Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Boletim Epidemiológico diário pode acabar nos próximos dias

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. SANDOKAN 1513 says:

    Não concordo em nada com esta medida,mas em nada.

    • Nuno Teixeira says:

      Duvido que vá acabar, pelo menos por enquanto. Quando muito podem acabar as conferências de imprensa.
      Os números terão de continuar a ser analisados para avaliar a eficácia da imunidade das vacinas.

      • Zé Fonseca A. says:

        Mas as vacinas não conferem imunidade..
        A partir do momento que está tudo vacinado os casos positivos deixam de importar, deixa de ser pandemico e passa a endemico, como uma gripe ou outro virus.

        • Nuno Teixeira says:

          Sim, as vacinas não dão imunidade mas ajudam a que não seja grave.
          Vai passar a ser endémico. É essa a esperança e que seja o mais rápido possivel. Mas ainda é cedo para voltarmos à vida ‘normal’, não falo só a nível nacional mas mundial.

      • Ricardo says:

        Já não há conferências de imprensa há muito, acabaram desde o ano passado.

  2. Há cada gajo says:

    É tempo de, e ainda que com os devidos cuidados, voltarmos à normalidade que a situação nos parece permitir. Resta saber qual a duração da eficácia da vacina e quando teremos um “comprimido” para resolver o assunto.

  3. Pro Guy says:

    Esse boletim desatualizado e inapropriado sem número de (reinfetados). Já deveria ter sido semanal ou até suprimido. Enfim…

  4. Xéliba Monodulifacia says:

    ou seja, vamos fingir que já não existe pandemia porque está uma data de gente vacinada (embora as vacinas tenham eficácia cada vez mais questionável, seja porque não impedem de todo a propagação, perdem a imunidade muito rápido, são pouco eficazes contra as novas variantes e porque causam uma pressão seletiva nas mutações do virus levando à proliferação de variantes perigosas)

    • Antonio says:

      É para ninguém saber os que morrem com Covid-19 totalmente vacinados.
      Assim as injeções fazem um brilharete.

      • Carolina Costa says:

        e é preciso saber ? a percentagem de vacinados que morrem é irrisória, o mesmo acontece com a vacina de gripe, muitas pessoas morrem na mesma de gripe mesmo vacinadas.
        estão a morrer mais pessoas com cancro por falta de tratamento e nao fazem relatório porquê ?

        “Assim as injeções fazem um brilharete” ninguém disse que fazia um brilharete, mas que ajuda a prevenir em muito ajuda.
        o pior cego é quele que nao quer ver

        • Ricardo says:

          É o quê? A maioria das mortes hoje em dia são vacinados e hoje morrem mais do que no ano passado em comparado com o mesmo período. A ver vamos no que isto vai dar.

          • Chalupa pela verdade says:

            Deixa de ser burro.. Para comparares números tem que ser percentagens e não números brutos.

            Se não ainda vamos descobrir que nos anos 1500 morriam menos pessoas em Portugal do que agora. Se eu for como tu pego nisto e digo que existia mais qualidade de vida em Portugal nessa altura LOL

          • Nuno Teixeira says:

            Informa-te melhor! Aqui tens dados de UK onde 76% dos que morreram não tinham tomado nenhuma dose, entre 2 Janeiro e 2 de Julho

            https://www.theguardian.com/world/2021/sep/13/fully-vaccinated-people-account-for-12-of-englands-covid-19-deaths

          • Carolina Costa says:

            eu desisto.. não vale apena perder mais tempo… o pior cego é quele que nao quer ver.
            continuem lá a comer a palha que querem… eu nao comento mais sobre o assunto vacinas/covid19

          • eu2 says:

            É por causa de pessoas que não sabem interpretar os dados e depois espalham a desinformação que eles não divulgam os mesmos.

            Tem conhecimentos de matemática e estatística? Conseguiria desenhar um estudo para analisar a eficácia das vacinas em campo sem que restem dúvidas, sem que pareça um desenho de rabiscos de uma criança de 5 anos?
            Não?
            Então deixe isso para quem sabe.

    • Há cada gajo says:

      “porque causam uma pressão seletiva nas mutações do virus levando à proliferação de variantes perigosas”….desculpa ? Em que momento apareceram as variantes que nos deram ( e nos dão) mais trabalho ?

    • rui says:

      “causam uma pressão seletiva nas mutações do virus levando à proliferação de variantes perigosas”

      WTF ????? outro que vem com esta ????

      Quais foram as variantes que aparecerem depois de começar a vacinação nos paises com grande taxa de vacinação ?

      Porque será que as variantes aparecem em paises pobres, populosos e com muito baixa taxa de vacinação?

      Podes dizer, isso sim, que enquanto não se vacinar os paises pobres, as hipoteses de mais variantes é grande… Agora as vacinas causam variantes????

      • eu2 says:

        As variantes surgiram onde a propagação do vírus andava mais descontrolada.
        Que eu saiba ainda não houve nenhuma variante que tenha escapado à imunidade da vacina, embora possam ter menos eficácia.
        Mas no futuro pode surgir uma, pois essa terá mais facilidade em propagar-se por entre vacinados.

  5. AlexS says:

    É preciso esconder os resultados da vacinação. Pode estar lá informação inconveniente como por exemplo: Não serem assim tão eficazes…

    Afinal de repente com a vacinação passaram a incluir os casos com comorbidades, passaram a discriminar os casos em que a hospitalização se deve como causa primária não ao covid. Extraordinário como estas informações apareceram só agora. No passado as culpas eram só do covid. Agora já há nuances…

  6. João says:

    O Covid é uma doença infeciosa respiratória, certo? E o Inverno vem ai, certo? É fazer as contas.

  7. Alpha says:

    Agora? Nas vésperas do Outono :D?

    Tiveram meses para o fazer logo agora? Porque será?
    Querem esconder a eficácia (ou falta) das vacinas? Estão com medo do que está a passar em Israel?

    Se já havia pouca informação, agora será ainda menos! Tal está a transparência deste país!

    • Chalupa pela verdade says:

      Ahahahahah tu devias ser daqueles que dizia que isto era inútil. Agora supostamente vão retirar e já é útil. Típico negacionista.

    • Nuno Teixeira says:

      Então não dizias que as notícias diárias sobre Covid já chateavam? Que era tudo alarmismo.

      Devias ficar contente por deixarem de falar disso…

    • Há cada gajo says:

      O que é que está a passar-se em Israel ? Conta lá, mas conta tudo, não só o que te interessa.

        • Chalupa pela verdade says:

          “When Shalit first heard about waning vaccine immunity, he was skeptical. He’d never heard of a shot that offered protection for mere months. But after looking at data recording antibody levels in the vaccinated, he has come to believe it’s true. “Even between January 2021 and February 2021, you could see a drop-off,” he said. O’Connor pointed to an American study that found that, from January to July, the Pfizer vaccine’s effectiveness against infection dropped to 42%, and the Moderna vaccine’s dropped to 76%.

          Both vaccines still remained very effective against hospitalization in July—75% and 81% respectively—and those numbers represented only a slight fall from the time of their administration in January. Covid-19 deaths in Israel are also far lower than their peak in mid-January, and even lower than the peak of the wave last October.”

          “Local differences matter. For instance, Shalit said, “Israel gave its Pfizer shots three weeks apart, and maybe that was a mistake in hindsight.”

          “Vaccination drive was under way, Shalit said, Israel embarked on a summer of few restrictions, and those only loosely enforced. One of his friends in Germany, Shalit said, is asked regularly for vaccination proof every time he visits a restaurant. “I’ve been to so many places here and I haven’t been asked. Big shows, indoor events, all kinds of things.””

          “In Israel, as in the US or western Europe, children form a large part of the as-yet-unvaccinated population. In August, the Israeli government predicted that children would make up half of all new Covid cases by the time the school year began on Sep. 1, and it instituted strict testing regimens for schools. When I spoke to Shalit, a child in his daughter’s class had just tested positive, and since his daughter had to quarantine, Shalit’s family couldn’t meet their relatives for the new year holiday.”

          É preciso continuar a colocar coisas aqui dos artigos que mandaste? É que não são muito abonatórias para o teu ponto de vista… É o normal, busca-se títulos sensacionais e depois dá nisto.

          É isto que se passa em Israel LOL Roger Roger

          • rui says:

            🙂
            é tipo o Alpha.
            Defende artigos com unhas e dentes, mas só lê o que lhes interessa.
            Pede se para colocar o link…. Nada (pois assim ninguém o pode ler)
            Quando se coloca o link, opps

            Nem conseguem se defender pois como não têm razão, passam a inventar ( como o artigo das mascaras, em que depois de ser confrontado colocou que os autores foram “obrigados” a colocar parágrafos com os quais não concordam , pois se não fosse assim não era publicado).
            Ao ponto que eles chegam….

          • roger says:

            Ao ponto de resumir os factos:
            – Em Israel ter duas vacinas apenas é considerado como “não totalmente vacinado”;
            – não totalmente vacinado, nos termos atais, representa que os injetáveis ainda não conferem proteção (a forma indefinida que é utilizada na definição);
            – a terceira dose não é suficiente para dar essa “proteção”, e daí ser necessária uma quarta dose;
            – apesar da população ser a mais vacinada do mundo, tem um pico de casos e mortes maior que no início do ano.

            Todo o resto não são factos. São especulações sobre causas.

            Roger? Roger 😉

          • rui says:

            Roger

            Please links com esses dados, e por favor de fontes confiaveis e não facebook ou sites negacionistas.

            Thanks

          • Rui says:

            Roger

            Vamos por partes:

            Israel tem pouco mais casos que portugal e total com menos mortos. Ainda hoje foram cerca de 11000. Mortos 23 ou 24
            Nós com 11000 casos tinhamos acima dos 100 mortos.
            Nao achas que a vacina ajudou??

            Eles mesmo assim preferem dar mais doses. Não me parece necessário mas eles decidiram assim.

            Achas mesmo que este virus sendo respiratório não vão ser preciso reforços?
            Olha para a gripe, todos os anos existe nova vacina.

            Agora mais importante: dizer que a vacinação vai criar variantes é de um falta de conhecimento que até doi.
            Basta ver que israel ( com 3 doses a caminho da quarta) já criou quantas variantes????
            E Portugal ( mais perto) com 80%, criou quantas variantes???

            Não percebo essa ideia de a vacina criar variantes.
            Existe (que eu tenha lido) que vieram com esta conversa:
            – um deles tem 80 anos….
            – o outra quer vender a vacina dele que tem um tecnologia diferente

            Logo… credibilidade um pouco duvidosa.

            Como gostam de dizer “ procura na net que está lá “

            🙂

          • Rui says:

            Roger
            A minha resposta esta a aguardar moderação
            Vai ver como esta israel antes de dizer que estão com pico de mortos
            Hoje: 11000 casos – mortos 29
            Media ultimos 7 dias: 9000 casos – mortos 23.

            Agora vai ver como estavamos com 11000 casos em fevereiro. Mortos acima de 100 e dias acima de 200
            Realmente a vacina nao ajudou nada a istael

          • Chalupa pela verdade says:

            Rui estes “Roger Roger” ainda não perceberam que ao afirmarem que estava visto que ia ser necessário um reforço da 3ªdose contradizem-se porque estão a admitir que a vacina realmente funciona.

            Antes a discussão era que a vacina fazia dói dói e não resultava, agora a discussão é que vamos ter que tomar não sei quantas doses por ano, qual será a seguinte?

          • roger says:

            > inda não perceberam que ao afirmarem que estava visto que ia ser necessário um reforço da 3ªdose contradizem-se porque estão a admitir que a vacina realmente funciona.

            Enganaste. Se calhar o que disseram é que a vacina nunca funcionou com o pretendido, e a suspeita de manipulação estatística nos estudos inicias confirma-se cada vez mais.

          • Rui says:

            Roger
            La estas a confundir tudo, e apenas reter o que te interessa.
            Isso que estas a dizer é o mesmo que dizer que a vacina da gripe (anual) tambem não funciona.

            Esta vacina funciona, como se prova com os valores de internamentos e mortes. Como disse acima (gosta tanto de israel) tem muitos casos mas internametos e mortes relativamente baixos em relação ao numero de casos. Será da vacina?????

            Reforço existe em varias vacinas.

          • roger says:

            Já dito:
            >
            – Em Israel ter duas vacinas apenas é considerado como “não totalmente vacinado”;

            logo nas estatísticas de internamento vais ter poucos “vacinados”

            https://www.livemint.com/science/health/in-israel-being-fully-vaccinated-now-means-three-shots-11630429447674.html
            https://www.wsj.com/articles/in-israel-being-fully-vaccinated-now-means-three-shots-11630426257

            Mas tu sabes isso, certo? Pagam-te é para fazer que não?

          • rui says:

            Roger
            Continuas na mesma!

            Aqui uma dose é não vacinado, em israel duas é não vaicinado.

            Explica me o que isso tem a ver com se a vacina funciona ou não.

            Eles com 2 ou 3 doses tem menos mortos e internamentos.
            Em portugal com 2 doses, já se nota a baixa de mortos e internamentos ( em relação a fev/mar)

            O facto de Portugal dizer que 2 doses é suficiente (excepto grupos de risco), mas israel já dizer que é preciso 3 quer dizer que a vacina não funciona?
            Como já te disse, a gripe tem reforço, ou nova dose (chama como quiseres ) todos os anos. È por isso que não funciona???

            Quanto a eu receber….
            Isso já é desespero por não ter argumentação?
            Quem defende a vacina recebe por dinheiro?

            Então: quer defende a não vacina é pago pelo chega? ou outro grupo, tipo médicos pela verdade? é isso?

            No meu caso, posso te garantir que não recebo de nenhum dos lados. e Tu? recebes de algum lado para vires colocar estes posts???
            confessa!
            Eu sou TSDT (CHULC) e acredito na ciência e na qualidade das vacinas e tomo as vacinas / doses que for aconselhado.

            Tu não. Estas no teu direito.

          • roger says:

            > Explica me o que isso tem a ver com se a vacina funciona ou não.

            Se alguém com uma ou duas vacinas morre de COVID, é contabilizado como não vacinado. Logo quase só tens não vacinados com problemas.

            > Eu sou TSDT (CHULC) e acredito na ciência e na qualidade das vacinas e tomo as vacinas / doses que for aconselhado.

            Se tens que puxar de credenciais para provar o teu ponto, as coisas estão mal. Tampouco sabes as minhas, nem saberás.

            Quanto à ciência, acredito no método cartesiano que está na sua base, e que parece ter sido esquecido nos dias que correm.

            Estudos, tens para todos os gostos e basta pensar em como “o consenso” tem alterado a cada semana que passa.

          • roger says:

            Corrigindo-me:
            > Se alguém com uma ou duas vacinas morre de COVID, é contabilizado como não vacinado. Logo quase só tens não vacinados com problemas.

            Deve-se ler

            Se alguém com uma ou duas vacinas morre ***COM*** COVID, é contabilizado como não vacinado. Logo quase só tens não vacinados com problemas.

          • Rui says:

            Roger

            Errado novamente

            Onde viste que uma pessoa que tem vacinação (seja 1 ou 2 ou 3 ) que apanhe covid é contabilizado como não vacinado???

            Eu nao puxei de galoes, estas muito enganado
            O que eu disse foi que sou tsdt e acredito na ciência
            Tu é que levaste para o lado que te dava jeito, como habitual

        • Há cada gajo says:

          Diz lá aqui a todos como é que estão os hospitais e unidades de UCI no teu Israel. Mas diz por tuas palavras.

  8. Jorge says:

    Este mundo é incrível… por muito que queiramos não se consegue agradar a gregos e troianos. Sempre que algo muda, existem sempre os detentores da verdade que dizem que se deveria fazer o contrário. Ao longo da história da pandemia houve sempre o contraditório, uns sim, outros não, uns para a frente outros para trás. É bom que assim seja pois é prova que vivemos num país onde se tem liberdade, mas atenção, a liberdade acaba onde começa a liberdade do outro. Temos que seguir em frente tomando as nossas próprias decisões respeitando a lei e tentando acreditar que quem as faz, as faz em benefício de todos.
    Respeito e Saúde para todos.

  9. Bibópuorto says:

    Deve acabar sim e ser substituído por informação diária sobre outras mortes: cancro, doenças cardíacas, etc., para que a comunidade científica e clínica tenham o mesmo sentido de urgência para encontrar vacinas ou outras curas para aquelas doenças.

    • Chalupa pela verdade says:

      lol do alto da minha ignorância.. sabes que este tipo de vacinas está a ser testada para curar cancros? LOOL às vezes é tão bom estar calado..

  10. Gates says:

    ALELUIA …
    estava a ver que não acabavam com essa palhaçada diária

  11. ToFerreira says:

    Os que sempre acharam que devia acabar, agora acham mal que acabe. Em vez de negacionistas deviam-se chamar “contracionistas”.

  12. antonio duarte says:

    Os numeros de infectados diários são irrelevantes. Desde Março de 2020 que Portugal apenas deveria dar os numeros médios diários domingo à meia noite. Assim acaba a EXTERIA pateta. E apenas fornecia os valores das médias de mortes diárias…….mais nada.
    Deste modo os MEDIA não tinham onde pegar para assustar os tugas e tudo tinha sido “mais normal”.
    A ver se esta palhaçada finalmente acaba….quem quiser que se vacine….quem não quiser é com sigo mesmo.

  13. Duarte says:

    Má noticia para os covideiros de serviço.
    Não há dinheiro, não há circo.

  14. Sardinha Enlatada says:

    Olhem os ratos a querer abandonar o barco hehe. E as tais 50 perguntas ja as responderam ou nao interessa ? Cambada de imbecis esta DGS.

    • Hugo says:

      Então mas isto não era uma farsa pra meter medo e manipular as pessoas? Já estás a mudar de teoria novamente. É o que der jeito é o que vomitas lol

      • Chalupa pela verdade says:

        É o normal, as mortes afinal são com covid ou de covid? Já não percebo nada..

        • CRP says:

          Estou a comer pipocas, mas não resisto sem mandar um bla, bla, bla….

          Eu morri com covid tinha cancro nas unhas dos pês em estado avançado.
          (Morri por causa DO cancro, mas estava assintomático COM covid)
          Transmiti a minha esposa que morreu de covid, tinha pulmões fracos.
          (Morreu DE covid, asmática)

          A minha esposa esta vacinada com as 2 doses mas abdica da 3º.
          Uma realidade plausível.

          • CRP says:

            Se não me deixam explicar o DE e o COM covid, as pessoas ficam na duvida sem perceber a diferença.
            O comentário respeita as regras do site, não percebo porque não publicam.
            Podem explicar o que esta errado no comentário, Pplware?

          • Chalupa pela verdade says:

            Bom exemplo, eu já percebi, o problema é que certas pessoas ainda não perceberam, espero que fique mais claro.

  15. contacto says:

    vou rir um bocado

  16. CRP says:

    Esqueci-me de frisar que a minha esposa esta vacinada com as 2 doses
    mas abdica da 3º.

    Uma realidade plausível.

  17. Daniel says:

    O covid 19 acabou por decreto, a partir de agora ninguém morre por covid, e para o povo não somar 2+2, acaba-se com os números, caso contrário o povo ainda acabava a perguntar, que droga injetaram nas veias, pois a mortandade este verão foi em média 3 vezes mais alta que no ano passado. E vamos ter aí um inverno, que os peritos, “peritos?” já dizem ser um ano com grande número de infeções por gripe, hehehe, gripe…

  18. eu2 says:

    Espero que a informação continue disponível, em boletim ou não.
    Os teóricos da conspiração é que não podem ver nada.

  19. Sardinha Enlatada says:

    Bom a ser verdade que esta farsa pandemica ira terminar nos proximos dias, vamos assistir a coincidencias incriveis. Nomeadamente que alguns paises tambem vao terminar com esta pandemia, por mais mes menos mes. E assim vai o mundo. Parece que os acontecimentos acontecem todos a reboque e na mesma altura. Da que pensar. Que nos estao a mentir ja nos sabemos, agora porque este conjunto de coincidencias acontece ? E para tornar a historia credivel obviamente. Aguardam-se cenas dos proximos capitulos.

    • Hugo says:

      Lá está, dá que pensar devido à tua ignorância. Achas que o resto do mundo não tivesse confinado Portugal ia fechar tudo? Dá que pensar muito pouco na verdade. A conclusão é simples e lógica. É como achares que o funcionamento de um motor dá que pensar e tem coincidências incríveis. NÃO TEM.

      • Sardinha Enlatada says:

        Esqueci de mencionar que e o efeito domino ou borboleta. Os paises andam todos sincronizados, as coincidencias todas sincronizadas, os acontecimentos todos sincronizados. Fantastico mike.

        • Nuno Teixeira says:

          A isso chama-se consenso. É bem idêntico com coincidência mas não é bem a mesma coisa. Um é feito de forma consciente e outro não.

          Se achas o consenso errado aí ficas na tua…

  20. Mangostão says:

    eleioções à porta. não esqueçam !

  21. CF says:

    De uma suposta imunidade de grupo que teríamos com 70% de vacinados e por isso era preciso vacinar, passamos a que afinal as vacinas não dão imunidade de grupo, morrem 50% de vacinados quando era suposto ter uma eficiência superior a 90%, conclusão agora vamos ocultar os resultados para camuflar que fomos enganados pelos laboratórios que produzem as vacinas?

    Então na UE os produtos não tem que ter todos 2 anos de garantia?

    Se as vacinas afinal não são eficientes queremos o dinheiro de volta ou uma parte dele, é justo.

  22. CF says:

    No inicio com meia dúzia de infetados diariamente fechamos o país e agora com muitas centenas de infetados mesmo quando já temos vacinas e pessoas a morrer todos os dias com novas variantes a ameaçar, vamos fingir que está tudo normal e até vamos desinformar os portugueses.

    Talvez fosse hora de trabalhar com mais transparência publicando todos os diagnósticos e causas de mortes diárias, talvez assim as pessoas andassem melhor informadas e conscientes da importância da saúde e o quanto se trabalha na saúde, cada vez mais isso pode/deve ser público e usado para estudos sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.