Quantcast
PplWare Mobile

Xiaomi lança smartband Mi Band por apenas 10€

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. David Ferreira says:

    fiquei sem saber para que serve

  2. hugo says:

    Dará para ir correr sem o telemovel e depois verificar quantos km’s fizemos ?

    • Fábio says:

      Não acredito. Para isso precisava de GPS, que não acredito que tenha, por este preço.
      O mais provavel é funcionar através de bluetooth. Mesmo que tenha memória interna e grave o histórico de batimentos, não acredito que seja possível fazer tracking da posição.

    • Nunes says:

      Parece só ter sensores de movimento (acelerómetro, etc), para contar o número de passos, etc! Pelas imagens parece que conseguem contabilizar a distância percorrida, mas pode ser uma estimativa dos dados recolhidos desses sensores.

  3. Neo says:

    Boas sabem se sincroniza com o telemóvel?

    Algum site oficial para consultar as especificações e comprar?

    Obg

    • João Ferreira says:

      Não sincroniza com o telemovel, o sincronismo é feito por telepatia directamente ao cérebro, mas na falta de cérebro liga-se por telepatia ao telemovel
      Mas se leres o artigo com calma e pensares antes de fazeres perguntas idiotas, poderás encontrar a resposta à tua pergunta…
      “De salientar que este pequeno wearable pode ser integrado com qualquer Android mas oferece funcionalidades especiais para quem tiver um Mi 4 (ex. desbloqueio do lock screen do dispositivo sem a necessidade de password).”

  4. Luis Diogo says:

    Não dá para comprar fora? por esse preço até experimentava essa coisa a ver se realmente serve para alguma coisa 🙂

  5. ricardo says:

    “inovação”. não vejo nada chinês a ser anunciado antes de os rumores das inovações do ocidente começarem

  6. Nunes says:

    creio que a funcionalidade para monitorização dos batimentos cardíacos não existe no aparelho

  7. azulandre says:

    Serve para usar com o runtastic e demais programas de desporto, em que as pulseiras custam um balurdio, esta fica a um preço da chuva.

    o medidor frequencia do runtastic custa 70€, por ex.

  8. Sergio J says:

    Eu cá acho que o pplware ultimamente anda muito dado a chinesices.

    eles sempre produziram coisas que há primeira vista parecem fantasticas, mas depois um olhar mais atento,…

    Mais uma vez, chinesice, não é para ser levado literalmente

    • Vítor M. says:

      O mundo meu amigo, toma nota, o mundo está a ser tomado pelos equipamentos fabricados pelos chineses com know how europeu e americano. Equipamentos a preços competitivos e que vão “tomar” o mercado… toma bem nota… olha bem para oq ue te estou a dizer. Eles estão a tornar-se nos melhores fabricantes e nos mais poderosos em termos de capacidade de fabrico.

      O pplware apenas é o site mais atento às movimentações do mundo e tentamos estar sempre em antecipação.

      • ervilhoid says:

        mas tem ou não tem o sensor de ritmo cardiaco?

      • Liph says:

        ja todos nos sabemos (excepto pelos vistos uma minoria) que os mercados estão todos inundados de produtos chineses sendo os tecnológicos com maior potencial ja la vão uns anitos. Nao é novo nem tão pouco uma antecipação

      • RR says:

        Tudo bem Vítor M., mas devo concordar em parte com o Sergio, ou seja, terá de concordar comigo que o numero de artigos que terminam com “não há ainda qualquer indicação sobre a chegada do mesmo à Europa.” aumentou significativamente.

        E no MEU caso confesso perder parte do interesse no artigo quando este termina dessa forma. Quero dizer portanto que o meu problema não é com a “chinesada” mas sim com “não há ainda qualquer indicação sobre a chegada do mesmo à Europa (esperamos que chegue).”

        Cheers

        • Vítor M. says:

          Mas isso não impede que a informação anexa seja conhecida e que em dias, quando o smartphone cá chega, vocês já sejam conhecedores de tudo 😉 e informados à altura, já sabem se interessa ou não. Por isso trabalhamos em antecipação e vocês sabem que hoje um smartphone saído na China pode estar disponível cá no dia seguinte, tudo depende de quem opera nesses mercados.

          O saber não ocupa lugar e vocês por estarem connosco sabem sempre tudo em primeira mão e ajudam-nos a ter mais e melhor.

        • Pedro Pinto says:

          @RR

          Não leias essa parte se não gostas 🙂
          Parece-me que o teu problema não é com o artigo mas sim com os produtos provenientes da China…parece-me!

  9. ervilhoid says:

    e o sensor de ritmo cardiaco? tem ou nao?

  10. Blasterjack says:

    Isto sim, já é um preço de uma pulseira de desporto. Dar 240€ por uma nike fuel, onde cabe na cabeça de alguem. E mesmo as daquela marca começada por p (nao me lembro o nome) são sempre acima dos 50€

  11. Antonio says:

    a este preço comprava uma se tivesse gps, para monotorizar a gente pequena.

  12. Ritmos cardiacos says:

    Boa tarde

    Esclarecer duas situaçoes.

    Sensores de detecção a usar no pulso e algo perigoso, pois as avaliaçoes atraves dos vasos sanguineos do pulso facilmente provocam erros de leitura, por estarem mais proximo da extremidada corporal logo os efeitos atmosfericos causam bastante influencia, bem como o calibre dos vasos ser pequeno que em casos simples de pulsos arritmicos ou fracos vai ser avaliado um valor que nao corresponde a real frequencia cardiaca.

    Em segundo como estamos a falar de sensores que nao foram procedidos de testes em utentes muito menos validade tem.

    Por fim referir que embora os chineses consigam produzir em quantidade, nao me parece que na maioria dos casos isso signifique qualidade estao a uma distancia enorme da qualidade de produto que o ocidente consegue alcançar.

    Tenham cuidado ao publicar artigos que indirectamente influenciam a forma de viver a saude das pessoas, e necessario que sejam aprofundados conhecimentos cientificos.

    Cumps

    • Vítor M. says:

      A tua base de argumentação está não está totalmente errada? Em que te baseias para fundamentares essas tuas ideias?

      • Nunes says:

        O aparelho nem sequer mede o ritmo cardíaco. Já várias pessoas comentaram isso, e a informação ainda não foi corrigida aqui.

        • Pedro Pinto says:

          Nunes, a indicação oficial que recebemos é que mede. Entretanto já pedidos esclarecimentos à própria empresa.

          • Nunes says:

            se visitares a página da Xiaomi verificas que não menciona em lado nenhum que mede o ritmo cardíaco. Apenas fala em sensores de movimento, monitorização do sono, para além da interacção com o telemóvel.

          • Bernardo says:

            Já confirmaram se tem sensores de ritmo cardíaco? Era excelente para quem costa de dar uma corridas.

    • Kel says:

      Eu tenho um Mi3 e já tive um iphone que ADOREI. Neste momento estou o mais contente possível com este telemovel chinês. Quem nunca usou um não deve comentar e generalizar. É BOMBA. Acredito

  13. Luiskiev says:

    Tenho a miband há 12 dias e conecto ao xiaomi mi3.

    Confirmo que não mede ritmo cardíaco mas de resto cumpre com o anunciado.

    12 dias e bateria a 76%
    Medição de fitness muito correcta, em corrida e caminhada, confirmado com sportstracker que uso com monitor cardiaco e monitor de sono funciona inacreditávelmente bem.

  14. LuisKiev says:

    Boas,
    Comprei na xiaomishop (http://www..com/35-mi-band)
    O preço varia muito de semana para semana, tens de ir la ver
    Já esteve a 10, 49.9, 24, 26… enfim

  15. Gabriel says:

    MiBand mais barato agora, preço é apenas de 14.60€!
    confire http://bit.ly/1uNDxXH

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.