PplWare Mobile

Procura por soluções de “cinema em casa” aumenta em Portugal


Maria Inês Coelho

Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.

Destaques PPLWARE

41 Respostas

  1. Ricardo says:

    Mitsai e não Mitashi

  2. Belmiro says:

    Cinema em casa é muito confortável mas apesar de eu próprio ter algo razoável (1080p som stereo mas muito decente, não há dinheiro para 4k ou sistemas avançados surround com dts hd ou superior), a experiência de cinema é outra coisa.

    Óbvio que quem tiver poder económico para uma tv 65″ 4k com HDR, leitor ou streaming a acompanhar, som surround a condizer, então aí a conversa é outra. Mas um filme quando sai no cinema até vir para 4k HDR (Blu-ray, streaming ou ilegal) passam muitos meses.

    • censo says:

      Não precisas de 4k para veres em écrans com menos de 55″. O marketing vendeu-te essa ideia errada. Tal como essa aberraçao do HDR que muitos condundem com saturação de cores e tá feito. Enfim.

      • Francisco C. says:

        Eu até acho que abaixo de 75″ é capaz de não se aproveitar as vantagens do 4K.

        • Raquel says:

          Estás bem enganado, tenho de 65″ e aproveita muito bem, onde foste buscar essa conclusao?

        • censo says:

          Apenas referi os 55” por ser a minha experiência, mas sim, mesmo até às 75” não deves ter grande vantagem, não.

          • Belmiro says:

            Isso depende dos olhos e distância de visão, não é tão linear. Além disso os novos painéis 4k (independentemente da resolução) são qualitativamente superiores.

            Eu já estive em várias lojas a comparar tv com demos 4k HDR em TV 4k e 1080p e realmente nota-se bem a diferença em painéis de >55″.

            Eu se pudesse comprava já uma 🙂

  3. Miguel Mendes says:

    Aparelhos de cinema em casa? Quantas polegadas têm os ecrãs de cinema e os dos aparelhos que estão à venda?

  4. Vida says:

    Eu tenho uma televisão de 50 polegadas, tenho um computador ligado por rede a uma Nas com uma media de 200 filmes e varias series, futuramente quero adquirir uma box para retirar o computador, mas ainda não sei o que escolher para usar com o Kodi. Eu tenho a MEO e já existem alguns canais com qualidade de imagem.

    Mas Cinema é sempre cinema principalmente pela dimensão do ecrã, porque a nível de qualidade já temos em casa instrumentos para simular um verdadeiro cinema

    • ptpedropt says:

      para quem tem 50 polegadas de tv vais ao cinema fazer o que? (é claro que foi engano..)

    • Daniel says:

      Tenho uma NAS ligada e um raspberry pi ligado ao router e TV. O raspberry pi tem o transmission : através do tm controlo o transmission no raspberry pi depois vejo na TV com o Kodi com o comando (a minha TV suporta CEC). Simples

  5. David Guerreiro says:

    Eu acho que muita gente continua a ir ao cinema. É um pouco como as máquinas de café expresso domésticas, não fecharam cafés devido a isso. O cinema ainda é um pequeno prazer para alguns, vício dizem outros.

  6. UnR3@l says:

    Ola
    Á já uns anos que uso o cinema em casa. Uso o PC com o software SERVIIO que me dá para todos as plataformas. Tenho 7 TB em discos com filmes, series, animação, documentarios… 🙂 Uso uma TV smart com 42″ 1080p ligado ao pc por cabo de rede com 20 mts que está no escritório. Ir ao cinema para ter o pessoal das cadeiras ao lado a jantar e a comer picocas com boca aberta?? Nahhh em casa no sofá com chinelo de dedo, uma boa bebida.. e voila! do melhor!! 🙂

  7. Jorge Milhaços says:

    Não ir ao cinema e perder o som do pessoal a mastigar pipocas e a remexê-las na embalagem, a acompanhar o som do filme que tanto trabalho deu a quem o fez? Devem ser malucos de certeza!

  8. carlos says:

    deve ser a casa de um pobrezinho! Em vez de se preocuparem com coisas verdadeiramente importantes…! Cinema em casa e depois correm o risco de morrer por falta de assistência médica nas urgências, já não falando na tremenda poluição sonora, dado que em portugal ninguem faz aplicar a lei do ruido ou a qualidade das casas, especialmente o isolamento sonoro, só interessa é o certificado energético da treta inventado pelo sócras para extorquirem as pessoas! Só pensam no gozo e prazer imediato, ainda para mais quando se sabe que essa idustria de biliões produz muito lixo que exporta para o mundo inteiro, originando muita degradação social, com os péssimos exemplos que transmite de extrema violencia, crime, po rnochachadas etc. Conteudos que deviam ser analisados e censurados, mas o dinheiro mesmo sujo compra tudo!

    • wilson says:

      Carlos você é do planeta terra, ou está cá só de passagem?

    • José says:

      Caramba que confusão vai nessa cabeça! Acha que por se comprar um sistema, como se compra um automóvel ou uma casa, a culpa é nossa por não haver assistência nos hospitais? O que é que o meu modo de vida particular e o que faço com o meu dinheiro, tem a ver com a oferta de serviços ou não do país? Francamente não vejo associação alguma. Quanto ao barulho basta as pessoas serem civilizadas, há quem não tenham um rádio de pilhas e berre que se farta ou ande de encontrões às coisas em casa! É uma questão de educação o facto de ter respeito pelos outros. Os conteúdos, cada um sabe de si, como disse, depende da educação. Há que saber distinguir o bem do mal e lidar com isso, já vi coisas terríveis feitas pelos homens e não foram censuradas. As guerras reais (entre a fome, miséria etc) são mais pornográficas que as que um filme representa ou um jogo, trazem morte e sofrimento real há ali vidas humanas, quem ninguém que saber como sofrem ou morrem! Mas é um desastre dar tiros num jogo! Ora que treta! O facto de estarmos vivos é também uma violência diária que, começou pela violência que as nossas mães tiveram que suportar para nos ter! É a vida, como dizia o outro!

    • Francisco C. says:

      Carlos, que se passa? Fizeram-te mal? Desabafa connosco.

      Ou então cala-te e não critiques os outros por algo que não concordas! É com o teu dinheiro que as pessoas compras os sistemas de home cinema, etc? Não, e cada 1 sabe de si.

      Inveja, essa é a razão do teu comentário sem qualquer nexo.

  9. Vitor Correia says:

    O Kodi é fantástico para ver series. Já os filmes demoram mais um pouco a chegar em HD mas acabam sempre por chegar.

  10. steve jobs dead says:

    alguma lista para o kodi para filmes ?

  11. Raquel says:

    Gastei mais de 10 mil euros, em televisão, som e claro o sofá. Mas mesmo assim continuo a ir ao cinema. Há filmes, que não dá para esperar 🙂

    • Tiago says:

      Cá em casa tenho um sistema de 30mil instalado. Comprei tudo do melhor que o dinheiro pode comprar, mas continuo a ver filmes em 480p

      • David Guerreiro says:

        Podias ter gasto mais.

        • censo says:

          Conheço um sistema que fica mais ou menos em 265.000 €, só o sistema video e audio.

          • José says:

            Eu conheço e tive o prazer de ouvir várias vezes um sistema apenas de áudio, que custa mais de meio milhão de euros. As colunas eram as fabulosas Magico Q7, só estas custam mais de 200 mil euros.

      • censo says:

        Porque é que vês em 480p ?

      • José says:

        Só 30 mil Tiago, não é o melhor garanto. Será quando muito, o que o seu dinheiro pode comprar, aí só você sabe. Por esse valor nem colunas de jeito arranja. Eu gastei menos, sou doido por alta fidelidade, mas não sou rico. O meu sistema baseia-se nas KEF Reference 5 – as KEF The Reference 7.2 custam mais de 40.000€ – e um integrado Musical Fidelity Nu-Vista 800, desta última marca sou cliente há muitos anos, compro em Inglaterra e tenho ainda um par de colunas Musical Fidelity , quando eles as faziam a funcionar ainda em pleno. O meu sistema que andará pela parte inferior gama da média. E só vejo filmes em 1080p ou em 3D quando calha, blu-ray ou MKV. Ir ao cinema já não dá grande sensação. A imagem projectada por vezes é medíocre as telas pequenas. Não há neste momento algum cinema que eu conheça que tenha telas de ecrã próprias para projectar 70 mm . O cinema perdeu magia. Hoje as pessoas consomem tudo só por consumir, nada fica, nada é recordado. Tal como ouvir música digital há quem ouça mp3, e ache bom e aqueles que acham que soa mal e distorce o som preferem quando muito ouvir em FLAC. Não descurando ainda o vinil ;).

    • Nuno Pereira says:

      Nem mais!!!

  12. Michael says:

    Basta só fazer uma pesquisa “Streaming Box V1”. Podes ver filmes e series.

  13. Shout says:

    A foto deste post é a principal razão porque já há uns anitos investi num sistema de cinema em casa 🙂

  14. Carlos Vieira says:

    Queria solicitar à equipa do Pplware uma reedição actualizada de sistemas de home cinema 5.1 e outros formatos e talvez Sound Bars (embora seja um pouco céptico com estes dispositivos).
    Com a chegada do Dolby Atmos, confesso que fiquei baralhado para escolher um sistema que já me traga o esplendor desta tecnologia, mas não me arruíne a carteira.
    Fico a aguardar com a certeza que me vão ajudar a escolher o meu sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.