Quantcast
PplWare Mobile

Cheget: A mala que acompanha Vladimir Putin para todo o lado

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. irritadiço says:

    Hoje em dia até podia fazer isso com um smartphone todos xpto cheio de bandeiras russas e com uma app. Mas não, usam uma mala dos anos 80 e fatos xxxxxl. Raio de gente mais deprimente!!!

    • Sergio says:

      o primeiro pensamento é esse, mas como ficou provado nas noticias de hoje num smartphone do presidente espanhol qualquer um entra.. se calhar numa mala destas o caso nao é igual lol

      • Miguel says:

        Yep, antigamente faziam-se coisas bem mais seguras e fail proof

      • Mauricio says:

        +1
        Mas eu pessoalmente acho que aquela mala esta cheia de preservativos.. 🙂
        O Putin é um homem cheio de força e tem que mandar uns pinotes de x em x tempo 😀
        O Biden por seu lado tem uma mala cheia de fraldas.
        prioridades..

    • ItsMeMikey says:

      Se usar o mesmo tipo de encriptação que usou na Ucrânia vai mesmo necessitar de usar um telemóvel!

    • CaptianObvious says:

      Sim claro, seria perfeitamente aceitável herdar também os problemas que os civis sentem com os seus telemóveis. Por exemplo, bateria para uma autonomia superior a 2 dias, quedas a superiores a 4G, ligação a satélite..and so on and so on…

    • Echo says:

      Hoje em dia não falta gente com capacidade técnica para encontrar uma falha de segurança nos telemóveis e apps que tanto gostas. Encontrar alguém que saíba mexer numa tecnologia com 40 anos…
      Ainda por cima técnologia Russa…
      Muito boa sorte… Encontras um trevo de quatro folhas de olhos fechados com mais facilidade..

    • CMatomic says:

      Sabes o que é tecnologias robustas ?
      Isto são coisas bastante serias .

    • Jane Doe says:

      (Quase) tudo o que aquele homem tem é dos anos 80… deprimente!

      • Samuel MGor says:

        Mas vale ter coisas dos anos 80 e seguras do que ter coisas atuais e inseguras. Caso não saibas o sistema de misseis nucleares dos EUA ainda usas o Windows 3.1.

        • Jane Doe says:

          Porque tudo o que é dos anos 80 é seguro, e tudo o que é contemporâneo é inseguro, é isso?

          • Samuel MGor says:

            Já imaginas-te se fosse atual? Agora imagina o que um hacker, que queria o fim do mundo, entrava no cheget e designava todos os países como alvos e dava autorização para lançar. É neste contexto que o meu comentário se encaixa.

        • :-) says:

          E então? Desde que não esteja ligado à internet e esteja numa rede local protegida, não há necessidade para o bloat todo das versões mais recentes do Windows. LOL, caramelo…

      • Toni da Adega says:

        Por ser antigo nao significa ser mau.
        A própria NASA utiliza os Soyuz para levar pessoal para a ISS, é equipamento da década de 60.
        Só agora é que estão a mudar a para SpaceX.

        • jota says:

          E achas que os Soyuz (Russos) não são actualizados desde os anos 60?
          É verdade que tecnologia dos anos 80 é menos vulnerável porque tem menos funcionalidades, se acrescentas funcionalidades estás potencialmente a acrescentar vulnerablidades.

    • JS says:

      Se percebesses o minimo de tecnologia e segurança não fazias esse tipo de comentários.

  2. pipapapigrafo says:

    Este tipo de palhaçada era típica do Kimy da Koreia do Norte, mas pelos vistos o James Bond albino tb gosta de ser palhaço.

  3. Redin says:

    Devem ser as chaves cripto que ele transporta porque o Rublo vai afundar.

    • Memória says:

      Quando o rublo afundar ….

      Atualmente, e depois das “Terríveis Sanções da Comunidade Internacional” o rublo parece ser a moeda mais forte do mundo.

      Quem me dera poder comprar rublos 🙁

      • JCLopes says:

        Pode ir viver para a Rússia e comprar quantos quiser.

      • Memória says:

        Não me parece que os russos estejam muito interessados numa moeda
        que se desvaloriza constantemente, a não ser que considerem que o rublo está
        a valorizar demais

        O maior roubo da História da Humanidade:
        https://vk.com/video516205560_456239443

        • Vítor M. says:

          O maior roubo foi a destruição das cidades da Ucrânia e as mortes que o invasor russo cometeu. Roubou vidas, dignidade, respeito, pelo ser humano.

          • Mauricio says:

            Vitor,
            E as mortes dos mais de 14000 civis perpetrados pelo regime nazi Ucraniano durante mais de 8 anos em Donbass, não conta?
            Ou os nazis podem fazer as atrocidades que eles quiserem?
            Pela Lei internacional qualquer povo sujeito a genocídio, tem direito á autodeterminação..

          • Vítor M. says:

            Não mistures propaganda com factos. Esse discurso marioneta até te fica mal, perante as atrocidades que temos visto. Se puderes, usa a inteligência. Com estes atos do invasor e com outros do passado, como a invasão antes da Crimeia e Dunbass, não tentes lavar os factos.

          • Mauricio says:

            A Crimeia usou a lei internacional, para se tornar um país independente!
            Eles fizeram um referendo, e o referendo foi validado no parlamento da Crimeia, em seguida declararam-se um País independente, só mais tarde é que pediram a adesão á Federação Russa, e a DUMA russa validou o processo e foi para o Presidente validar ou não, e o Putin acabou por validar e assinou os Documentos.
            Ou seja a Rússia não tem nada a ver com a Crimeia, a Crimeia era um País independente quando se juntou a Rússia.
            Donbass era suposto ser uma região autónoma, com os acordos de Minsk, mas a Ucrânia falhou em implementar os acordos, pela Lei internacional, já só havia a hipótese de declarar DPR e LPR como Países independentes, como foi feito no Kosovo pela Nato.
            Ou seja a Rússia reconheceu Donbass como Países, porque já não havia nenhuma opção na lei internacional, parta o problema.
            Pela Lei internacional, primeiro deve-se tentar a opção de região autónoma, se essa opção falhar só resta a opção de país intendente.

          • Vítor M. says:

            Não usou nada, não tentem enganar as pessoas. A Crimeia foi subjugada pelos russos porque é uma peninsula estratégica para a Rússia. Parem de comer gelados com a testa. E Também foi uma invasão de uma pais soberano. Sem qualquer legitimidade e a propaganda dos hipotéticos ataques servem para alguns atadinhos acreditarem e abanarem com a cabeça, a ver se lhes cai algum no bolso.

            Depois tudo o que estejas para aí a tentar orquestrar é parvo, não justifica em nada esta chacina. Aliás, qualquer justificação é do mais imbecil que pode haver. Estes crimes de guerra vão ter um preço alto para a Rússia, infelizmente irão pagar os mesmos de sempre, o povo, que não têm culpa do que faz o ditador.

          • Mauricio says:

            Vitor,
            Eu acho que o Vitor esta numa onda de propaganda..
            pronto assunto arrumado.

          • Vítor M. says:

            Sim, o que temos visto é apenas uma simulação. Enfim.

        • Mauricio says:

          Na minha opinião, uma moeda balanceada é aquilo que a Rússia procura.
          Não demasiado forte, porque nessa situação depois ninguém consegue comprar recursos aos russos, e só serve para eles importarem productos..
          Mas também não querem uma moeda muito fraca, porque depois quando eles precisarem de importar productos ficam a perder..

          O Rublo vai se transformar numa moeda boa para trocas comerciais, e eu suponho que vai ser indexada ao ouro em junho..nesse caso a moeda nunca puderá descer abaixo de 80 dolares.
          Ao mesmo tempo está indexada ao gas, o que lhe permite valorizar acima de 80 dolars, como esta na actualidade a 60 e picos dollars..

          Pois a EU destruiu a estabilidade do euro e a confiabilidade do euro.
          Já há muitos países que estão a equacionar abandonar o euro como moeda de transacção, devido aos roubos que podem acontecer…transformamos-nos em ladrões.

    • JS says:

      O Rublo caiu 80% no incio das sanções e recuperou tudo, subindo ainda mais alto que o inicio..

    • Memória says:

      Aqui estão os dados em forma gráfica da evolução do dólar/euro/rublo

      Dollar PLUMMETS after Putin signs decree on Russia’s tit-for-tat sanctions – Inside Russia Report
      https://www.youtube.com/watch?v=DFvGJ_mhbmQ

      Comentários diários aprofundados sobre a evolução politica, e alguns sobre a evolução militar do conflito de Alexander Mercouris, cidadão grego sediado em Londres:
      https://www.youtube.com/c/AlexanderMercourisReal

    • Memória says:

      Alexander Mercouris é na prática o único comentador que tenho seguido quase todos os dias, são geralmente considerações e projeções bem informadas as que faz (geralmente corretas).
      Aceita e avisa que muitas das informações que tem não podem ser sempre confirmadas independentemente.

      Em https://youtu.be/4J5IUtMXklA
      faz a partir de cerca dos 20 minutos algumas comparações entre a evolução da guerra na Ucrânia e a da guerra no Vietnam nos anos 60 – 70

  4. David Guerreiro says:

    Ele devia era usar uma mala chamada ChegetdePutin

  5. abilio silva says:

    A mala não têm nada de tecnológico. O que acontece é que o medo dele é tanto que ele têm aqueles problemas que os bebés têm: anda sempre todo borrado. Então precisa de fraldas, cuecas lavadas seja o que for. Isso é o que a mala contêm.
    PS: com os comentários que faço sobre esta triste personagem, um dia destes cai um missil em cima
    minha casa.

  6. Vasco says:

    Cingindo-me a responder ao título só me ocorre que o criminoso de guerra deve ter lá dentro o resto da mioleira apodrecida que pertence a toda a nomenclatura do Kremlin. Certamente cabe no volume da maleta.

  7. Jane Doe says:

    Pensei que fosse daqueles vendedores tipo tupperware, mas de brinquedos sexuais…

  8. Samuel MGor says:

    Já sei o que lá esta dentro… é o VIAGRA mais precisamente 50 caixas.

  9. Jakuti says:

    São apenas uma muda de cuecas e meias e um comprimido de cianeto… para a azia….

  10. FreakOnALeash says:

    É a mala onde leva os arquivos da PIDE desviados pelo PCP para o KGB. Inimputáveis!

  11. Atento says:

    A mala entrou ao serviço em 1985, por ordem de Gorbachev, para evitar a repetição de um incidente semelhante ao que ocorreu em 1983, em que teve que ser o bom senso de um oficial russo a evitar o rebentar de um conflito nuclear global.
    Os soviéticos tinham um modelo de decisão/resposta descentralizado frágil que só não resultou num conflito pela decisão deste oficial (Stanislav Petrov).

    • Mauricio says:

      O problema não era o modelo decisão..
      porque nestas coisas nunca há bons modelos de decisão.porque um bom modelo de decisão demora mais do que 20 minutos de certeza…se calhar horas, e o oficial tinha apenas 15 minutos para tomar uma decisão.
      Ele pura e simplesmente preferiu arriscar ser nukeado, ao invés de atacar primeiro.

  12. irritadiço says:

    Eu acredito que ele carregue no botão da mala todos os dias à espera que lhe respondam ou que aquilo funcione, mas NADA!!!

    Deram-lhe uma mala para ele brincar às “Nukes” e ao Trump um botão vermelho enorme como ele diz, mas não fazem nada como é óbvio.

  13. ervilhoid says:

    faz lembrar a coreia do norte, nunca sabemos nada deles a não ser para dizer algo que nos convém

  14. Tiago says:

    Agora é que o modelo da mala vai ficar famosa ! :))

  15. Conde D. Henrique says:

    Alguém pode comentar sobre a mala dos ianques? Obrigado.

  16. abilio silva says:

    Esta manhã ao assistir ao desfile da sucata em Moscovo estive concentrado na famosa mala que um indivíduo transporta logo atrás do Putin. Pensei então: basta um sniper disparar na mala e lá foi o ataque nuclear.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.