Quantcast
PplWare Mobile

Apple lança autenticação de dois factores para o Apple ID

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Ricardo Fernandes says:

    Este método já é o utilizado pela google há bastante tempo ;)digo eu….

    Bom fim de semana!

  2. Carlos says:

    “No caso da Apple, e contrariamente ao modelo usado pela maioria dos outros serviços, o código de autenticação não será obtido através de uma aplicação mas sim através do envio de um SMS”

    Isso difere do sistema que tanto a Google e a Microsoft usam em que sentido?

    :S

    • R o B says:

      Segunda via de cartão SIM permitiu desviar milhares de euros de conta de CGD! Também pensava que sistemas que enviam códigos por SMS eram seguros. E até são até certo ponto.

  3. Bruno Jesus says:

    A apple anda a deixar de inovar, a google já tem este sistema há muito tempo.

    • eduardo says:

      tb não foi a google a inovar!
      Maiores medidas de segurança normalmente só são introduzidas quando aumenta a ameaça, porque muitas vezes atrapalham a vida das pessoas. A Google tem há mais tempo porque os seus serviços sofrem mais ameaças – maior número de utilizadores, género de serviços, etc.

  4. Xoxota says:

    E qual é o problema da Google já ter este sistema? Se funciona bem porquê reinventar a roda?! Parolos pá

  5. Severino says:

    Os elevados níveis de segurança que a Apple coloca nos seus produtos (serviços e hardware) são uma realidade.

    Hahahhahahah
    Lê-se cada piada no pplware de vez em quando….
    Aos anos que outros usam isto….Não conseguiram inovar? 😡

  6. Benchmark do iPhone 5 says:

    Os bancos nas operações online, dependendo do montante que se quer movimentar, usam dois ou três passos:

    1º – Pedir as credenciais da conta (nome e password, como em qualquer outra conta)
    2º – Pedir uma coordenada que consta de um cartão
    3º – Envio de um código por SMS, para um número de telefone determinado, que é necesessário além da coordenada

    A Google tem também, em vez do envio de um SMS, a geração, através de uma app instalada no smartphone, a geração de um código que é reconhecido.

    No caso da Apple o código pode ser recebido por SMS ou através da app Encontrar o meu iPhone. Quando se ativa a autênticação em dois passos recebe-se um código de segurança para o caso de se esquecer das credencias (Apple ID). Quando estiver disponível para Portugal experimento.

    Que a autenticaçào em dois passos é muito mais segura, isso não há qualquer dúvida.

  7. João Dias says:

    Epá aleluia. Era preciso esperar tanto tempo?

    • João Dias says:

      A mim ainda não me aparece a opção de activar o two-step…fui à zona indicada no tutorial e não está lá :/

      • Benchmark do iPhone 5 says:

        Só está activo em alguns países: Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Irlanda e Nova Zelândia
        Pode ter quer ver com acordos com operadoras para não pagar os SMS (embora o código possa ser obtido sem ser por SMS, através do Encontrar o meu iPhone), ou questões de tráfego de servidores. Com a bronca que apareceu ontem com a alteração das passwords, vai haver uma corrida à autenticação em dois passos.

  8. misterious says:

    Pode aumentar a segurança, mas pode também diminuir a simplicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.