Quantcast
PplWare Mobile

Audi confirmou que vai parar de desenvolver motores a diesel

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Ana Sofia Neto


  1. José Fonseca Amadeu says:

    Para os menos atentos isto é a manobra da Audi para se preparar para o hidrogénio sem levantar a bandeira para a concorrência.

    • Rui says:

      o hidrogénio dificilmente terá futuro nos carros

      • Rebenta anilhas says:

        Isto dito por mais um “especialista” em nada!
        Por isso é que cada vez mais Países estão a investir fortemente no Hidrogenio e na rede de distribuição.

        • Rui says:

          Especialista em nada mas que pesquisa muito para ter as opiniões, aconcelho te a fazeres o mesmo, aqui tens um video para ver se aprendes os problemas os problemas do hidrogeneo.
          https://www.youtube.com/watch?v=f7MzFfuNOtY
          Começa a ver videos e a ler coisas antes de mandares postas de pescada sem saberes o que estás a dizer

          • PML says:

            Muito interessante. O preço de 17€ por 100Kms torna praticamente inviável para uso pessoal e ainda mais para uso profissional

          • José Fonseca Amadeu says:

            100 kms são 1kg de hidrogénio, na sua vertente mais cara o verde custa cerca de 2,5 usd a 6 usd, os preços baixam conforme o investimento.
            A única verdade é na falta de eficiência energética do hidrogénio pois preciso de muito mais energia para ser produzido, mas isso é um não problema pois pode ser armazenado, por isso até pode ser apenas produzido em vazio e mesmo assim não implicar alterações de fundo na rede de distribuição.
            Ver vídeos no YouTube é muito giro, mas útil apenas pra quem sabe digerir o que vê.

          • Rui says:

            José Fonseca Amadeu sim pode ser armazenada mas continua a ser caro e ineficiente e para alem disso é muito mais dispendioso armazenar um liquido do que um gas mas mesmo assim o possibilidade de ser armazenada não importa aqui o que importa é como é dificil de transportar ter´de ser feito em cda bomba de gasolina o que fica muitos mais caro do que fazer numa central, eu acredito a 100% no hidrogeneo para avioes e navios para carros não, pode ser produzido em grandes quantidades no aeroporto baixando o preço logo aí ganha a tudo o resto

          • GFan says:

            17€ por 100Kms isso mais os impostos à Portugueses deve dar qualquer coisa como 30€ a 35€ por 100Kms

  2. CMatomic says:

    Não entendo o fetiche dos apologistas do hidrogeno, ate parece que gostam ser massacrados com a subidas e descidas no preço de um combustível liquido .
    Com os veículos eléctricos o próprio dono da viatura pode produzir o sua própria electricidade ou vender o excesso que não consome, para não falar de poder futuramente carregar o veículo eléctrico enquanto se desloca em vias próprias, as tecnologia de baterias cada vez estão mais eficazes por isso tempo de carregamento e de autonomia deixam de ser um problema .

    • José Fonseca Amadeu says:

      Só as pessoas pouco informadas acham que o eléctrico tem evolução suficiente para poder ser uma alternativa à combustão no prazo de 10 anos. Os problemas são demasiados e em 10 anos não vamos ter a evolução que pensam, nem em 20 para que toda a gente possa substituir o seu veículo a combustão.
      Não é portanto um fetiche mas sim conseguir ver a realidade como ela é.
      Deves pensar que praticamente todos os países desenvolvidos do mundo estão a investir B em hidrogénio porque gostam de mandar dinheiro fora.

      • rodrigo says:

        Ora…quais sao os demasiados problemas com os eléctricos? Gostava de saber.

        • PTO says:

          A produção de eletricidade em quantidades astronómicas é uma delas e nada amiga do ambiente.

          O lixo gerado por baterias em fim de vida será rapidamente insustentável quando tivermos biliões de carros eléctricos a circular diariamente no planeta.

          A evolução tecnológica de um carro eléctrico vai estar sempre limitada pela evolução das baterias, que se sabe ser extremamente complexa e cara, que por sua vez irá manter os carros eléctricos a um preço elevado para o cidadão comum.

          • rodrigo says:

            A produção de electricidade so tem de aumentar – com ou sem carros eléctricos. Ja que a populacao mundial nao para de crescer e a melhoria da qualidade de vida nas países mais pobres nao para de crescer tb. Teriamos de aumentar a produção de energia independente de td.

            As baterias serão reutilizadas e ultimamente serão recicladas. E essa reciclagem das baterias sera grande negócio no futuro. O lixo gerado pelas baterias nao sera assim tao grande ja que a reciclagem ajuda. As pessoas pensam que se vai deitar as baterias dos carros fora como se fossem as baterias que temos em casa…certamente nao sera esse o caso.

            A evolução das baterias ja deu mais avanços nesta década do que os avanços dos carros tradicionais nas ultimas decadas. O carro tradicional em si nao evolui mais..nao vai ser possível fazer o carro mais económico. Ja que a maior parte da energia ‘e gasta em calor e barulho.

            Como qualquer tecnologia, quantas mais pessoas adaptarem ‘a nova tecnologia mais barata fica. Ainda me lembro do meu primeiro portátil em 2000 e poucos que custou mais de €2000..aquilo era um chaço. Agora compra se um melhor por €200

            Tens mais ‘problemas’ com os electricos? gostava de saber

        • José Fonseca Amadeu says:

          Começa logo por nenhuma rede eléctrica de nenhum país do mundo estar preparada para sequer 50% da população tenha eléctricos.

          Impossível também que toda a energia dos evs venha de fontes renováveis.

          Garagens? Nem 50% dos carros tem direito a garagem.

          Extração de metais para baterias. Informem-se da rede por de trás disto e o que isto está a fazer a alguns países da América do Sul e aos seus ecossistemas. Além disso esses metais são finitos e há quem já lhes tenha colocado uma data limite.

          Falta de flexibilidade. Ter de se programar para carregar as baterias com longas paragens em viagens e o que acontece quando uns simples 10% da população tiver evs e for de viagem, vão estender as estações de serviço, uma a cada 2 kms com postos de carregamento?

          Número de kms. Claramente insuficiente e sem grandes avanços tecnológicos por enquanto, estamos sempre limitados a estes avanços.

          Duração das baterias. Como qualquer bateria eventualmente vai ter de ser trocada e os preços são pouco simpáticos.

          Mercado dos usados. Valores muito elevados e se no mercado dos usados de combustão o medo era em saber se tinha sido acidentado aqui o receio será saber a duração da bateria e como foi tratada.

          Reciclagem de baterias. Puramente teórico e ainda longe de se concretizar. O lixo gerado será muito pior do que o relacionado com combustíveis fósseis pois a contaminação dos solos é das piores.

          Preços. Valores muito elevados e quase que obrigam a compra de um carro 0kms para ter apoios do governo.

          Não pagamento de IUC e outros. Não irá levar muito tempo até que seja uma realidade e quando proibirem a venda dos combustão até devem aproveitar para subir os preços. Não se lembram o que aconteceu com o IUC recentemente? O meu 3000cc a gasóleo de 2000 10 vezes mais poluente que o meu 2000 a gasóleo de 2019 paga 75% menos de IUC.

          Existem muitos problemas e por isso eu com electricidade de “borla” não apostei num eléctrico, ter um carro só para ir para o trabalho não é para mim e olha que vivo a 12km do local de trabalho, mais depressa assinava um serviço de subscrição Uber, quando eles existirem.

          • rodrigo says:

            E qual o pais que tem 50% da populacao com EVs? Tal como o numero de EVs vai aumentar, a produção de electricidade também vai aumentar. Os governos estao a trabalhar nisso. Ou achas que temos de ter a infra-estrutura ja pronta para amanha?! Nao funciona assim. Ha uma evolução como td.

            Nao precisas de garagem para carregar um EV. No meu local de trabalho existem vários posts de carregamento para os donos dos EVs. Eles pagam aquilo que carregm mas o espaço ‘e so deles. Eles trabalham durante o dia e carregam o carro entretanto. Escusado sera dizer que nao tem de carregar todos os dias portanto ha sempre lugar. Se uma empresa tiver parque estacionamento pode mt bem instalar uma carregadores la.
            Também ja vi em varias cidades de europa estacionamentos na rua com carregadores ao lado. O lugar ‘e so para os EVs.

            Sim a extração dos metais nao ‘e a mais limpa mas ‘e bem mais limpa do que a extração e o transporte do petróleo. Os metais sao finitos e o petróleo nao ‘e?! E quando queima-se o petróleo nao ha maneira de aproveitar nada enquanto as baterias podem se reciclar.
            A Tesla tem estado a mudar a composição química das suas baterias. As baterias que utilizam nos seus carros nao ‘e a mesma de ha 5 anos atras, nem de 10 anos atras por exemplo. Sempre a avançar enquanto a evolução do petróleo ‘e quase inexistente.

            Nao vejo problemas nenhuns em programar uma viagem consoante a rede existente. ‘E tudo uma questão de mentalidade.

            O numero de kms ‘e claramente suficiente ja que a grande maioria das pessoas que utilizam o carro diariamente percorre menos de 40kms por dia. A grande maioria das pessoas nao vao fazer viagens de 200+ kms diariamente pois nao? Quando fizerem viagens longas podem planear a viagem.

            Quando se tem de trocar a bateria teras o dinheiro, ja que poupaste milhares de € em petróleo, manutenção, etc. Alias ainda existem muitos híbridos do inicio do anos 2000 ainda com a sua bateria inicial.

            O mercado dos usados ainda ‘e muito elevado porque ‘e algo muito recente! Completamente normal. Ou querias que uma tecnologia nova baixasse logo para metade do preço? Podes facilmente ver a saude das baterias na consola do carro..muito mais facilmente do que tentar descobrir se um carro tivesse sido acidentado ou nao.
            Qualquer coisa me diz que uma pessoa que compra um carro eléctrico vai tomar MT bem conta dele ja que nao foi barato certo? Os que compram um eléctricos tem uma mentalidade diferentes dos outros ja que podiam ter comprado u carro normal mas decidiram comprar um EV.

            Como disse anteriormente, a reciclagem so sera em ultimo caso. Antes as baterias serão reulitizadas para outras casos. Ha cidades no Japão que reutilizam as baterias (que tem carga insuficiente para os EVs mas que ainda funcionam) para iluminar as ruas. Durante o dia carregam as baterias e ‘a noite iluminam

            Li bem? Estas a dizer que as baterias vao poluir mais do que os combustíveis fósseis? Agora vi que nao percebes nada do assunto. A possível contaminação dos solos ‘e localizada enquanto que o CO2 nao ‘e. Agora diz-me qual ‘e pior para o ambiente – um lugar com contaminação ou um gas poluente que se espalha?

            Como qualquer outra tecnologia nova, os primeiros serão sempre mais caros. Por exemplo os primeiros telemóveis eram mt caros e pouca gente tinha um. Agora ate os putos tem um telemóvel ou dois.

            Sim no futuro os EVs tb irão pagar IUC. Nao ha duvidas nisso.

            Quando leio comentarios tipo este so vejo o quao mente fechada certas pessoas sao. Os EVs leva a uma mudança de mentalidade e atitudes e de hábitos e isso assusta certas pessoas.

            Tens mais problemas? Gostava de saber

          • José Fonseca Amadeu says:

            Esses problemas chegam-me, como todos os outros apologistas dos EVs falam sempre no futuro, e aí eu concordo, EVs são uma utopia e como já aqui referia vão ser o futuro do futuro, ou seja la entre 2050 e 2100 poderemos todos ter EVs, enquanto isso a única desculpa que têm é o co2, eu prefiro comer co2 do que comer ácido das baterias, prefiro poluir o ar que poluir o solo, nem os mortos deviam ser enterrados quanto mais baterias.
            Tenho um híbrido e no local de trabalho tenho o meu lugar com direito a carregador, na minha empresa nem 10% das pessoas têm direito a lugar de estacionamento, e como na minha empresa na maioria delas é assim, muito menos lugar para garagem ou pagar por estacionamento subterrâneo.
            EVs servem para poucos privilegiados, até me poderia inserir aí não fosse o facto de conseguir ver as coisas como elas são.
            A poluição é um não tema e os EVs ajudam muitas carteiras incluindo muitos governos, eu prefiro esperar e colocar o meus trocos num carro a hidrogénio que é o único que vai conseguir efectivamente substituir os carros a combustão.

          • IonFan says:

            Oh homem, já lhe explicaram que os eléctricos a H2 tem 1/3 da eficiencia dos eléctricos a bateria. Ou seja, é preciso produzir 3x mais energia para os mesmos kms percorridos. Vai continuar a insistir com o argumento da produção de energia? Isso é esquecimento ou pagam-lhe para vir pregar os Fuel Cell?

          • rodrigo says:

            Tens nocao que os caros a hidrogénio tem as mesmas baterias que os carros eléctricos tem? Em menos quantidade mas tem. Ora gastas imensa electricidade em criar hidrogénio para depois meter no deposito, esse hidrogénio ‘e convertido e vai para as baterias que movimenta o carro. Nao faz falta ser um génio para perceber que faz mais sentido por a energia logo directamente para as bateria em vez de converter para hidrogénio e depois converter para electricidade de novo

            E se achas que os carros eléctricos sao o futuro do futuro então nem queiras saber o quao futuro sao os caras de hidrogénio. Esse ‘e outro tema completamente diferente. Ficas a saber que os EVs conseguem ser por volta de 80% eficientes ou seja 80% da energia que gastas a carregar as baterias vai para o movimento do carro. Os de hidrogénio sao por volta de 60% e os carros tradicionais por volta de 30%.

            Pronto, as empresas podem nao ter lugar para todos mas ha sempre varias opções. Por exemplo ja vi centros comerciais com carregadores. Vais ‘as compras e deixas o carro a carregar.
            ‘E como digo a parte mais complicada ‘e mudar a mentalidade das pessoas.

            E também nao tens nocao do quao prejudicial ‘e o CO2 para o mundo inteiro inclusive para o individual? Se achas que preferes comer CO2 do que comer acido das baterias nao sabes do que falas. Mesmo. Havias de estar calado em vez de espalhar ignorância. Mas td bem.

    • José Fonseca Amadeu says:

      Eu como off grid enthusiast e como alguém que tem investido em painéis solares e baterias seria considero-me mais apologista do eléctrico, acontece que sei pensar por mim mesmo e sei não ceder a marketing.
      Como alguém que costuma andar por aí diz, gosto de estar refém das petrolíferas e pagar o que eles quiserem 😀

      • Grunho says:

        Meter painéis solares para carregar carros é como quem enche uma piscina olímpica com um cálice de bagaço.

        • José Fonseca Amadeu says:

          Os meus servem para energia para a casa, acumulado num lg chem resu de 9.8kWh.
          La para 2023 quando tiver o investimento pago avanço para uma turbina eólica vertical para ser silenciosa.

      • IonFan says:

        Sou eu que digo isso, mas neste momento já começo a pensar é que é pago por uma…

      • Gonçalo says:

        que confusao de comentario entao és off grid enthusiast e queres ser refem das petrolíferas ham? se já tens esse sistema a funcionar bem o proximo passo é tentar espandir aos poucos e mais tarde ter um eletrico e daqui a uns anos riste na cara do pessoal todo que nem pagas eletrecidade de casa nem do carro

    • Rebenta anilhas says:

      A EDP e as outras empresas de electricidade riram-se do teu comentário…

    • PTO says:

      Não tenhas dúvidas de que o hidrogénio será o combustível do futuro. Não o será tão brevemente como seria preferível, mas o caminho que está a ser feito vai nesse sentido. Os carros elétricos irão ser uma fase de transição para os de hidrogénio.

    • PTO says:

      Tu queres carregar um carro eléctrico com a energia de paineis solares de consumo doméstico?
      Mas quê? Só usas o carro uma vez por semana?
      Só pode ser isso.

      • Manuel says:

        já tens casas com paineis solares que carregam baterias drante o dia para depois durante a noite usar na casa e carrear o carro e o carro anda todos os dias, quando a produção não for suficiente tiras 10% da rede

  3. gigbola says:

    Não sou nenhum entendido no assunto, mas tendo em conta o mercado português, do qual também admito não ser grande entendedor, nem de outro o sou, eu acho que a única maneira de por a população, nomeadamente aquela que tem algum poder de compra, ou/e disposta pedir crédito, a compar elétricos é mesmo acabar com os carros movidos por combustíveis fósseis.
    No momento da compra 85% dos indivíduos irão quase de certeza obtar pelo tradicional, 700km de viagem em 3 minutos de bomba….

    • Lucas says:

      Conheço que comprou um hibrido já se arrependeu, o carro tem pra e um mês já foi passear a oficina por causa do software, estacionou num Shopping pra carregar pagou uma conta que até se arrepiou.

      • rodrigo says:

        Conheço muitos que compraram um híbrido e estao muito felizes. Uma ma experiência nao quer dizer que o híbrido ‘e mau

      • Gonçalo says:

        Eu tenho hibrido e esse teu amigo deve ser daqueles que eu ca conheco, compram por causa da empresa e nao percebem nada do carro que têm, e arrepiado ficava eu quando ia à bomba agr a carregar no shooping só fico arrepiado com o preço do parque e não do carregamento

  4. Lucas says:

    Não passa pêlos meus planos comprar qualquer carro a pilhas, e só para fazer pensar alguém está idealizar um carregador para cada carro estacionado, mas isto tem pés e cabeça. e quanto nos custa a nós pagantes da EDP financiar estás mentiras climáticas. Sim porque os palhaços que mandam decidem e nós que pagamos a electricidade + cara , e depois vêm dizer que é das ventoinhas ou sol ,esta gente aproveita o que Deus dá de graça mas cobram carro na factura.
    O Outro diz é roubar aos pobres pra financiar os ricos.

    • Gonçalo says:

      parece que a gsolina é superbarata ahah olha eu tenho hibrido e a eltrecidade é bem mais barata que a gasolina desde que pasei a andar só a eltrico poupo 100€ em gasolina e gasto 16€ por mes em eletrecidade para ir para o trabalho

  5. Grunho says:

    O diesel só é bom negócio porque os consumidores de gasolina o subsidiam fiscalmente com 20 cêntimos de imposto fixo a mais em litro. No dia em que esse esquema acabar os carros a diesel são todos postos à venda a preços de saldo. E no dia seguinte vão pagar a quem os levar embora.

  6. informado says:

    é começar a vender pq depois não há peças

  7. Rui says:

    E a maior asneira o que a audi é muitos outros estão a fazer…. Mas enfim…. Pra uma pessoa que vai pro trabalho todos os dias e não gasta mais de 70 €por mês de gasóleo e uma burrise pedir créditos pra comprar um carro de 30k ou 40 k dps de ter um carro que sabe o que tem.. Acho q nng no seu perfeito juízo não troca um carro novo pra daqui a uns 5 anos ter de o vender por causa de n ter dinheiro pra meter umas baterias….

    • Gonçalo says:

      Não acho asneira, os combustiveis para alem de estarem condenados estas normas eurupeias dificultam as coisas para as marcas muitas delas já tiveram de fazer alterações por causa da EURO6 e agr já vem a EURO7 ? as marcas já se fartaram vão estar a investir milhoes para cumprir isto ?? chega a um ponto que é impossivel mais vale mudar o paradigma e os eletricos ainda têm muito que evoluir quanto mais marcas investirem mais depressa vai ser, Para alem disso as marcas dao pelo menos 8 anos de garantia das baterias e elas duram muito para alem disso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.