PplWare Mobile

A Google removeu mais uma app polémica da Play Store, desta vez anti-Gay


Fonte: Bloomberg

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. LG says:

    “Por fim, temos ainda o caso, não relacionado, da questão saudita, ainda presente na Google Play Store.” (… e App Store da Apple) 😉

  2. JJ_ says:

    Uns podem ter liberdade de expor a suas ideologias… outros são removidos…

    Também esta mais que comprovado cientificamente que a terra é redonda… e uns tantos ainda querem gastar uns milhões a procura da “parede” do planeta…
    Para quando o YouTube remover os vídeos desses gajos!? Há… espera… eles tem o direito de expor as suas ideologias…

  3. Emanoel Pedro says:

    Ideologias que machucam outras pessoas, não são legais, Bro.

  4. pauloj says:

    E a pro gay, LGBT, track your wife, etc,…ou what ever tb as removeu?

  5. Kabindas says:

    Sim … apps para fazer tracking de mulheres para saber onde elas andam é normal mas apps que sugerem que a homosexualidade pode ser revertida são ofensivas… a sério ?!? Que “paneleirice” de atitude (ui que isto pode ser ofensivo 🙂 ) . Parece que a liberdade de opinião é só para alguns, ridiculo. Na Apple é aparentemente justificavel porque toda a alta direcção, desde á muitos anos, e ainda é, dominada por um lobby gay, agora a google para mim é novidade.

  6. Hugo Nobre says:

    Os SJW é que mandam.

  7. BH says:

    Discordo desse situação.
    Eles querem impor a gente que ser gay é normal, querem que a gente aceite de qualquer forma essa condição. Mais uma obra do Carl Max querendo acabar com a família como conhecemos. Manobras comunistas/socialistas pra imputar o caos no mundo

  8. Amilcar Alho says:

    “Antes, o homossexualidade era proibida.
    Depois, passou a ser tolerada.
    Hoje é aceite como normal…
    Eu vou-me embora antes que se torne obrigatório!!!”

    Já mete nojo quererem impingir-nos a paneleiragem “pelos olhos a dentro”!

    • CL says:

      Então vamos fingir que a comunidade LGBTQ não foi perseguida durante anos a fio só por terem uma orientação sexual diferente à “norma” = heterossexualidade? Ninguém está a obrigar ninguém a ser nada, simplesmente temos de nos tolerar uns aos outros. Há ainda uma diferença entre opinião sobre a situação , e depois o famoso discurso ódio disfarçado de palavras finas. Se magoa alguém, neste caso a comunidade LGBTQ, então deve ser sim removido para evitar sucessivos ataques e técnicas de reconversão… Os heterossexuais, FELIZMENTE, não sofrem com isto nem são magoados em contexto algum, porque são a norma. É tão simples quanto isso, será difícil entender o privilégio que vocês têm? E, numa análise menos superficial, parece que quem quer impingir algo são os da norma e não o contrário.

      • João says:

        Discordo maioritariamente!

        Defendo que todos, como pessoas, tem direito a sua dignidade e a respeito!

        Agora nao acho bem que tenhamos de ser “obrigados” a aceitar algo com que nao concordamos.

        Vitimas somos todos, infelizmente. Uns pela cor, outros porque são magros, ou gordos ou loiros ou morenos ou católicos ou jeovas ou porque são pintores, ou analfabetos ou porque são betinhos, ou pobres, ou ciganos ou velhos ou carecas…

        Esta lista é infindável e se vir bem o que é preciso para ser “normal” e seleccionar apenas as pessoas que Preenchem esses criterios (e que nunca foram “apontados”), na verdade fica com um grupo MUITO pequeno.

        A verdade é que todos somos vitimas de bullying pelas mais diversas razões.

        É a natureza humana apontar o dedo ao que é diferente de si mesmo…

        Vítimas?! Somos todos…

        Temos de ser compreensivos e aceitar os outros como sao. Mas QB!

        Santo Agostinho dizia que devemos amar as pessoas e condenar os erros.

        O erro é criticar! Mas tambem os da comunidade Gay criticam e apontam o dedo, como todos os outros. Nao sao santos! Apenas apontam para coisas diferentes…

        Há assuntos BEM MAIS GRAVES que deviam ter atenção……….

      • João says:

        E ja agora, pela sua ordem de ideias, todas as aplicações que promovem a comunidade Gay magoam a comunidade que deu origem a app removida!!!

        Nao devemos remover então todas as app que promovem a comunidade Gay?

        Acho justo, nao?!?!

        Ou ai ja temos regras diferentes?

        Nao é desta censura que tanto acusam os heterossexuais?!?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.