Quantcast
PplWare Mobile

Cliente da CGD? Foi ao multibanco e não saiu o talão? Saiba porquê….

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. P. S. says:

    “rede de caixas automáticas da CGD” – tanto quanto sei a CGD já não tem atm’s próprios obrigando a quem quiser fazer um depósito e precisar do valor imediatamente disponível, a ter de ir para a fila do balcão…

  2. JS says:

    Bom Dia estes começam os outros vêm atras
    O problema não é forçar os clientes a usar os canais digitais o problema é tirarem o que muitos não têm acesso a estes canais como os mais idosos.
    Mas se implementam este método também deviam reduzir as comissões que pagamos mensalmente ou é sempre aumentar?

  3. Diogo Nunes says:

    Acho muito bem! Reduzir a pegada ambiental.

    A contabilidade devia ser 100% digital também, em todas as empresas.

  4. David Guerreiro says:

    É uma das coisas que havia imensos abusos, e continua a haver. Há pessoas que em dia de receber o salário tiram extratos de meia em meia hora para ver se já bateu o dinheiro na conta. São pessoas que com elevada iliteracia tecnológica. Uma coisa que deveria ser feita era haver uma associação a um e-mail, e poder receber todos os comprovativos por e-mail em vez de em papel.

    • Pedro F. says:

      Mas estão sentadis em frente ao ATM para o consultar de meia em meia hora? Se estão à espera do salário não era suposto estarem a trabalhar?

  5. Jakim Zé says:

    “De acordo com a própria CGD “a reação dos clientes tem sido muito positiva, com uma clara e rápida alteração de hábitos de utilização, reforçando a utilização dos restantes canais, com especial destaque para os digitais”.” é pura e simplesmente mentira.

    As reclamações comprovam isso.

    É completamente errado perguntar a quem altera as regras, se quem usa os serviços está satisfeito. Tem de se perguntar aos utilizadores / consumidores.

    O resultado desta implementação (passar de 99 consultas no MB para 4 mensais) já levou a CGD a perder pelo menos 4 clientes que eu conheça.

    • Zé Fonseca A. says:

      O Drama…

    • LR says:

      “passar de 99 consultas no MB para 4 mensais” Tu podes fazer as consultas que quiseres, só podes é imprimir 4. As consultas também estão disponíveis para consulta no ecrã. Além disso, esta regra apenas se aplica nas caixas fora da rede CGD, pelo que se o fizerem nas caixas da CGD, não há limite (por enquanto). E apenas se aplica consultas: os talões de pagamento, transferências, etc, continuam ilimitados. Pode ser que assim se acabe com os labregos que tiram um extrato antes de levantar dinheiro, tiram o talão do levantamento, e depois tiram outro extrato a seguir, tal como fazem também antes e depois de qualquer pagamento.

      • oiiiii says:

        “As consultas também estão disponíveis para consulta no ecrã”
        Sou cliente da CGD e nas caixas multibanco nunca consigo consultar no ecrã, apenas consigo saber o meu saldo se imprimir o extrato. Ou seja agora só vou conseguir saber quanto tenho na conta 4x por mês, o que é pouco. Se conseguisse ver no ecrã nem me chateava

    • Pedro F. says:

      Quem precisa de imprimir 99 consultas de saldos e movimentos por mês, ou seja mais de 3 por dia, tem problemas mais graves com que se preocupar!

    • David Guerreiro says:

      É preciso a CGD limitar o número de talões em papel para alguém sair da CGD? Balha-me Deus

    • Sr. Roubado says:

      Nem mais Jakim Zé. Apesar de poder haver alguns abusos, a medida é de uma prepotência atroz com a desculpa ambiental. Este banco usado principalmente usado por uma camada idosa e iletrada digitalmente da população e após um enorme incremento de encargos financeiros, vem restringir cada vez mais a facilidade de utilização. Trata-se de uma “ditadura empresarial” também praticada por outro tipo de serviços essenciais, vide comunicações, águas e saneamento, gas, combustíveis, mas sempre com o suporte governamental. Ainda pensam que vivemos em liberdade?

  6. kodiakshadows says:

    Faz muitos anos que eu não uso uma caixa multibanco em PT. Mas nas caixas MB não dá para ver o saldo da conta no display ou é preciso imprimir? Acho bem que reduzam a impressão de papel, eu só faço uma impressão e é quando levanto o máximo de dinheiro que a maquina dá.

  7. Samuel MG says:

    Acho mal!! Quem eles estão a tramar são os idosos que não têm metodos de aceder Internet nem sequer sabem usar. Mesmo que eles saibam usar com a tarifa social vai logo todos gigas numa semana. Já agora CGD nem pensou que os talões servem de prova quando se paga as contas via MB, será eles dar os talões depois desta semana?? A CGD a ser mais uma vez um banco idiota 🙁

    • LR says:

      Não sei quem foi o idiota aqui. A restrição apenas se aplica a consultas de saldo/extratos. A emissão de talões por pagamentos, transferências, etc, continua ilimitado.

    • Há cada gajo says:

      Pois, e que tal ler o artigo em vez de tirares conclusões idiotas ?

      • Samuel MG says:

        Que tal tentares viver com 400 euros? Precisas de saber que dinheiro tens na conta senão não não tens como comer!

        • SergioM says:

          Quem consegue ler no talão também consegue ler no ecrã do MB onde as letras e os números são maiores comparativamente ao que é impresso no talão.

          • Samuel MG says:

            Pois se a caixa mostrar o saldo mas azar das 3 caixas que existe no banco apenas 1 mostra e essa está sempre ocupada se não estiver avariada.

          • LR says:

            @Samuel MG: sabes que podes consultar saldos e movimentos no ecrã em qualquer caixa multibanco, não sabes? Não tem que ser nas do teu banco.

        • Há cada gajo says:

          Eu comentei o teu comentário ” agora CGD nem pensou que os talões servem de prova quando se paga as contas via MB”. Acho que mesmo com 400€ por mês, sabes o que escreves, não sabes ? Ler, já sei que não lês. E queres que te diga outra coisa ? Quem ganha 400€ por mês não precisa de ir constantemente ao multibanco …as contas já estão todas feitas no dia em que recebe…mas é claro que tu não sabes o que isso é…

  8. JR says:

    Vejo que as vendas de impressoras em papel irão morrer certamente neste caminho que levamos. Mais desemprego.

  9. Pedro Fernandes says:

    “CGD tem em prática politica para promover canais digitais…”.
    Concordo, no entanto, transferências seja por TB ou MBWAY são pagas. Ou seja, uso a APP apenas para ver o saldo/movimentos

    • Ze Nandooo says:

      Depende… acho que tenho Caixa M e nunca paguei por nenhuma transferência, inclusive por MBWay, tendo ultrapassado largamente os 200€/mês de limite.
      Se tentar fazer uma operação via MBWay de 7050€ (valor máximo) para alguém continua a mostrar-me “isento” nos custos da operação.

      • David Guerreiro says:

        Ora, se tens o Caixa M, já pagas… Ou seja, pagas para não pagar

        • Ze Nandooo says:

          Certo, daí ter dito que depende.
          Uma conta bancária dita “normal” tem custos associados, vai daí é uma questão de escolha do “tarifário”, e no caso de quem pretender efetuar TB frequentes pode haver produtos mais vantajosos.
          E quanto ao mbway, há sempre o “plafond” gratuito obrigatório.

  10. John Doe says:

    “Os talões que são impressos quando são feitos pagamentos ou quando há um levantamento de dinheiro não têm limite.” – não percebi.

  11. GFan says:

    Pois claro, mas para aumentar os custo de manutenção da conta, está tudo bem.

    • Há cada gajo says:

      Tambem achas que o banco tem de prestar os serviços gratuitamente ? E quem trabalha no banco e para o banco, também o deve fazer gratuitamente ? Tu trabalhas de forma gratuita (se é que trabalhas ) ?

      • osonhador says:

        Aprende primeiro como é o “modus operandi” do sistema bancario e quem os financia! Ou achas que os bancos imprimem o dinheiro que te emprestam, p ex. ??? Por ai, tb começas a pagar os taloes no supermercado e afins, a comissao por pagares com os cartoes de fidelizaçao (como qdo te cobram ao pagares uma prestaçao ), comissao de manutençao pela conta corrente, ou no limite qdo usares personalizaçao na charcutaria, peixaria, talho , ao inves de pegares nos produtos ja embalados…ai ja vais berrar!!! Haja algum equilibrio e bom senso. E ja agora, a “estoria” esta mal contada, pq p ex, a minha mae ainda na segunda pagou a nota liquidaçao de irs, em pagamentos ao estado num MB e ja nao saiu talao nenhum. Levantou dinheio a seguir e ja saiu. E sim ela tem a app caixa direta, mas por qestoes de segurança so quer autorizaçao para consultas, nao para movimentaçoes e a usar android é o que ela faz melhor.

        • Zé Fonseca A. says:

          Porque achas que deve ser levada em conta a opinião de alguém que paga IRS?
          E que por questões de segurança só usa netbanco para consultas?
          Lol..

        • Há cada gajo says:

          Mas qual modus operandi ? São negócios. Tu alinhas ou não alinhas. Tu achas que não pagas já os talões do supermercado ? Achas que não pagas já os cartões de fidelização ? Vives num mundo muito teu. Tens de acordar. Queres que te conte os modus operandi destas empresas todas ? Ficava aqui o resto do dia…

  12. Oscar says:

    Mais uma feature “á portuguesa”

  13. Pedro L says:

    Irrita estar à espera na fila do MB e as pessoas imprimir além da operação comprovativos dos movimentos antes e depois de a realizar.

    Será que que agora vão sacar da caneta ou tirar fotos ao ecrâ ?

  14. Silvio Pinto says:

    Enquanto estava a ler este artigo, a caixa tirou-me mais 12eur da conta

  15. PorcoDoPunjab says:

    Não percebo esta coisa das comissões bancárias.
    Sou cliente de 3 bancos ( Activo, CTT e BIG ) e não pago comissão em nenhum.

    Se calhar sou eu que tenho muita sorte e olham para mim e devem pensar “este fica isento, tem cara de pobre.”

    Mexam-se mas é….Deixem de ser comodistas e mansos.

    • Zé Fonseca A. says:

      Esses 3 bancos é que são bancos de pobre e não cobram comissões.
      Nos meus bancos num sou obrigado a ter acima de 10k de patrimonio no banco para não ter comissões, noutro são 50k, noutro já acabaram com isso e toda a gente paga comissões.
      Até trocava contigo mas o atendimento desses senhores é do piorio.

      • PorcoDoPunjab says:

        Bom, isso do atendimento ser do piorio eu não sei a sua experiência mas pela parte que me toca nada a declarar de negativo nesse aspecto.

        Seja como for só precisei do atendimento deles para abrir a conta.
        Após isso é tudo feito na app e nunca mais lá fui nem tenho necessidade disso pois nas app posso fazer as operações todas..

        Sendo cada mês 5 euros de comissão, em 3 bancos seriam 15 euros mensais, vezes 12, é só fazer as contas ao que meto ao bolso…
        Ah e mais, no Activo os cartões débito e crédito não se paga anuidade, são mais 20 euros no bolso.
        Só nisto veja lá o que poupo….

        • Zé Fonseca A. says:

          Experimenta pedir creditos, pedir pacotes de investimento, ter um gestor de conta que gere os PPR e seguros de capitalização. Tenho dezenas de produtos e serviços financeiros, não me limito a usar o ordenado para pagar contas, para isso qualquer banco serve desde que tenha netbanco.

          • David Guerreiro says:

            Como se fosse o gestor de conta que faz a gestão de um PPR ou seguro de capitalização… O gestor de conta serve para te impingir produtos que interessa ao banco, e a ela para receber os bónus e atingir os objetivos.

          • PorcoDoPunjab says:

            Como é óbvio escolhi estes bancos pelo meu perfil de utilizador.
            Não necessito de créditos e não me parece que seja complicado aplicar o dinheiro em PPRs.
            O banco, para mim, serve apenas para não ter o dinheiro em casa.
            Agora, para coisas mais exigentes, isso cada um sabe de si..

          • Zé Fonseca A. says:

            Deves pertencer ao grupo dos 5% de Portugueses que não precisou de pedir credito para comprar casa.

    • Sardinha Enlatada says:

      Por enquanto, depois passas a ser pobre na mesma e vao comecar a tirar comissoes lol. As coisas so duram um periodo, depois com clientes suficientes comecam a ter ideias de cobrar qualquer coisita.

  16. Sergio J says:

    Acabavam eram com os talões nas transações MB Way. Se querem dar comprovativo bastaria ser no telemóvel

  17. Vilna says:

    Acho muito bem. Mas depois cobram +/- 1euro em transferências bancárias no canal digital.

    • Zé Fonseca A. says:

      O que a transferencias tem a ver com talões?
      Além que devia ser pago em qualquer canal.

      • Vilna says:

        Tem tudo a ver, basta ler o artigo: «…o ajustamento é feito para promover canais digitais …»

        Se é para utilizar os canais digitais e depois cobra-se por determinados serviços não faz sentido. E.: Transferência no ATM gratuito e pago no digital.

  18. kasem says:

    é isso e a “sonae” com as palhinhas de papel quando vende milhões de cuvetes de carne e legumes… gozar gozar e atirar areia para os olhos dos portugueses… enfim

  19. Liberalholandes says:

    Sim senhor, tudo para obrigar as pessoas utilizar os serviços bancários através Internet , temos quer render neste país com os salários mais baixos da Europa, e um Banco público, melhor fosse privado assim o estado Chinês já podia comprar a Caixa Geral Depósitos .
    Estamos a seguir modelo holandês, só falta mesmo o copo de leite e pão com manteiga ao almoço .

  20. Void says:

    Vale o que vale…
    Vale pela atitude de fazer com que as pessoas tenham consciência dos pequenos desperdícios.
    Relativamente aos resultados práticos da medida são completamente irrelevantes.
    Um pessoa que imprima 6 talões de consulta de saldo por semana está a gastar o equivalente em papel a 1 folha A4, certamente numa empresa há um desperdício de papel muito superior. E então a CGD certamente gasta muito mais papel nos seus escritórios do que isso.

  21. . says:

    Hahahaha!!
    Bem, se querem poupar mesmo, fechem mas é as contas…ou passem a fazer só uma única operação, levantem tudo de uma vez.
    Quem ainda não viu e ainda defende o que está a ser feito só vai dar conta no dia que as contas estiverem a zero de um momento para o outro…
    Ainda bem que todos envelhecem e morrem…incluindo os que se pensam intocáveis, e todos também podem ser roubados mais ainda, sim, gado a ser sonegado de de tudo…
    Já se sabe que a subversão de leis, conceitos, etc (ainda em vigor ) está na moda com a desculpa do digital e dou um exemplo ” a violação de correspondência/dados é crime” mas fazem parte das práticas das grandes tecnologicas como se sabe desde sempre…
    Aliás são várias as instituições publicas que não cumprem com várias leis …
    O povo gosta e alinha.
    Imaginem se alguém se lembrar de dizer que a moda é comer baldes de coco às colheres pequeninas ou uma APP de 50 centímetros no esfíncter anal em alternativa, talvez o povinho ou os fanboys até alinhem sem reservas e até critiquem quem usa o seu cérebro sem necessitar de apps…
    Já nada surpreendente.
    Vamos esperar pelo próximo escândalo para ver qual a APP recomendada pelos boys … Até lá permanecer talvez congelados a olhar para o telele ou monitor esperando ver algo nascer para resolver o que está Errado.

  22. . says:

    Esqueci o papel da sustentabilidade que também é moda…10 milhões de pessoas a comprar mais papel, mais tinta, mais impressoras, computadores e claro ,Teles e tabletes e a gastar mais energia ainda ….
    São muitos clientes para as grandes tecnológicas e seus offshores …
    Etc, etc, etc….
    Talvez alguém tenha se esquecido ou feito mal as contas, talvez ,talvez …
    Neste andar talvez também os gestores tenham os dias contadinhos e os ceo’s e deputados, advogados também…como os outros todos.
    Não sei, talvez …

  23. art says:

    A toda a gente que diz que basta ver no ecrã em vez de tirar a impressão , gostava de os ver comprovar o saldo que lá estava , se acontecer alguma coisa estranha na conta , com o :”mas eu vi no ecrã “…isso prova alguma coisa ? O papelito ainda dá alguma garantia ….deixem-se de tretas , sou contra abusos , mas contra abusos dos dois lados , seja dos clientes que tiram impressões em demasia , seja destas medidas da caixa , que dão uma ar miserabilista deste país ….

    • Pedro F. says:

      Com o talão não comprovas absolutamente nada.
      Mas encontra-me uma pessoa que tenha ficado sem dinheiro e esses talões tenham servido e eu não digo mais nada.

  24. SANDOKAN 1514 says:

    A esses malandros da Caixa passei de pagar 3 euros e 33 cêntimos por mês para 5 euros e tal só de mensalidade na minha conta à ordem.Quase mais 2 euros a mais,e foi de um dia para o outro !! Gatunos !! E,já agora,qual o problema de se tirar um ou outro talão de um terminal Multibanco,de uma caixa ATM ?? Qual é o problema ?? Se eles é que nos chupam até ao tutano,nós nem um simples talão podemos levantar a mais ?? Só faltava agora essa !! ಠ_ಠ

    • Pedro F. says:

      Não há problema nenhum em continuar a tirar um ou outro talão… Podes continuar a tirar um ou outro sem problemas.
      E se achas caro, porque não mudas de banco? Credo, tanta gente a reclamar que está mal e não faz nada para ficar melhor…

      • SANDOKAN 1514 says:

        Vou mudar de banco,sim.Agora para qual é que não tenho ideia.Mas não me quero meter nesses tais de “bancos virtuais/online”,se me entende.Isso não.

  25. Mitz says:

    Mais uma treta mascarada de preocupação ambientalista, para continuarem a avançar para o que lhes realmente interessa.

  26. R. Ahcor says:

    Nunca fui, por isso não sou… nem jamais serei cliente da CGD.
    E apelo aos clientes desse banco para mudarem para outro banco!
    É verdade que os “reformados” (eu sou um deles) – sobretudo os mais idosos (eu também sou um deles) – e mais iletrados (eu não sou um deles…) estão muito habituados aos métodos antigos da CGD e às inestéticas cadernetas.
    Mas, caramba, que filhos e netos lhes expliquem as vantagens dos outros bancos!
    Não é para proteger o planeta que o banco do Estado não faculta talões necessário!
    Foi apenas uma decisão vil, desumana e egoísta, para poupar uns míseros euros por mês!

  27. Antonio Farinha Paulo Veiga says:

    Concordo com tudo o que foi dito em relação à CGD, eu também faço parte da lista, de 3,33 passou para
    5,15 euros de comissão por mês. Isto quer dizer que vou pensar duas dezes, ainda à bancos que não
    cobram este serviço e têm lucros ao fim do ano e nós nem juros temos ao fim do ano. Só tenho um caminho é mudar de banco .

  28. Alexandre Santos says:

    Giro. Se eu ainda pago as absurdas taxas de manutenção de conta da CGD, é para ter algum serviço em troca. Um gestor de conta que eu saiba quem é e com quem possa falar, um balcão onde me possa dirigir… A partir do momento em que sistematicamente cortam estes serviços e empurram os clientes para os “canais digitais”, deixa de haver motivo para continuar na CGD pois há bancos digitais que prestam o mesmo (pouco) serviço por uma fração do custo.
    Enfim, quando as velhotas que lá têm a pensão quinarem todas, quero ver como eles vão descalçar a bota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.