Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: O que muda a partir de hoje (1 de agosto) em Portugal?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. miguel says:

    Só espero que aqui não obriguem as pessoas a serem vacinadas para ir as compras ou até para andar em transportes públicos.

    Eu sou a favor da vacinação, no entanto acho que a liberdade de escolha das pessoas está a ser posta em causa, obrigando-as a tomar a vacina mesmo não querendo.
    Porque uma pessoa vacinada dentro de um supermercado pode na mesma apanhar o vírus e espalhar o vírus igualmente nesse aspecto é igual, por isso quem está vacinado não tem que temer quem não está vacinado.

  2. Ricardo says:

    Certificado de vacinação é uma palhaçada, um vacinado pode ser infetado e distribuir o vírus por aí, mas com esta política, anda por aí a vontade sem restrições. Vai ser engraçado ver o número de casos a aumentar, principalmente em grandes eventos por causa dos vacinados.

    • Miguel says:

      Lol e a melhor é que só tem validade de 6 meses!

    • DataSmurf says:

      Tenho vindo a afirmá-lo desde Março deste ano, que os vacinados podem ser infetados e que podem transmitir o vírus aos outros tal como os não vacinados, e de que a vacina funciona como um mero supressor de sintomas, isto a curto prazo, desconhecendo-se os maleficios a médio e longo prazo. Muitos palermas aproveitaram essas ocasiãos para me insultar, mas lentamente tudo o que tenho vindo a afirmar tem-se revelado como verdadeiro.
      Também tenho dito que as variantes mais perigosas que vão surgindo têm origem nos vacinados. Vão continuar a atacar-me por isso, mas aguardemos, eu tenho paciência de santo.

      • honorato says:

        o que é engaçado é o covid só aparece das 21h-6h. quê o vírus tem horário de trabalho, antes dessa hora o quê que o vírus anda a fazer vai dormir descansar andou a procura das pessoas para infeta-las durante a noite querem ver. só vão aliviar depois do dia 15 porque é quando os alunos vão para a escola e as ferias acabam. depois digam que eles não nos andam a controlar no que fazemos.

        • Conhecimento precisa-se! says:

          A restrição de horários existe para limitar os grupos e dissipar possíveis ideias de ajuntamentos. Basta pensar um pouco para compreender.

          • Brito says:

            Então também devia bastar um pouco da tua cabeça para pensar e compreender que não faz sentido as restrições horárias quando eu e tantos outros almoçamos fora num dia de trabalho, mas ao fim de semana se quiser ir almoçar já é mais perigoso?! então os restaurantes só vivem do fim de semana?! santa ignorância! Não sou contra, nem a favor das vacinas (já levei as 2 doses da Pfizer) mas acho que temos todos de adotar uma postura de proteger a nós e aos que estão ao nosso lado, e proteger os outros não é só fazer testes ou ser vacinado… porque um teste vale por si só naquele momento e não pelas 48 ou 72horas como querem fazer crer.. é um falso sentido de impunidade e controlo, e a vacina é tao boa até à próxima variante mais letal que as anteriores, que já pode estar ai ao virar da esquina.

      • David Guerreiro says:

        Se as pessoas não têm sintomas, não são internadas no hospital, não ficam nos cuidados intensivos e não morrem. É isso que a vacina previne. Se tiveres a forma ligeira ou moderada da doença, uns dias em casa e estás bem. Agora sem vacina, podes ter a doença na forma grave, o que obriga a hospitalização. O SNS não aguenta tanta gente assim.

        • BaTaS says:

          Isso mesmo !
          Só para meter nojo… eu só acrescentava …. quem não quiser vacinado, está no seu direito, cada um tem as suas escolhas, mas deviam ser obrigados a pagar as custas de hospital caso tem o azar de ir parar aos intensivos e ficarem lá 2 meses a ligados a 1 máquina !

          • Joaquim Sobreiro says:

            Já não se pode esconder que há nos cuidados intensivos pessoas com vacina completa. Se serão mais os vacinados que os não vacinados não se querem divulgar os números. Porquê critérios diferentes quanto ao pagamentos dos custos de hospitalização?

          • Infinity says:

            e para que raios pagamos impostos?

      • ToFerreira says:

        E nos numeros do Euromilhoes não fazes previsões? Isso é que dava jeito.

      • Chalupa pela verdade says:

        tanta mentira num comentário só <3

    • ToFerreira says:

      “Sem restrições?”
      Já nasceste assim, ou bateste com a cabeça nalgum lado?

  3. PorcoDoPunjab says:

    Antes das eleições tem que estar tudo normalizado.
    Após as eleições fecha se tudo outra vez se for preciso.
    Ora digam lá se não é habilidoso.
    Um verdadeiro encantador de burros…

  4. SANDOKAN 1514 says:

    “Teletrabalho deixa de ser obrigatório.” Excelente medida.Havia de ser aplicada a 100% em tudo quanto é lado.Os supervisores no trabalho fazem muita falta,muita falta mesmo.

    • iDroid says:

      O pior são as falhas de comunicação em teletrabalho. Nada substitui a troca de ideias cara a cara.

      • BMad says:

        São opiniões. Estou a trabalhar remotamente à mais de um ano e meio e nada ficou por fazer ou dizer. Se só conseguem trabalhar com alguém a respirar no vosso pescoço, quer dizer que não farão nada no local ou remotamente.
        Mentalidade do século passado…

    • ToFerreira says:

      Há trabalhos que funcionam tão bem ou melhor em teletrabalho e outros não.

    • ervilhoid says:

      removeram o comentário mas cá vai novamente..
      tens D O R DE C O _R_N O
      ÉS UM P @ LHAÇO E METES DÓ

      vou deixar de ver os comentários por tua causa, és tão negativo que roubas tele energia a quem lê o que escreves.. espero nunca te conhecer pessoalmente

  5. Naopossodizer says:

    Porque estão a discutir a obrigatoriedade de 1 vacina? Há várias que são obrigatórias e todos tivemos que tomar, eu levei a vacina do sarampo e mesmo assim apanhei a doenca, tal como apanhei as outras todas típicas de criança.
    Esqueceram se que se não as tivéssemos não éramos aceites na escola?
    Se é pro bem da comunidade, sim deve ser obrigatória, não estarem vacinados faz com que o vírus se desenvolva e crie mutações piores,o mesmo não acontece em quem está vacinado.

    • iDroid says:

      Para as pessoas que dizem que a liberdade está a ser condicionada, o facto de termos todo tomado vacinas quando pequenos (e nem sequer tínhamos voto na matéria!) é uma realidade que não encaixa no discurso.

      • Joaquim Sobreiro says:

        Nem todos tomaram todas, ou as mesmas vacinas. Se alguém que escreve aqui conhece algum estudo independente comparando vacinados e não vacinados com o desenvolvimento de doenças que o indique.

    • Artur Peralta says:

      Podes dizer um estudo validado que prove o que estás a dizer? (“…não estarem vacinados faz com que o vírus se desenvolva e crie mutações piores,o mesmo não acontece em quem está vacinado.”)

      • DataSmurf says:

        É precisamente o contrário as mutações mais perigosas estão a ser criadas na população vacinada.

        • Conhecimento precisa-se! says:

          Você está a pegar no principio do antibiótico e a aplicá-lo nas vacinas , por isso é que ninguém vos liga negacionistas, com essas frases revelam uma ignorância que nem dá para quantificar.
          Isto sim é o cúmulo da ignorância.
          xD

        • David Guerreiro says:

          O vírus muta naturalmente, nada tem a ver com vacinas, mas sim por adaptação aos hospedeiros. O ADN humano tem diferenças, daí o vírus mutar em diferentes raças, etnias, etc.

          • DataSmurf says:

            Tenho resposta para ti, mas aguarda moderação…

          • DataSmurf says:

            Os vírus sofrem mutações, é verdade, mas estão mais predispostos a mutações mais graves que aumentam a transmissibilidade, a virulência e a capacidade de escapar à imunidade, na população inoculada com vacinas ineficazes.

          • DataSmurf says:

            “Mass infection prevention and mass vaccination with leaky Covid-19 vaccines in the midst of the pandemic can only breed highly infectious variants.” Geert Vanden Bossche

          • DataSmurf says:

            “Mass infection prevention and mass vaccination with leaky Covid-19 vaccines in the midst of the pandemic can only breed highly infectious variants.” G e e r t V a n d e n B o s s c h e

          • DataSmurf says:

            Olha para o currículo deste homem:

            Chefe do Vaccine Development Office (Serviço de Desenvolvimento de Vacinas) no Centro Alemão de Pesquisa de Infeções;

            Diretor-gerente na VaReCo (Vaccine Research and Collaborations);

            CSO na UNIVAC llc (Estados Unidos da América) e UNIVAC NV (Bélgica)

            Gerente do Programa de Vacinas do Ébola na GLOBAL ALLIANCE FOR VACCINES AND IMMUNIZATION (GAVI)

            Bolsista de pesquisa no departamento de Microbiologia e Imunologia do REGA INSTITUTE, KUL

            Oficial sénior de programas, saúde global e descoberta de vacinas para a Fundação Bill & Melinda Gates

            Diretor de Projeto Global de vacinas influenza para a Solvay Biologicals

            Diretor, líder do programa de pesquisa e chefe de adjuvantes na NOVARTIS VACCINES & DIAGNOSTICS

            etc etc etc

        • Chalupa pela verdade says:

          mentira mais uma vez. Vá pesquisar, o vírus Delta (só para dar um exemplo) apareceu no final do ano passado.

    • miguel says:

      Mas essas que são obrigatórias já tem anos e anos de estudos, é a diferença!

    • DataSmurf says:

      Obrigatoriedade em se ser inoculado com vacinas experimentais. Esta gente endoideceu de vez!

    • Luís Costa says:

      O que???? Tu viste bem o que acabaste de dizer? Ainda bem que a liberdade de expressão existe para debitares tanta porcaria (por enquanto).. Porque é que achas que fazem sempre nova “versão” da vacina contra a gripe todos os anos?? O que estamos a fazer é exatamente o contrário do que disseste, estamos a dar probabilidades altas ao vírus de se defender e gerar variantes cada vez mais fortes porque o vírus começa a conhecer o mecanismo de defesa do ser humano

      • David Guerreiro says:

        A vacina da gripe é com base numa previsão das variantes expectáveis no inverno desse ano. O vírus da gripe, tal como outros vírus sofre mutações naturalmente, faz parte da biologia dos vírus, nada tem a ver com as vacinas. Ainda nem existiam vacinas para a Covid-19 e já existiam variantes.

      • João says:

        É isso, o virus vai à universidade e tira boa nota na cadeira sobre o sistema imunitário humano :’)

  6. Ru says:

    Estou vacinado há muito tempo. Mas recuso ir a sitios onde peçam o certificado. Limita um bocado o que posso fazer, mas não quero dar força ao governo para implementar mais medidas destas. Só gostava que mais malta fizesse o mesmo, mas cada um sabe a trela que gosta de usar.

    • PM says:

      Ru, tiro-te o chapéu!!! É de Senhores (com S grande) como tu que o nosso Portugal precisa. Gosto e admiro o teu pensamento e até conheço algumas pessoas que estão a agir da mesma forma. Não entram em locais que exijam certificado.

      Basta pensar um bocado. Assim sem queimar muitos neurónios. Anos e anos e anos e anos de vacinação que a humanidade já tem e NUNCA, repito, NUNCA, NUNCA, NUNCA, se exijio um certificado para se entrar numa loja.

      Antes que comecem a comparar o incomparavel em relação à febre amarela em que é necessário mostrar um papelito para entrar num determinado País, sim é verdade, mas é para ENTRAR nesse determinado País. E só lá vai quem quer. Agora no nosso País, em que até por acaso pagamos impostos e não são poucos, sermos limitados nas nossas liberdades, direitos e garantias, dá que pensar.

      Ah e nao comecem já com essa que estamos numa “pandemia”, ok? “Pandemia” em que 99% das pessoas recupera em casa com ben-u-ron? A sério?!?!

      • João says:

        Desde que o 1% (dizes tu) não te calhe a ti está tudo bem, certo?

      • David Guerreiro says:

        Não te exigem certificado para entrar numa loja, porque não tens pandemia das outras doenças, mas tens de Covid-19. E exigem-te a vacinação obrigatório para a escola por exemplo.

      • ToFerreira says:

        Tiras o chapéu e ficas sem nada na cabeça.
        Está tudo bem em obrigar a ter um papel para entrar no país, mas ter um papel para entrar numa loja já não.
        Uma pandemia é definida pelo número de casos que as pessoas não recuperam, é? Desenvolve aí…

    • Chalupa pela verdade says:

      Então se fizermos todos isso vamos deixar que a restauração (por exemplo) vá pelo cano abaixo certo?

      • Infinity says:

        A vida tem que continuar, todos os dias morrem pessoas por multiplas razoes, é deixar de pedir o certificado pois isso so traz discriminação (que é contra a constituicao) na populacao, pois as pessoas sao livres de fazer as suas escolhas e vivemos num país de direito.

  7. art says:

    um estudo norte-americano, conduzido no Massachussets, que afirma que três quartos dos novos casos detetados durante um surto em Provincetown eram de pessoas totalmente vacinadas contra a Covid-19….nem comento

    • iDroid says:

      art, já comentaste.

    • Jorge Carvalho says:

      Ao menos diz tudo :

      “ A COVID-19 outbreak in Massachusetts that was key to health officials deciding to expand masking recommendations could have been much worse without vaccines, health experts say.

      Fully vaccinated people made up nearly three-quarters of COVID-19 infections after Fourth of July events in Provincetown, the community that was examined in Massachusetts, according to a CDC study published Friday in the agency’s Mortality and Morbidity Weekly Report. The seaside tourist spot is located in the county with Massachusetts’ highest vaccination rate.

      CDC director Dr. Rochelle Walensky said in a statement that the findings “raised concern that, unlike with other variants, vaccinated people infected with delta can transmit the virus.”

      But the outbreak, fueled by the highly transmissible delta variant, could have been much worse without vaccines.

      “The vaccines are working. Of the 900 cases related to the Provincetown cluster, there have been no deaths, 7 hospitalizations, and the symptoms are largely mild,” tweeted Alex Morse, the town manager of Provincetown.

      “The outbreak is contained and Provincetown is safe.”

      Abc

    • ToFerreira says:

      Olha-me esta: quando todos estiveram vacinados, 100% dos novos casos, 100% dos internados e 100% dos mortos estarão totalmente vacinados… mind blown!

  8. ToFerreira says:

    Palerminhas que sempre usaram cinto de segurança dentro do carro, ainda que isso só proteja cada um individualmente, agora estão preocupados com a liberdade por causa de uma vacina que afeta toda a sociedade enquanto grupo. Não sabem que a sua liberade termina onde começa a dos outros e confudem liberdade com libertinagem.

  9. Joaquim Sobreiro says:

    Se não me deixarem entrar em bar, hotel ou concerto, o problema é seu, não meu. Minha felicidade não depende do negócio de outros.

  10. contacto says:

    Os políticos querem ter o povo contente e submisso. Vem aí as eleições e os partidos querem o povo feliz e a saltar

  11. XneloX says:

    Vou me casar, imprimi 2000 convites para poder levar 1000 convidados ou menos, mas pelo menos cumpro a regra dos 50% em casamentos

  12. Sardinha Enlatada says:

    E eu a pensar que este virus era igual aos outros, existem matam pessoas, tem sintomas mas existem numeros registados desses casos. Mas afinal nao, e um virus que consegue criar um autentico rebolico na cabeca de cada um. Com a ajuda dos media, e um festival de verao desconfinado. Haja alegria, bebam uns copos, passeiem o cao e descansem a cabecinha por causa do virus, so vos esta a fazer mal a cabeca tanto virus para ca e para la. Se nao morrermos do virus morremos do stress causado por ele. Paciencia tem limites.

  13. PorcoDoPunjab says:

    Esta conversa do Covid já mete nojo.
    Malditos média controlados pelo regime que só falam desta porcaria.
    AInda fazem do Covid pior do que o ébola.
    Incompetentes e vendidos por migalhas.
    A mim não me levam a pensar como eles querem, aqui o je pensa como bem entende e até à data tenho me desenrascado muito bem.
    Cambada de invertebrados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.