Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Pais pagam até 5% para carregamento de cartões de refeições

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Almaister says:

    Reclamam das taxas mas se muito bem calhar gastam dezenas a centenas de Euros por mês em tabaco e bebidas e se muito bem calhar não se preocupam com esse dinheiro que gastam…

    • joaneta says:

      E depois há aqueles que gastam esse dinheiro em medicamentos e que acham que é uma taxa muito elevada 25 euros mais ou menos por cada filho tenho 3 são 75euros no mínimo por um serviço que devia ser gratuito. E isto apenad a 5% faz as contas aos 75cent

  2. Leal says:

    Amigos pplware, pra quando a novidade Signal aqui no site?
    https:/ /sempreupdate.com.br/signal-adiciona-administradores-e-gerenciamento-de-permissao-para-grupos/

  3. Rodrigo says:

    O que é que isto tem a ver com o Covid? Isto já acontece à largos meses mesmo antes da pandemia aparecer.

  4. Rudi says:

    Nos Açores é 1€

  5. LR says:

    1) Este meio de pagamento já estava previsto, não tem nada a ver com a COVID-19 2) Creio que a referida taxa não é geral, pelo menos na plataforma SIGA usada nas escolas de Lisboa, e da responsabilidade da CML, não me cobram nenhuma taxa. 3) Pplware, colocar esta noticia com ligação à COVID-19 é meter lenha na fogueira, não demorarão muito a aparecer os comentários habituais sobre a pandemia ser farsa com motivos económicos…

  6. Joao Ptt says:

    Porque os encarregados de educação não se deslocam todos à escola, e fazem o carregamento lá na papelaria ou reprografia do estabelecimento escolar? Se a resposta é que não os deixam entrar por causa do Covid-19, então o título está justificado, caso contrário podem alterar para “SIBS: Pais pagam até 5% para carregamento de cartões de refeições”, que fica mais próximo do motivo real.

  7. SP says:

    Isto de facto nada tem a ver com covid, só se for pq os pais não podem entrar mas dá se o dinheiro aos putos e explica se o que têm de fazer. Por acaso não faz sentido ser a pagar especialmente nesta altura, mas o sistema já era bastante simples no meu tempo de secundário agora acredito que seja bastante básico de usar

  8. Tuga says:

    No outro dia também uma associação representante de um grupo de cidadãos detentores de uma determinada condição fisica queixava-se que os associados tinham serviços atrasados há mais de dois anos por causa do covid…

  9. Paulo says:

    No meu caso, tenho uma criança na 1ª classe e por cada 20€ que ponho no cartão pago 1€ de taxa. Além de cada refeição ser a 1.76€ ainda tem de levar Pequeno almoço e lanche.

    • Ricardo says:

      Quase sempre abstenho-me de comentar, mas neste caso:
      Quando era pequeno ía para a escola a pé (2km) tinha de levar o pequeno-almoço; à hora de almoço vinha a casa almoçar e voltava para a escola. Nunca me pagaram nada. Hoje em dia têm praticamente tudo pago e ainda se queixam de uma refeição ser a 1,76€… é o que faz viver num país socialista/comunista.
      Sim e posso falar pois o meu salário é de 8890€/ano + 1072€/ano para subsídio de refeição .

      • Paulo says:

        Eu tenho 46 anos e fazia o mesmo que o Sr. Ricardo.
        Não me estou a queixar do valor da refeição, queixo-me da taxa de 1€ por cada 20€ que carrego no cartão da minha filha.

      • Paulo says:

        Já agora pergunto, o que quer dizer com “Hoje em dia têm praticamente tudo pago…”
        Até hoje a única coisa que não paguei foram 3 livros para a escola, todo o resto do material escolar que não é nada pouco foi todo pago do meu bolso…
        Portanto se se costuma abster de comentar, esta teria sido uma boa oportunidade para ficar calado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.