Quantcast
PplWare Mobile

Confirmado! Tesla vai instalar 3 supercarregadores em Portugal

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Bruno M. says:

    Boa notícia para quem tem ou pensa vir adquirir Tesla!

    Acredito que estes supercarregadores sejam colocados estratégicamente numa fase inicial, permitindo aos detentores de viaturas desta marca (e fazer com que as vendas cresçam em Portugal) consigam ir de norte a sul sem grandes problemas de energia/”combustível”. 😀

  2. Joao says:

    let the cash come in

  3. David says:

    No algarve o governo que financie a instalação de estações de carregamento que recorrem a energia solar de modo a que seja grátis para os cidadãos e teremos negócio vantajoso para que mais interessa, caso contrário vamos ser chulados.

    • Bruno M. says:

      Nós temos energia solar… e não é grátis!!

      O investimento tem que gerar retorno… e depois tem de dar para a manutenção e pagar os ordenados às pessoas.
      Nunca será grátis…. (a não ser que seja o proprietário a instalar em casa e aí o caso é outro), caso contrário nunca será gratis.

      • Não Interessa says:

        mesmo assim não é grátis, simplesmente é o proprietário a pagar o investimento inicial

      • Luís Costa says:

        Tem toda a razão .
        E mesmo em casa o investimento ( que dada a potencia em jogo não será pequeno ) é amortizado em quanto tempo ?

      • david says:

        O investimento seria do governo(todos nós) o retorno seria a simplificação da vida das pessoas que por sua vez produziria uma sociedade mais feliz mais saudavel e mais produtivida como resultado gastariam menos dinheiro na saude, aumentariam sentimento de patriotismo e entre ajuda e ainda recebiam mais impostos, etc. Mas se preferirem ser chulados pelo capitalismo depois não chorem…

    • David Guerreiro says:

      Existem estações de carga em muitas cidades, inclusive no Algarve, e sabes quantas vezes são utilizadas? Perto de zero…

    • Marco says:

      Nada na vida é grátis… sendo o pagos pelo Estado, ou se deixa de investir em algo de interesse geral (como saúde, segurança…) ou o Estado terá de cobrar mais a quem cria valor

    • toni da adega says:

      O pessoal pode é instalar painéis na sua própria casa e assim poder carregar todos os dias e ainda nao gastar tanto em eletricidade em casa. Tendo carro electrico compensa

  4. FMIG says:

    Mais importante ainda seria a possibilidade da tesla colocar cá a mega-fábrica.

  5. mv says:

    No site da Zeev, intermediário da Tesla em Portugal, já está indicado há algum tempo que os locais em portugal serão: Porto, Lisboa e Faro. Além disso Elon Musk terá acordado estabelecer um centro de serviço em Portugal, visto que o mais próximo fica em Bordéus.

  6. DIEGO LUIS DA SILVA FONSECA says:

    inveja level max (Brasil)

  7. Martins says:

    Acho que tinha sido melhor terem posto um no Porto, outro em Lisboa e outro no Algarve.
    http://alea-estp.ine.pt/html/actual/img/act027_01.gif

  8. Adolfo says:

    Carros eléctricos são um engano

    • Vlad says:

      Posso perguntar porquê?

      • Diogo says:

        Talvez porque na fabricação das baterias se gastam muitos recursos, eu vou procurar um trabalho que falava acerca disso e depois coloco aqui 🙂

        • Hélder says:

          Por cada 6000—7000km de uso o carro a gasolina ou gasóleo manda 1 tonelada de CO2 para a atmosfera. Não há nada que bata isso.

        • Adolfo says:

          Não só o fabrico das baterias e posterior deposição em aterros é extremamente prejudicial, pois as mesmas tem uma vida util de cerca de 5 anos e sem possibilidade de reutilização, a extração de minerio para o seu fabrico é do mas destruidor e poluidor que pode existir para o meio ambiente

          • Pepe says:

            Claramente não entende nada do que fala… mas certamente uma correcta pesquisa irá dissipar qualquer dúvida ou ideia mal formada. Cumprimentos

      • Adolfo says:

        Porque para alem da sua produção implicar muito mais poluição do que um carro “normal”, tambem porque apesar de serem publicitados como zero emissoes, a circulação dos mesmos não está isenta de emissoes como dizem, implica simplesmente mudar a poluição de local, dos carros para as centrais termoelectricas, que sao o principal meio de produção de electricidade, que funcionam maioritariamente a carvão o que polui bastante mais que a gasolina e o gasóleo, pois estes ultimos fruto de uma grande evolução ja possuem tecnologia bastante avançada como filtros de particulas, catalizadores, ad blues, etc

        • RF says:

          Sabes que me Portugal a maioria da electricidade produzida, já é renovável certo?! 59% renovável e 41% combustíveis fosseis! Isto com tendência a cada vez mais a renovável a subir… Podes ir ver ao site da APREN.

          • Adolfo says:

            Na maioria dos paises a produção de electricidade utilizando combustíveis fosseis ultrapassa largamente os 70 % como nos EUA, na china, india e russia a percentagem ainda é maior. No nosso pais as renováveis estão esgotadas com o aumento da necessidade de electricidade so nos restam 3 hipoteses, ou centrais termoeletricas alimentadas a carvão ou outros combustíveis fosseis ou entao o nuclear

        • Ricardo says:

          “centrais termoelectricas, que sao o principal meio de produção de electricidade, que funcionam maioritariamente a carvão” – Desculpa mas perdeste a credibilidade toda da tua tese nesta frase

          • Diogo says:

            Ele tem razão, qualquer fonte de calor resulta, no entanto as mais utlizadas são o carvão natural, gás natural e até mesmo urânio! Basta olhar para a de Sines e verás que utilizam carvão (aliás, esta é a mais poluidora de Portugal).
            No entanto esta central equivale a 70 e tal por cento das energias renováveis totais de Portugal..

        • PF says:

          Adolfo, mesmo que 100% da energia fosse produzida de combustíveis fósseis era muito mais eficiente um carro electrico do que a gasolina. Primeiro, porque a gasolina/gasoleo têm que ser refinados (cerca de 0.5 kwh por cada litro) em refinarias que gastam imensa energia vinda das suas centrais termoeléctricas. Segundo, também é gasta gasolina a transportar a gasolina em camiões. Terceiro, um motor a gasolina só tem cerca de 30% de eficiência e um electrico ronda os 90%. Concluíndo, contando com tudo, a diferença de eficiência é incomparável e não é compensado pelo que se gasta a fazer as baterias (como você diz). Para além de que estas, hoje em dia, já são altamente recicláveis e duram mais do que 5 anos.

      • toni da adega says:

        Não há nada melhor que abrir a janela de manha e sentir aquele cheiro a gásoil e gasolina e ouvir aquele barulho.
        Eu é que nao tenho essa sorte, mas um dia saio do sitio calmo junto á floresta e mudo-me para a cidade grande. Aliás sempre que posso vou lá ao fds e com sorte ainda apanho aquela nuvem que nos protege dos raios solares.

    • André Barbosa says:

      São uma coisa fantástica e decididamente o futuro. Rápidos, confortaveis, amigos do ambiente, mais económicos a longo prazo… a unica coisa que a meu ver é preciso resolver é: ou a autonomia triplica ou o tempo de carregamento reduz para 5-10 min para carga completa.

  9. Joao says:

    3 ? Fábricas???há, postos de carregamentos….
    E é preciso tanto alarido…

  10. Rui says:

    espero é que não aconteça como nos postos de carregamento aqui em Lisboa, a maior parte das vezes servem de estacionamento para os outros automóveis, há muita coisa que tem de mudar e rápido…

  11. David Guerreiro says:

    Eles que não se lembrem de meter isso em locais isolados e vão ver quanto duram essas estações… São os ladrões de cobre ou os vândalos e em 3 tempos está aquilo tudo destruído.

  12. APereira says:

    Vai ser desta que vou poder passar a viajar para Portugal teóricamente deborla?

  13. André says:

    Rapaziada, desta entendo eu. Retirem o “já em 2017” porque já estava no site da Tesla que em 2016 iriam existir esses 3postos. Por isso estão a a atrasar-se face ao que já prometeram no passado, e os donos tugas pioneiros a ressacar para os ver a funcionar.
    Já agora e face a alguns comentários de malta desinformada, um model S que percorra 250.000km perde apenas 5% da capacidade máxima das baterias. Vieram para ficar. E não acreditem nos lobbys do pitroil vá. Bem hajam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.