PplWare Mobile

Dieselgate: KBA vai proibir veículos de circular na Alemanha


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. S Pimenta says:

    Um update de software para destruir o meu carro? Não obrigado…

    Quantos Seat Ibizas , BMW’s entre outros chassos fumarentos, que poluem 100x vezes mais que VW de origem com software “fraudulento”…

    E para não falar daqueles que tiram o filtro de partículas (DPF) que também poluem muito mais que um VW com software “fraudulento”…

    Com o update tem como “prenda” uma ida à oficina com uma fatura bem cara €€€:

    -Perda de potência
    -Problemas nos injetores que, regra-geral, levam à substituição dos mesmos €€€;
    -Problemas na EGR;
    -Regeneração constante de gases do filtro de partículas (o que pode levar a substituição de um novo filtro de partículas €€€)
    -Aumento de consumo
    -O motor a trabalhar parece um tractor

    E a lista continua…

    • SoooAD says:

      Concordo plenamente!

      Pena não poder ter sido como nos EUA, onde os carros que são ” fraudulentos” serem obrigado a ser recolhidos pela própria marca mais uma indemnização encima.

      Eu não tenho nenhum dos carros fraudulentos, mas mesmo que tivesse não fazia update nenhum.

      Preferia vender o carro.

    • hommer says:

      troquem de carro se estão assim tão indignados com o dieselgate…

    • Luis Duarte says:

      Basta atualizar e depois retomar a atualização da centralina como estava de origem e tirar o “estrangulador” na entrada de ar que metem nos motores 1.6 TDI.

    • Me and me says:

      Isso tudo o que dizes, e concordo, é ilegal de se fazer e são alterações feitas pelos donos.
      Aqui foi o fabricante a adulterar testes…

    • int3 says:

      Ahahahahah. comentário ridículo!

    • RicGon says:

      Primeiro, os problemas do injectores e barulho parece um “tractor” (é o mesmo problema, embora tenhas separado para ser mais dramático) é um problema que já existe antes antes da actualização, aliás há uma petição de 2011/2012 para que resolvam isso.

      Tenho um carro que foi actualizado e foi para lá com problemas de injectores e a trabalhar que parecia um “tractor”, voltou como novo. Actualizado há um ano e meio, 0 problemas.

      Não notei aumento de consumos ou perda de potencia aparente.

      A única coisa que reparei, foi Regeneração do filtro de partículas, acontece para ai uma vez por semana.

      Devo ser sortudo mas se não fosse, tinham de reparar tudo pois qualquer reparação garantia.

  2. Pedro Pinto says:

    Pra começar, todos aqueles que dizem não ter nenhum carro fraudulento se for a gasóleo é fraudulento e não é pouco, porque todas as marcas adulteraram e os franceses são bem piores que os alemães.

    Mas voltando ao assunto do IMT não tem qualquer moral para impedirem seja quem for enquanto andarem na rua tratores e locomotivas a poluir mais que os motores ae189.

    Depois a VW coloca um autocolante no livro revisões e outro no lugar do pneu suplente, não existindo qualquer outra opção de identificação sem ser física por parte das autoridades, o que levaria a uma constante paragem para verificação na rua, levaria a descontento e persiguição de quem tem um carro desse.

    Quanto ao KBA Alemão, até agora não provou que o fix é realmente eficaz e não danifica os veículos.

    Depois tem a questão de Bruxelas que para não prejudicar as outras marcas, alargou e permitiu os veículos poluirem mais até 2021.

    Portanto cada um que entenda como quiser ou então procure a verdade escondida por detrás dos construtores de automóveis.

    E para terminar, os carros a gasolina não ficam isentos, já que produzem muito mais co2 que um carro a diesel, não morremos do problema, morremos da cura…

    • JV says:

      Tanta asneira num único post..?

    • Paulo says:

      Ainda bem que és burro Pedro Pinto, se fosses esperto corrias o risco de não escrever disparates…

    • Edexote says:

      Burro e não és pouco. Um veículo a gasolina emite, num carro equivalente, pouco mais CO2 que carro a gasóleo. O CO2 emitido POR LITRO QUEIMADO é menor na gasolina e muito menor no GPL, se comparares com gasóleo. Um carro que queime muito gasóleo vai emitir MUITO mais CO2 que os comuns Clios e afins a gasolina.

      E já nem falo nas partículas (Nox e muitos outros) que nos motores a gasóleo são no mínimo 5 vezes superiores aos motores a gasolina. Motores adaptados a GPL praticamente não emitem partículas.

      O CO (monóxido)? Isso é o que te mata se ficares fechado na garagem com o carro a trabalhar. Gasóleo emite muito mais que gasolina e GPL só emite 10% que gasolina…

      Faz as contas a tudo, tira as palas que a Europa e os fabricantes te puseram ao dizer que motores a gasóleo são mais ecológicos que os outros, falando apenas no CO2 emitido por Km (é assim que as marcas anunciam) e que em motores que não sejam equiparáveis nem sequer podes comparar.

      • int3 says:

        só uma nota. gasóleo emite menos CO2 que a gasolina mas muito mais CO e NOx etc em varias ordens de magnitude. GPL é o mais limpo de tudo (continua a emitir co2 e mesmo mesmo pouco de CO)

        • Nuno says:

          O que o edexote disse está correcto. Por litro, a gasolina emite menos co2 que o diesel. Por km é o inverso. Os motores a diesel são termicamente mais eficientes que os a gasolina, consequentemente, consomem menos. Esta redução é significativa o suficiente para que os a diesel emitam um pouco menos de co2 por quilómetro que os a gasolina.

      • Pedro Pinto says:

        Tu deves ser mais um iluminado…
        Ainda gostava de saber onde é que eu disse que os carros a gasolina poluem mais que os diesel…
        É que criticar é bonito e insultar melhor ainda mas para terminar já que sou muito burro, aproveita e lê o que escrevi e vê lá se ganhas vergonha na cara e humildade para te comportares como uma adulto sem insultar ninguém.
        Este recado serve prós outros que insultam também.

  3. Rafa says:

    O preço da gasolina e do gasóleo, antes dos impostos é exactamente o mesmo!! O estado português continua a beneficiar os veículos poluidores. Em o Inglaterra o gasóleo é mais caro que a gasolina.

    • Paulo L says:

      O problema é que pagas mais para ter um carro a gasóleo, esse mais são impostos.

      Se agora vou pagar mais por combustível, então o estado que me devolva o imposta que paguei a mais no carro.

      Isto de alterar as regras no meio do jogo não é assim tão fácil.
      As empresas na grande maioria tem carros a diesel, se aumentas o disel vais ter um aumento no leite, no pão, na fruta, enfim… em tudo, a porque as transportadoras vão aumentar os preços para compensar o combustível assim como todo o resto do serviço.
      Aposto que quando vires a factura dessa estupidez de aumentos vais pedir que se baixe os impostos

      • Edexote says:

        Não é aumentar o diesel, é baixar a gasolina para que fique ao mesmo nível de impostos. Ias ver as vendas de carros a gasóleo a cair a pique…

        • Paulo L says:

          Continuas a ter o mesmo problema de aumento de custos, porque os carros a gasolina tem custo de manutenção bem mais alto.

          Aliás os custos de manutenção reduzidos nos carros eléctricos pode bem vir a ser o factor impulsionador para as empresas, mas para já a dependência do gasóleo ainda é bastante.

          • Artur Matias says:

            custos de manutencao sao mais baixos a gasolina…

          • Paulo L says:

            Tenho um BMW série 1 a gasolina e um série 4 a gasóleo

            A manutenção do gasóleo é realmente mais caro, mas tenho de fazer mais a miúdo no série 1, o que o custo por Km fica mais barato.

          • Louro says:

            @Paulo L,

            Tens de o fazer mais a miudo no Serie 1 porque fazes mais km.

            De resto é tudo igual, mudancas de oleo, filtros e afins… agora o problema vem para o Diesel quando tiveres de fazer manutencoes no filtro de particulas, até saltas.

            Gasolina é sempre mais barato, e mesmo em Portugal com a diferenca de precos de gasolina/gasoleo para 90% das pessoas nao compensa ter carro a gasoleo.

    • Rui says:

      A questão é muito mais complexa, não sei se sabes que os transportes de mercadorias e pessoas é feito com motores diesel. Até os americanos que são avessos ao diesel, dependem cada vez mais dos motores diesel!!!! Lê este artigo americano sobre a frota americana de motores diesel: https://www.dieselforum.org/policy/powering-the-u-s-economy

      Não sei se reparaste que o estado não dá benesses ao diesel, cobra é ligeiramente menos impostos (que já é um roubo com impostos perto de 70%) porque tem consciência que os transportes públicos são movidos a diesel na sua maior parte, bem como nas mercadorias (camiões, navios e até comboios).

      E pensar que um carro a gasolina é muito mais ecológico que um carro diesel é um completo disparate.

      Neste momento vivemos uma mudança de paradigma, motores a combustão para motores eléctricos ou de hidrogénio, mas tudo isso tem custo e troca de petróleo por provavelmente carvão ou energia nuclear. É isso que está em cima da mesa. É muito bonito eu saber que grande parte da energia consumida em Portugal é produzida pelas eólicas…… mas eu sei que é um sector fortemente subsidiado e que pagamos muito caro com o chamado déficite tarifário!!!!!!! (a energia mais económica é a nuclear, mas basta um acidente para se tornar catastrófica…….)
      Resumindo, não é fácil mudar nem barato. Pergunto: Há dinheiro?

    • Aj says:

      No IUC os de gasolina também são castigados, não é só na gasolina que são roubados. Alguem tem que sustentar os custos do gasóleo mais barato.

    • Paulo L says:

      Analisa os custos dos bem essências e serviços

      Quanto mais caro o diesel mais aumenta os serviços de transportes públicos, Correios, mercearia, etc.
      Além do mais depois do Brexit, eles não são exatamente um exemplo a seguir, eu pelo menos tenho as minhas dúvidas sobre as políticas que eles tem adoptado, que para já tem se mostrado economicamente desastrosas.

      • Rafa says:

        Queres mesmo falar dos bens essenciais!? Achas que há alguma diferença!?
        Quando lá vou não vejo onde.. nem o meu irmão que vive em Portsmouth, te sabe dar exemplos de supermercado que lá sejam literalmente mais caros! Mas.. tens a internet e os preços estão lá todos.. tira as tuas dúvidas.
        Em relação ao tema.. mantenho o mesmo..o Diesel no UK é mais caro que Gasolina!
        Transportes públicos… STCP usa Gás Natural

        • Paulo L says:

          Vivi em Londres durante 1 ano, sei bem do que falo, se queres comparar, no tesco um litro de leite linha branca custa £1,23 GBP no continente um leite com qualidade idêntica de marca branca, custa €0,87

          Mas um pouco mais a cima tens a resposta do Rui que te explica muito bem os porquês de não poderes tomar medidas dessas.

          • Rick says:

            Ó Paulo, custa mesmo isso tudo, devo andar a comprar leite martelado pois por 2.272l pago £1.09. Diz la onde viste esse litro de leite de linha branca.

            https://bit.ly/2ORko4p

          • Louro says:

            @Paulo L
            Nao digas asneiras, o custo de vida no UK é muito mais baixo que em Portugal, principalmente para quem tiver filhos.

            Se tiveres em Londres claro que pagas muito de renda, caso contrário até nisso é similar a Portugal.

            Comida – Mais barato,
            Escola – Deborla,
            Saúde – Deborla (Excepto Inglaterra, mas mesmo isso é mais barato que em Portugal).
            Combustiveis – Mais barato,
            Rendas – Similar,
            Carros – extremamente mais baratos,

            O que é mais caro
            Fumar,
            Restaurantes,
            Café,
            Alguns produtos frescos que tem de ser importandos (Os quais nao inclui leite).

  4. Miguel says:

    Atualização para passar a poluir como publicitado mas deixar de andar como publicitado. Se na altura a VW não conseguiu reduzir as emissões ao ponto de se dar ao trabalho de falsificar o funcionamento do motor, o que é que garante que após a atualização o motor mantém o rendimento publicitado?
    Fiz a atualização e estou arrependido. O carro já não arranca em subidas como subia!

  5. Miguel says:

    Atualização para passar a poluir como publicitado mas deixar de andar como publicitado. Se na altura a VW não conseguiu reduzir as emissões ao ponto de se dar ao trabalho de falsificar o funcionamento do motor, o que é que garante que após a atualização o motor mantém o rendimento publicitado?
    Fiz a atualização e estou arrependido. O carro já não arranca em subidas como subia!
    Nada como trocar de carro…

  6. paulo rodrigues says:

    GPL… isso sim! Abasteci em Leiria, onde o GPL nem é, de todo, o mais em conta. 500km=€20.
    Neste momento, na zona Grande Lisboa, encontramos GPL a € 0.599/l.

  7. bill says:

    Eu fico estarrecido a ler os comentarios da maioria das pessoas nos artigos sobre o dieselgate.
    Ora vamos por a cabecinha para pensar: O nr. de carros afectados pelo problema, estima-se em cerca de 11 milhoes, verificou-se que os veiculos afectados emitiam cerca de 40~50 vezes mais Nox (o pior dos gases para a saude publica).
    Fazendo aqui uma conta rapida e não querendo ser mais papista que o papa, vamos fazer a seguinte conta: 11 milhoes vezes 40 igual a 440 milhoes de veiculos.
    Uma consulta rapida na net, diz-nos que ha cerca de 947 milhoes de veiculos de passageiros a circular em todo o mundo no ano de 2015.
    Pensem nisso e compreendam o tamanho do problema e o mal ao ambiente que a VW causou ao mundo.

    • dunno says:

      contas de merceeiro

    • Bruno Antunes says:

      Apesar do comentário ser antigo, deixa-me retificar.
      Estás a multiplicar o numero de veículos defeituosos pela média de gases poluentes que são emitidos (alhos e bogalhos).
      11 milhões de veículos, dos 947 milhões, emitem gases Nox 40 vezes acima da média!

      De outra forma estás a dizer que quase metade dos veículos de passageiros existentes em todo o mundo pertencem à VW!!

  8. Rob says:

    Só faltou o KBA provar que a solução é eficaz…
    Até agora o que se provou foi perda de potencia, injectores e EGRs na valeta, regenerações constantes e aumento dos consumos, já para não falar da desvalorização dos automóveis.
    Isto sem contar com o desrespeito que o grupo VAG teve e continua a ter com os clientes perante as queixas após o dito update.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.