Quantcast
PplWare Mobile

Chegou o Revolut Junior a Portugal! É hora de dar um cartão aos mais novos

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Tiago Ferreira says:

    Mas qual é a criança que vai andar com um smartphone aos 7 anos e com uma app de uma entidade financeira? Sinceramente não entendo estas empresas

    • Filipe says:

      Hoje em dia qualquer uma anda de iphone na mão. Os pais fazem tudo para lhes fazerem as vontades todas. Assim livram-se deles. Infelizmente é a triste realidade. Falta de respeito e civismo, filhos porque sim, etc etc.

    • sonecas says:

      A criança que tiver de usar dinheiro para comprar seja o que for, e com um telemóvel dos baratos dá perfeitamente.
      Não sei que idade tem o Tiago, mas no meu tempo de criança, andava com trocos no bolso, e o controlo que os meus pais tinham era zero, tanto que gastava os trocos numa maquina de jogos de uma tasca (25 escudos na altura), e andava na primaria, 4ª classe.
      Portanto, imagino que hoje em dia, qualquer criança com 8/9 anos tbm ande com uns trocos no bolso.
      Se em vez disso, que como lhe disse em cima, não é controlável pelos pais, andar com um telemóvel dos baratos (que tem mais finalidades do que apenas esta) e uma aplicação em que regista todos os gastos, os pais de certeza que iram perceber bem a mais valia disto.

    • adbu says:

      há países que estão a tentar a acabar com o dinheiro na forma física. O que faz falta a muitas pessoas por cá é formação financeira. Talvez se as crianças começarem a ser educadas cedo e a serem responsabilizadas com alguns gastos, talvez não se tornem dependentes da sociedade no futuro e adquiram a capacidade de poupar algum, mesmo quando a entrada é reduzida.

  2. Paulo R says:

    Brutal! Obrigado!

  3. Helder Coelho says:

    vou já pedir abrir contas para a miudagem toda da familia! Mas só quando o Paulo Macedo for CEO! :º

  4. big says:

    Os miúdos não precisam da aplicação para nada, ela é um “nice to have” caso os miúdos queiram saber qual o seu saldo e afins;

    De qualquer forma imagino neste momento imagino que a maioria dos miúdos já tenha um telemóvel, nem que esteja restringido só para ligar aos pais e família, duvido que seja um iPhone, mas isso não interessa.

    De qualquer forma esse conceito de cartões “pré-pagos” há muito que existe em Portugal, ( Cartão Millennium bcp Free Júnior, o Cartão Pré-Pago Pocket NB do Novo Banco, o Cartão Mesada do Santander Totta ou o Cartão Pré-Pago LOL da Caixa Geral de Depósitos) o que lhes faltava era provavelmente a app para notificar os pais das transacções dos miúdos e a capacidade de instantaneamente lhes disponibilizar dinheiro caso necessitem (esta ultima parte estou a supor visto que nunca utilizei um).

  5. Luis says:

    Quando chegar ao revolut (cartão grátis) e o meu puto me começar a pedir dinheiro (deduzo que lá para os 15 ou 16) poderá ser uma ideia interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.