Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Empresa portuguesa recebe certificação para equipamento de esterilização

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Pedro Silva says:

    A histeria é total. E o Pplware faz o seu papel. Vá lá, apaguem isto.

    • Vítor M. says:

      Naaa está muito bem, o que dizes é exemplo notório neste panorama:

      COVID-19: A SITUAÇÃO DO PAÍS É GRAVE E COMPLEXA

      A 4 de novembro Portugal poderá ter 444 doentes em Cuidados Intensivos. Declarações da Ministra da Saúde, Marta Temido.

      Prevê-se um aumento dos internamentos e óbitos nas próximas semanas. Estima-se que na quarta-feira seja ultrapassado n​​​úmero de internados em UCI registado na primeira vaga (271).

      A 4 de novembro estimam-se que estejam internados em enfermaria 2634 doentes por COVID-19 / 444 nos cuidados intensivos. O SNS está preparado para transferir doentes para o privado.

      Número de camas para doentes COVID-19 pode atingir as 18 077.

      Marta Temido admitiu aplicar medidas “mais restritivas” “Não há tempo a perder e é necessário que cada um faça o necessário” para travar a propagação.

    • AD9 says:

      Eu gosto bastante quanto os utilizadores falam em histeria. Isto num fim de semana em que tivemos a fórmula 1 e manisfestações sem máscara e tudo uns em cima dos outros. Quanto muito não há histeria suficiente. Eu já disse isto varias vezes eu saio e fico parvo com o que vejo. Cafés cheios como sempre estiveram e a servir álcool até á hora de fecho (hmm não havia uma qq lei para isto?), Os mais velhos no parque a jogar a sua cartada com a máscara se calhar mais rápido tapar o material do que a boca ou em amena cavaqueira em grupos (e raramente são só de 5), confeitarias com as mesmas reunioes sociais de sempre.
      Histeria, cumprir regras, estado autoritário? Digam me aonde é que moram que é para eu para ir para me sentir mais seguro pw esse não é de todo a imagem que eu tenho mas como a máscara faz comichão no nariz a muita gente vamos ouvir muitas vezes injustificadamente essa palavra cheira me…

      • Cristiano says:

        Sabes que uma ronda de COVID em Portugal matou UM TERÇO da influenza normal? Pois.

        • AD9 says:

          E? Só para começar isso não é verdade pq a gripe não mata 6 mil pessoas por ano (felizmente). E nesta altura eu já dei a vacina para a influenza aos meus familiares, andas a vender alguma para o covid que arranjes ao pessoal?

    • AD9 says:

      E já agora a página é pública e gratuita, não querem não consumam. Se formos pelo que o pessoal quer os jornais desportivos tinham fazer 3 edições diferentes para os 3 estarolas e a televisão tinha de jogar á roleta para ver de qual deles falava nesse dia

  2. joão silva says:

    Para que fique claro, porque parece que não falo português (se bem que a língua mais falada neste site seja o milleniês, que para quem não sabe é aquela que é falada pela geração millennial (ou y, que supostamente deve ser o único cromossoma que possuem) que vive na núvem e que sabe de tudo e de todos porque tem internet-, eu por mim chamo geração Cavaco Silva, que nunca tem dúvidas e raramente se engana), e portanto friso que a histeria de que falo tem a ver apenas com a cabine de desinfeção que vem provavelmente substituir os provedores de roupa que não posso utilizar.
    Nada tenho contra o uso da máscara por respeito ao meu semelhante e sou totalmente contra as festas do avante ou touradas ou corridas de fórmula 1 que a DGS tanto gosta. É a prova, se ainda dúvidas restassem, que existem cidadãos de segunda e cidadãos de primeira, ou melhor, há os infecciosos e os imúnes.

  3. Maria says:

    A ozonização é um processo que tudo mata ou desactiva. Já se utiliza amiúde para desinfeções e não precisa de certificação nenhuma, é u.m processo antigo e comprovado.
    É um processo perigoso, é venenoso. Já que como tudo mata… Precisa mesmo de procedimentos de segurança devidamente percebidos pelas pessoas.

  4. luis says:

    ninguem nem nada consegue ainda desinfetar uma pessoa infetada

    contagio pelo toque é residual

    o problema sao os aerossois em espaços fechados mal ventilados quando la estao pessoas

    • Rafael says:

      O virus pode muito bem estar numa peça que leve ao provador. Numa gola, por exemplo.
      A peça pode ter saliva… gotículas ou mesmo aerossois impregnados na malha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.