Quantcast
PplWare Mobile

Atenção às burlas: Há sites falsos para a venda de cães…

                                    
                                

Fonte: bbb

Autor: Pedro Pinto


  1. Pedro says:

    Reais fdp. Eles é que deviam ter as patas a venda

  2. Os Rótulos says:

    Não comprem cães. Vão buscar cães abandonados a canis de associações credíveis. Contam-vos a história do cão. Há histórias de fazer chorar as pedras da calçada. Em regra os cães não são abandonados por serem ruins. Muitas vezes também não são os donos que são ruins – aconteceu-lhes qualquer coisa.
    E também não vos deixam trazer o cão sem garantia de que se entendem (mas aceitam-no de volta se não correr bem).
    Têm assegurado o “amor de cão” incondicional, não precisam de o criar desde cachorro (também há cachorros entregues nos canis).
    Se adotarem um cão adulto livram-se do pesadelo que é ter um cachorro no primeiro ano, sobretudo cães médios grandes.
    E não precisam de gastar dinheiro.

  3. albino negro says:

    Na verdade ate acho que devem ser bem burlados.
    Tanto cachorro abandonada mas tem que gastar rios de dinheiro para ter um cao de raça que muitos depois acabam por abandonar.

  4. Spoky says:

    Se a justiça não age e se estão perante um crime e mesmo assim o site continua online.
    Poderão fazer DDoS, ao menos o dono não irá ter coragem para fazer uma queixa a não ser que seja maluco.

  5. ElectroescadaS says:

    Peço desculpa por dizer isto mas quem compra animais (cão/gato especificamente) é otário (para não dizer coisa pior).

  6. Bruno says:

    Gastam dinheiro num cão depois não tem dinheiro para o levar ao veterinario quando é preciso. Cães de raça tem mais problemas do que rafeiros ….

  7. Carlos correia says:

    Pois claro.. adotem os animais é a frase mais bonita que vejo mts vezes principalmente para quem não tem cão! Sim eu comprei cão!! E comprei não pela parte estética mas sim por limitações(como morar num apartamento) as raças não são apenas estético mas sim características da própria raça como energia/dependência/tamanho.. eu cheguei a raça do meu através das características que pretendia e não por ser igual a aquele! Sim comprei a um criador e não em lojas(mas mesmo esses tem que ser adotados ou por ser comprados tem que ficar numa jaula toda a vida é até ser abatido mais tarde! Não são peluches que se não vender devolvem-se!!! Tanto os rafeiros como os outros merecem o nosso amor é uma família!! Por isso antes um adotado que vir mandar bocas e não ter nenhum!

    • Politicamente Correto says:

      Concordo plenamente. Estamos numa altura em que todos são políticamente corretos, mas a maioria apregoa o que é “bonito” e não pratica.
      O pior de tudo é que misturam tudo. Juntam o facto de se comprar cães de raça ao abandono, como se houvesse alguma relação provada entre as 2 coisas. Na minha opinião, a maior causa para o abandono de cães é as pessoas tomarem uma decisão pouco ou nada ponderada, e quando os problemas surgem, desistem. Acontece com quem compra e com quem adota.

  8. João Reis says:

    Eu não comprei cão nenhum, aliás não tenho cão há 10 anos mas acho ainda mais ridículo as pessoas comentarem e dizerem mal de quem compra. Metam-se na vossa vida, cada um faz aquilo que quer com o dinheiro, ou agora querem proibir as pessoas de comprar cães também? Falam dos cães abandonados? E os seres humanos que passam fome? Será que já pensaram que quando deitam comida fora muitos SERES HUMANOS não têm sequer o que comer? Não sejam ridículos…

    • Spoky says:

      Muitos desses SERES HUMANOS é lhes oferecido comida e ajuda, e a quantidade de comida que as vezes lhe dão e jogam para o lixo ou para o chão? Eu próprio já vi!!!

      Não são todos, nem podemos generalizar, mas acontece e não é poucas vezes!

      Que isto sirva de carapuça…

      • Jamaral says:

        Oxalá nunca que tornes num desses SERES HUMANOS que tanto desprezas.

        A maioria deles tem o quadruplo ou o quíntuplo da tua história de vida.

        • Spoky says:

          Eu desprezei onde? Queres me elucidar? Diz-me a mim, onde disse é que disse isso.

          Começa a ler e a interpretar melhor as coisas. Qual foi a parte que não percebeste?

          “Não são todos, nem podemos generalizar”

          Careces de falta de interpretação, andas a apanhar a sol a mais.

          Fico a espera!

          • Jamaral says:

            Bem podes esperar sentado.

            Para debater o que quer que seja contigo tinha de descer ao teu nível, e depois vencias-me facilmente pela experiência.

    • Os Rótulos says:

      Não conheço ninguém que deite comida fora. Todos deitamos restos fora e alguma coisa que se estraga no frigorífico ou passa a validade, mas não é deitar comida fora. Não deixar restos nem nada azedar ou ganhar bolor no frigorífico resolvia o problema de “muitos SERES HUMANOS que não têm que comer”?
      Mas o que é que tem a ver levar um cão abandonado para casa como animal de companhia com os “muitos SERES HUMANOS que não têm de comer”. Levo um para casa e resolvo o problema?
      Não será antes um problema sou capaz de resolver e outro não?
      O que eu já notei é que há muita gente que diz “Para quê resolver problemas pequenos se não se resolvem os grandes?” e não dá um passo para resolver pequenos nem grandes.

      • Spoky says:

        Existe sem abrigos que deitam comida fora, mesmo. Já foi visto por várias pessoas. Mas tu pensas que muitos sem abrigos querem ajuda? Alguns recusam-se.

        Só quem quer sair é que aceita ajuda. Outros deitam fora. Quantos e quantos.

        Já vi eu e muita gente. Eu não estou a dizer que não merecem, merecem.

        Mas alguns deles deitam comida que lhes é entrega fora e não são restos, por exemplo latas de atum etc…

        Até associações fazem isso. Podes ver em ocorrências em grupos de Facebook. O que não falta é isso.

        • Os Rótulos says:

          Eu falei dos sem abrigo?
          Quando reproduzi a expressão “muitos SERES HUMANOS que não têm de comer” estava-me a referir a vastas regiões do mundo que passam fome.
          Quando me referi a que não conheço ninguém que deite comida fora, também não me estava aos referir aos em abrigo. Deitam comida fora, mas guardavam-na aonde, no frigorífico?

  9. Ely says:

    O que não falta são canis cheios de cães a espera de serem adoptados. E de graça. Por isso quem fica sem o dinheiro ,não tenho pena nenhuma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.