    Ladrão que rouba ladrão, tem cem anos de perdão.. Todos nós somos roubados por essa empresa..

    • André says:

      (desculpem a ausencia se acentos) Pois… Fala assim porque nao foi um dos que perdeu o emprego nas empresas concorrentes deste grupo. Ao roubar electricidade com certeza que apresentavam produtos e servicos mais baratos que a concorrencia. Eventualmente levando mesmo a falencia com a consequente perda de postos de trabalho. Sabe quem paga os subsidios de desemprego? Voce… Quando a concorrencia tem de esmifrar salarios para competir com empresas fraudolentas e o pais tem de lidar com uma economia estagnada por falta de poder de compra, sabe quem paga? Voce! Ladroes sao ladroes, ponto. Ladrão que rouba ladrão, tem cem anos de perdão? Mas sabe uma coisa? O roubado e voce…

    • Abilio says:

      Não demora nada estamos como 0 COMPLEXO DO ALEMAO no Rio de Janeiro. Uns pagam e os outros desfrutam …puxada do poste, casa, anexos, conjunto de barracas e o contador e o da mulher…

  10. JR says:

    Pelo que tenho ouvido….aquilo a que chamam “democracia” parece-me ser a tese de que “todos têm direito a tudo e a igualdade é o lema principal”… Sendo assim não percebo porque é que se tem que quebrar o conceito igualdade quando se isolam determinados sujeitos da generalidade ? Parece-me que as ditas excepções quebram o tal “conceito” e se as normas se aplicam a todos menos alguns…talvez a diderenciação seja, nestes termos, reprovável 🙂

  11. Abilio says:

    Não demora nada estamos como 0 COMPLEXO DO ALEMAO no Rio de Janeiro. Uns pagam e os outros desfrutam …puxada do poste, casa, anexos, conjunto de barracas e o contador e o da mulher…

  12. Fitas says:

    Pena de morte para o ladrão desgraçado, e quanto ao grande ladrão privado, (privado á nossa conta – edp), só palmadinhas nas costas… Em Portugal é assim, defender o poderoso, sem ele morro á fome… Continuai senhores!!!

  13. Anibal ventura Ventura says:

    É ir no marketplace do FB
    Uma imagem de contador
    Diz o texto : reduza a sua fatura de luz
    É só espertos a fazer bypass do contador.

  14. Joaquim Magalhães says:

    A que prepósito tenho de dar a contagem não sendo eu empregado da EDP e havendo muita gente a precisar de emprego como era dantes em que a luz era mais barata, e agora com menos custos de mão de obra consegue ser mais cara?

  15. kb says:

    os packs living smart que eles tem, valem para alguma coisa?

  16. Benjamim Ferreira says:

    É bem feito! Estão podres de ricos! Tínhamos condições para não pagar um cêntimo de luz.

  17. Hélio Nuno Gomes Marques says:

    Pior é o roubo que a própria EDP Comercial faz diariamente.
    Eu sou roubado, estou farto de reclamar e afirmam estar todo o equipamento a funcionar corretamente sem se diganrem a fazer qualquer tipo de inspeção ou análise aos equipamentos ou instalação.
    Aderi recentementemente à instalação de painéis solares EDP e, é escandalosa a forma como, mesmo tendo todos os equipamentos electricos desligados, nunca, mas nunca mesmo, os painéis produzem em excesso, pois toda a produção eletrica dos painéis montados pela EDP comercial é contabilizada como coinsumo. Deste modo apenas servem para aumentar o consumo e impostos adicionais da fatura.
    Após diversas reclamações e provas que tenho feito, NADA FAZEM, porém não deisitirei de divulgar e lutar para que este roubo seja amplamente divulgado.
    Até ao dia em as minhas reclamações venham a surtir efeito prático na conta de todos os portugueses, desejo mesmo é que sejam roubados exatctamente na mesma medida do que roubam a todos os portugueses.
    A quem tiver duvidas, convido a consultarem portal da queixa, DECO, ERSEe DGE, reclamações da EDP Comercial são coisa que não flata, estranho é, porque nenhuma das entidas reguladores ou estado não fiscaliza ou controla a EDP.

  18. Antonio gago says:

    Só para totós, fiz uma casa de raíz, por lei tive que deixar os contadores da água, e da luz, na rua sabem para quê ? Não deve ser para eu dar a leitura.

    • GM says:

      Não, é para os operadores de rede terem acesso independentemente da hora e se está ou não alguém em casa e poderem fazer as devidas contagens, sempre e quando entenderem necessário. Da parte do consumidor / cliente, para sua defesa, deverá periódicamente (eu faço-o mensalmente, e comunico as leituras) fazer a contagem e respectivo registo para controlo do que é facturado. Como resultado do que disse, quando consulto a minha área pessoal no meu comercializador de energia, verifico que na contagem de electricidade o operador de rede (EDP Distribuição) procedeu à contagem 2 semanas antes. Eles contam a meio do mês, eu faço a contagem no último dia do mês. Para meu controlo.

  19. Antonio gago says:

    Não . Penso que vive numa democracia, não quero ser funcionário da EDP e muito menos criado. Tenho dito.

  20. PB says:

    Fosse a energia a um preço justo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.