Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Governo encerra todas as escolas a partir de segunda-feira

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Leuname says:

    Ora bem, vamos lá pensar um bocadinho, encerramento de discotecas e espaços similares, muito bem! Encerramento de escolas, muito bem! limitação do espaço de restaurantes, já não tão bem (deveria ser fechado por completo)! Mas, limite de pessoas nos centros comerciais??? Não é pelo número de pessoas, ao mesmo tempo, que as coisas não acontecem…. Basta um lojista/funcionario, ou até um simples cliente, ter algo para ser um risco para todos os outros, não é por virem aos pares, ou um de cada vez! Quem se vai responsabilizar se alguem ficar infectado? Claro que estamos a falar de dinheiro, muito dinheiro, mas também estamos a falar de saúde pública!

    • Woot! says:

      Exagero gigantesco dos media e governo a embarcar na fantasia criando medo na população.

      • Leuname says:

        Sim até concordo, mas visto o que tem acontecido em outros países acho que se devia prevenir… Até porque, eu sou “novo” e nao é que tenha muita preocupação com isso, mas tenho sim com os que estão à minha volta, pais, avós, crianças etc….

        • Woot! says:

          Eu também sou novo e não faço parte do grupo de risco mas não compreendo a histeria. Anualmente morrem 700000 pessoas com influenza (gripe normal) não acredito que que o covid-19 chegue sequer perto destes números e está-se a gerar a locura em tudo quanto é sitio. Ninguém fecha escolas na altura das gripes nem ng cancela voos na altura das gripes. Continuam pessoas a morrer todos os anos de gripe. O ano passado em Portugal morreram mais de 2000 porque não fecharam as escolas?

          Ou eu estou a ser demasiado optimista ou há algo que todo os governos sabem que nos estão a esconder porque com os números divulgados não vejo qualquer razão para toda esta locura.

          • Leuname says:

            Claro, a gripe “normal” matou muito mais. E há outras doenças que matam muito mais. Penso que o único Problema que se torna sério é o facto de isto “crescer” demasiado rapido em tão pouco tempo, e o facto da contaminação ser extremamente fácil. Além de que nao é uma “gripe” mas sim uma “pneumonia” o que torna isto pior.

          • LFC says:

            Quem morre de gripe comum é por outras complicações de saúde ou por descuico.
            Neste caso não há cura…
            Até haver cura é perigoso.
            Sem contar que se a China não tivesse descridibilizado(assim como muitos agora ainda o fazem) e ocultado esta doença quando apareceu, não estariamos como estamos agora.

          • Hugo says:

            Não é assim tão difícil compreender que o corona tem uma taxa de mortalidade (nos grupos de risco) muito superior à gripe normal. Para além disso propaga-se muito mais facilmente.

          • ToFerreira says:

            Não compreendes porque preferiste a ignorância desinformada e ainda por cima verborreica em vez de pesquisares um bocadinho.
            Primeiro, tens de ver a diferença entre mortalidade e letalidade. Estás a comparar a mortalidade de um doença ao longo de um ano inteiro com outra com umas semanas, mas mais relevante que isso neste momento é a letalidade, sendo que o covid-19 tem uma letalidade 4 vezes superior à gripe. Além disso, é muito mais contagioso. O que é que isto significa? Que se não fossem tomadas estas medidas drásticas, íamos ter em breve tantos infectados como pela gripe, com a diferença de termos 4 vezes mais mortos. Outro problema, tão ou mais grave, é que as pessoas ficam infectadas rapidamente e em grande numero, pelo que os recursos de saúde existentes não vão chegar para todos os que necessitarem no momento e vai ter de se escolher entre alguns para salvar e outros para deixar entregues à sorte, é o que acontece em Itália.

    • eu says:

      O limite nos centros comerciais é para os jovens que não têm escola não terem tanta facilidade de ir pro shopping

  2. nelson mota says:

    felizmente o bom censo prevaleceu , e fechou se as escolas para , evitar um filme de ficcão cientifica , acho que 2 feira é o dia ideal para se fechar as escolas , muito bem , as pessoas devem de ter medo do corona virus e evitar aquelas cenas da pampelinas em que as pessoas se atiram para o touro a espera de sairem , disparadas no ar , o medo é o unico instinto que nos evita de nos nos maguarmos a seria

  3. Rui says:

    Noto uma despreocupação irresponsável por parte dos jovens, só porque não são um grupo de risco!!!!

    Relembro só alguns números que deveriam preocupar:
    – A taxa de mortalidade pode ser de 1, 2, 3 ou 4% do COVID-19, mas o grupo de pessoas idosas (mais de 60 anos, os nossos pais/avós, a taxa de mortalidade é de pelo menos 15%);

    – Convém olhar para a Itália. Podemos ter a melhor saúde do mundo, mas a virulência e contágio é tão grande, que se nada for feito e toda a gente adoecer, muita gente vai morrer sem sequer ser tratada!!!!!

    – Não sei se têem noção, mas pelo menos 10% dos doentes COVID-19, precisam de ventilação e Portugal tem no máximo 600 máquinas que também são necessários para outros doentes!!!!!!

    – Relembrar ainda que assim que a capacidade de resposta do SNS for ultrapassada, as mortes vão subir a pique, não só porque os profissionais de saúde também vão adoecer, mas porque também não é possível tratar tanta gente ao mesmo tempo. Por esse motivo a taxa de mortalidade em Itália já vai nos 8% e continua a subir!!!!

    Esta doença é nova, não sabemos as mazelas que deixa a quem sobrevive, por exemplo os pulmões, sistema imunitário, entre outros.

    Agora vamos a números….. 3 ou 4% de mortalidade, estamos a falar de 400 000 mortos em Portugal!!!!!!!
    Se chegarmos ao pé de Itália, o número passa para pelo menos 800 000 mortos!!!! Se acham isto normal……. não fazem ideia do que dizem. E já nem falo num patamar de Portugal, que tem uma taxa de idosos muito grande, com taxa de mortalidade altíssima e não vamos ter capacidade de os ajudar!!!!!!

    Já agora como bitola, morrem por ano em Portugal cerca de 100 a 110 000 pessoas. Se acham que 400 000 ou mesmo 800 000 mortos é normal……..

    Por fim deixo a bomba atómica aos jovens: Podem ser o grupo etário que menos vai sofrer com esta virose, mas não tenho dúvidas que as consequências económicas que vão ser colossais e quem é que vai sofrer com o aumento brutal do desemprego? A pois é………

    Cabecinha e protejam-se e tenham ao menos respeito pelos outros!!!!
    Irem à praia com esta crise, ou fazerem festas alusivas ao COVID-19

    • Woot! says:

      Não podes aferir a taxa de mortalidade tão cedo e penso que não o vais conseguir fazer até ao fim da pandemia, tanto que se reparares as taxas de mortalidade são completamente diferentes por país.

      Eu sou uma das pessoas que não entende a histeria porque não tinha esses dados de ventiladores e etc que deste agora. De qualquer forma acho que estão a empolar o problema.

      • eu says:

        É um vírus novo, e não se sabe se não poderá mutar para ficar ainda mais perigoso, por isso deve ser combatido a todo custo, pelo menos até haver vacinas e tratamentos adequados à nova doença

        • Ivan says:

          De relembrar que uma mutação apenas altera para novos contagiados e não para todos os que já estão, se toda a gente cumprir com a quarentena e realizar todos os cuidados básicos higiénicos já é o suficiente para travar de alguma forma o contágio

    • ze says:

      A questão é, querem proteger as pessoas, mas o virus já tem 3 mutações, no ano que vem poderá ter muitas mais e muitas novas que não vão ser combatidas com a vacina que poderá ser lançada entretanto.
      Vamos fechar tudo todos os anos durante os meses de inverno?

      Maioria das empresas Portuguesas não sobrevive 1 mês paradas.
      Como se vão alimentar as pessoas e onde vão viver quando perderem os empregos e não tiverem dinheiro para pagar prestação ao banco?

      Devemos assumir o que é, uma pandemia, e deixar a natureza seguir o seu ciclo natural, tratanto e cuidado das pessoas com assistência médica na medida do possível mas não prejudicando quem cá fica que esses é que ficam sempre pior do que quem morre.

      As pandemias são ao natural e ciclico, já se sabia que ia acontecer, só temos de deixar acontecer.

      • Rui says:

        Eu não sei se deu conta de que se o SNS deixar de poder dar resposta, muita mais gente vai morrer, tal e qual como está a acontecer em Itália em que a doença está descontrola, porque os médicos também adoecem, assim como enfermeiros e auxiliares.

        E não sei se deu conta de que os médicos que temos já têem uma idade avançada…… (porque são os jovens que emigram em busca de melhores salários). Se reparar nos hospitais, a maioria dos médicos tem 50 ou mais anos!!!! Portanto eles próprio são duplo-grupo de risco, pela idade e porque contactam com doentes infectados!!!!!!

        É que este vírus é tão rápido a espalhar-se que podemos ficar sem médicos que cuidem de nós!!!!!!

  4. Fulano says:

    Apesar de não entrar em pânico ou ligar muito ao que os media dizem, todos temos a obrigação de tomar todos os cuidados necessários para evitar contágio.
    Ainda se sabe pouco sobre a mutação desta “gripe dos morcegos” e a prevenção é a melhor arma ao nosso alcance.
    Infelizmente o (des) Governo não tem um plano e basta ver o que dizem as pessoas que têm responsabilidade. Fechar as escolas, mas só segunda feira mostra o total amadorismo desta gente. Não acredito em quarentena forçada, mas a estupidez humana é infinita…

  5. Xnelox says:

    A mim dava jeito que se fechasse as escolas na terça a partir das 10h, tenho um livro para entregar na biblioteca

  6. Alexandre says:

    Leiam isto e depois podem reflectir se é mesmo só “letra”
    https://medium.com/@tomaspueyo/coronavirus-act-today-or-people-will-die-f4d3d9cd99ca

    Alguns highlights:
    “Put in another way: Countries that act fast can reduce the number of deaths by a factor of ten. And that’s just counting the fatality rate. Acting fast also drastically reduces the cases, making this even more of a no-brainer.”

    “This is what you can conclude:
    Excluding these, countries that are prepared will see a fatality rate of ~0.5% (South Korea) to 0.9% (rest of China).
    Countries that are overwhelmed will have a fatality rate between ~3%-5%”

  7. jaugusto says:

    Finalmente vou ter descanso!!
    Cafés até ás 6 da manhã a fazer barulho, proibir voos a partir da meia-noite mas cafés á porta de casa a fazer basqueiro a noite toda isso já pode, foi preciso vir um virus!! Aleluia!!

  8. Carla says:

    As escolas estarão encerradas até 13.Abril.

  9. Hortêncio Felismino Teribalde Terceiro says:

    Aparentemente, os supermercados vão reduzir os seus horários “por causa do Covid”… tem tudo a ver! Interromper serviços básicos e os estudos dos jovens, é uma pérola.

    Se as pessoas tiverem que apanhar apanham, existem N modos de contrair qualquer doença contagiosa. O mais provável é apanharem do pai, da mãe ou do irmão. A maioria destas medidas não fazem qualquer sentido no mundo real, como é óbvio as pessoas não se podem enclausurar num bunker à prova de germes e viver dentro de uma redoma de vidro. Alterar os hábitos de formas extremas e até aquém do senso comum não o vai impedir. Só gera mais figuras tristes.

    A única coisa que podem fazer são as precauções básicas dentro do bom senso que qualquer pessoa informada já faz no seu dia-a-dia toda a sua vida, sem precisar de haver nenhuma epidemia específica para isso (se alguém não sabe do que estou a falar neste parágrafo, sugiro que vá à escola… quando reabrir! Tudo o que é necessário é ensinado nos primeiros anos do secundário).

    Toda esta ESTUPIDEZ e HISTERIA são apenas mais uma consequência de se fazer parte de uma espécie cujos 95% têm um quociente de inteligência de dois dígitos… os meios de (des)informação nacionais não ajudam; como se sabe, nunca têm nada que falar de relevo, e quando apanham uma coisa destas despejam de dia e de noite – boa parte da histeria e falta de senso vêm dos nossos magníficos canais de TV. Aliás, por vezes pergunto-me se os governos dos países industrializados não deveriam proibir a televisão.

    Cuspo de bem alto… o resto são audiências, ratings e o nível cultural deste Zé Povinho.

    @jaugusto: bem haja, li o seu comentário mesmo antes de submeter o meu; tem razão, há males que vêm para bem. :)))

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.