Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Variante Lambda já foi detetada em Portugal

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Helder Gomes says:

    ahahahah vao percorrer o alfabeto todo para meter medo às pessoas.

    • nuno a says:

      Os governos continuam a pressionar ate nos vencerem pelo cansaço ou pela pobreza que nao para de aumentar com tantos fechos e falências muitos não vão passar deste verão.
      O corona veio para ficar e estas mutações so vão terminar ao chegar a variante ‘new world order’’.

    • Paulo Jaime Ferreira de Matos Silva says:

      Não tenha medo. Um tubinho nas goelas, de rabinho alçado e umas sequelazinhas respiratórias, cardíacas ou outras não impressionam ninguém. Morrer também já vi que não tem medo. E mais, isso só acontece aos outros. É de pessoas assim que o país precisa !!!!!

  2. Santiago says:

    “De acordo com as informações, a variante Lambda já foi detetada em Portugal e já há casos em Portugal.”

    Serio… como seria possível ter sido detetada em Portugal se não houvessem casos??? 🙂

  3. OdeioBichasModernas says:

    É o que dá, entra tudo, nem pedem certificados nem nada.
    No outro dia estava um tipo no aeroporto de Lisboa aos gritos porque no país de onde veio fez o teste que lhe custou 300 euros e chegando a Portugal ninguém lhe pediu teste nenhum.
    Ou seja, o pobre estava indignado porque foi enganado em 300 paus.
    Este sítio é uma bandalheira.
    Não há condições, pior que isto na Europa não há.
    Isto só com uns 30 ou 40 homens providenciais, daqueles em que surge 1 a cada 100 anos, é que ia ao lugar.
    Assim, é sempre a descer… Juntos com a Albânia, em frente, cantando pelos amanhãs que virão, sorridentes.

  4. C.S. says:

    Inventaram uma vacina para o covid, mas agora para as variantes pode não ser tao eficaz.
    É curioso, os testes também foram feitos para o covid mas detectam as variantes todas.
    Será que foi um grego que inventou os testes?

  5. MACnista says:

    Opá mas estão a brincar aos vírus ou quê? estamos fo…..s!!!

  6. Android.6.0 says:

    eu gostei do nome desta LAMBADA

  7. zakarias says:

    Virus, apareceu naturalmente na natureza e não foi concebido em nenhum laboratório, com esta capacidade de mutação … claro que sim

    • David Guerreiro says:

      Todos os vírus sofrem mutações, faz parte do seu funcionamento natural. Essas mutações surgem por adaptação aos hospedeiros, neste caso, humanos. Daí que as variantes sejam provenientes de zonas diferentes do globo, pois o vírus muta face ao ADN dos hospedeiros.

    • DataSmurf says:

      Alguns especialistas avisaram que isto iria acontecer, avisaram que não se vacina uma população inteira com a pandemia a decorrer. Estas variantes mais perigosas estão a surgir de pessoas vacinadas que se infetam ou já estavam infetadas quando foram vacinadas, e que depois transmitem o vírus. O vírus tenta contornar as proteções oferecidas pelas vacinas e por causa disso sofre mutações mais perigosas. Um especialista avisou que se continuarmos por este caminho, é a própria humanidade que estará em risco. Sem vacinação o vírus iria sofrer mutações mais benignas para se adaptar ao hospedeiro. O especialista que falou da humanidade estar em risco, avisou duma onda massiva no Verão, por causa da vacinação. Ele deu o aviso em Março deste ano.

      • Luis Rosalino says:

        Ok entao agr em 2021 ficamos a saber que um ser não vivo (vírus) é inteligente, esta certo.

        • DataSmurf says:

          Queres um exemplo de um ser não vivo? Uma pedra. E se levasses com uma podia ser que que ficasses curado. Um vírus é um organismo vivo, se não o fosse, como é que te infetava?

          • GajoComAquartaClasse says:

            Não, os vírus não são cientificamente classificados como organismos vivos. E sim infecta e sofre mutações.

          • DataSmurf says:

            Essa matéria não é consensual entre a comunidade científica, uns advogam de que se trata de microrganismos vivos, outros que não. Mas visto que tu um GajoComAquartaClasse diz que não, então é porque é não mesmo…
            Um calhau não necessita de um hospedeiro para se manter VIVO e se reproduzir, replicar para continuar VIVO. Um vírus sim precisa. Logo há uma diferença entre um calhau e um vírus.
            Pouco me importa que os vírus não tenham células, e sejam compostos por DNA ou RNA ,cobertos por uma camada de proteína.

      • PTO says:

        Não é assim nem por essa razão que um vírus sofre mutações, santa ignorância.

        Esse “especialista” só deve ser especialista em motores de aviões porque de vírus percebe muito pouco, para não dizer que percebe zero.

      • DataSmurf says:

        É mais especialista do que vocês dois juntos, isso é garantido! lol
        Há por aqui cada comentário que até assusta. Se ignorância pagasse imposto vocês os dois estariam desgraçados.

        Dr. Geert Vanden Bossche

        – Head of Biophysical Vaccine Characterization, Adjuvant
        Technologies and Alternative Deliveries, R&D New Technologies at GSK BIOLOGICALS

        – Global Project Director Influenza Vaccines at SOLVAY BIOLOGICALS

        – Senior Program Officer, Global Health, Vaccine Discovery at BILL & MELINDA GATES FOUNDATION

        – Research Fellow, Department of Microbiology & Immunology at REGA INSTITUTE, KUL, Belgium

        – Ebola Vaccine Program Manager at GLOBAL ALLIANCE FOR VACCINES AND IMMUNIZATION (GAVI)

        – Managing Director at VaReCo (Vaccine Research and Collaborations)

        – Head of the Vaccine Development Office at German Center for Infection Research (DZIF) at the University Hospital of Cologne

        Está aqui a carta que ele enviou à Organização Mundial de Saúde:

        https://37b32f5a-6ed9-4d6d-b3e1-5ec648ad9ed9.filesusr.com/ugd/28d8fe_266039aeb27a4465988c37adec9cd1dc.pdf

        E qual é o vosso currículo, qual é, para falar dum assunto que claramente não dominam?

        • PTO says:

          As mutações dos vírus são completamente aleatórias e acontecem quando ele se replica milhões de vezes dentro das células dos seus hospedeiros.

          Essa replicação acontece nas pessoas não vacinadas uma vez que a vacina impede precisamente que o vírus entre nas células do hospedeiro e se comece a replicar.

          Ou seja e concluindo:

          – NÃO É VERDADE que a vacinação aumente as mutações ou as torne mais perigosas, é exatamente o oposto que acontece, ou seja, quanto mais pessoas vacinadas, menos são as replicações e menos mutações irão ocorrer;

          – NÃO É VERDADE que o vírus se adapte à vacina. Isso implicaria uma capacidade de reconhecimento, análise e de decisão que os vírus não possuem;

          – Não é preciso ser-se médico para se saber isto, que é basicamente Biologia para Dummies;

          Quanto a esse doutor belga (que aliás é médico veterinário) é sobejamente conhecido por ser um negacionista da pandemia e as suas teorias absurdas, da qual esta teoria das mutações por causa das vacinas faz parte, já foram desmentidas e completamente desmontadas por todos os virologistas e infecciologistas de topo mundiais.

          Por isso, escolheste acreditar na banha da cobra, o que faz de ti muito mais ignorante que nós todos juntos.

          Every minute a sucker is born on the planet.

          • C.S. says:

            Mais um especialista.
            As variantes aparecem depois das vacinas, mas não tem nada a ver com vacinas, não, elas combinaram e vieram todas este ano fazer uma visita ao pessoal.
            E todas ao mesmo tempo, e esta hein?

          • PTO says:

            Deves ser de compreensão lenta mas eu vou escrever devagarinho para ver se desta vez percebes:

            As… variantes… são… criadas… em… pessoas… não… vacinada!

            Percebeste agora?

            Além disso as variantes não apareceram todas este ano nem apareceram todas ao mesmo tempo, aliás houve dezenas de variantes que apareceram antes de existirem sequer vacinas disponíveis.

            Estás muito mal informado, mas isso já é o habitual em ti, basta ver tudo o que por aqui escreves, a tua ignorância é enorme no que diz respeito a este assunto.

          • C.S. says:

            Não sei porque é que não te convidam para ir à televisão explicar como aparecem as mutações, já que sabes tanto.
            É uma pena não partilhares essa inteligência com os média, sempre era mais um programa humorístico.

      • Tadeu says:

        meu deus, santa ignorância!
        O trágico é que todas as novas variantes que se fala originaram em países em que a taxa de vacinação é baixa, e aparecem estes ignorantes a dizer que a culpa é da vacina!

        • C.S. says:

          Tadeu, não digas asneiras.

          • Tadeu says:

            enfim… India, Nepal, Peru, todos países em que a taxa de vacinação era baixa quando a variante apareceu, e que por sinal continuam com baixas taxas!

          • C.S. says:

            E as variantes apareceram todas este ano, só para chatear.
            Éh pá, por favor…

          • Tadeu says:

            C.S., as variantes vão aparecendo ao longo do tempo. Há sempre novas mutações a aparecer, até em Portugal surgiram novas mutações antes de qualquer vacina. A variante Indiana foi identificada pela primeira vez no ano passado, por exemplo.

      • Chalupa pela verdade says:

        Principais variantes vem de países com % de população vacinada extremamente reduzida, conclusão lógica: culpa da vacinação <3 como não adorar estas teorias do Alienexpress

        • C.S. says:

          Sabes lá tu o que estás a falar.

          • Chalupa pela verdade says:

            Vi no youtube logo tem que ser verdade

          • DataSmurf says:

            Não ligues pois o mais certo é tratar-se da mesma pessoa. Deve ser o gajo que usa a foto dum koala, um tal de rui. Sonha com o youtube. O tipo é literalmente doido!

          • Chalupa pela verdade says:

            Porque é que tu ligaste então?

            Se for na Darkweb já conta?

          • rui says:

            Hello DataSmurf

            Achas que sou doido? Que fixe, tenho um fã!
            Espero sinceramente que apanhes e venhas ter comigo para eu te colocar um tubo pela boca abaixo (apesar de achar que queres noutro lado)
            Como diziam : És mais burro que uma bota da tropa…

            Inventam e acham que têm razão .
            Fantastico

          • DataSmurf says:

            Chalupa pela verdade, por acaso viste-me referênciar algum vídeo do youtube?
            Viste-me falar de um virologia real, que enviou uma carta, real, à Organização Mundial de Saúde e ao resto da comunidade científica. Onde é que isso se enquadra com um vídeo do youtube, ou com outra palermice qualquer?

          • Chalupa pela verdade says:

            TU é que vieste responder-me do nada, logo aonde é que eu disse que tu em específico ias ver vídeos no youtube?

            Então se tivermos 90 % dos virologistas a dizer que as vacinas são boas e 10 % a dizer que são más, tu vais pegar no que te interessa certo? Que são os 10 % neste caso? É que geralmente eu prefiro seguir o que a maior parte das pessoas acham (quando formadas no assunto e não teclistas do facebook para não virem com respostas da treta).

      • DataSmurf says:

        Quando não se tem argumentos parte-se logo para o insulto, muito típico de gente acéfala.
        Informa-te melhor, lê o que esta gente anda a escrever, muitos deles estão a ser censurados depois de abrirem a boca. Não ganham nada em se exporem para dizer o que a ciência os ensinou, bem pelo contrário, sofrem represálias, são ridicularizados e censurados.
        Ao menos lê a carta que ele escreveu, com um currículo como o dele, o homem não é contra as vacinas, bem pelo contrário. Lê e vais perceber melhor o que ele tem para dizer, e não deixa de ser irónico ele defender o uso de vacinas para precisamente acabar com esta pandemia, mas eu não vou revelar mais, deixa de ser preguiçoso e vai ler.

        “Paradoxically, the only intervention that could offer a perspective to end this pandemic (other than to let it run its disastrous course) is …VACCINATION.”
        excerto de: Geert Vanden Bossche, DMV, PhD, independent virologist and vaccine expert, formerly employed at GAVI and The Bill & Melinda Gates Foundation.
        To all authorities, scientists and experts around the world, to whom this concerns: the entre world population.

        Quanto à tua afirmação, é no mínimo curioso que as primeiras estirpes com mutações mais perigosas surgiram no Reino Unido, no Brasil e na África do Sul, países onde decorreram ensaios clínicos para a covid-19, mas devem ser 3 grandes coincidências.
        A Índia já tinha uma taxa de vacinação alta quando surgiu a variante Delta, e o que fizeram depois, aceleraram o processo de vacinação, e apareceu a variante Delta+. Sendo o segundo País mais populoso do mundo, aquilo é um enorme laboratório para o vírus.
        O pior cego é aquele que não quer ver.

        • Tadeu says:

          O insulto parte por seres ignorante!
          Mutações não são criadas por existir vacina, mutações são aleatórias. E por serem aleatórias podem ocorrer em qualquer lado, e até ocorreram em Portugal muito antes da vacina. A variante no Brasil ocorreu num estado que não teve qualquer ligação aos testes; e não consegues estabelecer qualquer ligação entre vacina e o aparecimento na Inglaterra ou África do Sul. Para além de que se bastavam 80 mil vacinas para criar 3 variantes, então deveriam aparecer milhares de variantes com os milhões de pessoas que foram vacinados na Europa, Estados Unidos, China, etc, coisa que não se vê/viu.

          O paralelismo feito com a resistência a antibióticos (que não é uma vacina) em bactérias (que não são virus) é duplamente ignorante, primeiro porque é o tipo de argumento que inviabilizaria o uso de qualquer tipo de tratamento, já que qualquer tratamento, ou até o nosso sistema imunitário, têm efeito na seleção natural de variantes que é o único ponto comum com a questão da resistência a antibióticos. Basicamente é o argumento que defende não fazer nada, nem mesmo respirar, só com medo de mudar o virus.
          E segundo, a acção de antibióticos é diferente da acção duma vacina. Os antibióticos afectam mecanismos bioquímicos num ser vivo, duma forma que varia com concentração do antibiótico, e que pode ser contrariada de diversas formas. Há uma multitude de condições/concentrações que podem ser criadas quando se administra um antibiótico, muitas vezes não se dando a concentração correcta para combater a bactéria e eliminar completamente. É isto, mais o uso disseminado e errado em demasiados situações que nada beneficiam a saúde, que cria as condições para haver uma seleção de estirpes ao longo de gerações que podem desenvolver resistência.
          Já uma vacina não actua num processo bioquímico, nem um virus é um ser vivo com capacidade de modular condições, nem estamos a seres negligentes no seu uso. Uma vacina cria anticorpos e os anticorpos são mais eficazes na eliminação do que um antibiótico. Ou seja o efeito de pressão evolutiva é muito menor, até porque só “mutações” viáveis da proteína reconhecida pelo anticorpo é que podem evitar o reconhecimento pelo anticorpo e a eliminação do virus, enquanto para um antibiótico há várias Vias possíveis que permitem inviabilizar a acção do antibiótico.

          • C.S. says:

            Não tem nada a ver com vacinas. As variações combinaram todas este ano aparecer ao mesmo tempo só mesmo para chatear.

          • Chalupa pela verdade says:

            Realmente o facto de começar a contaminar mais pessoas, ficar disseminado pelo mundo todo e ter havido várias vezes o levantar de restrições não conta para nada <3 para a diminuição de mortos e de internados mesmo com subida de infeções não foi a vacina, já para a criação de novas estirpes foi a vacina <3

            sheeps a serem sheepados

          • Tadeu says:

            C.S., o que dizes é falso, basta olhar para a cronologia para ver que as variantes vão originando ao longo do tempo, não surgiram todas ao mesmo tempo, nem todas este ano!
            Segundo ponto, variantes surgem por mutações aleatórias no material genético do virus, e quantas mais pessoas forem infectadas maior a probabilidade de aparecerem novas mutações!!!!!!! Vacinação em larga escala duma população reduz a taxa de contágio, logo reduz a probabilidade de aparecimento de novas mutações, e por consequência reduz a probabilidade de criação de novas variantes nessa população.

          • PTO says:

            Muito bem respondido Tadeu!
            Não teria dito melhor!

        • Tadeu says:

          e já agora, para completar, a variante da África do Sul surgiu pela primeira vez antes de haver ensaios clínicos de vacinas!

          • C.S. says:

            Não terá sido antes de aparecer a covid? Vê lá se calhar aquilo que tu chamas variante era uma gripe.

          • J says:

            Mais vale esquecer, há terraplanistas como este com quem nunca conseguirás ter uma conversa baseada em factos… Mais te vale dizer que efectivamente a vacina vai fazer nascer asas de morcego e que serás um excelente hotspot de 5G, só aí conseguirás comunicar com malta anti-vax em que tudo é conspiração…

          • C.S. says:

            Ó tadeu continuas burro. As mutações são por causa das vacinas, e muito poucas são as mudanças naturais dos vírus.

          • Tadeu says:

            C.S., bem… cada vez mais mostras a tua ignorância. As vacinas não têm como causar mutações no material genético do virus, nem sequer é esse o argumento dos cientistas com receio das vacinas.
            “muito poucas são as mudanças naturais dos vírus.” Magnânima ignorância, sem qualquer fundamento científico e completamente desligada do que se vê em virus.

          • C.S. says:

            Dizes tu não é sr doutor.

          • Tadeu says:

            diz o mais básico da ciência que se conhece há décadas.

        • Chalupa pela verdade says:

          Como matar uma composição da treta realizada no mundo fantasioso dos chalupas:

          “A Índia já tinha uma taxa de vacinação alta” -> taxa de vacinação esta semana: 4,5 %!

          Como não adorar estes dados <3

          • Chalupa pela verdade says:

            Realmente e parafraseando o caro “DataSmurf” O pior cego é aquele que não quer ver, mas ainda pior cego é aquele que nem dados corretos consegue colocar no seu texto <3

          • Tadeu says:

            É tanta a besteira que ele diz que até me esqueci dessa!

          • Chalupa pela verdade says:

            o mais fácil são apanhar dados.. como eu gostava que estes “senhores” fossem trolls mas infelizmente são mesmo pessoas que acreditam no que escrevem

          • DataSmurf says:

            Sim, e corresponde a mais de 62 milhões de imunizações, O sêxtuplo da população portuguesa vacinada e não vacinada. Num País onde mais de 70% da população vive na pobreza, sem condições de higiene.
            E é preciso ser-se muito arrogante para pensar que todos aqueles que não partilham da nossa opinião são trolls.

          • Chalupa pela verdade says:

            loooooooool sim é ser-se troll dizer que as variantes vem de países com taxa de vacinação alta, dar-se o exemplo da India e teres 4,5 % da população vacinada (possivelmente a maior parte são de classe média/ alta e não vivem no limiar da pobreza, mas aqui são só suposições).

            arrogante é dizer-se uma barbaridade, e em vez de admitir e pedir desculpas, vir com comparações descabidas para arranjar argumentos. se em Portugal já tivessem sido vacinados 450 mil pessoas e fosse criado aqui uma variante Tuga ias dizer que era da vacinação também?

        • PTO says:

          “A Índia já tinha uma taxa de vacinação alta quando surgiu a variante Delta”

          És mesmo ignorante, de um calibre gigantesco!

          Vens aqui escrever essas coisas como se soubesses do que falas e só dás tiros nos pés. Ao menos informavas-te antes para não fazeres figura de parvo.

          A variante Delta (B.1.617) foi detetada em Abril e em 27 de Maio a Índia apenas tinha 3% da população vacinada. Era o país com a mais baixa taxa de vacinação de entre os 10 países com mais casos de Covid-19.

          Dizer que “a India tinha uma taxa de vacinação alta quando surgiu a variante Delta” é de uma imbecilidade e ignorância atrozes.

          És basicamente mais um negacionista e teórico das conspirações, ou seja, alguém sem qualquer contribuição de valor para este assunto e que tem prazer em fazer parte do problema em vez de fazer parte da solução.

          Só ignorantes iguais a ti é que podem dar valor às aldrabices, mentiras e desinformação que por aqui andas propositadamente a espalhar.

          • DataSmurf says:

            “A variante Delta (B.1.617) foi detetada em Abril e em 27 de Maio a Índia apenas tinha 3% da população vacinada.”

            Segundo dados em 2020 a Índia tinha já 1 380 004 385 de habitantes, ora, se em 27 de Maio a Índia tinha 3% da sua população vacinada, isso corresponderia a mais de 41 milhões de indivíduos já vacinados!

            Dizer que a Índia, o segundo País mais populoso do mundo (o primeiro sendo a China mas que conseguiu controlar a transmissão do vírus entre a sua população e por conseguinte a sua replicação, as novas variantes não poderiam vir daqui) dizer que a Índia apenas tinha 3% da população vacinada e com isso menosprezar que isso corresponde a mais de 41 milhões de pessoas já vacinadas “é de uma imbecilidade e ignorância atrozes!!!”

            Tu decididamente pertences ao pequeno grupo de palermas que frequenta o pplware. São poucos mas fazem muito barulho. Mas não passa disso mesmo de ruído, semelhante ao zurrar de uma manada de burros.

          • Tadeu says:

            DataSmurf & PTO, a variante Delta foi identificada em análises de Outubro de 2020, muito antes da vacinação!
            Vacinas não criam mutações…

          • Chalupa pela verdade says:

            Shiuuuu Tadeu, isso só interessa dizer noutros momentos, aqui não está na cartilha das conspirações. Não recebeste o memorando que vir dizer que a variante delta já foi descoberta o ano passado só e para usar quando queremos dizer que o governo nos mente acerca de ser agora predominante em Portugal? Andas a falhar!

        • rui says:

          Partem para o insulto?
          Foi isso mesmo que fizeste, sem sequer me conhecer…
          Tu fazeres isso esta bem, os outros se te respondem na mesma moeda são idiotas ou coisa assim?

          Muito bom!

      • J says:

        É com cada “estória” que esta malta inventa… depois o mundo é plano e as vacinas têm chips 5G…… essa de o virus sofrer mutações benignas para se adaptar ao hospedeiro está lá bem no topo! Se não entendem…. pah, não opinem, leiam e informem-se!

        Com um RNA tão pouco complexo como o dos vírus e com a forma como se multiplicam, mutações é algo normalíssimo e acontece constantemente com todos os vírus. Vacinas não provocam mutações, simplesmente tornam irrelevantes as variantes para as quais imunizam e destacam as que mutaram e lhes são mais ou menos imunes. Em vez de, se exposto à variante X, ficares infectado, só serás infectado na nova variante Y para a qual a vacina não é eficaz…

        Obviamente que se não há uma imunização de uma massa populacional relevante, vai dar asneira! Porque se eu estou imune e o meu vizinho não, um virus que o infecte a ele tem possibilidade estatística de mutar para uma variante para a qual não estou imune. Se ambos estiverem, mais difícil será para o vírus de encontrar hospedeiro onde se reproduzir e, consequentemente, mutar! É extremamente simples! Não compliquem

        • C.S. says:

          Ó sr doutor realmente você percebe disto. Não sei como tem tempo para vir aqui dizer baboseiras.

          • J says:

            Baseado nos teus comentários diria que ainda tens mais tempo livre! Será por não teres tomado a vacina? Se calhar também tem como efeito secundário tornar os dias maiores…

          • C.S. says:

            Não, estou há mais de cinco horas na fila das vacinas tenho tempo. Agora tu, estou admirado, já apanhaste a vacina estás aqui a fazer o quê?

          • rui says:

            Vais te vacinar????
            Tu que não acredita no virus? Mas isso não é apenas uma gripe?
            Tens medo?

            Hummmmmm

    • PTO says:

      Quanto maior a quantidade de infetados mais mutações existem e maior a probabilidade de muitas dessas mutações serem mais perigosas.

      Considerando que já foram infetadas quase 190 milhões de pessoas, (e ainda irão ser infetadas bem mais que estas), o que está a acontecer é perfeitamente normal e expectável.

      Tão expectável como termos de vir a tomar mais um reforço da vacina antes de passar sequer 1 ano sobre a toma anterior.

  8. ervilhoid says:

    “Esta variante é mais contagiosa e, de acordo com um estudo recente, ainda em pré-publicação, a variante Delta também parece também ser mais resistente às vacinas.”

    oi?

  9. Str says:

    A variante da PQP que isto já virou negócio

  10. jorgeg says:

    Para bailar la bamba se necessita el Costa e o Marselfie!
    Mascaras, vacinas, lock down, policia estilo stasi ( braco armado do PS),… nada funciona contra o virus chines!

  11. Ricardo Santos says:

    Eu tenho uma sonda lambda no meu vw Polo.

  12. Eu sei lá says:

    “Expresso” (hoje):
    “Identificada pela primeira vez no Peru EM AGOSTO DE 2020, há uma variante que está a preocupar e a intrigar os cientistas pela natureza invulgar das suas mutações. A Lambda já foi em junho considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como “variante de interesse” e apesar de em alguns deles não ter ainda grande expressão, foi identificada em, pelo menos, 29 países. Em Portugal o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge detetou DOIS CASOS.

    Mantenham a calma (já apareceu há 1 ano) e continuem a vacinar-se.

  13. C.S. says:

    Ao menos nós apanhamos as variantes todas. Será que não há nenhum país que apanhe uma variante tuga? Sei lá podia ser a variante Pi.

    • Chalupa pela verdade says:

      Se for a variante CS é que estamos f**idos.. já vi vídeos no youtube de especialistas a dizerem que existem fortes probabilidades de ficarmos com o cérebro em papa

      • C.S. says:

        É verdade, mas só afecta as pessoas com cérebro. Tu não tens problemas.

        • Chalupa pela verdade says:

          Verdade.. já anda por aí a variante CS e já a apanhei.. realmente na semana passada ouvi uns barulhos esquisitos na minha cabeça.. às tantas só daqui a 1 ano é que se vai descobrir

          • C.S. says:

            Olha que deve ser mais que 1 ano porque a tua cabeça é um deserto.

          • DataSmurf says:

            Esses barulhos esquisitos que ouves são do único neurónio que ainda te resta a chocalhar quando abanas a cabeça. E lamento informar-te não tem cura.

          • Chalupa pela verdade says:

            CSzinho às vezes mais vale ter a cabeça um deserto do que ter a cabeça cheia de poios ambulantes..

            Dados não fidedignos, afinal tenho um neuróniozinho? que alívio, já tenho mais um que tu <3

          • DataSmurf says:

            Ouvi dizer que o Júlio de Matos tem um departamento médico dedicado para tratar quem tem barulhos esquisitos na cabeça. Se correres muito certamente ainda apanhas vaga.

          • Chalupa pela verdade says:

            Fui a toda a velocidade.. mas fui barrado na entrada pelo segurança. Fez-me uma pergunta: “já foste vacinado ou tencionas ser?” E como já fui, eles disseram que estavam a guardar vagas para quando os negacionistas caírem na real e se quiserem tratar e não me deixaram entrar…

  14. ToFerreira says:

    Os admirados todos nunca devem ter ouvido falar do virus da gripes e respetiva vacina…

  15. . says:

    Vai deixar de comer peru ? Haha!!
    Sim. Vacinar a todo o custo.
    Manter as máscaras , a higiene pessoal e o distanciamento social.
    Já me esquecia que bem podem meter as apps e o certificado no S, dado que mesmo vacinado se é infectado e se vira transmissor da doença na mesma.
    Alem disso a fábrica de dados oferecida ou vendida á revelia ou imposta que gera biliões para rechear contas nos offshores.

  16. CS says:

    Para quando está prevista a variante burrito?
    Dedicada aos portugueses que votam nestes governantes corruptos.

    • PM says:

      lol… essa apareceu em março de 2020 =)

    • DataSmurf says:

      Não me digas que também foram os portugueses que elegeram os políticos alemães, franceses e ingleses, apenas para dar 3 exemplos. O que se vê é que pouco importa a cor política, vai tudo atrás como se fossem ovelhinhas.

      • Chalupa pela verdade says:

        acho que apareceu a 25 de Abril de 1974.. o que não faria um Salazar nesta situação.. era a lei do mais forte e acabou! Qual quarenta qual vacina..

        • PTO says:

          Conhecendo a história do Salazar, o que ia acontecer era que ou aceitavas tomar a vacina a bem ou então ia mesmo à força. Ou como ultima opção tinhas sempre a hipótese de ir passar umas férias ao Tarrafal até ganhares juízo.

          Vendo bem, tens razão, o Salazar dava jeito para meter na ordem gajos como tu nesta situação de pandemia.

          • Chalupa pela verdade says:

            ahahahahah já estou a ver que ironia não te assiste..

            e ele simplesmente fecharia as fronteiras e se o pessoal morresse à fome era o que era..

    • PTO says:

      Variante burrito?

      Essa variante é a que já contaminou todos os negacionistas e teóricos da conspiração como tu.

      E não, não existe vacina eficaz que atenue ou impeça os contaminados de continuarem a fazer afirmações imbecis sobre a pandemia e a acreditar que o planeta é plano, que o Homem nunca foi à lua, que somos governados por reptilianos, (e se não for isso, pelos illuminati), e que uma nova ordem mundial está prestes a ser implementada no planeta.

      Entretanto, após análise dos profundos efeitos no discurso dos infetados causados por essa variante, a OMS mudou o seu nome de “variante burrito” para “variante Asno”, por representar melhor os seus efeitos.

      Podes sair da fila das vacinas, nada te pode curar.

  17. Sardinha Enlatada says:

    E depois ainda ha malta que vai na onda das variantes, mortos, infectados. A verdade e que tudo a volta do covid e mentira e com falta de transparencia. Tanta experiencia que os suspeitos do costume fazem as pessoas. So cai no engodo quem quer. Quem me contrariar leva uma LAMBDA lol

    • PM says:

      acho que começa a chegar a altura de nos unirmos fortemente contra esta TRETAMIA…

      • Sardinha Enlatada says:

        Eu faco a minha parte. Daquilo que me assiste vou sempre lutar pela verdade e para que muitas pessoas nao fiquem com a mente nebulosa. Ja se viu que ha muita coisa mentira neste virus felizmente nao sou o unico a ver isso.

        • Joaquim Sobreiro says:

          O caminho mais fácil de repetir o que o poder, com seus meios de comunicação propagam, cria a falsa comodidade de ser aceite pela sociedade. Assumir a responsabilidade pela sua vida é difícil para quem aceita o sistema. Segue o rasto do dinheiro e encontrarás a resposta.

  18. PM says:

    Cuidado que vem aí a variante Epsilon…. esta é que vai acabar de vez com o mundo =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.