PplWare Mobile

YouTube removeu 7,8 milhões de vídeos e mais de 224 milhões de comentários


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Falcão Azul says:

    Já está a começar,muito bem !! Outras decisões se seguirão.A Google não brinca em serviço,era só o que faltava !!

    • Jito says:

      Muito bem? Tens que mudar o nick para Lápis Azul em vez de Falcão Azul..

      • Pjs says:

        Confundes liberdade com libertinagem. Não preocupes não és o único.

        • Falcão Azul says:

          Confundi o quê ?? Não confundi nada,estou só a dar a minha opinião,calma aí.Ou uma pessoa não pode ter a sua própria opinião e expressar-se ?? Que eu saiba não vivemos em ditadura,graças a Deus.Segundo li a Google está a referir-se pelas regras,simplesmente.Ela não é a dona do canal YouTube ?? Não pode fazer o que quiser com ele ?? Quem não estiver bem que se mude.Que criem outra plataforma de partilha de conteúdos,ou então que aproveitem as que existem.Ora,ora…

          • Falcão Azul says:

            “a referir-se” não,está a “reger-se pelas regras”,queria eu dizer.Peço desculpa.

          • maxim says:

            Falcão acho que quem estava a confundir coisas nao eras tu, era o Jito

          • Sujeito says:

            Podes ter a tua opinião e expressá-la. Mas curiosamente essa tua vontade vai diretamente contra a tua própria opinião de que o Googl eestá a fazer muito bem em controlar as expressões de opiniões.

  2. Zeca says:

    Aí vem a nova censura, tudo o que não faz parte da narrativa é para silenciar. Talvez ainda não descobriram que muito provavelmente irá ter o efeito contrário do pretendido.

  3. miguel says:

    O artigo 13º já a fazer estragos a liberdade de expressão será?

  4. Jito says:

    Já estou a ver que vamos ter uma ditadura cibernética

    • Hugo Nabais says:

      Estás a confundir liberdade com abusos. A liberdade não é infinita, tem limites e acaba onde começa a do outro.
      Aqui fala-se em bloquear os abusos de liberdade, como ofensas, spam, agressões, etc.

  5. Tiago Soares says:

    Isto foi o argumento que arranjaram para começar a ditadura e a escravatura do século 21. Bem-vindos.

  6. RJ45 says:

    Estavam mesmo a necessitar de mais espaço nos discos dos servidores…

  7. thievery says:

    “O YouTube está a mudar, porque é importante que esta plataforma tenha regras e faça cumprir essas regras.” , que jeito que dá dizer isto, sim sei que estão do lado do lápis azul não era preciso ser tão ….. flagrante. Liberdade o que é isso afinal??!!! Será este $, este £ ou este €. epá tenham vergonha…..

    • Vítor M. says:

      Confundes tudo, aliás, achas lícito o racismo, o insulto e a falta de caráter? Certamente não estás a ver bem o que foi dito quando ao que toca à limpeza, mas tu se achas que ser xenófobo, racista, mal educado e outras “virtudes desse calibre” são comportamentos lícitos, então a vergonha de facto é alheia. Essa vergonha que falas é estranha, porque sim, somos a favor desse lixo ser limpo e junto com ele o lixo de pessoas que usam e suportam tais comportamentos.

      • thievery says:

        Sabes bem do que estamos a falar, se puseres lentes verdes é normal que só vejas verde, agora usa quem quer……

        • Vítor M. says:

          Pois essa de usares óculos às cores não é o caso aqui, até porque está perfeitamente explicado pelo próprio YouTube “Tal como acontece nos vídeos, o YouTube usa uma combinação entre tecnologia de deteção inteligente e revisão humana para sinalizar, rever e remover spam, discursos de ódio e outros abusos nos comentários.”

          Embora possas estar a falar de algo mais que isto, na realidade o que aqui está dito é sobre isso e por exemplo, material de abuso sexual infantil.

          Concordamos a 100% com um tratamento duro sobre isso. Acho que tu, se parares para pensar e eventual mente “tirares lá esses óculos que falas” vais também concordar.

          Abraço.

          • Pedro says:

            Bloquearam-me os comentários, a sério? Pelos vistos estão como o youtube, banem tudo mesmo o que não seja discurso de ódio, apenas porque não lhes convém.
            E sim, é a esquerda que está a empurrar a sexualização das crianças, galerias de “arte” desviantes com participação de crianças, e a normalização lenta da pedofilia …

  8. Lucas Santos says:

    “Tens tu a liberdade de opinião, mas esta liberdade aquí. Se não for essa é libertinagem!”

  9. orgasmo says:

    concordo plenamente que comece a haver controlo, há pessoal que vai só para destabilizar e não para participar ou interagir, basta ver aqui pelos comentários em cada topico da PPLWare, mesmo com moderação, volta e meia isto é uma rebaldaria… youtube , facebook, twiter, etc então nem se fala…

    • Vítor M. says:

      Aqui não há rebaldaria, não há insultos perpetuados, mas não é fácil moderar centenas e centenas de comentários por dia, muitas pessoas (a grande maioria felizmente) são de boa índole, traz informação para partilhar, mas há malta que não tem valores, faltou em casa educação e acham que podem dizer o que lhes apetece… mas não, não podem.

  10. informado says:

    Os vídeos de música tem uma qualidade horrível. Mudei para o SoundCloud 🙂 Qualidade maravilhosa 🙂

  11. Eu says:

    Nunca pensei em ouvir isto por aquí… “Como há muitos utilizadores que confundem liberdade de expressão com libertinagem de opinião, o YouTube removeu 7,8 milhões de vídeos”, cada vez fica mais claro que existe uma inversão enorme de valores e muita hipocrisia nisto tudo. Bastava dizer que o pessoal que não pensa como eles para estarem calados ou deixarem de usar os serviços que eles prestam. Agora levantar uma bandeira de falsa moralidade para justificar estes atos fica meio dificil de engolir, até porque são o libertinos que estão a reclamar da “libertinagem” de expressão…

    • Vítor M. says:

      Não percebo essa defesa aos conteúdos xenófobos, racista, entre outros com conteúdo pornografico em áreas infantis. Acho estranho.

      O Google explicou claramente que conteúdos considera spam, xenófobo, de caráter inapropriado típico de libertinagem que vai contra as suas regras. Vês mal nisso? Acho estranho serem a favor destes conteúdos, ou então não leram o texto.

      • Eu says:

        Não defendo nenhum tipo de conteúdo xenófobo, racista, fascista e tantos outros “istas” que estão muito na moda agora utilizar, e lá está como “bandeira” para justificar essa sensura velada que querem fazer. O problema aqui está no que eles consideram ser como tu disseste “spam, xenófobo, de caráter inapropriado típico de libertinagem que vai contra as suas regras”… O que fica claro é que os poderosos perceberam que perderam o controle que tinham sobre as massas porque não tinham como controlar o que era noticiado pelas redes socias e isso sim está a ser uma dor de cabeça para eles.

  12. Kabindas says:

    Será que é transversal, ou vão continuar a seguir o “left bias” que tem marcado o youtube nos ultimos dois anos ?

    • Rodrigo Da Silva says:

      o youtube ‘e publico mas tem regras. Se uma pessoa nao gostar das regras tem simples solucao..cria o seu proprio youtube e poe la o conteudo que quer.

      • Kabindas says:

        Pois mas essas regras não se aplicam a todos, a perseguição a conservadores e conteudos de direita tem sido cada vez mais explicita nos ultimos tempos enquanto organizações como antifa são deixadas de lado. O mesmo se aplica a facebook e twitter. Se não sabes do que falas mais vale estares calado e ires te informar melhor.

  13. nobrega says:

    A Google vai ficar igual a Apple

  14. Miguel Gracio says:

    Kabindas nao podia concordar mais contigo

  15. Nuno says:

    IDE PARA O CRLH

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.