PplWare Mobile

DJI afirma que não pode controlar o que os utilizadores fazem com os seus drones


Daniel Jesus

Curioso desde cedo por tecnologia, procuro aprender e partilhar um pouco mais a cada dia que passa.

Destaques PPLWARE

24 Respostas

  1. Luis Coelho says:

    Obviamente.
    Mas a Ford ou a Renault vieram a público justificar porque utilizaram veículos seus em massacres de atropelamento?
    Alguma fábrica de cutelaria vem à praça pública desculpar-se sobre clientes seus utilizarem as suas facas em ataques?
    Isto só é estúpido.

  2. Heldr says:

    Dar-lhes resposta é a pior resposta possível.

  3. Helder says:

    E vamos recomeçar.

    A última vez que ando esta “caça às bruxas” (vulgo drone) eram avistados em tudo em quanto era lugar ( acho que até os próprios ETs já passam por drones, mas adiante).

    Em resultado, mais meia duzia de leis de forma a obrigar a pagar por tudo e mais alguma coisa (BTW, porque tenho de renovar o registo de um drone a cada 5 anos, e não preciso de o fazer nos carros? Interesting!)

    Será que vem aí mais uma avalanche de leis para obrigar os proprietários a gastar mais €€€?

    Enfim!!!!

    • mlopes says:

      não me pronuncio sobre pagamentos.
      contudo, sempre achei que o registo de drones faz todo o sentido. é fundamental saber quem os opera.
      agora se me disseres que não havendo uma fiscalização efetiva, um regime sancionatório bem feito, um sistema de responsabilidade civil e criminal adequados e efetivamente aplicados a exigência de registo de nada serve a não ser para pagar taxas, aí terias toda a razão.

  4. Nuno says:

    qualquer dia temos a Eastpak a pedir desculpa pelo uso indevido das mochilas

  5. hommer says:

    quando se pensa que já se viu de tudo há sempre alguma coisa nova que não na cabeça a ninguém…

    que culpa tem as marcas do que o utilizador final as use para coisas menos próprias, isto só mesmo visto…

  6. Augusto says:

    Não esquecer o uso indevido de maçã na qual a branca de neve padeceu.

  7. Roberto Melão says:

    Acusarem esta empresa, por não ter controlo suficiente pelo produto (drone) que fabrica e vende não é justo. É como se acusassem do mesmo modo um fabricante de facas de cozinha, por uma destas ter sido utilizada para magoar alguém.

  8. BGG says:

    Ridículo, o problema é outro…

  9. Krasy says:

    guns dont kill people; people kill people. aplica se bem a este caso

    • mlopes says:

      pelo contrário, é completamente incomparável.
      uma arma é construída com o objetivo claro e único de matar.
      pela tua lógica o porte de armas seria liberalizado, tal como é a compra de drones

  10. Discovery says:

    Curiosamente agora que vão aplicar seguros, não houve basicamente mais avistamentos..
    A isto chama-se moldagem da opinião pública…
    Um gajo ligava o drone e tinha logo curiosos e N perguntas, hoje em dia e um terrorista, leva bombas e sei lá mais o que….

  11. Francisco Baptista de Gouveia says:

    Existe uma hipótese que ninguém se lembrou…
    QUAL ATENTADO???
    Este BANDIDO NAZISTA ESCREVEU, REALIZOU e REPRESENTOU esta autêntica peça de teatro, um DRAMA com a única intenção de o tornar uma vítima…
    Caso contrário os 2 DRONES tinham completado a sua missão com SUCESSO…
    É só para desviar atenções internas e externas, conseguem ver agora porque não tem nem um arranhaozinho?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia