Quantcast
PplWare Mobile

Jóias recolhem energia das veias e podem carregar o seu telefone

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Alex says:

    Nah, os paineis solares ou celulas termicas são mais confiaveis.

    Ter os leucocitos a levar publicidade é que nao xD

  2. LP says:

    A brincadeira pode sair cara… o nosso corpo é uma máquina demasiado perfeita para estas brincadeiras, uma válvula destas a gerar coágulos não é para brincar…

  3. Tiago says:

    Às vezes seria mais útil um dispositivo para carregar as baterias (do nosso organismo), do que utiliza-lo para carregar o telemovel

  4. fernando says:

    Não seria melhor um dispositivo que aproveita-se o nosso calor. Sempre era menos invasivo.

  5. João Santos says:

    De qualquer modo, poder-se-ia imaginar uma aplicação deste tipo no contexto da criação de bovinos ou de suínos (por favor não me venham com a SPA)

  6. ZiLOG says:

    Acho que o futuro passa por aqui: “Gerador magnético com imans” https://www.youtube.com/watch?v=GyWT6mvd-s0

    Citação do video YouTube: “Através da repulsão de ímãs descobriu-se que se é capaz de criar um motor que funciona gerando energia limpa e gratuita, e que vai revolucionar o nosso planeta! porém esta descoberta já foi feita a muitos anos e os barões do petróleo no mundo desta vez não conseguiram segurar ou sumir com as pessoas responsáveis por este projeto. VIVA a internet!!”

    Muito mais fácil, seguro, 100% ecológico. Porque não se ouve falar deste projecto nos média?

  7. AlexX says:

    Não podia ser antes nas artérias? De repente pensei que uma jóia destas em cada femoral e uma em cada subclávica e plim que nos tornávamos numa central eléctrica. ExtraPower para quem montasse jóias nas carótidas..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.