PplWare Mobile

Ransomware: Cidades vítimas pagam 1 milhão de dólares a hackers


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Rafael Encarnação Cardoso says:

    Pagar? É sistema de segurança em condições?

  2. The Bit says:

    A empresa onde trabalho sofreu um ataque informático ramsoware. Todos os ficheiros ficaram bloqueados… todos… Os Hackers pediam resgate em Bitcoins.
    Não tivemos hipóteses. Pagamos.
    Eles desbloquearam os arquivos. Enfim.

    • EC says:

      Que raio andava a fazer o informático da sua empresa? Pergunte-lhe pelo disaster recovery plan…
      Problemas acontecem e ter os dados salvaguardados (backup) deve ser uma das medidas mais básicas de segurança da informação

  3. Hugo Nabais says:

    “atendendo a conselhos de consultores externos, o município autorizou a sua seguradora a avançar com o pagamento de 65 bitcoins (cerca de 600 mil dólares na altura) aos hackers por trás da extorsão”
    Gostava de conhecer esses “consultores”… Devem ser de uma expertise inimaginável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.