Google Duo não parece ser ameaça ao Skype e FaceTime


Destaques PPLWARE

12 Respostas

  1. Portimão says:

    Mas ainda alguém tinha dúvidas de que o Google Duo jamais irá substituir o Skype?
    O Skype é uma plataforma gigantesca, com centenas de milhões de utilizadores. Além disso as pessoas são super resistentes à mudança, se já se enraizaram com o Skype, então dificilmente irão mudar.

    Eu, pessoalmente, acho o Skype um serviço bem mais viável.

    • Sujeito says:

      Certamente, o Skype é o Standard. A Apple fez um ótimo trabalho ara massificar o FaceTime. O Duo pode ainda ser gigante, mas a estratégia por detrás não parece ser a melhor. Carradas de apps de comunicação Google e nenhuma vem de origem nos dispositivos Android. Caso viesse, reproduziriam o sucesso do FaceTime e com perto de 80% de mercado, era em cheio.

      • Torres says:

        Concordo, é esse o problema da Google, tinha um antes do hangouts que eu acho que era bastante bom e tinha tudo para dar certo se fosse desenvolvido à medida…era ele o Google talk!!!
        Depois veio com o hangouts…que na minha opinião deixou muito a desejar :/
        Já o Google allo até gosto bastante…mas ainda existe pouca gente a usar (dos meus contactos), além disso ainda precisa de desenvolvimento…mas já se sabe que a Google gosta de deixar as coisas a meio
        Quanto ao Google duo ainda não tive a oportunidade de experimentar devido à falta de contactos

        • Sujeito says:

          Tal e qual. E esses são os pontos centrais. Deixam coisas a meio, alteram as coisas de forma que confunde utilizadores (lançando concorrência a si próprios), e para usar o Allo/Duo é preciso voltar à época em que era normal dizer a alguém para instalar uma app.

          Já antes me lembro das pessoas pouco gostarem mas quando as vantagens eram óbvias, era fácil. Contudo, já não faltam apps de mensagens e vídeo. E o assistente virtual é um passo completamente ao lado. Já se pode escrever aos anos com bots nos sites de empresas e nunca fascinou ninguém. Mas já vi ares de espanto por se poder falar com o assistente em voz alta.

      • dumitru says:

        Depois o que skype ganha é ter o aplicativo em todas as plataformas, enquanto facetime so ha no iphone, e como este é criado por google claro que so vai haver para androids, ou ha tambem para iphones?

    • GhostFaceAMV says:

      O Skype, tal como o Face Time, são utilizados, todos os dias, por milhares, o Google Duo, apenas seria, um dos grandes falhanços, da Google, como o Hangouts, porque, com o Hangouts, Allo…
      Apenas mais um ‘inovadore’ recurso…
      O Skype, eu pessoalmente utilizo, sem quase ou sequer nenhum problema, sendo muito bem mais organizado, e aliás, depois que o Messenger, se tornou skype, os antigos usuários do Messenger, foram para o skype, que resultou numa gigantesca, plantaforma, de comunicação, por isso jamais, o Google superaria, a Microsoft, nisso… De fato, as únicas, coisas que a Google fez e certo, foi a compra do youtube, o Google Talk, e GMAIL…
      Mais Nada…

  2. Sergio J says:

    Na empresa Skype a toda a hora. Em casa o messenger é suficiente.
    Como chat o messenger da 10-0 a qq um, apesar de usar tb o whatsup.
    Quando tinha iphone usava muito o FaceTime para ver a minha filha, que não vejo todos os dias. Agora, para fazer videochamadas para ela ou para a minha namorada é quase só messenger.
    O Google Duo tem de levar com esses três pesos pesados. É uma coisa de geek

  3. DC says:

    O maior inimigo da massificação destas apps será a própria Google.

    A Google tem actualmente uma plataforma, o Hangouts, que pode ser utilizada facilmente em qualquer smartphone, tablet ou PC, seja ele Android, Mac ou Windows e que permite fazer videochamadas, chamadas de voz e messaging.

    Qualquer pessoa que abra o seu e-mail Gmail tem o Hangouts imediatamente disponível. Esta integração permite-me, por exemplo, chegar a casa a trocar mensagens no telemóvel e depois continuar simplesmente a conversa no computador.

    O Allo e o Duo trazem algumas funcionalidades novas muito interessantes. O Google Assistant está fantástico, por exemplo, e a sua integração nas conversas muito boa. Mas para os usar precisamos de duas novas apps que qualquer pessoa que não leia imprensa informática ou não se interesse pelo assunto nunca ouviu falar. Certamente mesmo para muitos interessados do meio serão desconhecidas. A Google então cria duas apps com funcionalidades muito boas, lança-as e deixa-as para aí. Perdem em relação à sua plataforma já existente em felixibilidade e integração e não tem nem um décimo da divulgação dos players já bem enraízados.

    Perante isto tudo, pergunto: não faria muito mais sentido pegas nestas novas funcionalidades, eventualmente fazer uma lavagem de cara ao hangouts, e integrar tudo no que já existia?

    Mesmo o Hangouts não sendo líder de mercado, tem certamente uma base de implementação que não é desprezável ou desinteressante, por isso era um excelente ponto de partida para a evolução.

    Digo eu…

    • Sujeito says:

      Tal e qual DC. A Google lança e deixa para aí à espera que a malta mais informada, ou mais geek se puder usar o termo, a instale e passe a palavra. Mas ainda não perceberam que não estes nichos que fazem crescer uma tendência mas sim as ferramentas intuitivas de usar sem esforço.

      Se, como dizes, aglutinassem tudo numa plataforma seria muito mais útil mas parece-me que não têm uma visão definida do que querem ser e então mandam a ver o que cola. Mas começaram mal ao lançar o Google Messenger que retirou logo parte dos utilizadores do Hangouts. O nome Hangouts, confundiu os utilizadores do Gtalk, que ainda eram bastantes.

      Não souberam transicionar de dominante nos desktops para dominante no Mobile em termos de hub central de comunição pessoal e social.

  1. 9 de Outubro de 2016

    […] Ao conseguir este lugar de destaque no Android, o Duo irá crescer e mostrar-se aos utilizadores como a ferramenta a ser usada para comunicação, combatendo assim a sua concorrência. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.