Quantcast
PplWare Mobile

Trabalhadores da Google na Europa e Ásia são mal pagos e a empresa escondeu isso

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Ze says:

    Em poetugal somos mal pagos, isso sim é de noticia, mas já estamos mal habituados, infelizmente

    • Zé Fonseca A. says:

      Em Portugal todos os funcionários da Google recebem acima de 1500€ liquidos, mesmo administrativos.
      Pessoal especializado recebe entre 2.000 e 4.000€ liquidos, dependendo se estão a trabalhar apenas em PT ou se fazem projectos fora.
      Já os executivos ganham acima dos 5.000€ liquidos.
      Verdade que não paga tão bem quanto a Microsoft e a Cisco, mas mesmo assim paga de acordo com o mercado.

      • Sapo says:

        Mais de 2000 ganhas à conduzir camiões. 2000 não é um salário apropriado para um trabalho em tecnologias

        • Zé Fonseca A. says:

          A conduzir camiões longo curso sim, e então? Também tens trolhas que tiram 2000€, assim como canalizadores, electricistas e outras profissões.
          Não vejo qual o problema ou a diferença, todas requerem conhecimento técnico, nenhuma requer curso superior, e no entanto todas pagam acima de outras profissões que requerem cursos superiores.
          Tendo em conta o custo de vida no nosso país, 2.000€ liquidos não é pouco, talvez em Lisboa seja mediano, mesmo assim dá para viver e não sobreviver.

        • manu says:

          mentalidade de português e parasite
          todos os empregos são necessários, TODOS

  2. Pgomes says:

    Ainda sou do tempo em que um dos lemas de conducta da Google era “Don’t be evil””
    Desde que retiraram este lema da empresa, parece que foi substituido pelo oposto.
    Cada vez mais a Google parece dedicada em fazer mal.

  3. Sergio says:

    É pena não haver valores concretos na notícia.
    Alguém sabe quanto ganhe um programador da Google, aqui em Portugal?
    É para comparar 🙂

  4. ToFerreira says:

    “Mal pagos”? Porque é que então tantos querem trabalhar lá, havendo um processo de seleção rigoroso?

  5. Ricardo Jose says:

    Acho piada aos comentários acima em que a ânsia de defender a empresa nem os leva a ler a notícia.
    “Google paga salários abaixo do que a lei obriga na Europa e Ásia”
    Qual é a parte de “abaixo da lei” é que não perceberam?
    Eu sei que para alguns defensores da “liberdade”, os patrões de deviam ser libertos de pagar o que quisessem mas é a “ditadura” do salário mínimo que impede, cada vez menos, que os patrões paguem salários abaixo do digno.
    Experimentem viver com esses salários e depois digam se se sentem “livres”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.