Quantcast
PplWare Mobile

Apple regista nova patente para módulo de câmara fotográfica

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Maria Inês Coelho


  1. Tiago costa says:

    5mpx fromtais, 14 mpx camera traseira, 2gb de ram e video 4k…so espero isto. O proximo iphone ou sera desilusao

  2. JJ says:

    Mais uma patente registada que basicamente não vai valer grande coisa… a semelhança de milhares que são registas nos EUA.

    Ou seja, se as câmaras fotográficas inseridas no iPhone, iPad ou outros equipamentos da Apple só são inseridas pela Apple, do que vale ter uma patente para um tipo de lente ou câmara a ser utilizada nos seus próprios equipamentos? Deve ser para Apple proteger-se contra a “concorrente” Apple…

    É que esta tecnologia, conforme apontada pelo artigo, já é utilizada pelas empresas que fazem maquinas fotográficas e pode ser aplicada em qualquer tipo de equipamento.

    • Daniel Silva says:

      Concordo… esta patente dá a entender que descobriu a roda (quando afinal isto já era usado antes)

      • Nunes says:

        O que era usado era a ideia de dividir a luz para diferentes sensores em câmeras de video bem maiores. A miniaturização só por si já torna a ideia bastante inovadora para aplicação pretendida.

    • Norman Bates says:

      Mas então que câmaras fotográficas é que usam isto?

      Onde é que estão elas?

      • Daniel Silva says:

        Procura no google por “Technicolor camera”.
        O mesmo conceito já existe e é usado no hardware de redes ópticas (DWDM).

        • Nunes says:

          Isso sim é um conceito parecido ao que a Apple usa… mas se reparares este conceito só é usado em câmeras de video e com ópticas bem maiores.

          • LP says:

            Lol… diminuir as dimensões de algo já existente é criar algo novo patenteavel?
            Agora vai a Samsung patentear o mesmo sistema mas 1 micron mais pequeno que o da Apple…

          • Norman Bates says:

            Não, é reduzir o tamanho recorrendo a um design inteligente.

            Enfim… casos perdidos, é como se diz…

          • Nunes says:

            @ LP
            é patenteável porque não está a patentear os princípios mas a tecnologia necessária para que seja possível ultrapassar os problemas derivados da miniaturização e aplicação num telemóvel, isto é, muita da tecnologia não é a mesma!
            “sistema mas 1 micron mais pequeno que o da Apple…”
            Isso é ridículo… o que está aqui em causa é uma enorme diferença de escala que cria novos problemas

          • LP says:

            Então reescrevo: “a Samsung [vai] patentear o mesmo sistema mas 1 micron mais pequeno que o da Apple… recorrendo a um design inteligente” (seja lá o que isso for).

        • PSL says:

          Isso sim, é remotamente parecido.

          Mas o que a Apple está a fazer, é um periscópio, e o splitter é usado para corrigir e processar a imagem.

        • Nunes says:

          Isso não tem nada a ver com isto!
          Isso é para o espelho que permite ter a mesma imagem no visor que aquela que vai aparecer na fotografia. As DSLR continuam a usar um único grande sensor!

        • PSL says:

          Ao menos sabes do que é que falas? Sabes o que é uma SLR?

          Não tem absolutamente nada a ver.

          O espelho e o pentaprisma da SLR só servem para veres directamente pelas objectiva no viewfinder, só serve para enquadrar/focar a fotografia.

          Quando é para tirar uma fotografia, o espelho recolhe, o penta-prisma é tapado, e é uma câmera normal.

          Enfim… só especialistas.

          • Carlos says:

            O conceito é exatamente o mesmo oh especialista.

          • Nunes says:

            “O conceito é exatamente o mesmo”
            lol
            quer dizer que o conceito é o mesmo porque os dois casos mencionam prisma???
            Não só são prismas com propriedades ópticas diferentes como se inserem em estruturas com função muito, mas mesmo muito diferentes!

          • PSL says:

            @Carlos: isto é muito complicado para ti… enfim…

    • Nunes says:

      “Deve ser para Apple proteger-se contra a “concorrente” Apple…” ????
      A patente protege a solução desenvolvida pela Apple. Impede que outros copiem sem autorização da Apple.

      “É que esta tecnologia, conforme apontada pelo artigo, já é utilizada pelas empresas que fazem maquinas fotográficas e pode ser aplicada em qualquer tipo de equipamento”
      Não é usada em máquinas fotográficas nem com esta miniaturização. A ideia de usar prismas para dividir a luz em diferentes cores é usada em certas câmeras de video, mas essas câmeras são bem maiores. O que a patente protege não é a ideia de usar prismas mas a tecnologia desenvolvida pela Apple para que funcione a esta escala e com aplicações para além do video.
      E convém relembrar que ter uma determinada patente não quer dizer que não necessite de licenças para patentes relacionadas doutras empresas.

    • says:

      Parece-me que é o caminho certo para futuros iPhones sem cameras salientes

  3. senso says:

    Basta meter a palavra mágica num telemóvel, ou na cloud, ou com touch e é uma patente nova, revolucionária e não sei que mais..
    Entendo a parte de ter a o sensor no meio do chassis com um espelho em cima, mais espaço, até certo ponto, porque com telemoveis com 7 ou 8mm de espessura não estou a ver onde é que têm mais espaço.

    O problema dos sensores em telemóveis é sempre o mesmo, falta de espaço, quanto mais pequeno o sensor, mais ruido terá o sensor, menos sensibilidade, depois a isso aliam lentes de baixa qualidade, mas dado que toda a gente lhe mete “filtros” do Instagram não é preciso ter uma imagem inicial decente.

    • Ines Feliz says:

      gostava que o modulo da camera do iphone 6 plus aumentasse, tipo o lumia 1020 ou o antigo n8. O iphone 6 mais pequeno poderia manter se pequeno.

    • PSL says:

      A ideia é reduzir o tamanho vertical, e passa-lo a horizontal.

    • Nunes says:

      Ao usarem esta técnica têm margem de manobra para poderem usar sensores mais pequenos sem perda de resolução e até melhorando a nível de ruído. Só o facto de usarem prismas para dividir a luz em diferentes cores, permite que cada sensor aumente 3 vezes o número de pixeis no mesmo espaço – deixa de ter subpixeis para cada cor. Imagino igualmente que tendo mais espaço para as lentes consigam captar mais luz que no fim pode ser captada numa maior área total de sensor – já não é 1 sensor mas 3 ou até 4!

  4. PSL says:

    Só androids invejosos…

    Quanto tempo é que vai demorar para a samsung copiar isto e virem os coitadinhos do costume dizer que foi a google que inventou, e a apple copiou?

  5. CarlosRino says:

    Inovação tipo Maçã: copiar, agitar um pouco e patentear!

  6. Benchmark do iPhone 6 says:

    Resumindo:

    As melhores fotografias com iPhone 6
    http://www.apple.com/es/iphone/world-gallery/

    Em Madrid, a Apple fez uma campanha publicitária com essas fotos – e alguém arranjou outras para pôr ao lado. Não é difícil distinguir entre as oficiais e as não oficiais. Ficou curtido 🙂
    http://www.actualidadiphone.com/fotografiado-con-un-iphone-6-poniendo-humor-a-la-campana-de-apple/

  7. DASSE says:

    Blá, blá, querem tirar fotos como deve ser comprem uma boa maquina fotográfica. De resto é só selfies, youries e panoramies.

    • Ines Feliz says:

      tb tiras boas fotos com o iphone mas sem duvida que uma dslr ou mirrorless é essencial numa viagem

    • PSL says:

      Pergunta aos autores, onde é que compram uma boma máquina fotográfica com esta tecnologia patenteada da Apple…

      Segundo eles, esta tecnologia já se encontra em câmeras dos seus patrocinadores…

      Resta saber é em aonde?

  8. André Castro says:

    A tecnologia “Apple”, são tao boas que 2Gb de ram é usual nas marcas gigantes á mais de 2 anos. Os CCD com resoluções gigantescas e de qualidade igualmente, basta ver os CCD da Sony incluídos nos Asus, LG, Sony’s. Baterias a explodir, visto que devem usar baterias de polimeros de lítio. A tecnologia NFC, que já tem uns bons anos, nunca a implementaram. Isto não para colocar a marca a baixo de lixo como fazem as agencias de ranting lol. É só um ponto de vista que os seus dispositivos nomeadamente os telemoveis são super valorizados relativamente á sua performance/qualidade

    • PSL says:

      Nem compares lixo Android com qualidade Apple…

      https://www.youtube.com/watch?v=nCln9_mgZJo

      Existe a Apple, e existe o resto… vês o teus lindos 3GB de RAM?

    • Nunes says:

      “2Gb de ram é usual nas marcas gigantes á mais de 2 anos”
      Por acaso usam o mesmo sistema!???

      “Os CCD com resoluções gigantescas e”
      Já quase ninguém usa CCDs em câmeras fotográficas… mas mesmo que só queiras falar na resolução, vai ver bem as análises à qualidade das fotografias que cada uma consegue captar e ao tempo que é preciso perder para tirar um foto em condições…

      “Baterias a explodir, visto que devem usar baterias de polimeros de lítio.”
      A química da bateria é a mesma que das baterias usadas pelas outras marcas, que por sinal tb têm casos de baterias que entram em combustão!

      “A tecnologia NFC, que já tem uns bons anos, nunca a implementaram”
      Não só isso é falso – o iPhone 6 tem – como estás a pegar em algo que nesses bons anos não tem sido muito utilizado pela maioria da pessoas! Por seu turno a Apple preferiu apostar no bluetooth como uma alternativa mais viável para a maioria das situações!

      • André Castro says:

        Olha podes não considerar a Asus uma grande marca, mas que qualidade no seus produtos tem e isso ninguém o nega a não ser a manada da Apple’s fan.

        Sim o meu padfone 2 tanto como padfone Infinity têm 2Gb Ram, com cameras de 13mp ambas e com uma qualidade de imagem imbativel e iguais ao Experia que fornecia os módulos á Asus. Sabes quando sairam? Há 2 anos. Sabes porque ninguém usa CCD? São bem mais caros e para ter o desempenho brutal é necessario um processador de imagem muito bom o que os ARM’s não trazem para CCD, mas sim para o sensor CMOS. O CCD é utilizado pelo facto de ser menos propício a ruido. Para ti uma maquina fotográfica além de um iPhone é o quê? Uma Cannon? Uma Nikon? Menos mal.. estas estão na minha lista. Mas maquina para mim é Hasselblad. Todas elas são CCD.

        “A química da bateria é a mesma que das baterias usadas pelas outras marcas, que por sinal tb têm casos de baterias que entram em combustão!”????

        Que marcas?
        Sabes o quê é uma bateria li-poly? E uma Li-Ion? Sabes a diferença no processo de carregamento? Nos concursos de robotica já vi muitas arder, mas arder até desaparecer. Sabes o problema? Controlo de temperatura na fase de carregamento. Se furares uma bateria Li-Poly simplesmente ela entra em curto-circuito. São melhores em prestaçoes? São!
        São baterias para leigos? Não!

        “Não só isso é falso – o iPhone 6 tem – como estás a pegar em algo que nesses bons anos não tem sido muito utilizado pela maioria da pessoas! Por seu turno a Apple preferiu apostar no bluetooth como uma alternativa mais viável para a maioria das situações!”

        No iPhone 4 tinha? Não. No 5 tinha? Não. No 6 tem? Sim, mas (lá tinha que ter restrições da maça) apenas servirá para o Apple pay.
        Não queiras meter o bluetooth ao barulho porque nisso que chamam de smartphone nem uma imagem ou ficheiro posso passar para outro dispositivo for da marca. o.O
        O NFC é mais pratico sim para pagamentos e usar as chamadas TAG’s para configurar o dispositivo.

        Já tem gestor de tarefas? Pois estava complicado quanto actualizaram os Iphone 4 para o IOS 5 eras quem mais se queixavam da lentidao do telemóvel.

        Que a contrução dos aparelhos são boas são. Não tenho dúvidas. Se comprava um dispositivo overpriced? Achas?

        • Nunes says:

          e… Têm o mesmo sistema?? A gestão de memória do iOS e das suas aplicações é diferente do Android, menos exigente na quantidade de RAM necessária, por isso usar a exigência nessa plataforma para implicar com a RAM noutro sistema é algo descabido com argumento!

          • André Castro says:

            Sim ambos tem kernel linux e sistema operativo android. o iOS é tão menos exigente que nem sabiam o que era ter aplicações em segunda plano. Aprenderam parece que no iOS5 penso, que só sei que amigos que tinham o iPhone 4 ficaram parecia uma lástima. Essa da ram necessária parte do princípio do programador e não do sistema operativo.

          • Nunes says:

            “Essa da ram necessária parte do princípio do programador e não do sistema operativo.”
            Parte de como tudo é pensado a nível das APIs do sistema, linguagem de programação [não usa Garbage Collection], gestão de memória do sistema [libertando RAM para as aplicações que necessitam], boas práticas de programação aconselhadas pela Apple, não uso de máquinas virtuais, e deve haver mais coisas. Isto é, não é só pelos programadores que assim é, é um acto bem deliberado por parte da Apple

        • Norman Bates says:

          Li na diagonal, mas tanta estupidez concentrada… O iPhone tem baterias Li-Poly.

          • André Castro says:

            Já agora sabes qual o risco da Li-Poly? A sério num telemovél? Oh pá que o senhor vos perdoe.

            Sabes o que é estupidez? É comparar RAM a um motor(CPU).
            Típico de quem não pensa por sí mas pelas massas.

        • Nunes says:

          A tecnologia de sensores mais recente já conseguiu em grande medida igualar os “velhos” sensores nas suas vantagens, daí que mesmo nas máquinas fotográficas profissionais já são poucos os modelos com esses sensores, e tanto quanto sei tb nunca foram usados em smartphones, deveido ao consumo elevado

        • Nunes says:

          Quanto às baterias, a HTC é uma das marcas que usa o mesmo tipo de bateria e não é a única! E com uma pequena pesquisa encontrarás casos de baterias de smartphones que entram em combustão, como os Galaxy da Samsung, que usam Li-ion.
          “Não queiras meter o bluetooth ao barulho”
          Porque não te agrada ou porque não fazes ideia do que a Apple desenvolveu com o bluetooth para aumentar funcionalidade!? Desde o iBeacon ao Continuity a Apple tornou possível que os seus dispositivos interagissem com outros à sua volta sem necessidade de andar a “esfregar” as costas do aparelho com TAGs ou afins!
          Sendo o NFC usado para pagamentos é altamente aconselhável que não seja usado para tudo e mais alguma coisa para que não criar potenciais problemas de segurança, como sucedeu com o Android

          • André Castro says:

            Lá pela HTC usar, não apoio esse tipo de bateria para telemoveis.
            Os problemas de baterias na Samsung já é muito antigo. E se fosse só as baterias…
            Que fazes com o Bluetooth em relação a um dispositivo não Apple?
            Eu uso o NFC no escritório. Coloco o telemovel e ele ajusta os volumes, no carro entra em modo gps como configurei. Passar dados? Dados por bluetooth ainda vai um ou dois. Bastantes dados só por rede wifi.

          • Nunes says:

            @ André
            É a HTC, Motorola, LG, huawei, etc! São quase todas as grandes companhias a usar, pois são as baterias com maior densidade energética. E se tb não gostas das baterias da Samsung, então qual é realmente o teu problema com o tipo de baterias usadas pela Apple!?

            Nada do que apontas se pode fazer exclusivamente com NFC.

            “Dados por bluetooth ainda vai um ou dois. Bastantes dados só por rede wifi.”
            Ainda no outro comentário barafustavas por o iPhone não usar o Bluetooth para transferir ficheiros! Decide-te!!!!? Mas tb não disse que se usava o bluetooth na transferência, é usado para estabelecer a comunicação inicial entre dispositivos para realizar a transferência por WiFi…

          • André Castro says:

            E transfere directamente para um smartphone diferença de apple? isso é o que eu criticava.
            As baterias li-poly tem criticas que não aguentam um curto-circuito sem não se danificar. Esse foi o problema de usar uns conectores dos chineses nos Iphone.
            Da samgung tenho um primo que o telemovel ardiu por causa da bateria. Da bateria não digo mas do hardware responsavel pela carga.
            Sim a RAM depende dos API e dos bons costumes. Tenta programar um microprocessador todo á unha e já percebes o que pretendi dizer, algo que não tem muito problema no IOS.

          • Nunes says:

            “E transfere directamente para um smartphone diferença de apple?”
            tal como não tens a transferir por WiFi entre sistemas diferentes… Quem necessitar arranja uma solução com aplicações em ambos os telemóveis para que se comuniquem!

            ” Esse foi o problema de usar uns conectores dos chineses nos Iphone.”
            isso não faz qualquer sentido! Os telemóveis têm um sistema de alimentação que protegem as baterias de possíveis curto-circuitos causados pelos carregadores. O que os carregadores de má qualidade podem é danificar os circuitos ou não fornecer a corrente ideal no processo de carregamento diminuindo o tempo de vida da bateria!
            Todas as baterias de lítio estão sujeitas a poder ter problemas, e como já pudeste constatar o iPhone não é o único a usar o tipo de bateria que te causava tanta impressão! Eu até diria que neste ano todos os topos de gama devem usar este tipo de bateria!

            “Tenta programar um microprocessador todo á unha e já percebes o que pretendi dizer”
            Mas a questão aqui é a prática no iOS, não a programação à unha!

          • André Castro says:

            Há dias tentei enviar uma imagem por BT para um Iphone 4 e sempre deu erro. Qual o problema?

            “Quem necessitar arranja uma solução com aplicações em ambos os telemóveis para que se comuniquem!”

            Desculpa é extra nos Iphone’s não ter estas limitações ridículas da Apple?

            A dos conectores chineses é uma afirmação de um site da especialidade que falou acerca de um iphone ter explodido dentro de um avião na Austrália, logo não deveria estar á carga como é obvio.
            Também deu a indicação dos carregadores.

            http://www.google.pt/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0CAUQjhw&url=http%3A%2F%2Fmodmyi.com%2Fforums%2Fiphone-news%2F718514-iphone-4s-usb-port-reportedly-overheats-burns-user.html&ei=j7wVVZ64CcfZU6X9gJAL&bvm=bv.89381419,d.d24&psig=AFQjCNFdUe3Rs8mfTbrlVibUcK8GOeXbTQ&ust=1427574276147923

          • Nunes says:

            @ André
            Agora o Bluetooth já é outra vez interessante para transferências???
            “Desculpa é extra nos Iphone’s não ter estas limitações ridículas da Apple?”
            experimenta fazer a transferência por WiFi dum Android para o Windows Phone sem um programa de terceiros!!! Agora experimenta fazer transferências para aparelhos com o mesmo sistema [qualquer que ele seja]… Percebeste a diferença!?

            Em lado nenhum nesse link fala o que dizes! Fala isso sim naquilo que mencionei, maus carregadores e cabos danificarem os circuitos no sistema de alimentação do iPhone!

          • André Castro says:

            Uma coisa é teres de usar uma aplicação para transferires por wifi. Agora por bluetooth? Não aceitar um ficheiro mp3 ou jpeg por não ser do mesmo fabricante? Isso nem acontecia nos antigos sharp e muito menos nos nokia. Isso é politica da Apple e não venhas com tretas. Mas sê feliz.

          • Nunes says:

            @ André
            decide-te duma vez se queres andar a fazer transferências lentas por bluetooth!!!?
            No caso dos iPhones simplesmente não há transferências manuais de ficheiros por bluetooth, qualquer que seja o outro aparelho, mesmo da Apple!

          • André Castro says:

            Uso o BT quando não tenho outra forma percebes? Os auto radios têm que ter um conector especial para os iphones, ipods. Por BT nos auto radios é para esquecer. Lá tenho que ter o cabo. Uso o BT para controlo do sistema de domotica de casa, também da por wifi. Conectividades, que uso com Android, nao posso estar dependente do que a marca acha ou não, coisas que com o fanatismo as pessoas não se importam de não ter. Iphone para? Só como tinha no meu primeiro e ultimo iphone5, jail break.

          • Nunes says:

            @ André Castro
            Não me parece que tenhas tido um iPhone por muito tempo pois tudo o que agora disseste faz-se com o bluetooth do iPhone sem jailbreak! Há suporte nativo para ligar um iPhone a um sistema autoradio dum carro por bluetooth, e há suporte nativo para aplicações poderem comunicar com periféricos por bluetooth. Apenas não há transferência de ficheiros

          • André Castro says:

            Acertaste! Tive durante 8 meses, na primeira semana já tinha jailbreak.

      • LP says:

        Essa da RAM é sempre a mesma coisa…
        Carro pesado com motor fraco: uma banheira antiga “qualquer”;
        Carro pesado com motor potente: Mulsanne;
        Carro leve com motor potente: Zonda S;

        Se o iPhone apesar do hardware escasso se porta bem por causa do SO leve, imagine-se com o mesmo SO e um hardware mais generoso… afinal de contas, era o que deviam oferecer pelos preços que cobram.

        • Nunes says:

          A RAM não equivale a um motor!

          • LP says:

            Para o efeito serve! Se não é o motor, é parte dele.
            Com mais RAM o iPhone seria melhor, teria mais potencial, em vez de ter de espremer cada bit.

          • Nunes says:

            Não tem qualquer equivalente a uma parte do motor
            “em vez de ter de espremer cada bit.”
            só nalgumas situações é que se notaria a diferença, enquanto que o efeito no consumo seria permanente. É um compromisso

          • LP says:

            “só nalgumas situações é que se notaria a diferença” perante o que existe atualmente, repara que eu falei no “potencial”, por exemplo no multiscreen, que provavelmente não está implementado pela falta de RAM.
            “Não tem qualquer equivalente a uma parte do motor”… para quem não tem imaginação; pode-se considerar o equivalente ao sistema de admissão/escape do motor.

          • Nunes says:

            “por exemplo no multiscreen, que provavelmente não está implementado pela falta de RAM.”
            Não está implementado no iPhone nem na maioria dos Androids, e não foi certamente por isso que usavam 2GB há 2 anos atrás!

            “pode-se considerar o equivalente ao sistema de admissão/escape do motor.”
            Nem nisso pois nada disso acumula o que quer que seja durante algum tempo para reutilização, nenhum problema com o sistema de escape do motor se compara a um problema de falta de espaço na memória!

          • LP says:

            Vamos ver se quando o iPhone trouxer ram suficiente não vai contar com multi-screen…
            Com os meus parcos conhecimentos de mecânica:
            O sistema de admissão acumula o ar e o combustivel (os dados) que o “motor em si” vai “processar”, sendo que posteriormente esses mesmos “dados processados” (parte deles) serão remetidos para o sistema de escape; os “dados” permanecem em ambos os sistemas um tempo variavel, sendo o necessário para o correcto funcionamento do sistema.

          • Nunes says:

            @ LP
            Não fazia ideia que o motor podia reutilizar os gases de escape, ou mesmo trabalhar sem libertar gases de escape. Deve ser algum motor de movimento perpétuo! Tb não fazia ideia que o motor parava momentaneamente quando o sistema de admissão fica cheio!!!
            Os sistemas de admissão e escape são “meros” sistemas de passagem em trabalho contínuo, algo com descrição parecida aos buffers e a RAM ligada ao processador não é um buffer!

            “Vamos ver se quando” houver “multiscreen” se não o faz com 1 GB de RAM!

          • LP says:

            Tu não fazes ideia é do que é uma analogia (que e diferente de uma cópia), mas independentemente da escassez da tua imaginação, se o aumento de ram não fosse benéfico, a ram dos iPhones nunca teria sido aumentada.
            P.S.: tu que percebes tanto de mecânica, o turbo não “reutiliza os gases de escape”?

          • Nunes says:

            @ LP
            Uma analogia deve ser capaz de mostrar semelhanças entre os dois temas diferentes, normalmente para demonstrar alguma coisa numa forma mais inteligível! E aqui estás a pegar em coisas que cujo funcionamento/lógica simplesmente não é semelhante, por isso a tua analogia falha!
            Quanto ao turbo podes ter a certeza que não volta a pôr os gases de escape no motor. O turbo comprime ar do exterior para aumentar a eficiência da combustão e a potência…

          • “O turbo comprime ar do exterior para aumentar a eficiência da combustão e a potência…” -> Recorrendo aos gases de escape!

          • Nunes says:

            @ PEdro Simões
            Os gases de escape não recirculam no motor, era esse o ponto chave do que tinha sido dito e era essa a lógica imediata de equiparar os dados da RAM com o combustível e gases de escape. Os problemas que se possa ter por falta de espaço na RAM simplesmente não têm paralelo com o que sucede num motor.
            Quanto ao turbo poder derivar energia dos gases de escape, sim, isso acontece nalguns motores, sendo que, na realidade, o que se está a aproveitar em todos os turbos é trabalho realizado pelo próprio motor, não para alimentar o motor mas para ajustar a eficiência.

          • Calma…estava só a mostrar o papel dos gases de escape nesse processo… Não é preciso exaltar…

          • LP says:

            A inteligibilidade está limitada pela inteligência (e vontade) de quem a interpreta, sendo uma analogia definida como “Relação de semelhança entre objectos diferentes.”, semelhanças não igualdade, as semelhanças já tas mostrei, as diferenças são muitas, não precisas de as enumerar.
            O motor “reutiliza os gases de escape” ainda que não voltem a “circular no motor”.
            Dos teus conhecimentos mecânicos diz-me o que acontece se o sistema de escape por alguma razão não conseguir libertar os “dados” presentes no motor.

          • Nunes says:

            “Relação de semelhança entre objectos diferentes.”
            a relação de semelhança tem que mostrar a semelhança nalguma coisa!!!!!!!!!

            “O motor “reutiliza os gases de escape” ainda que não voltem a “circular no motor”.”
            O motor utiliza parte do seu trabalho para ajustar a sua eficiência não para continuar a trabalhar!

            “se o sistema de escape por alguma razão não conseguir libertar os “dados” presentes no motor”
            Para não conseguir libertar os gases de escape tem que ter um sério problema no sistema de escape, não faz parte do desenho/mecanismo de funcionamento e necessita de arranjo… e para chegar a esse ponto o motor foi perdendo potência ao longo do tempo!

          • LP says:

            OK, não deves ter percebido a analogia por não estar “chapada”… resumindo, a semelhança é: o processador recebe dados da RAM que processa e volta a armazenar, também o motor recebe “dados” do sistema de admissão que “processa” e “armazena” (parte deles) para o sistema de escape; não são iguais, têm muitas diferenças, sim, mas as semelhanças são sempre em grau variável.

            “ajustar a sua eficiência não para continuar a trabalhar!”?! Não estávamos a falar do turbo??

            Muito gostas de complicar… se não libertar os gases de combustão, “morre”, pára, tal como o processador, chega.

        • André Castro says:

          O telemovél continuava a ser a mesma coisa, mas ainda mais caro.

        • Norman Bates says:

          Essa da RAM continua a ser a mesma coisa, mas se queres um telemóvel rápido, tens de ir para o iPhone, porque com Android já se sabe, enquanto não tiver 16GB de RAM, não chega.

          A Apple prefere investir o dinheiro onde ele faz mais sentido, e o SOC tem 4MB de cache nível 3, muito mais rápida que a RAM, e muito mais importante para o iOS, muito mais que qualquer Android.

          • André Castro says:

            essa do android já se sabe é completamente mentira. Um com 2Gb de ram nunca chega a ter problemas.
            A diferença entre cache e ram é que os dados sao puxados da ram para a cache, para sistemas operativos sem grandes tarefas aí a quantidade de ram não é muito significativa.

          • André Castro says:

            Sao puxados da ram para a cache para o acesso do cpu. Depois armazenado na ram outra vez se necessario.

  9. Pisca says:

    Só para avisar, uma boa fotografia não depende dos megapixels, da ram e mais uma série de coisas que andam por aqui a falar

    Tem por base algo muito simples, sabe olhar ou não sabe olhar

  10. Gustavo Lima says:

    Felizmente o meu Lumia tem uma camera traseira de 41 Mega Pixels com lentes Carl Zeiss e uma frontal de 8 Mega Pixels, que nenhum iphone consegue igualar.
    Isso de pagarem para fazer publicidade não me diz nada.
    A verdade é que a Apple é só banha de cobra, e os iSheeps vão em tudo.
    Ponham os olhos na Microsoft, porque futuramente “só” irão produzir os melhores telefones com (Actualmente já é) o melhor SO.

  11. Marc says:

    A qualidade de uma fotografia não se mede em megapixeis… Este so define o tamanho da imagem. Qualidade mede-se na qualidade das lentes e sensibilidade do sensor (e claro, no fotógrafo).

    A qualidade da câmera do iPhone é bastante boa. Pode ter menos megapixeis que as outras mas sim, é muita boa. Mas não vão pelas imagens publicitárias da Apple pensar que as fotos saem dessa forma. Não digo que não foram tiradas de um iPhone, mas deve ter levado bastante manipulação de melhoramento da nitidéz, cores etc… Qualquer fotógrafo amador dirá o mesmo.

    Já agora, creio que o sensor da câmera iPhone é feita pela Sony, corrigam me se estou errado (com fonte válida)

    • Nunes says:

      Correcto, o sensor é da Sony, embora seja possível que tenha algumas modificações a pedido da Apple. O processador de imagem tb é bastante importante; é uma das razões para muita gente ficar satisfeita com as fotos no iPhone sem ter que mexer nas opções ou repetir várias vezes a foto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.