Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Isolamento de 7 dias chega para não infetar outros?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Jota says:

    É óbvio que não chega!

  2. Tó Canelas says:

    Chega e sobra. Aliás nem sequer havia de existir isso. Chega desta palhaçada. Daqui a uns anos vamos todos estar a rir desta incompetência de não haver serviços médicos suficientes, fruto do desinvestimento na área da saúde. De nada.

  3. QQ says:

    Literalmente não quero saber LMAO

  4. Marco Duarte says:

    E onde está o estudo que por exemplo ( para encurtar a conversa ) dar positivo dia 29 de Janeiro e dia 30 pode sair para ir votar sem problema nenhum , eu pra ir fazer o meu dever cívico caso fique infectado no dia 29 dia 30 tenho que me deslocar pra mesa de voto de BUS , portanto noticias tipo estas e as dos maluquinhos das vacinas são tão validas como qualquer informação de um “negacionista” de um Anti-vacinas , o perigo afinal nunca esteve neles mas sim de quem “alimenta ” esta pandemia da treta.

    • Ricardo Gonçalves says:

      não arranjaram foi outra solução..

    • Honorato says:

      Ainda não sabias deu na TV o covid assinou um tratado de paz por um dia com o governo para as pessoas poderem irem votar

    • Joao Ptt says:

      Ir votar = Poder ir preso.
      Estar vivo e ter qualquer tipo de proximidade física a outros = Poder ir preso.

      Aparentemente transmitir qualquer doença que possa prejudicar terceiros pode levar a pessoa à prisão, mesmo que a pessoa o desconhece-se.

      Como não há forma de ter a certeza que não tenho alguma doença (conhecida/ desconhecida) que possa levar outros a morrerem, acho que só resta deixar-me morrer… e como eu estão todas as pessoas deste país.
      Em teoria, se a lei for para ser levada a sério (na minha óptica quem a fez deveria ir preso) as pessoas teriam todas, sem excepção, deixar de viver neste país ou deixarem-se morrer por elas mesmas isoladas, para não estarem a correr um sério risco de violar a lei. Quem nunca teve gripe? Se alguma vez teve gripe, mesmo que sem sintomas, pode ter transmitido e levado outros a ter sintomas ou mesmo morrer, logo 100% da população ou próximo disso deveria estar presa numa cadeia algures. E quem diz gripe diz outras doenças que mal se ouvem falar, mas que afectam algumas pessoas em particular.

      in.: https://www.pgdlisboa.pt/leis/lei_busca_assunto_diploma.php?buscajur=Propagar+doen%E7a+contagiosa%3B&artigo_id=&pagina=1&ficha=1&nid=109&tabela=leis&diplomas=&artigos=&so_miolo=

      -1ª versão: DL n.º 48/95, de 15 de Março, com as alterações: – Lei n.º 59/2007, de 04 de Setembro
      Artigo 144.º
      Ofensa à integridade física grave
      Quem ofender o corpo ou a saúde de outra pessoa de forma a:
      a) Privá-lo de importante órgão ou membro, ou a desfigurá-lo grave e permanentemente;
      b) Tirar-lhe ou afectar-lhe, de maneira grave, a capacidade de trabalho, as capacidades intelectuais, de procriação ou de fruição sexual, ou a possibilidade de utilizar o corpo, os sentidos ou a linguagem;
      c) Provocar-lhe doença particularmente dolorosa ou permanente, ou anomalia psíquica grave ou incurável; ou
      d) Provocar-lhe perigo para a vida;
      é punido com pena de prisão de dois a dez anos.

      Artigo 148.º
      Ofensa à integridade física por negligência
      1 – Quem, por negligência, ofender o corpo ou a saúde de outra pessoa, é punido com pena de prisão até 1 ano ou com pena de multa até 120 dias.
      2 – No caso previsto no número anterior, o tribunal pode dispensar de pena quando:
      a) O agente for médico no exercício da sua profissão e do acto médico não resultar doença ou incapacidade para o trabalho por mais de 8 dias; ou
      b) Da ofensa não resultar doença ou incapacidade para o trabalho por mais de 3 dias.
      3 – Se do facto resultar ofensa à integridade física grave, o agente é punido com pena de prisão até 2 anos ou com pena de multa até 240 dias.
      4 – O procedimento criminal depende de queixa.

  5. antonio duarte says:

    Literalmente tb não quero saber, mas o que verdadeiramente dizem os cientistas é que ao 8 dia da infecção se fizerem uma cultura de virus (e não a treta do PCR) ninguém praticamente infecta.
    Em geral os LFT só dão positivos ao 3 dias, por isso ninguém necessita mais de 5 dias isolamento !!!!
    PAREM DE ESPALHAR CIENCIA DA TRETA NO PPLWARE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    https://academic.oup.com/cid/article/71/10/2663/5842165

  6. donodacarne says:

    Tanto tempo depois do inicio da pandemia , continua-se a misturar politica , interesses económicos e pouco se liga ao interesse da população . Segundo o British Medical Journal , está por provar inequivocamente a eficácia e a segurança das vacinas . As vacinas receberam autorizações de emergência , com base em estudos que deixavam muitas dúvidas e implicavam estudos posteriores durante a vacinação , que ou nunca foram feitos ou foram feitos pelos criadores das vacinas . Os dados nunca foram fornecidos a investigadores independentes . Assim o British Medical Journal conclui que há duvidas sobre a proteção a grupos de risco dadas pelas vacinas , há duvidas sobre a diminuição do risco de morte nos vacinados , há duvidas sobre a segurança das vacinas …no fundo há duvidas sobre tudo , só não parece haver dúvidas sobre a ineficácia das vacinas em evitar novas infeções . O British medical Journal critica as agências de controlo dos medicamentos .E assim vai a pandemia , onde a demagogia vai de mãos dadas com o vírus

    • AP says:

      Na verdade em ciência nunca há certezas. Há dados que apontam numa determinada direcção.

    • Swappie Guy says:

      Sim claro, aqui um sujeito que não acreditava que o COVID era verdadeiro já está na cova…por causa do COVID.
      Nem se quis vacinar e quando apanhou foi ao hospital mas assinou o termo de responsabilidade para ir para casa, ele achava que era só uma gripe e que se curava em casa, em casa acabou por falecer…ser teimoso dá nisto e o sujeito não era de risco, bastante saudável até (fazia exercício, etc) e novo, trinta e poucos anos.

      Tenho familiares de risco que têm a vacina, apanharam o COVID meses depois de levarem a vacina, claro, tiveram sintomas (dores de cabeça, nariz a pingar, etc) mas tudo acabou bem no final sem terem de ir ao hospital, e se não tivessem a vacina? Como são de risco nem no hospital se safavam!

      Na altura não foi muito falado mas o anterior presidente de Viseu (Almeida Henriques) morreu com COVID, sendo ele de risco e sem ter vacina na altura (acho que devia estar prestes a levar a vacina, já não me lembro da história).

      Não sei o que o pessoal como tu ganha em passar desinformação, sinceramente, gostas de ver o caos no mundo? É isso?

      • donodacarne says:

        Desinformação é o que tu fazes ….https://www.bmj.com/content/375/bmj-2021-067570

        por cada um que não se vacinou e passou mal , poderia apresentar outro caso contrário , mas isso não vale nada , para apurar a verdade . Não há estudos , independentes , e validados que provem a eficácia e a segurança das vacinas…a ciência faz-se assim com a verdade , não é com aquilo que cada um gosta

        “Quando as vacinas contra a covid-19 foram autorizadas pela primeira vez, os reguladores exigiram estudos pós-autorização para lidar com incertezas importantes sobre eficácia e segurança. Mas esses estudos podem ter pouco valor prático, a menos que haja maior envolvimento e escrutínio da comunidade científica mais ampla, argumentam Christof Prugger e colegas…………………………………..
        Mensagens-chave
        A aprovação acelerada de medicamentos pelas autoridades reguladoras muitas vezes adia a avaliação de importantes parâmetros de eficácia e segurança até que os medicamentos estejam amplamente disponíveis
        Para esses medicamentos, estudos pós-autorização bem projetados, conduzidos, analisados ​​e relatados são vitais para garantir a confiança de que os benefícios realmente superam os riscos
        As vacinas Covid-19 foram amplamente administradas após autorização “condicional” baseada em ensaios clínicos curtos, quando questões importantes permaneceram sem resposta
        Os reguladores exigem que os patrocinadores realizem estudos de segurança e eficácia pós-autorização, que geralmente permanecem relativamente desconhecidos fora dos círculos especializados, e há um histórico de conformidade e supervisão regulatórias insuficientes
        Pesquisadores independentes devem ajudar a examinar minuciosamente o design, a conduta, o relatório de dados e a transparência geral dos estudos pós-autorização exigidos pelos reguladores, particularmente para intervenções globais de saúde pública, como vacinas contra a covid-19″

        Estou farto de ouvir , “especialistas” nas TVs dizerem que isto e mais aquilo está provado , quando não está. Alguns, antes das vacinas surgirem diziam exatamente o contrário…

        • Steve Jobs says:

          Ora, se eu quero construir uma casa vou ter com um engenheiro informático porque ele deve perceber bastante de construir casas!!
          Já se eu precisar de alguém para me fazer uma aplicação para o telemóvel vou ter com empreiteiro das obras, porque programação é com ele!!

          Estás de parabéns com as tuas teorias

          • Donodacarne says:

            Quais teorias ? limito-me a dizer o que vem publicado no British Medical journal …Vão dizer-te que o British Medical Journal é um meio de desinformação ? Deixei o link para quem duvidar …teorias , dizem aqueles que sem qualquer formação que os habilite a serem considerados especialistas vêm debitar teorias para as TVs

          • Swappie Guy says:

            Tu -> “limito-me a dizer o que vem publicado no British Medical journal”

            Também tu -> “Estou farto de ouvir especialistas”

            Passas das TVs para os jornais que…lol.

            A vacina já salvou milhões de vidas e isso nem se põe em causa!
            Mas vamos agora supor que as pessoas eram teimosas como tu e que não a queriam levar, qual era então a tua solução no combate à pandemia?
            Mas dá uma ideia com pés, troncos, membros e cabeça, se não nem vale a pena discutir.

            Vá, diz lá na tua ideia como é que vamos desaparecer com o vírus ou diminuir os seus efeitos?

          • Memória says:

            Analisa Uttar Pradesh e o uso de Ivermectina

            Não uses Google, usa p.ex. DuckDuckGo na tua pesquisa

        • Machado says:

          Se fosses inteligente verias com actualmente com muitos mais casos morre muito menos gente. Que com as pessoas a trabalhar mesmo assim o contagio nao é maiordo que quando quase todos estavam em casa e o virus se espalhava. Se mais provas nao existissem a realidade prova que as vacinas funcionam….

        • Donodacarne says:

          Swappie : jornais . Meu Deus que ignorância que revelas…hahaha
          The BMJ é uma publicação periódica do Reino Unido. É uma das mais influentes e conceituadas publicações sobre medicina no mundo.[1] É publicada pelo BMJ Group, uma subsidiária integral da British Medical Association que publica vária dezenas de jornais enfocando diferentes especialidades médicas.[2] Originalmente chamado de British Medical Journal, o título foi encurtado para The BMJ em 2014.[3]
          Tirado da wikipedia

          • Swappie Guy says:

            The BMJ is an advocate of evidence-based medicine. It publishes research as well as clinical reviews, recent medical advances, editorial perspectives, among others. … The BMJ has an open peer review system, wherein authors are told who reviewed their manuscript.

            Vês, também sei tirar da internet.

            O que quer dizer que qualquer um pode publicar o que bem entender, artigos baseados em evidências, tal como em qualquer outra coisa (astronomia, ciência, etc)…até chegar alguém que pega num artigo, faz a experiência e vê que afinal as evidências do artigo eram falsas.

            Next?

  7. Miguel Felicio says:

    Já alguém se questionou acerca da existência do vírus. Já repararam que já se fez duas investigações na China para se saber a origem do vírus, e o governo chinês nunca cedeu, disponibilizando dados concretos sobre a existência do dito cujo.

    E a China sempre manipulou o mundo com o número de casos, noticias.

    E porque? Porque tanto a china como os EUA, como as farmacêuticas, bem como a OMS estavam e estão metidos uns com os outros…. O Plano deles não era para ser descoberto, mas o que está a ser descoberto.

  8. Sardinha Enlatada says:

    E disto que o povo gosta. Quanto mais confusao melhor para eles.

    • Memória says:

      Muita da confusão poderia ser deslaçada em tribunais.

      Eu não tenho a menor esperança que os culpados sejam devidamente apontados e castigados, mas a questão e os argumentos para um Segundo Tribunal de Nuremberg continuam a ser apresentados.
      Nesta página https://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2022/01/22/genocide.aspx é também apresentado um vídeo do Dr. Reiner Fuellmich que anunciou que “… os dados que agora têm em sua posse são “suficientes para desmantelar toda a indústria de vacinas …”.

      Nesta pánina está também um vídeo sobre os lotes responsáveis por uma percentagem enorme de efeitos colaterais graves, assunto de que já falei anteriormente.

  9. AP says:

    Lembrem-se: a política é uma lacaia ao serviço da alta finança. A sua arte é a tal de saber como ir arrancando as penas aos gansos (tansos) mas sem os fazer grasnar muito.

  10. Swappie Guy says:

    Só vim aqui dizer que levei a dose de reforço na quinta-feira e ainda estou vivo (conforme tinha combinado com um sujeito noutro artigo).
    Como dose de reforço levei moderna (a primeira foi janssen), estou sem sintomas, tudo tranquilo.

    Agora o que ainda não vi melhorar foi o 5G e o WiFi, isso é o que mais me chateia e vou ter de processar os gajos da internet que garantiam que era isso o que acontecia!! Quero uma indemnização já!!

    • donodacarne says:

      Só vim aqui dizer que nunca levei nenhuma dose da vacina , e ainda estou vivo e sem necessidade de fazer nenhum teste …o único teste que fiz foi ao meu novo router Router Fiber GateWay com WI-FI 6 que a meo me instalou sem pagar nada , maravilha , e a velocidade é maior que a do contrato , maravilha .

      • Steve Jobs says:

        Eia que fixe que a tua única preocupação é ter o router xpto da MEO, assim já podes ter acesso mais rápido à desinformação para espalhares aos teus conhecidos e, deste modo, os teus conhecidos ficam desinformados mais depressa também…TOP, melhor notícia dos últimos tempos!!

        • Donodacarne says:

          Desinformação é proibir , mandar retirar um estudo que apontava que as vacinas não são tão seguras como andam por aí os “ especialistas” a espalhar…se são assim tão seguras porque é que tiveram medo que as pessoas lessem o que lá vinha publicado ?….ainda há pouco tempo andava um conhecido médico a dizer que a vacinação impediu cerca de 200 000 novas infeções em Portugal ….perante o aumento de casos em populações altamente vacinadas devido à variante Omicron , o que dirá agora ? As figurinhas ridículas que esta gente faz ….felizmente para eles o Zé povinho não está habituado na pensar . Basta ver , por um lado dizem-te que a variante Omicron é menos perigosa , por outro lado , os mesmos acrescentam que a variante Omicron é menos perigosa devido à vacinação ….nem eles se entendem a si próprios …Gostei especialmente da cara de apavorada duma conhecida pivot de noticiários de TV da S** Quando um médico dos cuidados intensivos lhe respondeu que no Hospital onde ele trabalha , a grande maioria dos internados em cuidados intensivos são vacinados com a terceira dose …mas ele nem precisava dizer nada , basta olhar para a idade da maioria dos falecidos …….

          • Swappie Guy says:

            E os efeitos do COVID a longo prazo? Desses efeitos tu já sabes quais são ou tens assim tanta certeza que não há efeitos? porque é que só para ti só as vacinas é que têm efeitos a longo prazo? E as pessoas que não morreram com COVID mas ficaram com sequelas para a vida toda que poderiam ter-se safado com a vacina e assim evitar que ficassem com deficiências? Tu ias gostar de ficar deficiente com o COVID só porque não quiseste tomar uma simples vacina?

            As vacinas diminuíram muitos dos efeitos do vírus, mas na tua ideia é o zé povoinho que não sabe pensar por ele…está certo.

          • Machado says:

            Talvez a maior parte dos internados tenha a terceira dose porque os grupos de risco estão praticamente todos vacinados com a terceira dose. Convem e verificar que ao contrario do passado nem os hospitais tem filas de ambulancias a porta nem morrem centenas de pessoas por dia. Logo a conclusão é que apesar de não fazer milagres a vacinação realmente funciona….

      • Donodacarne says:

        Para terminar: a vacinação realmente não funciona…isso é bem evidente , ou então não haveria tantos infetados…mas como a variante é mais benigna apesar de mais infecciosa há menos internados. Acho que até uma criança percebe isto

        • Swappie Guy says:

          Para terminar a rir em grande, temos aqui um expert!

        • Swappie Guy says:

          “Vá, diz lá na tua ideia como é que vamos desaparecer com o vírus ou diminuir os seus efeitos?”

          “até chegar alguém que pega num artigo, faz a experiência e vê que afinal as evidências do artigo eram falsas.”

          “Se fosses inteligente verias com actualmente com muitos mais casos morre muito menos gente.”

          “Talvez a maior parte dos internados tenha a terceira dose porque os grupos de risco estão praticamente todos vacinados com a terceira dose. Convem e verificar que ao contrario do passado nem os hospitais tem filas de ambulancias a porta nem morrem centenas de pessoas por dia. Logo a conclusão é que apesar de não fazer milagres a vacinação realmente funciona….”

          Epá, foste mesmo comido de cebolada, por isso é que te vais embora

        • LR says:

          “a vacinação realmente não funciona…isso é bem evidente , ou então não haveria tantos infetados”. Ok, com esta pérola de conhecimento e informação, acabas por mostrar o quão grande é o teu conhecimento cientifico. Bravo!!! O Nóbel para este rapaz, merece-o!!!

  11. sempre na boa onda says:

    Teria usado antes a palavra suficiente….

    exemplo:

    COVID-19: Isolamento de 7 dias será suficiente para não infetar outros?

    Ou

    COVID-19: bastará 7 dias de isolamento para não infetar outros ?

    🙂 😉

    SAUDINHA !!

  12. Faísca says:

    Forma governamental de ir aumentando a imunidade de grupo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.