Quantcast
PplWare Mobile

Ciberataque à TAP: Publicados 581 Gigabytes (GB) de dados

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Abel Lopes says:

    Os amigos do Rui Pinto voltam a atacar, não sei quem tem coragem de defender estes artistas.
    As penas tem que ser mais duras com este tipo de crime.

    • milho says:

      Quais são as penas actuais e quais as que sugere ?

    • john says:

      Eu defendo-os porque espero que quando entrego os meus dados a alguém que esse alguém zele pela segurança dos mesmos. Se não são capazes do o fazer que não armazenem os dados ou que pelo menos os mantenham apenas disponíveis em intranet. Estes grupos até são úteis na descoberta de vulnerabilidades como também dão emprego a muito gente pois o número de empresas no ramo na área da cibersegurança tem crescido vertiginosamente.

      • Anónimo says:

        Mas uma coisa são os verdadeiros especialistas em cibersegurança, que trabalham para corrigir problemas e não para andar a divulgar e/ou vender dados publicamente. Outra coisa são hackers que só querem destruir ou ganhar dinheiro com a venda dos dados, e não com a resolução dos problemas.

    • freakonaleash says:

      O Rui Pinto tentou sacar guito a clubes bilionários do mer@bol enquanto pôs em evidência as falcatruas de uma série de artistas ligados a essa gamela…logo para mim é um bom rapaz!
      Só choram os aficionados dessa treta porque a côr deles foi a afetada…é de gente sem visão na vida, porque não ler um livro, ouvir um álbum…agora andarem aziados porque 11 tipos vestidos de cor x ganharam a correr atrás de uma bola a 11 outros tipos vestidos de cor y…epá isso é de gente que anda em escolas especiais!

    • SPIRIT says:

      COMO SABES QUE SAO OS AMIGOS DO RUI PINTO ?
      TALVEZ SE HOUVESSE MUITOS RUIS PINTOS NAO HAVIA TANTA FRAUDE E FUGA AOS IMPOSTOS COMO Á.
      MAS NAO DÁ JEITO ESTES RUIS PINTOS DEITAREM AS FRAUDES CÁ PARA FORA PARA TODA A GENTE SABER

  2. Hugo says:

    Obrigado Hackers por mostrarem o desprezo e incompetência das grandes empresas na gestão dos nossos dados pessoais. Estas têm de ser responsabilizadas por não tomarem medidas de segurança e encriptação de dados dos seus cliente. TAP nunca mais!

    • darksantacruz says:

      Bilhetes caros, atrasos sucessivos, dependendo da duração do voo o passageiro poderá não ter direito a algo para comer e agora mais esta: não cuidam dos dados do passageiro.
      E claro pertence ao estado, paga contribuinte!!! Para quando uma TAP privatizada? ontem já era tarde.

  3. Hugo says:

    Obrigado Hackers por mostrarem o desprezo e incompetência das grandes empresas na gestão dos nossos dados pessoais. Estas têm de ser responsabilizadas por não tomarem medidas de segurança e encriptação de dados dos seus cliente. TAP nunca mais!

    • João says:

      Vodafone, Grupo Sonae, Impresa, Laboratórios Germano de Sousa, Serviços Municipalizados dos Transportes Urbanos de Coimbra, Hospital Garcia de Orta, etc.
      Comunicações moveis nunca mais, hospitais nunca mais, transportes urbanos nunca mais, analises clinicas nunca mais, etc.
      O melhor é nem sair de casa

      • Santos says:

        Bem dito, mas depois quem diz isso tem um conta na Google que até as conversas gravam com o telemóvel em repouso… Enquanto uma empresa apenas tiver vulnerabilidade nos dados de perfil está tudo bem, quando os revolut e mbway ou paypal vierem a público dizer que sofreram ataque, será bem pior….

  4. João says:

    O Cibercrime, neste momento, vale mais do todo o negócio da droga existente no mundo.
    Mesmo que num ou noutro caso possa ter havido algum descuido (pouco investimento/investimento desadequado), nas questões da Segurança, estes senhores são ladrões e devem ser tratados como tal.
    Os “Rui’s Pintos’s” deste mundo não são bons samaritanos que deambulam pela parte obscura da internet, para fazer o bem a todos…

    • Anónimo says:

      Nem mais, uma coisa são os especialistas em cibersegurança, que trabalham para corrigir problemas e não divulgam dados. Outra coisa são hackers que não passam de ladrões, só que no mundo digital.

      • Vasco says:

        Os média chamam a esta gente hackers, indevidamente. O conceito de hacker é muito diferente é, nem sequer se dá pela entrada deles nos sistemas. Normalmente nem sequer deixam rastro, é o seu estímulo não é certamente o ganho financeiro advindo do roubo de informação, é muito menos a prática de chantagens sobre os seus alvos.

  5. Az says:

    Alguém sabe se dá para consultar a tal ‘lista’ na Web?
    Segundo dizem foi para a darkweb, mas gostaria de saber/confirmar se os meus dados estão lá incluídos.
    Obg.

    • João says:

      Não me faz muita diferença que alguém saiba por onde eu tenho viajado e a minha morada não deve servir para grande coisa.
      Se eu tivesse pago alguma viagem com cartão de crédito estaria mais preocupado.

      • xtremis says:

        Com dados suficientes é possível pedir um cartão do cidadão falso, roubar uma identidade e partir daí, é um mundo: pedir um empréstimo (ou vários) aos bancos, pedir cartões de crédito e fazer compras, um longo etc. Há alguns casos desses e sinceramente não me apetece descobrir de está mais fácil ou difícil de conseguir isto do que há uns anos atrás…

      • Az says:

        Bastante redutor o seu comentário, na minha opinião.
        Ninguém deverá querer publicamente o seus dados revelados sem sua autorização,
        Morada e nºs de identificação servem para muita coisa sim, como duplicação de identidade p.e. Isto para fins ilícitos que nos poderão trazer bastantes dissabores.
        Acabou de sair neste site notícia de ataque à Revolut.

      • Godlike says:

        E coisas como roubo de identidade, spam, phishing, será que te faz diferença?

  6. Vasco says:

    Mereceriam repeito se não tivessem divulgado os dados de terceiros, dado que não lhes pertencem, e tivessem sim divulgado provas de conceito nos média, para chamar a atenção dos responsáveis pelo IT dessa empresa. A partir do momento em que divulgam os dados deixaram de ser hacker para passarem a ser apenas criminosos informáticos. Verdadeiros hackers jamais procederiam dessa forma. Auto intitulem-se sim como vândalos electrónicos, dado que não passam disso. Gente desta é vergonhosa e, repito, não podem ser considerados hackers.

  7. Vasco says:

    Os média chamam a esta gente hackers, indevidamente. O conceito de hacker é muito diferente é, nem sequer se dá pela entrada deles nos sistemas. Normalmente nem sequer deixam rastro, é o seu estímulo não é certamente o ganho financeiro advindo do roubo de informação, é muito menos a prática de chantagens sobre os seus alvos.

  8. Cláudia Santos says:

    TAP é lixo

  9. Pires says:

    Portugal tem um dos maiores hacker do planeta que está preso porque uns senhores da bola ficaram ofendidos porque se descobri-o as fraudes que andam pelo futebol português. Se o estado tivesse mas era pegado nesse jovem hacker e tê-lo posto a trabalhar para nós, teria feito melhor figura. Provavelmente já teria descoberto muitas das falhas que o sistema português possuí e até quem sabe se não descobria os “agentes” estrangeiros que estão a actuar em Portugal…

  10. Jane Doe says:

    O Costa “voluntariza” já os contribuintes tugas para indemnizar os lesados…

  11. deepturtle says:

    um dia destes, após algum mega escândalo internacional com impacto gravíssimo em toda a sociedade, os governos virão com uma solução tecnológica para a nossa segurança de dados pessoais mas… terão de abdicar da privacidade e aceitar determinadas condições de controlo… just sayin’!

  12. Fabio says:

    Agora com o 3d secure mesmo que tenham acesso a cartões de credito valem de muito pouco…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.