Quantcast
PplWare Mobile

Ásia Oriental é líder no consumo de tráfego de dados móvel

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. R!cardo says:

    Deve haver por lá muitos iPhones…

  2. Nelson says:

    Lol, na China, 4 em cada 5 utilizam android?

    Que remédio! Não há outra coisa!

    De salientar que utilizam android, mas não têm acesso á Play.

    • luislelis says:

      diz la porque nao teem acesso a play?
      Onde e que leste isso?
      E q outra coisa nao e que nao ha?
      Aquele abraco

      • Nelson says:

        Porque o governo chinês bloqueou, assim como bloqueia muitos serviços da Google… Não sei como é nas SEZ e SAR, como em Hong Kong.

        A maior parte dos telemóveis vendidos na china, não vêm com os programas da Google, não sei sabes, mas o AOSP não incluí o software da Google, e podes ter um Android Google-free, como faz, por exemplo, a Amazon…

        • Valente says:

          Não sei se se trata de bloqueio do “Governo Chinês”. As Rom’s e os Smartphones já vêm assim da Samsung, sem nada disso e só com 3 linguas, o chinês, o inglês e o koreano.
          Claro que a Samsung segue as directivas dos seus clientes.
          .
          Trata-se sim de não haver acordos para isso entre China e Google.

        • David Ferreira says:

          nelson não metas os pés pela cabeça. quem já foi a china sabe que as coisas nao sao assim

          a china tem os serviços da google bloqueados em algumas zonas no pais. em shengdoo e pequim tens de tudo.

          e sim vendem iphones lá e sao bastantes os chineses que os usam.

          sabes porque é que comoram mais androids?
          enquanto a apple mantem os precos em todos os paises quase por igual as outras marcas não

          enquando ppr exemplo um htc one aki chega aos 600e novo, la a versao 802w custa 350e e tem 2 cartões. a mesma coisa se passa com o s4 versao 9502…..

          • Nelson says:

            Eu disse que não sabia nas SAR e SEZ.

            Mas na China propriamente dita, o Google play foi probido, muitas coisas da Google, ou só podes ter as apps gratuitas e sem ad’s… Não sei… Não me interessa.

          • NT45 says:

            Ahh, pois, não sabes. Então não fales

      • Valente says:

        É simples. Já instalei no meu Smartphone uma Rom para a China do Sammobile para experimentar, indicativo ZC, e ela não tinha nada da Google. Nem Google acount, nem play store, nem Google search, nem… nada da Google.
        Os Chinas têm os seus próprios meios.

    • Nuno Vieira says:

      Na china não há outra coisa para além do Android? Deves-te estar a referir de uma China num universo alternativo. Alias a China recebeu primeiro o iPhone 5S/5C que nós.

      • Nelson says:

        Lol…

        Formo primeiro iPhone que chegou á China de modo oficial… Até lá, só importação paralela, por exemplo, através de Hong Kong.

        China é um país muito complexo, e muito fragmentado…

    • NT45 says:

      Não à outra coisa? Distorção da realidade

  3. Jlb says:

    Posso falar em primeira mão, porque estou na China já há 6 anos. A verdade é que neste momento “quase” toda gente ou tem um iPhone, nem que seja um 3GS, ou um Samsung Galaxy. Vejo diariamente a dependência que os chineses têm dos smartphones, tudo para uso de redes sociais como o Wechat ou QQ.
    Já em relação á Google, é mentira afirmar que Pequim e Chengdu têm acesso a tudo. Em qualquer parte da China que eu vá, vejo-me á rasca para a aceder ao gmail pelo browser e trabalhar decentemente. Quem aqui está como eu, sabe perfeitamente que é obrigatório recorrer a um serviço VPN para se poder ter uma internet decente.

  4. Benchmark do iPhone 5 says:

    “São os asiáticos, mais precisamente junto ao Pacífico, que maiores consumos de dados fazem, em média, quando comparados …”

    “na Europa, metade da população utiliza menos de 16.9 MB, por mês”

    Acho que anda aqui uma certa trapalhada. A unidade estatística não é a população são os “subscritores de serviços de dados móveis”. Não se lê: cada asiático gasta em média 1100 MB de tráfego mensal, lê-se, cada asiático com assinatura de dados gasta em média 1100 MB.

    Isto significa que pode estar a contar muito mais coreanos (tenho ideia que o custo do tráfego é muito baixo) e de japoneses do que de chineses. Só assim se pode explicar que dê mais do que a média de 358 MB na Europa.

    Aqui em casa, há três smartphones com tráfego de dados, dois com um limite de 150 MB e um de 1GB. O que se gasta de tráfego tem que ver com o custo e não com “analfabetismo”. Na Ásia é o mesmo: ou têm custos de tráfego muito baixos, ou os subscritores dos serviços de dados ganham muito bem.

    http://www.statista.com/topics/779/mobile-internet/chart/1626/mobile-internet-traffic/

  5. Dc says:

    Eu devo ter uma costela chinesa visto que todos os meses passo o limite de trafego(1GB), largamente…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.