Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Twitter vai eliminar publicações que desejem a morte a Trump

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. David Guerreiro says:

    Acho bem, seja para ele o outro qualquer. Que alguém possa não gostar do homem, está no seu direito, agora a poder desejar a morte, é que não deve ser permitido.

    • Carlos Gomes says:

      Pois… mas o próprio Trump confessou não há muito ter desejado o assassinato de um outro chefe de estado de um país soberano, isto para já não falar no assassinato autorizado pelo mesmo, no início deste ano, de um importante político iraniano. Será que esse não desejar de morte só funciona para um dos lados? Por mim, sempre ouvi dizer que “cá se faz, cá se paga” ou “olho por olho, dente por dente”.

  2. ettuou says:

    Espero que ele sobreviva para que os menos protegidos e os mais pobres continuem a padecer/morrer com a doença que agora o afecta.

    É evidente que não é matando ou querendo que morra alguém alguém que se resolvem os problemas.

  3. Samuel MG says:

    Ninguém deve desejar a morte de outro. Eu desejo que ele perca as eleições para que o mundo possa respirar de alivio. Seria menos um com o dedo no gatilho nuclear.

    • Felipe Cardoso says:

      Sai ele e entra outro no lugar para colocar o dedo no gatilho nuclear…
      Lhe compreendo, mais ficou sem lógica o seu comentário.
      Abraços.

    • Miguel says:

      Acho que foi o único presidente Americano a não entrar em guerra com nenhum país, pelo menos os 4 anteriores que me lembre iniciaram sempre guerras.

      Trump ainda conseguiu acordos de paz históricos como por exemplo:
      Israel – Emirados Arabes
      Conseguiu sentar a mesa as 2 Coreias e a America algo inédito.

      Por isso quando falarmos de Trump e Guerra é isso que a história vai contar, por muito mais que os meios de comunicação social de esquerda não gostem desta narrativa.

      • Daniel says:

        Deves estar a gozar, só pode…

        • acs says:

          Não está a gozar. É completamente verdade o que ele disse. Gostemos ou não da maneira de ele ser e falar, os factos é que as ações deles fazem dele menos virado para a guerra que os últimos presidentes.

        • Miguel says:

          Diga lá uma guerra que ele começou?
          Ele ainda tirou soldados de muitas guerras que não foi ele que começou.
          Ele é nomeado pela segunda vez para Nobel da paz.

          Agora se VC não acredita nisto que lhe digo, o problema é seu.
          PS- Não gosto do Trump, mas não é por isso que vou inventar coisas que ele não fez.

      • Joao says:

        Outras coisas positivas que o Trump fez:
        – conseguiu diminuir o desemprego para níveis históricos, desde à cinquenta anos atrás;
        – diminuiu a diferença salarial entre os homens e mulheres;
        – aumento dos ordenadas e crescimento da economia, numa taxa superior ao do antecessor Obama (que também conseguiu crescimento da economia)
        – as suas politicas controversas na migração tiveram resultados positivos no aumento de empregos na comunidade negra, e na diminuição de empregos precários.

    • Luis says:

      Claro que sim, o único que ainda não entrou numa guerra.. mas o Obomba é que é fixe! Então este Biden que defende a esquerda radical é que é mesmo top!

      • Daniel says:

        Não começou nenhuma, mas quase começou várias. E não saiu de nenhuma, antes pelo contrário.

        • Luis says:

          Mas então? Estás a concordar comigo! Ele até tem tirado tropas.. o Obomba é que é fixe, apoia muçulmanos e tudo! Até porque faz parte disso

          • Sardinha Enlatada says:

            Ha varios tipos de guerras entao e a guerra comercial que ele tem andado a alimentar ? Isso para mim tambem e guerra. Nao fisica mas é. Os tempos mudam e as guerras ficam mais sofisticadas. E como alguns politicos que criam guerras com as assinaturas deles. Uma forma sublime de criar guerras.

          • Luis says:

            A guerra comercial dele é simples.. a China está no ponto que está desrespeitando todas as regras concorrenciais no mundo, imagina os EUA fazerem o que fazem na China para chegar onde chegaram, as instâncias mundiais iriam cair logo em cima.. porque não fazem o mesmo á China?

        • Miguel says:

          Narrativa política é uma coisa, Guerra no terreno é outra e isso a história Trump não começou nenhuma guerra ao contrário dos Presidentes anteriores.

        • Toni da Adega says:

          Nao gosto do homem mas existe uma grande diferença entre começar e quase começar.
          Se assim nao fosse podiamos: tens que que me pagar um carro novo pois quase que batias no meu 😀
          Ou seres despedido do trabalho porque quase que faltaste ao trabalho durante um mes inteiro.

  4. A.F. says:

    E vocês acreditam mesmo que ele esta doente, infectado com com Covid. Deu mesmo jeito nesta altura do campeonato.
    Por mim se ele morre ou vive, se perde ou ganhe novamente as presidenciais, é-me indiferente, desde que não venha dar bitaiques para Portugal.
    Se há alguém que lhe deseja a morte, tem todo direito de se manifestar, mas para com os amigos e familiares, se o deve fazer em praça publica, talvez não.

  5. Tugahunter says:

    Ohhhh que pena…

  6. Redin says:

    Mesmo em língua Portuguesa?

  7. CB says:

    “Agora, numa fase em que está mais débil,” … mas… mas… não era completamente débil ??!!!!

  8. O Monstro Precisa de Amigos says:

    Ter liberdade de expressão é ter também a liberdade para poder fazer algo estúpido como celebrar a doença ou desejar a morte de uma pessoa. Coisa bem diferente é incitar à violência e ao assassinato de alguém, o que é crime. Eu não abdico da minha liberdade para poder dizer coisas parvas, mal-educadas, agressivas e potencialmente ofensivas, porque eu não preciso de liberdade de expressão só para dizer coisas bonitas e agradáveis, se for só para isto então ninguém precisa da protecção constitucional para nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.